Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


A Deficiência Física na escola

 

19/05/2010

Autor(es) e Coautor(es)

Paloma Alinne Alves Rodrigues, Andréa Leão Doscher, Lívia Bardy, Juliana Gense e Erwin Doscher

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Ética Respeito mútuo
Ensino Fundamental Final Língua Portuguesa Língua oral e escrita: prática de escuta e de leitura de textos
Educação Infantil Movimento Coordenação
Ensino Fundamental Final Saúde Valorização dos vínculos afetivos
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Será trabalhado nesta aula o conceito de Deficiência Física no contexto escolar, de forma a proporcionar a reflexão dos alunos sobre a importância da inclusão de pessoas com este tipo de deficiência na escola. Além disso, será abordado os benefícios, para todos, de se conviver com as diferenças, sendo que a pluralidade favorece que aprendamos uns com os outros, independentemente das nossas características peculiares. Ainda, esta aula pode contribuir para aprimorar as capacidades crítica, analítica e argumentativa dos alunos relacionadas às temáticas de deficiência Física e Inclusão Escolar.  

Duração das atividades
Aproximadamente 200 minutos, quatro (4) aulas.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Não há necessidades que conhecimentos prévios sejam trabalhados pelo professor com os alunos para a efetuação da aula.

Estratégias e recursos da aula

As estratégias utilizadas serão:

  • Aula interativa;
  • Sala de vídeo;
  • Utilização do laboratório de Informática.          

 Motivação:   

O professor deverá iniciar a aula questionando os alunos se eles conhecem a Turma da Mônica e quais são os personagens desta. Após ouvir a resposta dos alunos, o professor deverá mostrar a figura 1, disponível abaixo.                         

    Figura 1: Luca novo personagem da Turma da Mônica   

Disponível em: http://www.monica.com.br/mural/luca.htm   Acessado em: 27 Abril 2010.    

Em seguida, o professor deverá perguntar aos alunos se o personagem da imagem mostrada a eles (Fig.1) faz parte da Turma da Mônica. Ao terminar de ouvir as respostas dos alunos, o professor deverá distribuir aos alunos, que deverão estar organizados em duplas, o texto "Turma da Mônica ganha mais uma amigo" (Fig. 2), como postado abaixo.                                     

Figura  2: Reportagem sobre o novo integrante da Turma da Mônica       

Disponível em: http://criancas.uol.com.br/novidades/ult2314u116.jhtm Acessado em: 28 Abril 2010.    

Em seguida, o professor deverá pedir para que eles façam a leitura do texto distribuido, de acordo com o roteiro postado a seguir.              

Roteiro    

  • Sobre qual assunto trata o texto?
  • O novo membro da Turma da Mônica pratica que tipo de esporte no seu cotidiano?
  • O que o novo personagem “Luca” ensina para os demais integrantes da Turma?
  • O que o Luca e o cantor Herbert Viana (Fig. 3) possuem em comum?
  • Qual o tipo de Deficiência que Luca possui?
  • O que o Luca utiliza para se locomover?     

Ao finalizar a leitura, o professor deverá questionar os alunos se todos os personagens que fazem parte da Turma da Mônica são iguais, e porquê.  

Sugestão:   

Caso haja algum aluno que não conheça os gibis e a Turma da Mônica, o professor poderá levar alguns exemplares para que os alunos possam conhecê-los. Além disso, o professor poderá apresentar uma imagem do cantor Herbert Vianna (Fig.3) , que após sofrer um acidente se tornou um cadeirante, ou seja, um deficiente físico. O professor poderá aproveitar a ocasião e perguntar aos alunos se existem deficiências que podem ser adquiridas ou não.

              Figura 3: Músico Hebert Vianna     

Disponível em: http://banco.agenciaoglobo.com.br/Imagens/Preview/200806/3551d6ee-301e-44b3-9ae9-1dda3841bb73.jpg  Acessado em: 29 Abril 2010.     

Observação:   

Neste momento, alguns alunos poderão responder que o novo personagem, Luca, é diferente porque utiliza uma cadeira de rodas. Desse modo, o professor poderá lembrá-los que o Cascão é diferente da Mônica, mas não porque utiliza uma cadeira de rodas, mas devido ao fato de que todas as pessoas possuem características próprias, o que as tornam diferentes umas das outras. Deve ser ressaltado, neste momento, que devemos respeitar as diferenças, pois elas fazem parte da vida!

Após ouvir as respostas proferidas pelos alunos, o professor deverá explicar que o novo integrante da Turma da Mônica possui uma necessidade especial, que está relacionada com a sua condição física, a qual é conhecida como “Deficiência Física”.       

