Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


DIREITOS CIVIS POLITICOS E SOCIAIS

 

30/11/2009

Autor e Coautor(es)
Vânia Lúcia Lima Vieira de Mello
imagem do usuário

BELO HORIZONTE - MG ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL DA UFMG - CENTRO PEDAGOGICO

Sulamita Nagem Dias Lima

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Educação de Jovens e Adultos - 1º ciclo Estudo da Sociedade e da Natureza Cidadania e participação
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

-Identificar direitos e deveres pessoais e coletivos no âmbito dos locais de moradia e trabalho, na escola, nos organismos políticos, associações.
-Conhecer a Declaração Universal dos Diretos do Homem (da ONU), ler e comentar alguns trechos.
-Valorizar a democracia, desenvolvendo atitudes participativas, conhecer direitos e deveres da cidadania.
-Reconhecer e valorizar os conhecimentos científicos e históricos como patrimônio cultural da humanidade.
-Exercitar suas autonomias pessoais com responsabilidade, aperfeiçoando a convivência em diferentes espaços sociais.

Duração das atividades
Aproximadamente 03 encontros
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

- Alguma habilidade de leitura.
- Atenção à leitura do professor.

Estratégias e recursos da aula
                   

Estratégias e recursos da aula-aula interativa;
-trabalho de grupos;
-discussão;
-leitura de imagem;
-leitura de texto;
- revistas, tesouras, colas, cartolinas ( papel pardo)

Desenvolvimento

1º Passo

a) Reunir o grupo em forma de círculo para facilitar a comunicação durante a discussão que será proposta pelo professor:

-O que você entende sobre direitos e deveres do cidadão?
-Como você exerce seus direitos?
-Na sua opinião, a nossa sociedade respeita os direitos dos outros?
-Como você reage à ausência de seus direitos?
-Como podemos contribuir para que na nossa sociedade os direitos humanos sejam observados?
-Como você exerce os seus deveres?
-Na nossa sociedade as pessoas costumam exercer seus deveres com facilidade?

b) O objetivo desta atividade é o professor avaliar a percepção que os alunos têm de sua condição de cidadão e da condição dos demais. É importante que ele esteja atento às colocações dos alunos, motivar a turma para o debate de idéias, questionando sempre o que o colega pensa a respeito das idéias colocadas pelos outros participantes do debate.
O professor, neste momento, deve mostrar para os alunos a importância de escutar com atenção o que o colega está expondo, pois ele está exercendo o seu direito de se expressar.
-Na sala de aula nós respeitamos os direitos dos colegas?
-Quando é que na sala o colega não respeita o direito do outro?

2º Passo:
a) Dividir a turma em grupos.
b) Cada grupo deverá discutir e depois socializar com toda a turma, as questões abaixo, que serão entregues em fichas.

- Quem define os direitos e deveres dos cidadãos brasileiros?
- Os direitos e deveres são iguais para todos os cidadãos?
- Dê exemplos de direitos civis.
- O que você entende por direitos políticos?
- Dê exemplo de direitos sociais.

c) Após a discussão nos grupos, o professor propõe a socialização das idéias.
d) Em seguida, o professor solicita que cada grupo confeccione um cartaz para ilustrar as idéias discutidas e socializadas.

3º passo:

a) O professor distribui para os alunos uma cópia do texto:


Cidadania e direitos políticos e sociais


Os direitos civis agrupam as prerrogativas de liberdade individual, liberdade de palavra, pensamento e fé, liberdade de ir e vir, o direito à propriedade, o direito de contrair contratos válidos e o direito à justiça. Os tribunais são as instituições públicas por excelência para salvaguardar dos direitos civis.
Nos países ocidentais dos continentes europeu e americano, a cidadania moderna se constituiu por etapas: depois dos direitos civis, no século XVIII, vieram os direitos políticos, no século 19.
São os direitos políticos, de voto e de acesso ao cargo político. As instituições públicas relacionadas aos direitos políticos são os órgãos legislativos representativos e executivos.
Os direitos sociais são conquistas do século XX.
As camadas populares começaram a se conscientizar de que a participação no exercício do poder político era condição fundamental para assegurar seus direitos. Essa participação podia ser como membro de um organismo investido de autoridade política, ou como eleitor dos integrantes de tal organismo.
Os direitos sociais demarcam uma importante mudança na evolução da cidadania moderna. Sua função é garantir certas prerrogativas relacionadas com condições mínimas de bem-estar social e econômico que possibilitem aos cidadãos usufruir plenamente do exercício dos direitos civis e políticos.

