Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
Visualizar Recurso
 
Experimento prático Ação das proteases bromelina e papaína na digestão do colágeno - Aula 1

01/12/2011


Ficha Técnica

Estrutura curricular

Educação Básica::Ensino Médio::Biologia::Diversidade da vida e hereditariedade

Objetivo

Suscitar a discussão sobre a nutrição e a digestão, utilizando como modelo experimental a ação de proteases presentes em frutos sobre o colágeno presente na gelatina

Descrição

Atividade investigativa que propõe a verificação da ação das proteases presentes no mamão e no abacaxi na degradação do colágeno presente na gelatina

Autores

Galembeck, Eduardo

Rodrigues, Bianca Caroline Rossi

Marchini, Gislane Lima

Chikuchi, Helika Amemiya

Projeto Condigital MEC - MCT

Dias, Florencia Maria Piñón Pereira

Santos, Roney Vander dos

Universidade Estadual de Campinas - Unicamp - Biologia

Heleno, Maurício Gomes

Licença

A Universidade Estadual de Campinas autoriza, sob licença Creative Commons – Atribuição 2.5 Brasil, cópia, distribuição, exibição e execução do material desenvolvido de sua titularidade, sem fins comerciais, assim como a criação de obras derivadas, desde que se atribua o crédito ao autor original da forma especificada por ele ou pelo licenciante, assim como a obra deverá compartilhar Licença idêntica a esta. Estas condições podem ser renunciadas, desde que se obtenha permissão do autor. O não cumprimento desta Licença acarretará nas penas previstas pela Lei nº 9.610/98


Idioma Tamanho do arquivo Acessos
Português 2.23 MB 281
Opinião de quem acessou

Sem estrelas 0 classificações

  • Cinco estrelas 0/0 - 0%
  • Quatro estrelas 0/0 - 0%
  • Três estrelas 0/0 - 0%
  • Duas estrelas 0/0 - 0%
  • Uma estrela 0/0 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opinião de quem acessou
Sem classificação
Fim do Conteúdo
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.