Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Arte popular ou folclore?

 

18/12/2008

Autor e Coautor(es)
Juliana Gomes de Souza Dias
imagem do usuário

CURITIBA - PR SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

Eziquiel Menta

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Final Artes Arte Visual: Arte visual como produção cultural e histórica
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
Apresentar as diversas manifestações da cultura popular, resgatar algumas tradições e identificar na cultura local as manifestações populares.
Duração das atividades
De 2 a 4 aulas de 50 minutos. Professor sugerimos a aula "A arte do cordel: da Xilogravura ao Cinema" para complementar esse conteúdo.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Não é necessário conhecimento prévio
Estratégias e recursos da aula

Aula 01: Resgatando a cultura popular
O professor iniciará a aula questionando os alunos sobre seus conhecimentos em relação ao folclore e a cultura popular: (Caso seja possível, o professor deve levar para sala de aula uma colher de pau e uma panela de barro, e apresentar aos alunos as seguintes imagens)

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1363/imagens/carnaval_anos_50.jpg Carnaval anos 50

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1363/imagens/vila_02.jpg.jpg Desfile da escola de samba – Mangueira em 2006.

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/00677460988/img/bumba_boi(2).jpg  Festa do Bumba meu boi – Norte e Nordeste

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1363/imagens/cordel3.jpg Capa dos folhetos de Literatura de Cordel

 

Após apresentar os objetos e as imagens o professor deverá perguntar aos seus alunos: O que a colher de madeira e a panela de barro tem em comum? O que o carnaval, bumba meu boi e o cordel tem em comum?

 

O professor deverá anotar no quadro as respostas dos alunos (certas e erradas) e depois explicar para eles o que é cultura popular e o folclore.

O folclore é o estudo que engloba todas as atividades populares: música, literatura, representações dramáticas, festas populares e religiosas (folia de reis, festa junina, etc.) confraternizações, pintura, escultura, arquitetura, entre outros.

Para contextualizar sua explicação o professor poderá utilizar o vídeo “Mais Educação” sobre Folclore.


Seguindo o resgate sobre a cultura popular o professor deverá apresentar aos alunos exemplos das manifestações artísticas:

 

Música: cirandas infantis, colheitas ou festas religiosas 

Escravos de Jó

Escravos de Jó
Jogavam caxangá
Tira, bota, deixa o Zé Pereira ficar.
Guerreiros com guerreiros fazem zigue zigue zá
Guerreiros com guerreiros fazem zigue zigue zá.

Literatura popular: Cordel

Cordel Rimando o Brasil

Vou falar sobre essa pátria
Com meu verso mais gentil
Que recebe todo mundo
Pro Brasil dou nota mil
Misturando lá com cá
Vou rimar sobre o Brasil.
O Brasil é minha pátria
Terra onde eu nasci
Berço onde eu me criei
Onde tem mistura, eu vi
Misturar eu vou agora
Quibe assado com shushi.
Macarrão com o Hambúrguer
Tapioca com empada
Control Del com o delete
Fast food com buchada
Avenida com charrete
Vídeo game com estrada.
No Brasil sempre misturo
A viola e o violão
O ganzá com berimbau
Violino com canção
Eu misturo a capital
Com a vida do sertão.
Brasileiro é povo rico
Brasileiro é povo pobre
Mostra sempre a miséria
Mas a mesma sempre encobre
Misturando norte a sul
Tudo novo se descobre.
É Brasil cidade grande
É Brasil do coronel
É Brasil do shoping center
É Brasil sarapatel
É Brasil só da TV
É Brasil do meu cordel.
É Brasil contraditório
Avenida com favela
De criança barriguda
De criança magricela
De mendigo na calçada
Do ricaço da novela.
Mas é meu esse Brasil
É só nosso esse país
Minha vida e alegria
Nele sou sempre aprendiz
Quando eu digo assim: - Brasil!
O meu mundo é mais feliz.

 

O vídeo A Arvore do Dinheiro, disponível em: http://br.youtube.com/watch?v=2p7gMAPwcaU

 Artes dramáticas: folguedos natalinos

Chegança de mouros

Auto popular brasileiro do ciclo natalino, baseado em velhos elementos ibéricos. Procura fixar a luta secular entre cristãos e mouros.

O tema central é a abordagem de uma nau moura por outra cristã. Há o encontro das tripulações em terra, a luta simulada e finalmente o batismo dos mouros. Episódios sobre a vida do mar, com brigas e contrabando, também integram o auto.

Personagens principais: Comandante (Mar-e-Guerra ou Tenente-General), Piloto, Contra-Mestre, Patrão ou Capitão-Patrão, Calafate, Gajeiro, Padre, Médico, Rei-Cristão, Rei-Mouro, Embaixador-Mouro.

A música das cheganças, embora apresente documentos muitas vezes belíssimos - dizia Mário de Andrade - nada tem de nacional, como caráter. Entretanto, ele não deixa de reconhecer o valor folclórico das melodias.

