Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Semana da consciência negra na escola

 

01/12/2013

Autor e Coautor(es)
KLENIO ANTONIO SOUSA
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Elizabet Rezende de Faria, Leandro Rezende

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Médio Sociologia Movimentos sociais / direitos / cidadania
Ensino Fundamental Final Pluralidade Cultural Direitos humanos, direitos de cidadania e pluralidade
Ensino Médio Sociologia Indivíduo, identidade e socialização
Ensino Fundamental Final Pluralidade Cultural Pluralidade cultural e a vida dos adolescentes no Brasil
Ensino Médio Sociologia Cultura e diversidade cultural
Ensino Fundamental Final Pluralidade Cultural Pluralidade cultural na formação do Brasil
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

- Aprender a valorizar a cultura afro-brasileira;

- Promover conscientização dos alunos a respeito da desigualdade racial, principalmente na educação;

- Realizar pesquisa sobre o número de negros na escola;

- Realizar uma Semana da Consciência Negra na escola como forma de reconhecimento da importância da cultura e do povo africano na formação da cultura e identidade nacional.

Duração das atividades
7 aulas de 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Não serão necessários conhecimentos prévios.

Estratégias e recursos da aula

O objetivo desta aula é promover uma Semana da Consciência Negra na escola. Para tal, vários debates são necessários, preparando os alunos com diferentes temáticas ligadas à cultura negra. Desta forma, trabalha-se também as questões ligadas a Historia e Cultura Afro-Brasileira, temática obrigatória nos currículos escolares após a publicação da Lei 10.639 /03.

A data de 20 de novembro foi escolhida para a comemoração do Dia da Consciência Negra porque neste dia, no ano de 1695, morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares. Zumbi dos Palmares foi um negro que venceu o anonimato e tornou-se um símbolo da luta e da resistência negra diante da violência.

 

Imagem disponível em:

 http://1.bp.blogspot.com/-OY2bqwmDJcE/UJ1UbAYZ5PI/AAAAAAAAAik/9eK43YFMgl8/s400/M%C3%AAs+da+Consci%C3%AAncia+Negra.gif. Acesso em 08 de novembro de 2013.

Aulas 1 a 3

 

1 - Inicie a aula com os alunos fazendo uma pesquisa demográfica na escola sobre a quantidade de alunos que se autodenominam negros. O objetivo da pesquisa é saber como a questão da cor funciona na sociedade, dado que cor é um conceito autodenominado no nosso país para efeitos de pesquisa dos órgãos do governo: branco, pardo, preto e amarelo. 

2 - Divida a turma  em 7 grupos ou mais de acordo com a estrutura e os níveis de ensino existentes na escola. Cada grupo irá entrevistar diferentes segmentos da escola: funcionários e estudantes. Caso a sua escola tenha todos os níveis da Educação Básica serão necessários, no mínimo, 7 grupos para realizar a pesquisa sendo que:

Grupo 1 – entrevistará os professores;

Grupo 2 – entrevistará os funcionários administrativos;

Grupo 3 – entrevistará os alunos da Educação Infantil;

Grupo 4 – entrevistará os alunos do Ensino Fundamental – séries iniciais;

Grupo 5 – entrevistará os alunos do Ensino Fundamental – séries finai;

Grupo 6 – entrevistará os alunos do Ensino Médio;

Grupo 7 – entrevistará os alunos da Educação de Jovens e Adultos.

3 - A pesquisa será feita para coletar dois dados importantes:

1 - Você é negro?

2 - Seus pais são negros?

O objetivo é ver como a questão da cor é percebida pela sociedade, dado que cor é um conceito autodenominado no nosso país para efeitos de pesquisa dos órgãos do governo.

Para esta pesquisa, os alunos irão entrevistar os grupos designados e registrar em seus cadernos ou em arquivo Excel. Toda a pesquisa será feita no contraturno. Coletados os dados, cada grupo irá apresentar por 5 minutos os resultados estatísticos da pesquisa. Um aluno ficará responsável por agrupar todos os resultados e montar um gráfico utilizando o programa Excel. 

É importante dizer que sabemos antecipadamente que o número de alunos e funcionários negros na maioria das escolas brasileiras é minoria, por isso é importante que os alunos saibam que o combate ao racismo deve ser feito desencadeando ações que valorize e dê oportunidade aos grupos raciais e étnicos, que são minorias, e no combate a desigualdade racial, particularmente na Educação.

Este contexto nos mostra que a história da luta e da resistência negra ainda não acabou. Segundo dados do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - o índice de analfabetismo entre os negros é bem maior que entre os brancos. Este é o momento de propor  aos alunos a  realização da Semana da Consciência Negra na escola como uma ação de valorização e reconhecimento da importância da cultura e do povo africano.  

