Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Quilombolas, Cultura de Resistência

 

17/03/2009

Autor e Coautor(es)
Nilton Goulart de Sousa
imagem do usuário

BRASILIA - DF Universidade de Brasília

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Médio Geografia Formação territorial brasileira
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
Compreender os processos geográficos e históricos na formação dos quilombos no Brasil. Perceber a importância da preservação cultural desses territórios étnicos como símbolo de resistência.
Duração das atividades
Duas aulas de cinquenta minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Cultura Afro-Brasileira
Estratégias e recursos da aula

Introdução

O termo quilombo vem de "ochilombo", provem de um dialeto banto e significa acampamento de nômades. Em nosso país foi o nome dado aos núcleos de resistência à escravidão. Quilombolas são os descendentes dos habitantes dos quilombos, formados por escravos negros que fugiram do cativeiro na época da escravidão no Brasil.

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1714/imagens/palmares.jpg

Os trabalhadores africanos escravizados que fugiam dos canaviais e das plantações de café, formaram comunidades nestes núcleos de resistência e muitas delas existem até hoje, como um patrimônio inestimável à cultura afro-brasileira. Muitos desses territórios étnicos têm línguas próprias, formadas da fusão entre os dialetos africanos e o português.

Para saber mais, clique no link:

www.scielo.br/pdf/asoc/n10/16889.pdf

 

Ou na figura abaixo: 

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1714/imagens/artigo_quilombos1.jpg

 

Aula 01 - História dos Quilombos

Caro (a) professor (a), inicie sua aula com um pouco da geografia e história dos quilombos no Brasil, de maneira a contextualizar o processo de aprendizagem. Pergunte o que seus alunos conhecem sobre os quilombos, se já viram algo em filmes, revistas ou na televisão.

Cite que essas comunidades eram organizações de resistência e luta contra uma sociedade escravocrata e que por isso traziam em sua proposta uma organização social mais justa. Baseando-se nessa proposta, questione sobre o que os alunos pensam sobre:

  • A situação da escravidão do negro no Brasil?
  • O processo de abolição da escravatura?
  • A proposta de luta e resistência dos quilombos?
  • Qual o papel do Quilombo de Palmares na história de luta dos negros?
  • Quem foi Zumbi?

 http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1714/imagens/consciencia-negra-1.jpg

Para aprofundar os conhecimentos sobre a realidade escravagista da época, apresente o vídeo:

 

 

Na seqüência, após esgotar todas as informações que julgar conveniente sobre a chegada dos africanos no Brasil, disponibilize aos alunos a imagem abaixo e proceda  com alguns questionamentos como:

  • Qual a rota do tráfico de africanos para o Brasil?
  • Quais os países que hoje se formaram nessas localidades que comercializavam pessoas?
  • Quais os estados Brasileiros que receberam esses africanos?
  • Quais elementos culturais os negros trouxeram para a formação da identidade nacional?

Visite a seguinte página e idenfique com seus alunos as principais rotas do tráfico no mapa, identificando origens e principais destinos.

Clique no endereço:

 

www.multirio.rj.gov.br/portal/popup/rotas_escravidao/index.htm

ou na figura abaixo:

 

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1714/imagens/rota_aficanos2.jpg

Discuta essas e outras questões, à critério do docente. Solicite que os alunos registrem por escrito suas opiniões e peça para que tragam na próxima aula.

Aula 02

Inicie a segunda aula, revendo as principais idéias trabalhadas na primeira aula. Recolha os apontamentos da aula anterior e os distribua entre os alunos, de maneira que um leia o que o colega escreveu.

Continue seu trabalho ressaltando a importância geográfica e histórica da existencia dessas comunidades remanescentes de quilombos, cujos são denominados quilombolas. São grupos que mantêm tradições, hábitos e rica cultura.

É importante considerar que a Constituição brasileira de 1988 garantiu o direito à terra dos quilombolas, em seu artigo 68 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT), no qual se diz que: “Aos remanescentes das comunidades dos quilombos que estejam ocupando suas terras é reconhecida a propriedade definitiva, devendo o Estado emitir-lhes os respectivos títulos.”

Analise com seus alunos a figura abaixo:

  • Identifique se em seu estado existe alguma comunidade quilombola;
  • Se possui, os alunos sabem onde fica?
  • Seria possível uma visita de campo da escola até lá?