A nossa chegança de mouros começa com versos assim, mas de bonita e saudosa melodia:

Na saída de Lisboa,
quando mandei alar os ferros;
lembrei-me das meninas,
dos amores lá de terra...

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1363/imagens/mouroscristaos21.jpg Mouros contra os cristãos

Oktoberfest é uma manifestação popular que resgata a tradição germânica, sua primeira edição foi em 1984. A festa dura 17 dias com a apresentação de vários grupos folclóricos, músicas, danças, trajes típicos e culinária.

 http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1363/imagens/2004.jpg

 O bumba meu boi é outra manifestação artística presente no Norte e Nordeste do país. O professor pode utilizar o vídeo “São Luís” que trata brevemente sobre a festa.


Arte naif:

O termo arte naïf aparece no vocabulário artístico, em geral, como sinônimo de arte ingênua, original e/ou instintiva, produzida por autodidatas que não têm formação culta no campo das artes. Nesse sentido, a expressão se confunde freqüentemente com arte popular, arte primitiva e art brüt, por tentar descrever modos expressivos autênticos, originários da subjetividade e da imaginação criadora de pessoas estranhas à tradição e ao sistema artístico. A pintura naïf se caracteriza pela ausência das técnicas usuais de representação (uso científico da perspectiva, formas convencionais de composição e de utilização das cores) e pela visão ingênua do mundo. As cores brilhantes e alegres - fora dos padrões usuais -, a simplificação dos elementos decorativos, o gosto pela descrição minuciosa, a visão idealizada da natureza e a presença de elementos do universo onírico são alguns dos traços considerados típicos dessa modalidade artística.

Conheça mais sobre o termo no site: http://www.itaucultural.org.br/aplicExternas/enciclopedia_IC/index.cfm?fuseaction=termos_texto&cd_verbete=5357

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1363/imagens/arte_naif08162246.jpg "Cavalos ao Luar", obra de Edgar Calhado

Cerâmica: 

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1363/imagens/panelas_indigenas.gif Panelas de barro

Arquitetura:

 http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1363/imagens/vale_rio_branco_17.jpg  Casa de pau a pique

Aula 02:
Professor! Para realizar essa atividade reserve de duas a quatro aulas para acompanhar as pesquisas, produção dos recursos e ensaios das apresentações.

Agora que os alunos já conhecem um pouco mais sobre a cultura popular do país é hora de pesquisar sobre as manifestações culturais de sua região.

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1363/imagens/ROTEIROS.gif A turma será dividida em equipes que pesquisarão sobre os seguintes temas:
Artesanato, arquitetura, pintura, festas populares, manifestações dramáticas, músicas, literaturas, lendas, culinária, etc.
Sugerimos que a apresentação do resultado da pesquisa seja feita uma feira no mês de agosto. Caso a escola tenha disponibilidade, o professor pode dividir os temas entre as turmas (cada turma pesquisará um tema sugerido)
Os grupos apresentarão a escola os resultados da pesquisa por meio de vídeos, exposições fotográficas, apresentações de danças, músicas e literaturas.

Sugestão de avaliação:

Critérios 100 80 50
Participação Participou de todas as atividades propostas e contribuiu para discussão Participou em alguns momentos das atividades e fez poucas contribuições para discussão Não participou das discussões, apenas realizou algumas atividades, não contribuindo para o grupo
Qualidade das fontes pesquisadas Utilizaram ao menos 3 fontes confiáveis durante a pesquisa Utilizaram ao menos 2 fontes confiáveis durante a pesquisa Utilizaram ao menos 1 fonte confiável durante a pesquisa
Organização do trabalho O grupo dividiu as tarefas de modo que todos participaram da pesquisa e sabem apresentar todo o trabalho O grupo dividiu as tarefas, porém nem todos os alunos participaram da pesquisa Alguns alunos apenas participaram do trabalho
Criatividade na proposta Os alunos foram criativos e inovadores na apresentação do trabalho Os alunos foram criativos em alguns aspectos do trabalho Os alunos poderiam ser mais criativos na elaboração da proposta

 

Recursos Educacionais
Nome Tipo
Folclore Vídeo
São Luís Vídeo
Recursos Complementares
Exemplos de cirandas infantis: http://www.suapesquisa.com/folclorebrasileiro/cantigas_de_roda.htm Panorama sobre os jogos infantis http://www.terrabrasileira.net/folclore/manifesto/jogos/j-canto.html Lendas, vocabulário e danças folclóricas: http://www.amazonia.com.br/folclore/inicial.asp Outras histórias sobre os folguedos natalinos: http://www.jangadabrasil.com.br/dezembro28/fe28120a.htm Oktoberfest: http://www.oktoberfestblumenau.com.br/oktober2008/?IDSESSAO=62 Arte naif: http://www.museunaif.com.br/index3a.asp?cid=1
Avaliação
Ao apresentar a proposta de trabalho para turma é importante que o professor deixe claro os critérios de avaliação, para que os alunos tenham ciência do que precisaram desenvolver e quais objetivos terão de ser alcançados. Em "Estratégias e recursos da aula" sugerimos uma tabela com rubricas que podem auxiliar o professor durante a avaliação.
Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 16 classificações