Atividade 1

Esta atividade possui o objetivo de proporcionar aos alunos reflexão sobre a Deficiência Física, bem como o conhecimento de alguns fatores que causam esta deficiência. Para isso, o professor deverá levar os alunos para o laboratório de informática e pedir para que eles (em duplas), façam pesquisas em sites da internet sobre o assunto. Sugerimos que os alunos pesquisem sites ou blogs que tenham depoimentos de pessoas com deficiência física. Abaixo sugerimos alguns links de sites para a realização da pesquisa.       

Associação de Deficientes Físicos de Cianorte. Disponível em: http://www.adfic.org.br/content/blogsection/4/9/ Acessado em 03 Maio 2010.(Fig.4)    

Blog Reflexão sobre Rodas. Disponível em: http://reflexaosobrerodas.blogspot.com/ Acessado em 03 Maio 2010.  

Deficiente alerta. Disponível em: http://deficientealerta.blogspot.com/2010/04/site-com-informacoes-sobre-cultura-para.html Acessado em 03 Maio 2010.           

Figura 4: Imagem do site “Associação de Deficientes Físicos de Cianorte”  

Disponível em: http://www.adfic.org.br/content/blogsection/4/9/ Acessado em: 30 Abril 2010.  

  

Em seguida, o professor deverá pedir que os alunos escolham dois (2) depoimentos e façam a  leitura destes, seguindo para isso o roteiro que está disponibilizado abaixo.    

Roteiro da Atividade:   

  • Quais os depoimentos escolhidos? O que chamou atenção nestes depoimentos?
  • Qual o tipo de Deficiência as pessoas, dos depoimentos escolhidos, possuem?
  • O que causou esta Deficiência? Em que idade?
  • Qual foi a reação da própria pessoa, dos familiares e amigos?
  • Quais os tipos de profissionais (médicos, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais etc.) auxiliaram no tratamento?
  • Atualmente, essas pessoas trabalham, estudam ou praticam esportes?   

Observação:

Para facilitar as discussões, que serão iniciadas após este momento, sugerimos que o professor peça para os alunos responderem as questões do roteiro em uma folha de caderno. Ao finalizarem a leitura, o professor deverá entregar um número para cada dupla, e dentro de uma caixinha (de papel) colocar os números que foram distribuídos para cada uma. Após isso, o professor deverá pedir que um aluno retire de dentro da caixinha um número, o qual corresponderá a ordem em que a dupla deverá apresentar oralmente o resultado da leitura e discussão.      

Ao finalizarem as apresentações, o professor deverá iniciar uma conversa perguntando aos alunos se eles perceberam semelhanças, e quais são estas,  nos depoimentos lidos. Além disso, deverá perguntar o que entenderam sobre o conceito de Deficiência Física, e se todos os deficientes físicos adquiriram essa necessidade especial da mesma maneira.  

Atividade 2

Continuando a aula, a atividade a ser desenvolvida neste momento, tem como objetivo favorecer a reflexão do aluno sobre a inclusão social das pessoas com deficiência física, de forma que eles possam compreender que estas pessoas, apesar das limitações que a condição física  impõem, elas podem desempenhar diversas atividades (trabalhar, estudar, namorar etc.) como qualquer outra pessoa!   

Para isso com os alunos ainda na sala de informática, o professor deverá apresentar para a classe o vídeo intitulado “Bem além dos limites”, com duração de 15 minutos e 24  segundos (Fig. 5), como postado abaixo.   

Link do Vídeo: Disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnica.html?id=18957 Acessado em: 28 Abril 2010.   

                           

             Figura 5: Vídeo “Bem além dos limites”     

Sugestões:   

1) Alguns minutos antes de iniciar a apresentação do vídeo, o professor deverá pedir para que os alunos prestem muita atenção neste, ressaltando que eles deverão responder algumas perguntas posteriormente (Atividade 3).   

2) O professor, se preferir, poderá gravar o vídeo em DVD e apresentá-lo aos alunos na Sala de Vídeo da escola, de forma que todos possam assisti-lo ao mesmo tempo.     

Após assistirem ao vídeo, o professor deverá promover uma reflexão sobre este,  perguntando aos alunos o que eles acharam deste e, além disso, se consideram importante ter no cotidiano escolar, e principalmente em sala de aula, alunos com Deficiência Física e por quê.               

Atividade 3

Dando prosseguimento à aula, de forma a aprofundar a reflexão e discussão sobre o que o vídeo “Bem além dos Limites” (Fig. 5) aborda, o professor deverá pedir que os alunos, ainda em duplas, respondam numa folha de papel as questões que estão relacionadas logo abaixo.   

Observação:

Sugerimos que o professor imprima (faça cópias) das perguntas e distribua uma folha para cada dupla.   