Texto adaptado.
Fonte: http://educacao.uol.com.br/sociologia/ult4264u14.jhtm


b) O professor faz a leitura do texto pausadamente.
c) Em se guida os alunos acom panham mais uma leit ura do professor.
d) O professor pede aos alunos que façam a leitura oral dos trechos que se referem:
- aos direitos civis.
- à época em que foram constituídos os direitos civis/ políticos.
- aos direitos sociais.

e) A partir da leitura do texto, o professor propõe a discussão das seguintes questões:

- O que você entende por prerrogativas? O professor propõe uma consulta ao dicionário e lê para a turma o significado da palavra: Vantagem com que se distingue pessoa ou corporação; privilégio.
-Quais são os privilégios que os direitos civis garantem a vocês?


f) O que cada um de vocês entende por:

- Liberdade individual
- Liberdade de palavra
- Pensamento e fé
- Liberdade de ir e vir
- Direito à propriedade,
- Direito de contrair contratos válidos
- Direito à justiça.

g) O professor faz uma pesquisa na sala para saber quantos exercem os seus direitos políticos, e discute com os alunos o significado disto para a construção de uma sociedade mais justa.

h) O professor propõe que os alunos emitam suas opiniões sobre: Qual é a função dos direitos sociais?

4º passo:

Para essa etapa, pode-se reproduzir a imagem em lâmina para uso em retro-projetor ou levar os alunos até a sala de informática para desenvolver a atividade proposta.

a) O professor pede aos alunos para observarem com atenção a gravura abaixo.
b) Em seguida, inicia a exploração da imagem com perguntas direcionadas e sempre pedindo aos alunos para justificarem as suas respostas:
-Você sabe identificar a época retratada na imagem?
-Quem seria esta mulher retratada pelo artista?
-O que ela carrega nas mãos?
-Que outras pessoas aparecem na cena?
-O que esta cena sugere a você: uma passeata? um confronto? uma comemoração?
-O que leva você a ter esta idéia
-Você pode identificar a que classe ou a que classes sociais pertenciam estas pessoas?

c) Após a discussão, o professor socializa as informações abaixo:

- A Liberdade Guiando o Povo (em francês: La Liberté guidant le peuple) é uma pintura de Eugène Delacroix em comemoração à Revolução de Julho de 1830, com a queda de Carlos X. Uma mulher representando a Liberdade guia o povo por cima dos corpos dos derrotados, levando a bandeira tricolor da Revolução francesa em uma mão e brandindo um mosquete com baioneta na outra.

- O professor faz um comentário sobre o momento histórico na França, ressaltando a luta por justiça e igualdade, a importância da participação popular, e o papel de cada um de nós como agente transformador do mundo.
A Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão foi anunciada ao público em 26 de agosto de 1789 ainda sobre os efeitos da Revolução Francesa.Esta declaração é muito importante para o momento que estamos vivendo, pois serviu de inspiração e fonte para outras declarações que inspiraram e defenderam os direitos que temos nos dias atuais.

5º Passo
a) O professor apresenta alguns artigos da Declaração aprovada pela ONU em 1948.

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS
Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III)
da Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948
Artigo I
Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade.
Artigo II
Toda pessoa tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades estabelecidos nesta Declaração, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, língua, religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento, ou qualquer outra condição.
Artigo III
Toda pessoa tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal .
Artigo IV
Ninguém será mantido em escravidão ou servidão, a escravidão e o tráfico de escravos serão proibidos em todas as suas formas.
b) O professor faz a leitura de cada artigo.
c) Dividir a turma em grupos, e cada um fica responsável por apresentar à turma o que entendeu e discutiu sobre cada artigo.
d) Socialização das discussões realizadas nos grupos.