  • Cinco estrelas 15/16 - 93.75%
  • Quatro estrelas 1/16 - 6.25%
  • Três estrelas 0/16 - 0%
  • Duas estrelas 0/16 - 0%
  • Uma estrela 0/16 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Ana Cristina, CEProf:Vera Lúcia Tavares Romão , Rio de Janeiro - disse:
    crismodernista@yahoo.com.br

    13/10/2013

    Cinco estrelas

    O trabalho foi muito bem elaborado atingindo os principais temas para uma aprendizagem de qualidade


  • Dandarah Siqueira, Ismar Gomes de Azevedo , Rio de Janeiro - disse:
    dandarahsoy@hotmail.com

    22/08/2013

    Cinco estrelas

    Excelente página, ótimas dicas, ameei :D'


  • eLIANE mACHADO, ceja esmeralda da costa porto , Rio de Janeiro - disse:
    PROFELIANEMACHADO@GMAIL.COM

    13/06/2013

    Cinco estrelas

    mUITO BOA DIDÁTICA.


  • Irma Albuquerque, ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR RANGEL , Sergipe - disse:
    irma.albuquerque@hotmail.com

    13/06/2011

    Cinco estrelas

    Perfeito!. Parabens!


  • Doris Pinho, Escola Municipal Sebastião de Sales Monteiro , Tocantins - disse:
    dori_spin@hotmail.com

    24/01/2011

    Quatro estrelas

    Nossa! Parabéns. Achei a aula super rica e de suma importância no desenvolvimento cultural dos nossos alunos. Legal!


  • Josileide Roseno Lacerda, Colégio Professor Lisboa , Pernambuco - disse:
    josileideroseno@hotmail.com

    30/09/2010

    Cinco estrelas

    Todas as sugestões de aulas apresentadas foram muito bem elaboradas e ricas em detalhes.Autor e co-autor estão de parabéns.


  • Neusa Rocha, EMEF " João Pedro da Silva" , Espírito Santo - disse:
    neusarocha1@hotmail.com

    09/08/2010

    Cinco estrelas

    Excelente proposta de aula. Parabéns!!


  • Marcia Marinho, Colegio José Roque , São Paulo - disse:
    marcia17cas@yahoo.com.br

    02/08/2010

    Cinco estrelas

    Gostei muito da aula sugerida, achei muito rica e criativa, Parabéns


  • valdirene Santana, Navarro de Brito , Bahia - disse:
    valdirenesantana@yahoo.com.br

    21/05/2010

    Cinco estrelas

    interessantíssimo pois resgata um pouco da cultura popular que está se perdendo no imaginário por falta de estudo e principalmente valorização.


  • marinalva ribeiro, escola sebastião archer , Maranhão - disse:
    marinalvarreis@hotmail.com

    19/05/2010

    Cinco estrelas

    adorei a sugestãoda aula.parebens


  • mario Antonio Alves da Silva, Escola Rio Tocantis , Pará - disse:
    mariosilva7@msn.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Adorei a sugestã de aula.


  • Elisângela Marques, COLEGIO ESTADUAL PINTO DE AGUIAR , Bahia - disse:
    lisbiologia@uol.com.br

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Oi Juliana, Parabéns pela proposta de trabalho de vocês. Objetividade sem perder a complexidade da questão, eis o caminho. Vou segui-lo. Um grande abraço.


  • Simone, ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA JORGE LACERDA , Santa Catarina - disse:
    si.gi.anezini@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Parabéns pelo projeto, com certeza os educandos serão encantados pela magia do folclore, e atraves da pesquisa e descobertas sobre o assunto a identidade de nossa cultura mais uma vez se fez presente.


  • Magno Anchieta, CE ALMIRANTE TAMANDARE , Maranhão - disse:
    manchieta@yahoo.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Olá, Juliana. Perfeito esse trabalho. Me deixou muito inspirado para minhas aulas. Fiquei muito orgulhoso de ver que no Paraná se estuda as manifestações folclóricas daqui do Maranhão. Olha como o conteúdo de Arte é riquíssimo!!! Parabéns e um grande abraço. Magno Anchieta Arte/Educador São Luís - MA


  • flávia gadonski avila, C.E.M. Dona Lili , Santa Catarina - disse:
    flavia.gadonski@gmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    parabéns!


  • VIVIANA RAMOS DA SILVA LESSA, ESCOLA COSTA AZEVEDO , Pernambuco - disse:
    pv.lessa@terra.com.br

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Oiiii, Parabéns pelo trabalho desenvolvido!!! Este conteúdo é muito rico. A sala de aula poderá ser dividida em equipes, onde cada uma construirá um livrinho sobre o Folclore. Cada página um ítem: Adivinhações, Lendas, parlendas, culinária, festas, danças...etc. Adorei, incrementei...parabéns!


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.