Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


APRENDENDO COM DONA BARATINHA

 

14/12/2009

Autor e Coautor(es)
DENIZE DONIZETE CAMPOS RIZZOTTO
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Ana Maria Ferola da Silva Nunes, Eliana Aparecida Carleto, Luciana Soares Muniz, Patrícia Carvalho Pacheco

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: prática de leitura
Ensino Fundamental Inicial Matemática Números e operações
Ensino Fundamental Inicial Matemática Grandezas e medidas
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: prática de produção de textos
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Professor/a os contos de fadas e as fábulas são essenciais no cotidiano infantil, pois sua imaginação e fantasia ainda são muito presentes em sua relação com o mundo. Vamos aproveitar a capacidade da criança de viajar no mundo do imaginário, utilizando como recurso motivador a história da D. Baratinha para estimular e desenvolver várias habilidades necessárias na construção da leitura e escrita.
A partir da história de D. Baratinha e realização das atividades propostas os/as alunos/as poderão:
-Produzir pequenos textos com diálogos.
-Melhorar o vocabulário.
.-Desenvolver a oralidade.
-Utilizar a arte cênica como recurso para viajar no mundo do imaginário.
-Desenvolver o gosto pela leitura.
-Aprender a ouvir.
-Melhorar o desempenho da escrita ortográfica.
-Desenvolver o raciocínio lógico matemático

Duração das atividades
Aproximadamente 240 minutos - Quatro (4) aulas de 60 minutos cada uma.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Professor/a é importante que os/as alunos/as já consigam ler e produzir textos.

Estratégias e recursos da aula

Estratégia e recursos da aula
- Aula interativa
-Sala de multimídia.

1ª aula - Aproximadamente – 120 minutos – Duas (2) aulas de 60 minutos cada uma.

-Professor/a trabalhe a música da D. Baratinha antes da história, aproveite para fazer uma atividade com registro no caderno, explorando uma dificuldade ortográfica que precise ser trabalhada.

Dona Baratinha
Eliana

Era uma vez
uma baratinha
que queria que queria se casar
saiu voando procurando um barato
mas o barato ta dificil de achar cha cha cha cha cha
quem quer casar com a dona baratinha
que é bonitinha
e ta prontinha pra casar
tambem tem dinheiro na caixinha
e gosta muito de dançar o cha cha cha

Fonte: http://letras.terra.com.br/eliana/813563/

 Professor/a prepare a sala de aula para contar a história, procure organizar o ambiente para que as crianças fiquem confortáveis, por exemplo, peça que fiquem assentados/as no chão formando um círculo. Estabeleça regras, tais como: falar quando necessário e pedindo a palavra. Mas antes, combine um sinal, para que os/as alunos/as cantem a música e assim interajam com a história.
-Professor/a ao contar a história procure imitar o som dos bichos, pois muitas vezes as crianças ainda não conhecem e com certeza irá chamar a atenção. Você pode utilizar a versão que quiser para contar a história, a seguir uma sugestão retirada do sítio:
http://casadainfancia.spaceblog.com.br/94578/A-Historia-da-baratinha/

História da Dona Baratinha

Dona Baratinha era muito trabalhadeira, gostava de manter sua casinha sempre limpa, arrumada e com flores nas janelas.
Um dia varrendo o sótão, encontrou três moedas de ouro. Naquele tempo, esta quantia valia muito e Dona Baratinha ficou muito feliz.
Com este dinheiro, poderia reformar a casa e comprar roupas novas. O resto do dinheiro guardou dentro de uma caixinha. Agora que estava rica e elegante, com a casa reformada e um bonito enxoval achou que estava na hora de se casar. Então, a tardinha, vestiu uma roupa bem bonita, fez um belo penteado e foi para a janela esperar os pretendentes.
O primeiro a aparecer foi o cavalo, o jovem mais fino da cidade. O cavalo achou Dona Baratinha muito graciosa. Dona baratinha então perguntou:
Quer casar com Dona Baratinha tão bonitinha e com dinheiro na caixinha?
Sim! Disse o cavalo.
Mas Dona Baratinha tinha um sono muito leve e queria saber se o cavalo roncava alto.
Como é que você faz de noite? Perguntou Dona Baratinha.
O cavalo relinchou tão forte que Dona Baratinha o recusou.
Depois dele veio o boi, o galo, o cachorro, o burro e etc.
Infelizmente todos eram muito barulhentos e não iam deixar D. Baratinha dormir.
Já estava desistindo, quando apareceu D. Ratão muito elegante e charmoso.
Ela então resolveu tentar mais uma vez. Felizmente, D. Ratão tinha uma voz suave e a noite seu ronco era fraquinho: Qui, Qui, Qui...
Dona Baratinha ficou muito satisfeita com o pretendente e ficaram noivos.
Começaram os preparativos para o casamento.
Dona Baratinha toda agitada preparava um delicioso banquete para a festa do casamento e D. Ratão ajudava nos convites. Porém D. Ratão era muito guloso e pediu a noiva que fizesse para a festa seu prato favorito, feijão com toucinho.
O feijão com toucinho que Dona Baratinha preparava estava muito cheiroso e D. Ratão ia toda hora à cozinha tentar provar um pouquinho , mas sempre tinha a lguém perto.
T udo já estava pronto, banquete, igreja e os convidados chegando.
Dona Baratinha e D. Ratão muito elegantes e felizes estavam a caminho da Igreja, porém o noivo só pensava na feijoada. Então disse para Dona Baratinha que tinha esquecido as alianças em casa, e que assim que as pegasse a encontraria na igreja.
D. Ratão voltou para casa e correu até a cozinha para comer um pouco do toucinho.
Mas na afobação, escorregou e caiu dentro da panela do feijão morrendo afogado.
Dona Baratinha ansiosa esperava na igreja o noivo que não retornava.
Horas mais tarde, muito triste Dona Baratinha e alguns convidados decidiram voltar para casa e comer o banquete.
Logo descobriram o fim trágico do seu noivo e todos lamentaram muito.
A pobre Dona Baratinha chorou a noite inteira e desde aquele dia nunca mais preparou feijão com toucinho!


