Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


PAPEL RECICLADO – Vamos fazer papel?

 

27/07/2010

Autor e Coautor(es)
Soraia Cristina Cardoso Lelis
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Elizabet Rezende de Faria

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Médio Artes Arte Visual: Contextualização
Ensino Fundamental Final Artes Arte Visual: Produção do aluno em arte visual
Ensino Fundamental Final Ciências Naturais Vida e ambiente
Educação de Jovens e Adultos - 2º ciclo Artes Artes visuais: diversidade cultural e interculturalidade
Ensino Fundamental Inicial Artes Arte Visual: Produção do aluno em arte visual
Educação de Jovens e Adultos - 1º ciclo Estudo da Sociedade e da Natureza Seres humanos e o meio ambiente
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

*Conhecer o processo alquímico da fabricação do papel artesanal, contribuindo para a conscientização ecológica nos aspectos da redução e reutilização do papel para o equilíbrio do planeta.

*Dialogar com a área de ciências e a comunidade escolar no sentido de aprofundamento de conhecimentos e informações acerca da reciclagem de papel;

*Construir uma amostragem de possibilidades em papel reciclado;

*Produzir composições plásticas com o papel produzido em forma de cartões e capas de cadernos/agendas.

Duração das atividades
• Oito aulas de 50 minutos cada
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

·         Importância da reciclagem de materiais presentes no ambiente visando a preservação da natureza, a redução de custos  e o bem estar do ser humano.  

Estratégias e recursos da aula

Aula 1

 Ø  Fale sobre Reciclagem. Sugestão:

Reciclagem é um termo originalmente utilizado para indicar o reaproveitamento (ou a reutilização) de um polímero no mesmo processo em que, por alguma razão foi rejeitado.   O retorno da matéria-prima ao ciclo de produção é denominado reciclagem, embora o termo já venha sendo utilizado popularmente para designar o conjunto de operações envolvidas. O vocábulo surgiu na década de 1970, quando as preocupações ambientais passaram a ser tratadas com maior rigor, especialmente após o primeiro choque do petróleo, quando reciclar ganhou importância estratégica. As indústrias recicladoras são também chamadas secundárias por processarem matéria-prima de recuperação. Na maior parte dos processos, o produto reciclado é completamente diferente do produto inicial.

http://www.compam.com.br/oquereciclagem.htm 

Ø  Fale aos alunos da possibilidade de construção de uma pequena fábrica de produção de papel reciclado/artesanal na sala de aula de artes;

 Ø  Sobre PAPEL RECICLADO, busque mais informações em:         

 http://www.comofazerpapel.com.br/historia.html 

 http://www.comofazerpapel.com.br/assets/comofazerpapel.pdf 

  Ø  Solicite aos alunos para que coletem restos de papel nos lixos da escola e de casa, porque serão necessários enquanto  matéria-prima para a nossa oficina.       

Ø  Antes de iniciar a Oficina de papel, sugiro ao professor que leia o texto Oficina de papel reciclado:       

 LELIS, Soraia Cristina Cardoso Lelis. Poéticas Visuais em construção: o fazer artístico e a educação (do) sensível no contexto escolar. Dissertação de Mestrado, Instituto de Artes da UNICAMP: Campinas-SP, 2004, p. 118-9.  Disponível também em www.nupea.fafcs.ufu.br  

*Solicite aos alunos para que realizem entrevistas com professores da Área de Ciências da sua escola a respeito de reciclagem de papel, a importância da coleta seletiva e a redução de consumo.

  Aulas 2

*Socialize as respostas/informações obtidas na entrevista com os professores de Ciências da escola;

*Convide um destes professores para conversar com os alunos sobre a importância de se reciclar o lixo escolar (papel);

*Proponha a confecção de cartazes divulgando a proposta de se fazer papel na escola e conclamando a comunidade escolar para coletar/juntar papel e encaminhar à sala de Artes;

*Espalhe os cartazes pela escola.

 Aulas 3 e 4

 Ø  Prepare as mesas da sala de aula forrando-as com jornal;

 Ø  Disponibilize balde, água, bacias/vasilhas plásticas, molduras com tela (que podem ser substituídas por peneiras), papéis usados, jornal, cola ou grude, liquidificador;  

 Ø  Solicite aos alunos para que:

 *piquem os retalhos de papel coletados e coloquem de molho em uma bacia/balde com água;

 *coloquem o papel amolecido no liquidificador com água;      

 *batam essa mistura no liquidificador para obtenção da polpa;

 *despejem a polpa em uma  vasilha grande e quadrada com água;

 *colham a polpa com a moldura (ou peneira) de baixo para cima, no sentido de criar uma película sobre a tela;

 *coloquem para secagem em local seguro e de fácil ventilação.

 Fonte: Acervo e Autoria Marileusa Reducino e Soraia Lelis         

        

Fonte: Acervo e Autoria Marileusa Reducino e Soraia Lelis

  Aula 5

Ø Retome os passos  das aulas anteriores  e  promova a criação de uma caixa/depósito para abrigar os papéis fabricados;

Fonte: Acervo e Autoria Marileusa Reducino e Soraia Lelis

* Incentive a classificação dos papéis por cor, gramatura, textura propondo a seleção e contagem de tipos e quantidade;

 Ø  Organize com o grupo de alunos, um mostruário com fragmentos de todos os papéis produzidos:

      Pesquisa e possibilidade em papel reciclado: descobertas alquímicas    

  

Papel reciclado com pigmento a partir de guache ou anilina

 Fonte: Acervo e Autoria Marileusa Reducino e Soraia Lelis    

Papel reciclado

 Fonte: Acervo e Autoria Marileusa Reducino e Soraia Lelis    

  

Papel reciclado trabalhado em Batique

Fonte: Acervo e Autoria Marileusa Reducino e Soraia Lelis    

LELIS, Soraia Cristina Cardoso Lelis. Poéticas Visuais em construção: o fazer artístico e a educação (do) sensível no contexto escolar. Dissertação de Mestrado, Instituto de Artes da UNICAMP: Campinas-SP, 2004, p. 120. Disponível também em www.nupea.fafcs.ufu.br   

    Aula 6

 Ø  Proponha aos alunos para que façam diferentes cartões com o papel fabricado usando de composições em recorte e colagem;

   Aula 7

 Ø  Sugira a criação de imagens com o papel fabricado nas capas de seus cadernos/agendas.