 

Visite o mapa no link:

http://static.hsw.com.br/gif/quilombolas-mapa.gif

 

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1714/imagens/quilombolas-mapa1.jpg

Continue as atividades, citando que as comunidades de quilombo se formaram por diversos processos como:

  • fugas com ocupação de terras livres e geralmente isoladas;
  • heranças/doações;
  • recebimentos de terras como pagamento de serviços prestados ao Estado;
  • simples permanência nas terras que ocupavam e cultivavam no interior de grandes propriedades;
  • bem como a compra de terras, tanto durante a vigência do sistema escravista quanto após sua abolição.

Leve seu aluno à percepção de que a maior característica do quilombo era uma resistência ao sistema escravocrata e a autonomia. Pode-se dizer que o quilombo era um lugar de transição da condição de escravo para a de camponês livre.

Este direito foi estabelecido, em 1988, pela Constituição, mas só passou a vigorar, em novembro de 1995, quando o governo federal, por meio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) concedeu o primeiro título de propriedade a uma comunidade quilombola.

Sugere-se como atividade, uma pesquisa mais aprofundada sobre essas comunidades, conduza esse trabalho com seus alunos, busque saber qual foi a primeira comunidade que conseguiu seu título e quantas ainda aguardam recebê-lo.

 

Aula 03: Atividades Práticas

Pela riqueza da temática, várias atividades podem ser desenvolvidas nas escolas. Aqui vão algumas sugestões que podem ser desenvolvidas a critério dos docentes. Recomenda-se que os professores (as) de toda a escola participem, já que a temática envolve várias disciplinas como história, artes e geografia.

 

Sugestão 1:

 

Diante do que foi desenvolvido em sala de aula, uma maneira de se concluir as atividades é com a promoção de um debate sobre as perspectivas futuras dessas comunidades. Lance um tema como:

"Os Quilombolas e o Século XXI, para onde vão essas comunidades?"

  • Algumas questões a serem abordadas são:
  • A posse da terra;
  • O reconhecimento dessas localidades como territórios étnicos;
  • Como essas comunidades vão manter seu modo de vida em um mundo globalizado?
  • Eles continuarão a serem símbolos de resistência ou seu modo de vida será modificado com o tempo?

Esse debate deve ser mediado pelo professor e seus resultados podem constituir uma página web sobre o tema.

Sugestão: 2

 

Sugere-se uma pesquisa em grupo sobre aspectos da cultura negra no Brasil. Dada à sua diversidade, os temas são variados. Sugere-se algumas atividades como:

  • Visita de grupos de capoeira à escola;
  • Influência Religiosa
  • Pesquisa sobre danças típicas;
  • Influências da culinária africana no Brasil;
  • Para mostrar a influência dos falares africanos no Brasil;
  • Trabalhos teatrais com elementos da cultura afro-brasileira;

Trazendo-se elementos da cultura afro-brasileira nos currículos das escolas busca-se legitimar na sala de aula mediante os conteúdos a que caracterizam a diversidade cultural do Brasil e perceber os africanos e os negros como protagonistas na formação do Brasil, e por fim desconstruir a idéia de passividade histórica dos negros e de que a África é um continente sem história.

 

Sugestão 3:

 

Uma sugestão muito interessante é que professores e alunos criem conjuntanmente um dicionário on line de termos afro-brasileiros. Os alunos podem desenvolver essa pesquisa, orientados por seu professor (a) e disponibilizarem os resultados de seu trabalho na web, em um blog por exemplo.

 

Sugestão 4:

 

Outra atividade a ser desenvolvida é a apresentação em sala de aula de filmes que abordem a cultura afro-brasileira. A fundação Palmares apresenta um excelente acervo on line de vídeos diversos que tratam sobre o negro no Brasil. O professor pode acessar os site previamente e escolher o título de seu interesse, baixa-lo e exibi-lo em sala de aula.

