Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Vamos brincar de Queimada? Diferentes formas de jogar.

 

14/12/2009

Autor e Coautor(es)
RICARDO LUCAS DA ROCHA
imagem do usuário

JUIZ DE FORA - MG Universidade Federal de Juiz de Fora

Jose Luiz Lacerda

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Médio Educação Física Jogos: Valores culturais
Educação Infantil Movimento Coordenação
Ensino Fundamental Inicial Educação Física Esportes, jogos, lutas e ginásticas
Ensino Fundamental Final Educação Física Atitudes, conceitos e procedimentos: esportes, jogos, lutas e ginásticas
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Reconhecer a queimada como manifestação cultural dos jogos populares;

Conhecer diferentes formas de jogar a queimada e possibilitando a reflexão sobre a flexibilidade e adaptação de regras;

Verificar quais as atitudes individuais e coletivas ocorrem durante o jogo;

Identificar o jogo como forma de interação social e suas regras como forma de mediação de conflitos;

 

Duração das atividades
3 aulas de 50 min./total:150 min
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Não é necessário nenhum conhecimento anterior.

Estratégias e recursos da aula

Jogando o aluno desenvolve seus pensamentos, movi mentos, cria estratégias, resolve situações problemas o que gera mecanismos de socialização .

Nesta aula pela modificação de um mesmo jogo é interessante fazer compreender como as regras fazem parte do processo de convivência. Pela geração de demanda social e como agir coletivamente.

Assim, propomos nesta aula, conhecer diversas formas de jogar a queimada e verificar como as regras são necessárias de serem adaptadas em cada situação. 

Conversar com a turma sobre como o jogo de queimada é popular no Brasil e apontando como o jogo é reconhecido em diversas regiões.

Este jogo é bastante difundido na cultura escolar de grande parte das escolas no Brasil, tendo também outras nomenclaturas em diferentes regiões como: baleado, guerra, queimado, dentre outros. A queimada se caracteriza num jogo com características “excludentes” em sua dinâmica mas, levando-se em consideração a sua marcante presença na cultura escolar faz-se necessário pensa-la enquanto um conteúdo de ensino escolar onde o intuito maior será o de construir estratégias que visem a “minimizar” tais características excludentes, ou seja: é possível jogar a queimada forma a minimizar suas características de eliminação?. Iniciaremos então a explicação do jogo em sua forma “mais comum”.
Imaginemos então um campo de jogo similar a uma quadra poliesportiva e neste caso, somente para este exemplo, utilizaremos como referência as demarcações do futsal. Uma linha central dividindo o campo para as duas equipes, onde os jogadores permanecerão em seus respectivos campos de jogo não podendo“invadir” o campo da outra equipe nem a área determinada onde ficam os jogadores(as) que foram “queimados”; esta área dos queimados será a “área do goleiro” onde, os jogadores que permanecem nesta, também não poderão “invadir” o campo de jogo da outra equipe. O objetivo do jogo é “queimar”o jogador do outro time; isto acontece quando a bola lançada por um jogador(a) toca no outro(a) da outra equipe e cai no chão. Quando o primeiro(a) jogador é queimado em ambas as equipes deverá ir para a área dos queimados onde substituirá o jogador que permanecera lá no início do jogo. O jogador que foi queimado irá para a área dos queimados com a bola e, em sua primeira participação (com a bola), deverá, obrigatoriamente, “cruza-la” para o seu campo de jogo. Nas próximas vezes em que este jogador estiver de posse da bola ele poderá também queimar os jogadores(as) da outra equipe. Dando seqüência ao jogo, todo jogador(a) que for queimado irá para o local onde ficam os jogadores queimados até que o jogo se encerre, sendo vencedora a equipe que queimar todos os jogadores da outra; lembrando que os jogadores que forem queimados também tem o direito de queimar.
Algumas curiosidades das regras deste jogo:

a) não é válido queimar o jogador(a) quando a bola toca o chão antes de toca-lo;

b) se um jogador(a) conseguir segurar a bola sem deixa-la cair no chão, após esta ser lançada contra ele(a), este não será queimado;

c) se a bola lançada contra um jogador taca-lo e antes de cair no chão, um outro jogador da mesma equipe ou da equipe “adversária” segurar esta bola, ninguém fora queimado;

d) se a bola tocar um jogador e em seguida tocar em outro da mesma equipe antes de cair no chão e em seguida a bola cair o chão, queimará o último jogador tocado. 

Nomes atribuídos a queimada em diferentes regiões do Brasil:

·         Dodgeball ou Dodgebol

·         Baleado

·         Baleada ou Queimada (Paraíba)

·         Barra Bola

·         Bola Queimada (Paraná)

·         Caçado (Paraná e Rio Grande do Sul)

·         Cemitério

·         Mata-mata (Santa Catarina)

·         Mata-soldado

·         Queimado (Peranbuco)

·         Carimba (Ceará)

·  ;        Carimbada (Uberlândia)

·         Guerra (São Paulo)

Atividade I

Espaço: quadra esportes, sala de aula ou qualquer espaço que possibilite a execução da atividade.

Material: bola, cone s e coletes

Queimada Bandeira

Cada time fica de um lado do campo e os jogadores tentam acertar os outros com uma bola. Os campos de cada time também têm que ter um espaço onde fica outra bola, que não pode ser usada pela equipe.