Ø   Entregue a cada aluno os passos/etapas para produção de papel, caso se interessem na continuidade desta com outros fins além da escola.  

 Alquimia do Papel

 

Como fazer o grude? Na falta de cola, improvise, fazendo a seguinte receita: para 500 ml de água, dissolva uma colher bem cheia de polvilho. Pingue algumas gotas de limão. Leve ao fogo, mexendo sempre, até esta mistura leitosa apresentar transparência. Na impossibilidade de aquisição das pranchas (Molduras), pode-se optar por peneiras com tela fina. Estando o dia chuvoso ou necessitando das molduras para uma produção maior, sugerimos um outro tipo de secagem. Colocar a moldura ou peneira com a pasta de papel coada, sobre folhas de jornal, esperando que sugue o excesso de água. Cobrir com outras folhas de jornal e enxugar. Depois de seco, retirar com muito cuidado.  

 LELIS, Soraia Cristina Cardoso Lelis. Poéticas Visuais em construção: o fazer artístico e a educação (do) sensível no contexto escolar. Dissertação de Mestrado, Instituto de Artes da UNICAMP: Campinas-SP, 2004, Anexos. Disponível também em www.nupea.fafcs.ufu.br    

Aula 8

*Monte com seus alunos uma exposição com mostra dos trabalhos realizados com papel reciclado na escola e o mostruário construído com as possibilidades encontradas na pesquisa teórico-vivencial.

Recursos Complementares

COLAGEM – pintura criada pela incorporação de vários materiais, papel colorido ou impresso, tecido, barbante, etc., numa tela ou prancha, colados sobre estas. (LAMBERT, Rosemary. A arte no século XX: introdução à história da arte da Universidade de Cambridge. Trad. Álvaro Cabral. Rio de Janeiro: Zahar Editores,1984, p.86)  

 COMPOSIÇÃO – arranjo ou disposição de todos os elementos de um quadro, a fim de criar um todo agradável ou satisfatório. (LAMBERT, Rosemary. A arte no século XX: introdução à história da arte da Universidade de Cambridge. Trad. Álvaro Cabral. Rio de Janeiro: Zahar Editores,1984, p.86)    

Para saber mais sobre a nossa concepção de Avaliação em Arte, veja:

LELIS, Soraia Cristina Cardoso Lelis. Poéticas Visuais em construção: o fazer artístico e a educação (do) sensível no contexto escolar. Dissertação de Mestrado, Instituto de Artes da UNICAMP: Campinas-SP, 2004. Disponível também em www.nupea.fafcs.ufu.br                 

Avaliação

A proposta é o acompanhamento sistemático do aluno em todo o processo, observando o seu interesse e a desenvoltura nas aulas de artes, principalmente na fabricação do papel artesanal. Importante também verificar nos alunos o nível de cooperação com o grupo e a consciência ecológica na reutilização do papel. O feedback e a auto-avaliação complementam o processo.

 

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 4 classificações

  • Cinco estrelas 4/4 - 100%
  • Quatro estrelas 0/4 - 0%
  • Três estrelas 0/4 - 0%
  • Duas estrelas 0/4 - 0%
  • Uma estrela 0/4 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Ana Carolina Conceição oliveira, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de São Paulo-Campus Bragança P. , São Paulo - disse:
    anaccoliveirah@gmail.com

    19/04/2013

    Cinco estrelas

    Esta simplesmente excepcional!!!!! Realmente esta ideia é excelente e vocês todos estão de Parabéns!!! Repito, Parabéns mesmo. Gostaria que todas as escolas focem assim!! Torço para que o Brasil tenha cada vez mais projetos como esse, nas escolas e no ensino de todas as crianças!!


  • jessica, jessica , Mato Grosso do Sul - disse:
    JESSiCA2@yahooo.com

    03/07/2012

    Cinco estrelas

    nossa adorei pois nao estava sabendo fazer direito agora que aprendi vou fazer de mais com papel reciclavel nossa vei e maneiro????????????????????????????????????se pressisar e so eu vim nessa pagina do professor


  • Mª Angelica Rolim, EE Elza Savestro Bonilha , São Paulo - disse:
    mafrds@bol.com.br

    04/12/2010

    Cinco estrelas

    Parabéns, professora. É muito bonito este trabalho que você fez com seus alunos, porque atualmente precisamos passar esta consciencia aos nossos alunos no sentido de preservação. Fiz um trabalho parecido onde reciclei com meus alunos todos os jornais e caixas descartadas da minha escola.Construimos uma árvore de natal, guirlandas de papel de revista e de sacolinha plástica e um tapete com tiras de restos de pano.Foi ótima esta aprendizagem que eles tiveram e acredito que com seus alunos também.


  • Elizana, Colégio Dr. Dorival Brandão de Andrade , Goiás - disse:
    zanaaprigio@hotmail.com.br

    17/08/2010

    Cinco estrelas

    é muito boa, pois trabalha a consciência de preservação do meio ambiente e ainda produz a arte, em uma dinâmica conhecer, fazer e apreciar.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.