Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Somando as moedas

 

09/12/2009

Autor e Coautor(es)
Dina Mara Pinheiro Dantas
imagem do usuário

FORTALEZA - CE Universidade Federal do Ceará

Artemise Lima Teixeira

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Matemática Números e operações
Educação Infantil Matemática Números e sistemas de numeração (contagem; notação e escrita numéricas e operações)
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Espera-se que os alunos desenvolvam a habilidade de  relacionar a quantidade à representação do número e conhecer o sistema monetário brasileiro. O contato das crianças com esse sistema é importante para que aprendam as primeiras noções matemáticas, visando utilizá-las no seu dia-a-dia. A partir dessa aula, utiizando o software Suma Monedas, busca-se que o aluno seja capaz de: manipular moedas utilizando a operação matemática da adição; relacionar a quantidade à representação do número; perceber que em outros países as moedas são diferenciadas (euro, dólar, peso) e compreender os princípios de equivalência entre as diferentes moedas.

Duração das atividades
1 hora/aula
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Para a utilização deste software faz-se necessário que o aluno tenha conhecimento básico acerca do sistema de numeração decimal e que conheça a operação matemática de soma, para que possa somar as moedas corretamente.

Durante a realização das atividades os alunos podem apresentar algumas dificuldades em relação ao conteúdo, tais como, não ter noções de conversão da unidade moedas em cédulas - é comum ver crianças que preferem muitas moedas a uma cédula, mesmo que esta possua um valor maior que as moedas.

Devido à simplicidade do objeto Suma Monedas, este apresenta alguns problemas em relação ao seu conteúdo, portanto o professor deve estar atento às possíveis dificuldades do software, tais como, as operações se resumem apenas em algoritmo, portanto faz-se necessária uma intervenção do professor a fim de ampliar as possibilidades desafiadoras do jogo, através de questionamentos e situações concretas; o objeto não apresenta um feedback adequado, ou seja, não apresenta estímulos/sugestões para o trabalho com os erros, apenas possui um marcador com a quantidade de erros e acertos, portanto o professor deve ficar atento à forma com que os alunos estão resolvendo os problemas, para que possa interferir de forma adequada, trabalhando o erro e ampliando o conhecimento da criança.

Estratégias e recursos da aula

Neste momento o professor deverá pedir a atenção e colaboração dos alunos para que ele possa apresentar a atividade, os alunos deverão trabalhar em conjunto a fim de explorar todas as atividades, respeitando também o momento em que o colega está com o domínio do computador. É recomendado pedir aos alunos que não desliguem o computador, pois irá demorar a reiniciar o sistema.

Inicialmente, o professor pode elencar situações cotidianas em que utilizamos as moedas, para que servem, de que forma conseguimos dinheiro. O professor pode propor uma representação das moedas do sistema monetário brasileiro, onde cada aluno iria confeccionar moedas de papel com valores de um centavo até um real. Posteriormente, simularia situações do dia-a-dia utilizando moedas (compras, vendas, pagamentos, trocos).

Para alunos do ensino fundamental pode-se apresentar desafios em relação à equivalência do sistema monetário brasileiro com moedas de outros países, o professor pode simular uma casa de câmbio onde alguns alunos serão turistas que precisam trocar a moeda de seu país (euro, dólar, peso) por real, outros representarão o caixa que realizará o cálculo e dirá qual o valor a ser pago ao turista.

Sugestão de gestão da aula pelo professor utilizando a Sequência Fedathi nos seguintes momentos:

1 - Tomada de posição:

Após a simulação realizada em sala de aula com as moedas de papel, o professor deverá direcionar os seus alunos para o LIE e buscar estabelecer um paralelo entre a atividade ocorrida em sala e o objeto Suma Monedas. Apresenta-se em um dos computadores ou em um telão o objeto e lança-se o desafio de explorarem o jogo, compararem com a atividade de sala perguntando quais as moedas que eles conhecem e que não estão no jogo? O que podemos comprar com um real? E se somarmos as moedas, quantos reais teremos? O que podemos comprar com essa quantia? O valor somado pode ser representado apenas por moedas de um real ou existem outras unidades (cédulas) que possuem o mesmo valor?

undefined

2 - Maturação:

Após apresentada a dinâmica do jogo e ter levantado a motivação dos alunos, o professor deve acompanhar as alunos maturando e levantando as possibilidades de resposta, deixando que os alunos interajam entre si, em busca da solução para os desafios lançados. É possível observar situações como as crianças contando nos dedos as moedas, outras realizando cálculos mentais a partir do número apresentado abaixo das moedas; elas podem ainda elencar as moedas que foram trabalhadas em sala e perceber que o jogo disponibiliza apenas uma delas (um real), comentar acerca de objetos comprados por eles com as moedas que possuem.

3 - Solução:

Após observar as tentativas dos alunos para resolver as adições, é possível perceber que alguns montaram diferentes estratégias para a resolução dos questionamentos e desafios apresentados pelo objeto. Então o professor pode solicitar que os alunos exemplifiquem de que forma conseguiram resolver os desafios.

4 - Prova:

Para finalizar,o professor pode sistematizar a partir de uma revisão geral os conceitos que foram estudados, mostrando para os alunos que o trabalho na escola com os princípios matemáticos são fundamentais, já que utilizamos a operação aritmética de adição em nosso cotidiano nas mais diferentes situações, inclusive para a manipulação do sistema monetário.

Recursos Complementares

Suma Monedas

Leitura complementar sobre a metodologia de ensino : Sequência Fedathi

Avaliação

A avaliação será feita de forma contínua, a fim de identificar, mediante a observação e diálogo, como o aluno está pensando, assim o professor obtém pistas do que ele não está compreendendo e pode interferir para auxiliá-lo.

Opinião de quem acessou

Sem estrelas 0 classificações

  • Cinco estrelas 0/0 - 0%
  • Quatro estrelas 0/0 - 0%
  • Três estrelas 0/0 - 0%
  • Duas estrelas 0/0 - 0%
  • Uma estrela 0/0 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.