4 - Na sequência, exiba o Vídeo da Série Semana temática, intitulado Semana da Consciência Negra, entrevista com o sociólogo José Jorge de Carvalho, professor da UnB. Duração: 8 min. Disponível em: http://tvescola.mec.gov.br/index.php?option=com_zoo&view=item&item_id=7260. Acesso em 04 de novembro de 2013.

 

É importante o professor orientar para que os alunos, durante a exibição do vídeo, fiquem atentos quanto à possibilidade relacionar as questões abordadas pelo professor da UnB com o contexto da escola referente ao  número de negros que nela estudam  e trabalham.

Sinopse

José Jorge de Carvalho fala sobre as causas históricas do racismo e preconceito no Brasil e o que vem sendo feito e o que ainda precisa ser feito para mudar esse quadro. José Jorge deu a sua opinião sobre o sistema de cotas, além de exemplificar como a escola pode trabalhar a questão da consciência negra na sala de aula.

 

5 -Ao término da apresentação do vídeo, abra espaço aos alunos para que debatam e façam perguntas e comentem sobre as informações relativas ao Dia da Consciência Negra e as demais questões abaixo:  

- Dia 20 de novembro - Dia da Consciência Negra. Por que foi instituído este dia no Brasil e qual o seu significado Histórico?

- A situação atual do negro no Brasil.

- O que ainda precisar ser feito para que o Brasil deixe der ser um país racista.

- Como e porque trabalhar a questão da consciência negra na sala de aula.

- O que a escola pode fazer para contribuir com o negro no Brasil?

 

Imagem disponível em: http://www.tvufg.org.br/wp-content/uploads/2012/11/SemanaConsci%C3%AAnciaNegra.jpg. Acesso em 08 de novembro de 2013.

6 - Após o debate, iniciar junto aos alunos e a escola, o encaminhamento da proposta para realização da Semana da Consciência Negra. Esta proposta implicará em criar espaços de expressão da cultura afro-brasileira tais como: danças - capoeira, hip hop, samba -; gastronomia; religiões; artesanatos; vestimentas; jogos e brincadeiras; contos, histórias e lendas africanas; instrumentos musicais, dentre outros. Os alunos poderão ser distribuídos em grupos, sendo cada grupo responsável pela criação e organização de um destes espaços. 

 

Aulas 4 a 7

 

Nas próximas aulas, a turma irá planejar a Semana da Consciência Negra na escola. Para isto, cada grupo irá se responsabilizar pela organização de uma atividade cultural e/ou formativa e irá apresentá-la durante esta Semana da Consciência Negra.

A - Professor, para contribuir com Semana da Consciência Negra fornecendo mais informações aos alunos sobre aspectos importantes da cultura afro-brasileira, exiba  vídeo intitulado: Juventude Negra, da série Gestão Educacional para a Diversidade. Duração: 52 minutos. Disponível em: http://tvescola.mec.gov.br/index.php?option=com_zoo&view=item&item_id=5727. Acesso em 04 de novembro de 2013.

Sinopse

A série "Gestão Educacional para Diversidade" discute propostas pedagógicas voltadas para a construção de uma escola que forme cidadãos conscientes do valor de seu pertencimento étnico-racial, em especial os descendentes de africanos. Os programas da série focam na arte e religião.

O terceiro programa mostra que no Brasil, país multirracial, o combate ao racismo deve ser feito não somente por meio de ações repressivas, conforme estabelece a nossa Constituição; mas também por meio de ações de valorização dos grupos raciais e étnicos que são discriminados.

Ao término da apresentação do vídeo, abra espaço aos alunos para que façam perguntas e comentem sobre as questões abordadas no vídeo e também as relativas às atividades que podem ser planejadas para a Semana da Consciência Negara na escola.

A sugestão é que toda comunidade escolar, inclusive familiares dos alunos, devem ser envolvidas na realização deste evento. Para isso convide também professores e funcionários da escola, pais, grupos culturais da comunidade local para participar das comissões responsáveis pelo planejamento e execução das atividades do evento.

B - Para isso, divida a turma em de grupos de 5 ou 6 alunos. Solicite que cada grupo escolha uma atividade a ser planejada e realizada sob a sua responsabilidade abordando uma temática sobrea Cultura Afro-Brasileira.

Cada grupo coordenará uma comissão e se responsabilizará pela realização das atividades que farão parte da Semana da Consciência Negra:

Sugestão de atividades:

1 -  Espaço  Cultural:  momentos de Teatro, Dança, Música, Jogos e Brincadeiras Africanas;

Material sobre brincadeiras africanas disponível em: http://www.cirandandobrasil.com.br/?page_id=925. Acesso em 27 de novembro de 2013.