Os materiais ficam disponíveis na pagina da Fundação Palmares, no endereço: www.palmares.gov.br

Clique em "Rede Palmares" e depois em "TV"

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1714/imagens/palamres.jpg

Recursos Educacionais
Nome Tipo
Dos grilhões ao quilombo Vídeo
Recursos Complementares
http://www.quilombo.org.br http://www.presidencia.gov.br/seppir http://www.palmares.gov.br http://www.quilombolas.com.br
Avaliação
Participação Qualificada nos Debates; Produção de Apontamentos de Sala; Participação nas Atividades Propostas pelo Docente
Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 37 classificações

  • Cinco estrelas 18/37 - 48.65%
  • Quatro estrelas 18/37 - 48.65%
  • Três estrelas 1/37 - 2.7%
  • Duas estrelas 0/37 - 0%
  • Uma estrela 0/37 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • ELIAS DE PAULA, escola publica , São Paulo - disse:
    eliasdepaulap@yahoo.com.br

    19/05/2015

    Cinco estrelas

    muito bom mesmo


  • Marcio M. A. Ferr, E.E. Padre Menezes , Minas Gerais - disse:
    marcio-marquez@hotmail.com

    19/10/2013

    Quatro estrelas

    Ótimo conteúdo apresentado "Prof. Nilton" Parabéns pela organização e planejamento. Obrigado.


  • Max de Jesus Canuto, EETEPA , Pará - disse:
    maxjcanuto@hotmail.com

    27/09/2013

    Quatro estrelas

    Muito bem organizada aula!


  • Marco Aurélio, Universidade Estácio de Sá , Rio de Janeiro - disse:
    speedrace35@hotmail.com

    02/04/2013

    Três estrelas

    Boa a aula, parabéns. Mas devo fazer uma observação sobre Palmares: Embora tenha sido o maior quilombo do Brasil, teve um líder que era símbolo de resistência mas não era símbolo de liberdade. Fez de Palmares uma nova África com os rigores de uma sociedade que também escravizava. Em Palmares haviam escravos brancos, escravos negros cuja origem era de uma nação africana inimiga a nação de origem de Zumbí, bem como escravizava negros fujões que não queriam ir para Palmares.


  • MARIA HELENA T. DIAS, ESCOLA ESTADUAL JOSÉ M. BENTO , Mato Grosso - disse:
    lenatavaresdias@live.com

    24/07/2012

    Quatro estrelas

    Obrigada, seu trabalho irá contribuir em muitos outros e no meu para o preparatório para o mestrado com o tema 'PROFESSORES QUILOMBOLAS' espero encontrar vários suportes que me forneçam apoio , pois sendo professora quilombola e morando num quilombo as vezes temos dificuldades em trabalhar e encontrar apoio nas comunidades e nas Prefeituras.


  • hidely fratini, Diagonal Empreendimentos , São Paulo - disse:
    hidely.fratini@diagonal.net

    13/07/2012

    Cinco estrelas

    muito boa; pude ampliar meus conhecimentos sobre as comunidades. parabéns


  • laís amaral, escola municipal creuza gomes , Sergipe - disse:
    laisamaral2@yahoo.com.br

    29/02/2012

    Quatro estrelas

    muito interesante a sugestão de atividades sobre o tema abordado...gostei e irei aplicá-las essa semana!


  • Ediana M. M. Finatto, E.E.B. Professora Benta Cardoso , Santa Catarina - disse:
    edianega@yahoo.com.br

    22/02/2012

    Quatro estrelas

    Muito boa essa essa aula, eu estava realmente procurando sugestões para desenvolver em sala de aula. Parabéns.


  • Isamar Fatima Gomes Corrêa, E.E.B.Prof.Oswaldo Rodrigues Cabral. , Santa Catarina - disse:
    isamarfatima@hotmail.com

    26/12/2011

    Cinco estrelas

    Otima aula,trabalhei com minhas turma. muito bom Parabens.


  • MARCIA, UFF , Rio de Janeiro - disse:
    marcia_meireles@id.uff.br

    17/10/2011

    Cinco estrelas

    Excelente aula.. parabénss!!


  • Catia Luzia Bernardes, Secretaria da Educação e Cultura- Coordenaçao pedagogica , Paraíba - disse:
    clbernardeslins@gmail.com

    19/04/2011

    Cinco estrelas

    Parabéns pela aula. As sugestões de atividades são ótimas e podemos utilizar uma serie de recursos midiaticos para dinamizar a abordagem do tema.


  • ronaldo, sesi , São Paulo - disse:
    ronaldo.7690@hotmail.com

    18/04/2011

    Cinco estrelas

    foi otimao muito obrigado muito bom mesmo


  • Flávio Pereira da Fonseca, EM FORTUNATA DE FREITAS JUNQUEIRA , Minas Gerais - disse:
    flaviopfonseca@gmail.com

    19/03/2011

    Cinco estrelas

    Parabéns pelo excelente material disponibilizado!


  • Sônia Maria Almeida e Sousa, S.R.E Jataí , Goiás - disse:
    sonia2010.sousa@gmail.com

    14/03/2011

    Cinco estrelas

    Excelente contribuição para a melhoria e ampliação do conhecimento acerca do tema Comunidades Quilombola... Valeu


  • Adelita Fernandes Indalécio Matozo, JOSE DOS SANTOS , São Paulo - disse:
    adelita_matozo@yahoo.com

    18/11/2010

    Cinco estrelas

    Ótima a maneira como foi desenvolvida esta aula. A formação territorial brasileira deve ser muito discutida em sala de aula para uma melhor compreensão das diversidades culturais brasileiras e também seus conflitos éticos


  • ana paula guedes de oliveira, EE HITLER SANSAO , Mato Grosso - disse:
    paulaguedes_pe@hotmail.com

    11/11/2010

    Cinco estrelas

    Excelentes atividades propostas para a realização de aulas abordando um tema tão delicado.Parabéns professor!!!


  • Rosangela de Souza, TANCREDO NEVES C E PRES E FUND MEDIO , Paraná - disse:
    souzarosang2@gmail.com

    18/10/2010

    Quatro estrelas

    Gostei muito dos assuntos tratados durante as aulas, através dos mesmos podemos mostrar a nossos alunos a verdadeira identidade , influencia e a cultura do negro presentes nos nossos dias, as sugestoes de temas para trabalho também são bastante válidas, só achei que o tempo para desenvolvimento do assunto poderia ser maior.


  • Patricia Rodrigues, EEPSG PROF NILO POVOAS , Mato Grosso - disse:
    patinovaimagem@gmail.com

    11/10/2010

    Quatro estrelas

    Observei de forma simples a abordagem de um tema tão complexo na sala de aula, tradições negras.


  • irani Lira, PADRE AMORIM EEFM , Ceará - disse:
    iranilirabasilio@gmail.com

    01/10/2010

    Quatro estrelas

    Parabéns,profº Nilton, pela demonstração de uma aula,com abordagem interdisciplinar sugestiva, caracterizada pela diversidade cultural, que veio enriquecer o Projeto "Eu Tenho Cor" desenvolvido na escola onde atuo.


  • Oneide Alves Barros, Diretoria Regional de Ensino , Tocantins - disse:
    oneideepf@gmail.com

    31/05/2010

    Quatro estrelas

    Gostei muito dessa aula vai me ajudar no trabalho em sala de aula com esse assunto


  • Maria Lúcia Rosa de Jesus Sousa, ESCOLA ROTARY DE ITABUNA , Bahia - disse:
    luccia_rosa@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Excelente! As atividades sugeridas proporcionam meios para que os alunos aprofundem os conhecimentos sobre a realidade da história dos africanos e enfatizam também a importância desse povo na formação territorial brasileira, o que na verdade, não é abordado nos livros didáticos que tratam desse tema. Realmente, são muito significativas.


  • Alciele Claudio dos Santos Almeida, ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA BARBOSA , Alagoas - disse:
    alciele_almeida16@hotmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    é uma ótima sugestão de aula sobretudo agora na semana da consciência negra. desse modo gostaria de parabenizar o autor.


  • sidclei moreira da silva, ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR CLOVIS DUARTE DE BARROS , Alagoas - disse:
    ielcdis1@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Parabéns Professor Nilton!!! A aula;é muito bem elaborada e rica em informações, com conhecimentos que seguem uma estrutura, que possibilitam uma dialética das ações e lutas vividas pelos "Africanos", desde o período colonial até a contemporaneidade; o que configura uma luta constante pela igualdade social.


  • Neuserina Soares da Costa Anchiêta, SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA , Piauí - disse:
    sneuserina@yahoo.com.br

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Os textos de fácil entendimento pois tem uma linguagem clara e objetiva!


  • lidiane cristina bernadino de lima, ESCOLA DE ENSINO FUND SALOMÉ DA ROCHA BARROS , Alagoas - disse:
    menina-1979@hotmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Parabéns professor Nilton pelo tema abordado,onde eu daria um enfoque maior ao líder Zumbi dos palmares esse que lutou pela liberdade do seu povo.


  • Jose Ironaldo de Souza, ESCOLA DE ENSINO FUND SALOMÉ DA ROCHA BARROS , Alagoas - disse:
    ironaldosouza@hotmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    sua aula esta demtro da realidade que vivemos pois existe varias comtroversia sobre os quilombos mesm porque essa pessoas foram quem mas sofreram perda por isso a historia nao ecomtada como deveria desde o inirsio de tudo


  • José Olavo de Almeida, CARMINHA VASCONCELOS EEFM , Ceará - disse:
    olavoalmeida06@yahoo.com.br

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Olá senhor Nilton Goulart, o tema dessa aula é deveras importante, é preciso tornar mais conhecido as nossas origens, a existência de Quilombos na atualidade só vem valorizar a coragem que esse povo de origem africana demonstraram e demonstram, sobrevivendo em um mundo repleto de preconceitos. A contribuição cultural do negro ao Brasil está presente em todos os recantos dessa terra. É preciso conscientizar os nosso alunos de que não importa a cor da pele, somos todos filhos de um mesmo Deus


  • Alexsandra Silvestre da Cunha, NAZARE GUERRA EEFM , Ceará - disse:
    alexsandracunha16@yahoo.com.br

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    O assunto abordado em sua aula mostra o quanto estás preocupado com a valorização da pluralidade cultural no nosso país.Considerando o tema de muita relevância para a formação do educando buscarei no desenvolvimento desta aula ampliar o tempo de estudo focando detalhadamente cada sugestão apontada no seu plano de aula.


  • Ester Correa de Almeida, E.M. TEREZINHA SOUZA , Pará - disse:
    estercorreadealmeida@gmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    valeu!você foi demais.Parabéns pela seleção e direção do conteúdo. Um grande abraço


  • RUARLEX KLEBER BARBOSA, COL EST JOSE LUDOVICO DE ALMEIDA , Goiás - disse:
    ruarlex@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    otimo


  • isamar fatima gomes correa, COLEGIO MUNICIPAL SAO CRISTOVAO , Alagoas - disse:
    isamarfatima@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    simpesmente aulasmaravilhosas. obrigada.


  • Luiz carlos de Lemos da Silva, ESCOLA ESTADUAL GREGÓRIO CALDAS , Alagoas - disse:
    lemos.luiz1981@gmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Sua aula é uma ótima sugestão para nós professores trabalharmos com os alunos a realidade dos quilombolas que é camuflada pela ausência do poder público e as dificuldades enfrentadas por eles.


  • Thaynah Leal Simas, ESCOLA MARIA SAMPAIO LUCENA , Pernambuco - disse:
    tlealsm@gmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Concordo com o comentário acima. Muito bom! ^.^


  • Marcelo, Colégio Estadual Professora Maria Pereira , Goiás - disse:
    marcelo.gs_gomes@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Muito informativo com questões que identificam todas as entidades remanescentes no Brasil.


  • Luís Vieira de Sousa, EEPSG. ACAD. LAURO AUGUSTO DE BARROS , Mato Grosso - disse:
    luisvieira_13@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Parabéns pela as informações contidas. O tema abordado da pra fazer um excelente trabalho com alunos.


  • magna Luiz dos Santos, ESCOLA MUN DE ENS FUND DENILMA VILAR BULHOES , Alagoas - disse:
    magnals_@hotmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Parabéns professor! São realmente duas aulas ricas em conhecimentos, que faz com que o aluno coloque sua opinião diante de tantas histórias relatadas nesse contexto. É um tema que abrange várias discussões em relação ao mesmo, e que é de fundamental importância para a formação crítica do cidadão.


  • Mônica Gomes Paiva, EEFM CEL. MANOEL RUFINO MAGALHÃES , Ceará - disse:
    monnykinhasq@yahoo.com.br

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Uma ótima aula que servirá de base para dar início a História das comunidades negras que existem atualmente no estado do Ceará, como é o caso de Conceição dos Caetanos, em Tururu; Bastiões, em Iracema Colibri em Tauá e conhecer até mesmo, descendentes africanos (comunidades/famílias) do nosso próprio município. Objetivando o descobrimento de contribuições culturais como manifestações folclóricas, costumes e religião afro, e assim, o aluno possa conhecer a sua própria identidade.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.