Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Basquete cooperativo

 

07/06/2010

Autor e Coautor(es)

Marcos Vinícius Pimentel de Andrade

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Final Educação Física Atitudes, conceitos e procedimentos: esportes, jogos, lutas e ginásticas
Ensino Médio Educação Física Esporte: Projetos de formação dos alunos
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Cooperar com os colegas de turma.

Valoizar e respeitar os colegas dos grupos adversários, reconhecendo a sua importância nas atividades propostas.

Compreender as diferenças entre o basquete competitivo e o basquete cooperativo.

Duração das atividades
Uma hora aula.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Esta aula não precisa de conhecimentos prévios.

Estratégias e recursos da aula

O basquete assim como os outros esportes tradicionais praticados na escola estão impregnados pelos conceitos e valores difundidos no esporte de rendimento, sendo assim a busca pelo rendimento máximo, a competição exacerbada, a valorização das ações individuais em detrimento das ações coletivas, a busca da vitória a qualquer preço e a visão dos adversários como "inimigos" a serem vencidos se faz presente nas aulas de educação física escolar.

As atividades cooperativas desenvolvidas nas aulas de educação física tem como objetivo desenvolver outros valores e conceitos que muitas vezes ficam ofuscados pelas atividades extremamente competitivas e se propõem a mostrar que nem todas as atividades precisam ter a lógica de vencedores e vencidos, podemos desenvolver atividades que tenham um foco em solidariedade, companheirismo e trabalho em grupo.

Esta aula será sobre o basquete, vamos utilizar atividades cooperativas com o intuito de fortalecer os laços de amizade e companheirismo entre os alunos da turma.

Primeira atividade: "Basquete com bola de gás", nesta atividade a turma deve ser dividida em dois grandes grupos, cada um deles deverá se posicionar em uma metade da quadra. O professor  escolhe um aluno de cada grupo para ficar no centro da quadra segurando um arco que servirá de cesta. Os alunos dos dois grupos  iniciam a atividade em cima da linha de fundo da quadra. O objetivo da atividade é transportar uma bola de gás desde a linha de fundo até a linha central da quadra, sem tocar na bola, os alunos devem assoprar a bola para mantê-la no alto, diecionando a bola para dentro da arco (cesta). Todas as vezes que a bola cair no chão o grupo deve iniciar a atividade novamente da linha de fundo (ponto de partida). 

Dica: Estimule os seus alunos a criarem estratégias em conjunto para transportarem a bola até a cesta sem que ela caia no chão.

Dica: Peça aos alunos que logo após assoprarem a bola se afastem rapidamente permitindo que outro colega do grupo possa ter contato  (assoprando) com a bola, evitando dessa forma que apenas alguns alunos participem efetivamente da atividade e os demais apenas observem.

Segunda atividade: "Mantendo as bolas nas alturas", nesta atividade mantenha a mesma formação da atividade anterior, dois grupos cada um em uma metade da quadra. Um aluno de cada grupo ficará responsavél por segurar o arco que servirá como cesta, estes alunos devem se posicionar em cima da linha central da quadra. Nesta atividade cada grupo deve receber uma quantidade de bolas correspondente a metade do número de alunos que o grupo possui, por exemplo, se o grupo tiver quatorze alunos deverá receber sete bolas. O objetivo dos grupos é transportar as bolas da linha de fundo da quadra até a linha central direcionando as bolas para dentro do arco. O deslocamento dos alunos com a bola deve ser feito através de sucessivos toques (tapas) na bola, não sendo permitido segurar a bola com as mãos.

Dica: naturalmente na sua turma existirão alunos mais habilidosos que realizarão as atividades com maior facilidade, identifique esses alunos e estimule a colaboração destes alunos com alunos que apresentem um maior grau de dificuldade.

Terceira atividade:" Pegando o Rebote", nesta atividade a turma será dividida em dois grandes grupos que devem ocupar cada um deles uma metade da quadra. Estes dois grandes grupos devem ser divididos em dois grupos menores, o primeiro grupo será o dos arremessadores o segundo o dos pegadores de bola (reboteiros). O grupo dos arremessadores se posiciona em cima da linha dos três pontos da quadra, já o grupo dos pegadores de bola deve ficar o mais próximo da cesta possível para pegar as bolas e devolver para o grupo dos arremessadores o mais rápido possível. O objetivo desta atividade é estimular o trabalho em grupo, os grupos não estão jogando um contra o outro, o objetivo desta atividade é superar os objetivos propostos pelo professor, como, por exemplo, o grupo terá que acertar vinte e cinco cestas em três minutos. O professor deve monitorar o tempo e promover um rodízio entre os alunos para que todos tenham a oportunidade de experimentar as funções de arremessador e pegador de bola. Os alunos precisam se organizar e criar estratégias durante a atividade para arremessar o maior número de vezes possível, estimule os alunos a identificar nos seus colegas de grupo algumas características que podem facilitar o trabalho em grupo. Por exemplo, um aluno pode ser mais veloz no momento de apanhar o rebote, outro consegue realizar arremessos mais preciso de uma distância maior, outros conseguem passar a bola com maior precisão.

Dica: A distância do ponto de arremesso para a cesta deve ser ajustada para cada aluno os que apresentam maior dificuldade em arremessar da linha dos três pontos podem chegar mais próximo da cesta. A pontuação pode ser de acordo com a distância do arremesso, quanto mais longe da cesta maior a pontuação.

Dica: Ofereça uma pontuação extra para o grupo que fizer o maior número de cestas através de arremessos realizados por alunos diferentes.

Dica: Todos os alunos do grupo devem acertar pelo menos uma cesta para que o grupo marque um ponto. Dessa forma todos devem incentivar os seus colegas durante a atividade.

Dica: Utilize bolas menores e mais leves para os alunos que apresentarem maior dificuldade no momento do arremesso.

Dica: Professor se na sua escola não tem um grande número de bolas de basquete complete com bolas de outros esportes (volei, handebol e futebol) para que a atividade não fique monótona com os alunos esperando muito tempo para arremessar. Se na sua escola não tem bola de nenhum esporte, adapte a atividade com bolas de plástico ou bolas de meias.

Recursos Complementares
Avaliação

Peça que os alunos façam uma redação de no máximo quinze linhas sobre as atividades realizadas durante esta aula, para trazerem na próxima aula levando algumas quaestões em consideração; se na opinião deles a proposta apresentada na aula de realizar atividades cooperativas em detrimento das atividades competitivas foi interessante; se os alunos da turma realmente se sensibilizaram com os objetivos das atividades cooperativas e trabalharam de forma connjunta; relatar os pontos positivos e negativos das atividades realizadas na aula.

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 1 classificações

  • Cinco estrelas 1/1 - 100%
  • Quatro estrelas 0/1 - 0%
  • Três estrelas 0/1 - 0%
  • Duas estrelas 0/1 - 0%
  • Uma estrela 0/1 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Marta Maria da silva Alves, Colégio Estadual Doutor João Maia , Rio de Janeiro - disse:
    marta.alves.68@gmail.com

    10/02/2014

    Cinco estrelas

    Adorei, a aula é muita criativa e permite que todos participem em grupo. Apesar da nossa escola não ter uma quadra, nesta atividade é possível realizar em outros espaços!


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.