Material sobre danças disponível em: http://dancas-africanas.blogspot.com.br/. Acesso em 27 de novembro de 2013.

2 -  Contação de História: espaço no qual, os familiares dos alunos afro-descendentes ou outras pessoas da comunidade, contarão histórias e compartilharão experiências, depoimentos relativos à sua vida e à cultura afro-brasileira.  

Material sobre histórias africanas disponível em: http://baudashistoriasepoemas.blogspot.com.br/2010/06/contos-africanos.html. Acesso em 27 de novembro de 2013. 

3 -  Palestras, apresentação  de filmes e vídeos sobre o tema, seguido de debate, podendo escolher dentre os que a turma assistiu em sala de aula ou outros pesquisados pelos alunos e professores: ex.:a saúde da população negra na escola; debate com profissionais sobre o sistema de cotas para negros na escola, juventude negra etc.

Sugestão de site com filmes de temática africana: http://cinemanet.wordpress.com/2008/09/02/top-10-filmes-sobre-a-africa/. Acesso em 27 de novembro de 2013.

4 - Feira gastronômica com iguarias e ingredientes originaria e presentes na culinária negra.

Site sobre culinária africana: http://www.turminha.mpf.mp.br/nossa-cultura/cultura-afro-brasileira/culinaria-africana. Acesso em 27 de novembro de 2013.

                 5 - Organização de uma feira cultural sobre África, africanidades, a diáspora, dentre outras questões.

                 Blog sobre África disponível em: http://itssafrica.blogspot.com.br/. Acesso em 27 de novembro de 2013.

                6 - Apresentação da história da capoeira com apresentação concomitante de grupo de capoeira preferencialmente da comunidade.

                Portal sobre capoeira disponível em: http://portalcapoeira.com/. Acesso em 27 de novembro de 2013.

                7 - Concurso de Arte sobre a temática da Semana da Consciência Negra.

                8 - Divulgação, registro e avaliação: divulgação da Semana da Consciência Negra na escola, na comunidade, através convites, cartazes, e-mail, site escola e demais dos recursos virtuais disponíveis. Elaborar instrumento de avaliação para todos os participantes no dia do evento e sistematizar os dados desta avaliação para posterior apreciação do grupo.

A parte de encaminhamentos administrativos e logística ficará sob a responsabilidade do professor e da administração da escola.

 

Alunos da Escola Edson Melo Comemoram O Dia Nacional da Consciência Negra

Imagem disponível em: http://vozdailha.radiolivre.org/sites/vozdailha.radiolivre.org/files/images/dia_da_consciencia_negra1.jpg. Acesso em 18 de novembro de 2013.

 

C - Após realização da Semana da Consciência Negra, deverá ser apresentado o resultado da avaliação feita pela comunidade no dia do evento, e avaliar também junto ao grupo a realização da mesma. O resultado da avaliação deverá ser socializado com toda comunidade escolar.

Após avaliação, cada grupo deverá produzir um texto sobre a importância de se comemorar o Dia Nacional da Consciência Negra, ilustrando-o.

Alguns textos poderão ser escolhidos pela turma para serem publicados no jornalzinho e site da escola.

Recursos Complementares

Sugestão de site sobre questões da africanidade e da cultura negra. Projeto A Cor da Cultura. Disponível em: http://www.acordacultura.org.br/. Acesso em 08 de novembro de 2013.

 

Sugestão de site com atividades para professores trabalharem diferentes atividades na Semana da Consciência Negra. Consciência negra o ano todo. Disponível em: http://revistaescola.abril.com.br/consciencia-negra/. Acessoem 08 de novembro de 2013.

Avaliação

Avaliar os alunos nas diferentes etapas do processo de aprendizagem, observando as estratégias utilizadas por eles na construção do conhecimento:

- se houve respeito aos momentos de fala e de escuta e às opiniões dos colegas;

- se houve envolvimento e participação  nas atividades propostas; 

- se foram capazes de respeitar e valorizar a cultura afro-brasileira;

- se reconheceram a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura e identidade nacional;

- se criaram e organizaram espaços de expressão da cultura afro-brasileira na escola;    

- se participaram de maneira ativa e responsável na realização da Semana da Consciência Negra na escola.

 

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 1 classificações

  • Cinco estrelas 1/1 - 100%
  • Quatro estrelas 0/1 - 0%
  • Três estrelas 0/1 - 0%
  • Duas estrelas 0/1 - 0%
  • Uma estrela 0/1 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
INFORMAR ERRORES
¿Encontraste algún error? Descríbelo aquí y aporta para que las informaciones del Portal estén siempre correctas.
CONTACTO
Deja tu mensaje al Portal. Dudas, críticas y sugerencias siempre son bien recibidas.