6º Passo
a) A partir das discussões anteriores, o professor propõe a construção de um cartaz onde os alunos expressarão sugestões de como cada um deles, enquanto cidadão pode contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e digna.
b) Socialização do trabalho realizado.

- O professor faz um comentário sobre o momento histórico na França, ressaltando a l uta por justiça e igualdade, a importância da participação popular, e o papel de cada um de nós como agente transformador do mundo.
A Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão foi anunciada ao público em 26 de agosto de 1789 ainda sobre os efeitos da Revolução Francesa.Esta declaração é muito importante para o momento que estamos vivendo, pois serviu de inspiração e fonte para outras declarações que inspiraram e defenderam os direitos que temos nos dias atuais.

Recursos Educacionais

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS
Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III)
da Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948
http://www.mj.gov.br/sedh/ct/legis_intern/ddh_bib_inter_universal.htm


Texto:
http://pt.wikipedia.org/wiki/A_Liberdade_Guiando_o_Povo

Imagem:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Eug%C3%A8ne_Delacroix_-_La_libert%C3%A9_guidant_le_peuple.jpg

Recursos Complementares

CIDADANIA E DIREITOS CIVIS
Os direitos civis e as revoluções do século 18
Renato Cancian*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação

A tomada da Bastilha marca o início da Revolução Francesa

A cidadania moderna refere-se ao conjunto de direitos e deveres dos cidadãos que pertencem a uma nação, ou seja, o povo de um país. O núcleo dessa cidadania compõe-se basicamente de três elementos: o civil, o político e o social.

O aparecimento e a extensão dos direitos de cidadania ocorreram de forma lenta e gradual, variando bastante conforme a região.

Os direitos civis agrupam as prerrogativas de liberdade individual, liberdade de palavra, pensamento e fé, liberdade de ir e vir, o direito à propriedade, o direito de contrair contratos válidos e o direito à justiça. Os tribunais são as instituições públicas por excelência para salvaguarda dos direitos civis.

CIDADANIA E DIREITOS POLÍTICOS E SOCIAIS
Origem e importância
Renato Cancian*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação
Nos países ocidentais dos continentes europeu e americano, a cidadania moderna se constituiu por etapas: depois dos direitos civis, no século 18, vieram os direitos políticos, no século 19. Os direitos sociais são conquistas do século 20, assim como a quarta geração de direitos de cidadania, nascida no fim desse período.
O direitos de eleger e ser eleito
São os direitos políticos, de voto e de acesso ao cargo político. As instituições públicas relacionadas aos direitos políticos são os órgãos legislativos representativos e executivos.

Inicialmente, a atividade política era uma função de poucos, restrita à participação das elites dominantes. O surgimento dos direitos políticos foi obra dos movimentos populares dos trabalhadores. Ao se organizar e defender seus interesses eles perceberam que a política influencia a vida da sociedade.

As camadas populares começaram a se conscientizar de que a participação no exercício do poder político era condição fundamental para assegurar seus direitos. Essa participação podia ser como membro de um organismo investido de autoridade política, ou como eleitor dos integrantes de tal organismo.

Avaliação

A participação e aprendizagem dos alunos serão avaliadas durante o desenrolar das atividades propostas.As idéias desenvolvidas durante as aulas serão avaliadas nas atitudes dos alunos nos trabalhos de grupos, nas discussões e na participação das interações em sala de aula. A construção do cartaz é um instrumento com o qual o professor poderá avaliar a aprendizagem dos alunos.

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 2 classificações

  • Cinco estrelas 2/2 - 100%
  • Quatro estrelas 0/2 - 0%
  • Três estrelas 0/2 - 0%
  • Duas estrelas 0/2 - 0%
  • Uma estrela 0/2 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Roberto, FEMA - Fundação Educacional Machado de Assis , Rio Grande do Sul - disse:
    rpzb@bol.com.br

    22/05/2013

    Cinco estrelas

    Notá máxima. Perfeito


  • cleik junior, a cadeia alimentar , Pará - disse:
    cleyck_jhunyor@hotmail.com

    15/06/2011

    Cinco estrelas

    puxa não encontrei o que eu queria mais sta pagina está exelente


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.