Fonte: http://casadainfancia.spaceblog.com.br/94578/A-Historia-da-baratinha/  

Exploração oral da história:

Professor/a faça uma rodinha para conversarem sobre a história, problematize questionando:
-Qual era o desejo da D. Baratinha?
-O que aconteceu para que ela acreditasse que poderia realizar o seu desejo?
-Quais os animais quiseram casar com ela e foram recusados?
-O que fez D. Baratinha recusar seus pretendentes?
-Porque ela não se casou?
-Vocês mudariam o final da história? (ouvir as várias sugestões)


  Registrando no caderno


Professor/a estimule os/as alunos/as fazerem as atividades abaixo:


1) Reescreva as frases substituindo as palavras grifadas por outras, com o mesmo significado, consulte o dicionário:
a) Varrendo a casa achou um vintém.
b) Passem cavalheiros sem tardar.
c) O boi ficou desiludido.

2) Porque D. Baratinha era considerada trabalhadeira.

( ) Porque queria se casar com bichos limpinhos
( ) Porque não gostava de porcos
( ) Porque gostava de manter sua casa sempre limpa.

3) D. Baratinha não quis se casar com os animais que passaram por que:

( ) Eram feios ( ) Faziam muito barulho ( ) Eram diferentes


Responda as questões 4 e 5
4) Pelo que você entendeu da história porque D. Ratão não se casou?

5) Como você poderia ajudar D. Baratinha, para que ela não ficasse tão triste?

6) Complete o diálogo, criando a fala dos personagens:

D. Baratinha perguntou ao Sr. Cabrito:
Ele respondeu:
De repente, passou o Sr. Leão, e vendo D. Baratinha tão bonitinha exclamou:

7) Dona Baratinha tinha o desejo de se casar. E você, tem algum desejo que gostaria que fosse realizado? Em caso afirmativo registre através de palavras e/ou desenho este desejo.

2ª aula - Aproximadamente – 120 minutos – Duas (2) aulas de 60 minutos cada uma.

PREPARANDO A PEÇA DE TEATRO.
Professor/a aproveite a história e proponha aos/às alunos/as a dramatização da história. No sítio:
http://www.pantanalmix.com.br/livros/admin/imgs/a_historia_dona_baratinha.pdf  você vai encontrar a história de D. Baratinha, com as falas dos personagens em estrofes e versos rimados.
Escolha na sala as crianças que farão os papéis que têm falas, combine com as mães para que auxiliem as crianças em casa, treinando as falas.
Distribua o texto para os/as alunos/as treinarem em casa, mas antes faça uma leitura geral com eles/as.
Combine alguns ensaios gerais e passe a história toda.
A seguir sugerimos um sítio onde você vai encontrar modelos de máscaras. Faç a, para as crianças o u peça que elas mesma s confeccionem para usarem na apresentação.


http://www.painelcriativo.com.br/2009/07/29/mascaras-historia-da-dona-baratinha/  
Professor/a estabeleça um dia para a apresentação e convide os/as alunos/as de outras turmas para assistirem.Confeccione com os/as alunos/as cartazes divulgando a peça, assim você estará trabalhando uma modalidade textual além de valorizar o trabalho de seus/suas alunos/as.

- Outra possibilidade seria as próprias professoras da equipe preparar a peça para as crianças. Esta foi a opção das professoras da Escola de Educação Básica da UFU. A equipe da área de Alfabetização Inicial ensaiou e apresentou para os alunos. Veja na foto a seguir:

Fonte: acervo da autora: apresentação da peça da D. Baratinha. Equipe da Área de Alfabetização Inicial – Escola de Educação Básica da UFU-ESEBA-UFU- outubro/2009.

D. BARATINHA E A MATEMÁTICA

Utilizando a história, construa algumas atividades para trabalhar o raciocínio lógico matemático:

1) D. Baratinha fez 2 dúzias de torresminho frito, uma dezena de pastéis de carne, para servir no dia do seu casamento. Qual o total de salgadinhos que ela fez?

2) Foram a festa de casamento da D. Baratinha uma centena de pessoas, porém duas dezenas tiveram que sair antes da hora. Quantas pessoas ficaram para festa?

3) O mestre macaco tem 10 macaquinhos como ajudantes de cozinha, mas para arrumar a festa irá precisará de 35 ajudantes. Quantos ajudantes ainda faltam?

4) A festa começou as 10horas e terminou as 22horas. Quanto tempo durou?

5) Assinale nos relógios abaixo, a hora que começou e terminou a festa de D. Baratinha.
            

Recursos Complementares
Avaliação

Professor/a acompanhe atentamente o envolvimento dos/as alunos/as no decorrer das atividades propostas, por meio da observação você poderá verificar a aprendizagem. Avalie também a realização das atividades no caderno e registre o que você percebeu, assim terá subsídios para seu planejamento.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 17 classificações

  • Cinco estrelas 12/17 - 70.59%
  • Quatro estrelas 5/17 - 29.41%
  • Três estrelas 0/17 - 0%
  • Duas estrelas 0/17 - 0%
  • Uma estrela 0/17 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.