Perguntas:  

  1. As crianças com Deficiência Física podem realizar atividades escolares como outras crianças (sem esta deficiência)? Por quê?
  2.  O fato de ter Deficiência Física compromete a capacidade intelectual de uma pessoa? Isto a torna "menos" inteligente que as demais pessoas (que não têm tal deficiência)? Por quê?
  3.  O que podemos fazer para que o colega de escola  Deficiente Físico possa se divertir nas atividades de recreação ?
  4.  No vídeo a personagem Leandra fala sobre como deveria ser a escola ideal para a pessoa com Deficiência Física. Cite alguns recursos de acessibilidade que ela menciona no vídeo.
  5.  A sua escola possui esses recursos de acessibilidade (rampas, banheiros adaptados etc), que buscam facilitar a vida do Deficiente Físico?
  6.  E nas escolas que a Leandra estudou, possuía?
  7.  No vídeo a personagem Leandra comenta sobre seus principais medos dela.Cite alguns desses medos.
  8. Ter pena e dó da pessoa com Deficiência Física é correto? Por quê? O que sentir?
  9.  No vídeo a arquiteta Adriana comenta sobre um obstáculo que dificulta a vida de uma pessoa com Deficiência Física no contexto escolar e até mesmo em outros ambientes. Cite esse obstáculo e a solução que poderia vir a facilitar a vida dessas pessoas.
  10. Por que é importante que a pessoa com deficiência Física pratique esportes? E qual esporte a personagem Leandra prática no seu dia-a-dia?
  11. Qual (is)  recurso(s) tecnológico(s) que pode(m) auxiliar a pessoa com Deficiência a realizar tarefas?
  12. Para a criança com Deficiência , seja ela física, auditiva, visual etc.,  é importante ter amigos? Por quê?  

Após isto, o professor deverá promover um diálogo acerca das questões respondidas pelos alunos, pedindo para que aqueles que se sentirem à vontade, compartilhem com os demais suas respostas.  

Neste momento é fundamental que o professor retome a questão de que todas as pessoas são diferentes umas das outras, e que por meio das diferenças podemos aprender novos conceitos, vivenciar novas experiências e aprender uns com os outros, independentemente de nossas características peculiares - sejam estas uma deficiência, a forma de vermos e sentirmos o mundo etc. E, afinal de contas: quem não precisa do outro para viver, aprender, crescer como ser humano?!!   

Finalizando a aula, o professor deverá perguntar para os alunos se eles se lembram do personagem Luca da Turma da Mônica, apresentado no início da aula.  Em seguida, o professor deverá perguntar que tipo de recurso o Luca utiliza para se locomover no seu dia–a-dia. Após ouvir a resposta dos alunos (que deverá ser “Cadeira de Rodas”) o professor deverá dizer que a cada ano este recurso passa por inúmeras transformações buscando proporcionar uma maior autonomia para a pessoa que a utiliza.

Atividade 4:

Desse modo, esta atividade irá abordar a evolução deste recurso de locomoção utilizado por algumas pessoas que possuem  Deficiência Física. Para isso, ainda no laboratório de informática, o professor deverá pedir para que cada dupla pesquise em sites da internet a História e a evolução da Cadeira de Rodas. Desse modo, o professor deverá pedir que os alunos façam um Mural  - com textos explicativos e figuras, como ilustrado (Fig. 6) abaixo.                                   

                    Figura 6: Modelo de Mural         

Fonte: do autor

Sugestão   

Para a realização da pesquisa sugerimos os sites relacionados abaixo:    

http://pt.wikipedia.org/wiki/Cadeira_de_rodas 

http://www.cadeirarodas.com/historia_da_cadeira_de_rodas.html  

http://www.crfaster.com.br/Cadeira%20Rodas.htm    

http://especial.viveravida.globo.com/sonhos-de-luciana/     

Recursos Complementares

Os links abaixo se referem ao conceito de Deficiência Física  

http://www.adfic.org.br/   

http://www.planalto.gov.br/ccivil/leis/L10098.htm  

http://deficientefisico.dihitt.com.br/ 

Avaliação

A avaliação deverá ocorrer em todos os momentos. É importante que o professor perceba ao final das aulas se os alunos compreenderam a importância de conviver com uma pessoa que possui Deficiência Física buscando valorizar e respeitar as diferenças existentes entre todos. Além disso, o professor deverá avaliar como os alunos participaram e se desempenharam as atividades realizadas durante o decorrer da aula.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 2 classificações

  • Cinco estrelas 1/2 - 50%
  • Quatro estrelas 1/2 - 50%
  • Três estrelas 0/2 - 0%
  • Duas estrelas 0/2 - 0%
  • