Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Mercado de Carbono, uma alternativa contra o aquecimento global?

 

18/03/2009

Autor e Coautor(es)
Nilton Goulart de Sousa
imagem do usuário

BRASILIA - DF Universidade de Brasília

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Médio Geografia Questões ambientais, sociais e econômicas
Ensino Fundamental Final Geografia Ambientalismo: pensar e agir
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
Perceber o funcionamento do mercado de carbono como alternativa ao aquecimento global.
Duração das atividades
Duas aulas de cinquenta minutos
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
desenvolvimento sustentável, protocolo de kioto, efeito estufa, mudanças climáticas
Estratégias e recursos da aula

Introdução

O aquecimento global e as mudanças climáticas, ocasionadas dentre outros fatores, pelo aumento das emissões de gás carbônico na atmosfera terrestre, são temas de ampla discussão em nossa sociedade. Dessa forma, surgem perguntas como:

 

  • O que podemos fazer para reverter esse quadro?
  • Como emitir menos carbono?
  • É possível fixá-lo?

 

Essas são perguntas que muitas pessoas já se fizeram na busca por soluções para esse desafio. Nessa realidade surge o chamado "mercado ou neutralização do carbono" cujo entendimento é o objetivo da presente sugestão de aula.

Para saber mais, clique no link:

www.wwf.org.br/natureza_brasileira/meio_ambiente_brasil/clima/mudancas_climaticas/

ou na figura abaixo:

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1718/imagens/wwf2.jpg

Aula 01

Caro(a) professor(a), inicie sua aula questionando a idéia do que seja efeito estufa e qual sua interferência no chamado aquecimento global.

É importante ressaltar que o efeito estufa é critério fundamental para a manutenção da vida no planeta, já que este é que mantém a temperatura global estabilizada. O perigo está na intensificação desse efeito estufa, que está cada vez mais intenso, dados os níveis cada vez maiores de emissões de carbono em escala global.

Sugere-se apresentar os seguintes vídeos, que trabalham a questão das mudanças climáticas:

 

Mudanças ambientais globais: o efeito estufa

 

Esse recurso também está disponível em:

www.hiperescopio.com.br/imagens/mag/versao_separada/02_o_efeito_estufa/02_o_efeito_estufa.html

 

 
 
Esse recurso também está disponível em:

 

Diga-lhes que de uma maneira simplificada, neutralizar carbono é impedir sua emissão na atmosfera. A emissão se baseia no ciclo do carbono e está ligada a processos industriais, que invariavelmente, envolvem a queima de combustíveis fósseis e grandes incêndios florestais, como os que ocorrem na Amazônia.

Essa neutralização passa por duas etapas, uma individual e outra coletiva, mediante grandes projetos.

A figura abaixo ilustra as etapas do processo de resgate do carbono:

planetasustentavel.abril.com.br/pops/sequestro_carbono_pop.shtml

 http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1718/imagens/sequestro_carbono_pop1207x959.jpg

Trabalhe essa figura com seus alunos, solicite que eles identifiquem cada etapa conjuntamente. Uma sugestão é enumerar cada uma dessas etapas e escrevê-las no quadro, e sempre que possível fazer a conexão com a realidade de sua localidade.

Ações Individuais

As ações individuais para neutralização do carbono representam a construção de um novo estilo de vida, consumindo de maneira sustentada e tendo responsabilidade pelos resíduos gerados. É um esforço concentrado para produzir menos lixo e usar mais energia renovável.

Nesse contexto, é importante estabelecer a conexão com o que consumimos com os processos industriais/econômicos, que produzem esses bens e por consequência emitem carbono.

Questione a seus alunos:

 

  • O que podemos fazer em nosso cotidiano, para reduzir as emissões de carbono?
  • É possível consumir de maneira sustentada?
  • Realmente precisamos de tudo que queremos?

 

Para um maior entendimento de como pessoas comuns podem contribuir grandemente nas emissões de carbono através do consumo, apresente-os ao seguinte site, que oferece uma calculadora on line de emissões atmosféricas. É uma maneira de trabalhar a percepção que todos nós, de uma maneira ou de outra, influenciamos o meio ambiente.

Endereço disponível em:

www.iniciativaverde.org.br/pt/calculadora

Ou clique na figura abaixo e calcule sua emissão:

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1718/imagens/calculadora_carbono2.jpg

 

Ações Coletivas

Conforme as pessoas e o mercado se conscientizam de sua parcela de responsabilidade pelo o aquecimento global, algumas recorrem às compensações de carbono como uma forma de neutralização. Mas como funciona?

As empresas primeiro calculam a liberação de Gases do Efeito Estufa (GEE) na industrialização de um produto cobram um valor no preço final deste, baseado em quanto de GEE se emitiu ao produzi-lo. Ao comprar esse produtos, financia-se projetos que reduzem emissões de gases do efeito estufa (GEE). Os projetos podem ser de reflorestamento, ampliação ou mudanças em usinas elétricas e fábricas ou aumento da eficiência energética de prédios e transportes.

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1718/imagens/carbon-trading-1.jpg

Essa proposta trabalha em uma esfera global, que permite reduzir o GEE mundial total, já que as emissões GEE se misturam rapidamente no ar e, diferentemente de outros poluentes, se espalham por todo o planeta. Por isso, não importa onde as reduções de GEE ocorram. Importa apenas que menos carbono seja jogado na atmosfera.
 

Uma proposta estratégica para o Brasil

Por ser um país de extensa cobertura florestal, o mercado de carbono é uma oportunidade de se manter a vegetação em pé, já que o processo de fotossintese retira o carbono da atmosfera e o fixa nas árvores.

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1718/imagens/carbon-offset-4.jpg

Portanto, plantar árvores pode ser um excelente negócio para o Brasil, pois com essas florestas o país poderia negociar créditos de carbono com países industrializados. O carbono emitido em indústrias estrangeiras poderia ser fixado em árvores plantadas no Brasil.

Como atividade sistematizadora do que foi discutido em sala de aula, promova um debate sobre as vantagens e desvantagens da fixação do carbono.

Algumas perguntas a serem debatidas são:

 

  • A fixação de carbono encorajaria os indivíduos e empresas a tornarem-se responsáveis por parte da mudança climática do mundo?
  • Ou levaria a excessos, já que posso poluir em um país e fixar o carbono em outro?
  • Essa proposta de fixação de carbono poderia ser trabalhada como uma política pública?
  • Qual o papel do Brasil nesse mercado de fixação de carbono?
  • Estamos preparados para plantar novas árvores ou defender as florestas que já temos?

 

Esse debate pode ser feito da seguinte forma:

Divida a sala em três grupos onde:

a) um grupo simula que é uma grande empresa interessada em um projeto de fixação de carbono

 b) outro grupo busca convencer da eficiência do projeto;

c) outro grupo faz um trabalho de auditoria no projeto, buscando pontos falhos e fazendo questionamentos aos que oferecem o projeto.

Esses grupos devem debater e o grupo dos empresários escolhe se a proposta de neutralização de carbono é viável ou não.

 

Aula 02: Atividade de Campo - Praticando a Fixação de Carbono

 

Sugere-se essa atividade como uma campanha ou um programa, que deve ser desenvolvida de maneira continuada na escola. O objetivo é contribuir para a melhoria da eficiência ambiental de processos, implementando em suas ações e métodos de produção o princípio do 3R+C:

 

  • Redução do consumo;
  • Reutilização de materiais;
  • Reciclagem de rejeitos e, por fim;
  • Compensação das emissões de CO2.

 

Sugere-se utilizar a calculadora verde acima trabalhada, para ser saber quanto de CO2 o aluno emite e plantar, as árvores para compensá-lo.

A escola pode estabelecer um grupo de trabalho e escolher uma área próxima para o plantio. Essas árvores mais do que fixar carbono e contribuir para desacelerar o aquecimento global, colabora-se com o restauro de formações florestais próximas às escolas, as das margens de rios. Isso oferece um pacote de serviços ambientais que incluem preservação dos recursos hídricos, do solo e da biodiversidade local e regional.

Devem ser utilizadas espécies do ecossistema da região do plantio, pois estas terão muito mais oportunidade de adaptação ao ambiente, além de garantirem a conservação da diversidade regional.

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1718/imagens/plants.jpg

Após o plantio das mudas, uma manutenção intensiva deve ser realizada pela escola e comunidade. Este cuidado garante que as mudas se desenvolverão formando uma nova floresta. 

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/1718/imagens/plantandoarvores.jpg

Com isso é possível que o aluno aprenda na prática a temática trabalhada e se aproprie da responsabilidade de conservação do meio ambiente.

Recursos Educacionais
Nome Tipo
Mudanças ambientais globais: o efeito estufa Animação/simulação
Mudanças Ambientais Globais Animação/simulação
Mudanças Ambientais Globais - O Ciclo do Carbono Animação/simulação
Recursos Complementares
http://www.carbonobrasil.com http://www.carbononeutro.com.br http://www.carbono-zero.com http://www.reciclecarbono.com.br/
Avaliação
Participação qualificada nos debates; Participação na simulação de negociação de créditos de carbono
Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 4 classificações

  • Cinco estrelas 3/4 - 75%
  • Quatro estrelas 1/4 - 25%
  • Três estrelas 0/4 - 0%
  • Duas estrelas 0/4 - 0%
  • Uma estrela 0/4 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Maria da Conceição Queiroz de Araruna, ENE prof Francelino de Alencar Neves , Paraíba - disse:
    ceicaoqararuna@hotmail.com

    19/09/2014

    Cinco estrelas

    O trabalho de aula é realmente excelente. Gostaria de receber por e-mail outros trabalho do Gênero. Parabéns.


  • Gabriel Augusto , não tenho , São Paulo - disse:
    gabriel-augusto51@hotmail.com

    04/03/2014

    Cinco estrelas

    Deveria ter um link para baixar o vídeo e suas funções.


  • Alcides S. Ferreira, EEEFM Bernardo Guimarães , Rondônia - disse:
    alcides.sferreira@bol.com.br

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Muito legal esta aula, está de parabéns o professor Nilton. Muito interativa a proposta, não sei se ela foi utilizada com os alunos. Gostaria que me mandassem provas de sua execussão, pois achei o conteúdo extenso para apenas duas aulas de 50 minutos! Gostaria que me mandassem os vídeos ou como conseguir o download.


  • maria pastora da silva, NAZARE GUERRA EEFM , Ceará - disse:
    mariapastora5@gmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Muito louvavel a aula elaborada pelo professor Nilton Goulart de Sousa,que trabalhou dentro dos padrões adequado para um bom debate entre os alunos,gostei da sua metodologia,mas acho o conteudo muito, para duas aulas, pois um tema como esse deve ser pelo menos em quatro aulas de cinquenta minutos.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.