O objetivo do jogador é conseguir entrar no campo do adversário sem ser queimado, pegar a bola que não é usada e voltar para seu campo.

Os mortos (pessoas que forem queimadas com a bola durante o jogo) ficam nas laterais. Se um dos mortos pegar a bola, ele pode tentar queimar pessoas do time adversário.

Atividade II

Espaço: quadra esportes, sala de aula ou qualquer espaço que possibilite a execução da atividade.

Material: bola, cones e coletes

Queimada Abelha-rainha

As crianças se dividem em dois times e cada um deles tem que escolher um jogador para ser a abelha-rainha. Esse jogador tem que ser protegido pelo resto do time.

Uma equipe começa com a bola e a outra escolhe o seu campo.

Quem começa com a bola tem que tentar queimar os jogadores do outro time, especialmente a abelha-rainha.

Os participantes que forem queimados têm que ir para o morto que é o espaço atrás do campo e não podem sair de lá.

Para ganhar o jogo, é preciso queimar todos do time, mas se a abelha-rainha for queimada antes, a brincadeira termina e a equipe que conseguiu atingi-lá vence.

Atividade III

Espaço: quadra esportes, sala de aula ou qualquer espaço que possibilite a execução da atividade.

Material: bola, cones e coletes

Queimada I

Dois participantes tiram par ou ímpar e escolhem dois times e com número igual de pessoas .

Uma linha é desenhada no chão separando um campo do outro e outra linha é desenhada no final de cada campo para marcar o lugar do cemitério.

As equipes se revezam, jogando a bola a partir da linha divisória para tentar queimar alguém do time adversário.

Todos os jogadores têm que desviar da bola ou segurá-la e quem for queimado vai para o cemitério.

Ganha o time que mandar o outro time inteiro para o cemitério primeiro.

Atividade IV

Espaço: quadra esportes, sala de aula ou qualquer espaço que possibilite a execução da atividade.

Material: bola, cones e coletes

Queimada do Poço

O grupo é dividido em dois times. Cada time fica em um lado do campo e no fundo de cada campo, marca-se uma linha, que é chamada de poço.

O objetivo do jogo é queimar os adversários com a bola.

Quando um jogador é queimado, vai para o poço da sua equipe.

Vence o jogo a equipe que conseguir queimar todo o time adversário primeiro.

undefined

Atividade V

Espaço: quadra esportes, sala de aula ou qualquer espaço que possibilite a execução da atividade.

Material: bola, cones e coletes

Queimada do rei

Formam-se dois times com número igual de participantes e uma pessoa de cada time é escolhida para ser o Rei.

No jogo pode-se usar mais de uma bola. Sempre que alguém da equipe é queimado, a pessoa tem que se ajoelhar no chão e esperar até conseguir pegar uma bola.

Se alguém do próprio time quiser dar a bola para ela jogar, tem que se ajoelhar em seu lugar. Ganha a equipe que queimar o rei adversário primeiro.

undefined

Atividade VI

Espaço: quadra esportes, sala de aula ou qualquer espaço que possibilite a execução da atividade.

Material: bola, cones e coletes

Queimada do calabouço

Segue as mesmas regras da queimada tradicional:

São dois times e cada um em seu campo. Para ganhar o jogo, é preciso queimar todos os jogadores do time adversário.

A diferença é que, nessa brincadeira, cada time tem que escolher alguém para ser o rei e alguém para ser o anjo.

O rei tem que ser protegido pelo time. Se ele for queimado o jogo acaba. Já o anjo tem duas vidas. Ele pode usá-las ou dá-las para quem quiser.

QUESTÕES GERADAS DURANTE AS AULAS

Utilizar para discussão e adaptação de regras diversas questões que deverão surgir durante os jogos devendo ser problematizadas com a turma, tais como:

- Participação de meninos e meninas (bombada);

- Preponderância de um grupo de alunos (as) participando mais das ações e decisões do jogo em relação a outros alunos (as);

- Discriminações a alunos (as) menos habilidosos, tímidos, portadores de deficiência;

- Atenção ao sentido que orienta a ação dos alunos (as) no jogo (tensão entre a dimensão do lúdico e do rendimento);

- Debata com a turma sobre as diferentes maneiras de jogar e faça uma avaliação com os mesmos discutindo o enredo dos jogos de queimada.

Algumas turmas propõe soluções como:

Para garantir a participação de todos a cada vez que o time estiver de posse da bola será um jogador diferente que faz o arremesso.

Recursos Complementares
Avaliação

Verificar se reconhecem a queimada como manifestação cultural dos jogos populares espalhadas por todo o Brasil;

Apontar quais foram os elementos que possibilitaram criar as variações do jogo e de participação;

O jogo da queimada posibilitou  a cooperação, a competição e a construção de parcerias;

Verificar a atenção ao sentido que orienta a ação dos alunos (as) no jogo (tensão entre a dimensão do lúdico e do rendimento).

 

 

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 17 classificações

  • Cinco estrelas 11/17 - 64.71%
  • Quatro estrelas 4/17 - 23.53%
  • Três estrelas 2/17 - 11.76%
  • Duas estrelas 0/17 - 0%
  • Uma estrela 0/17 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.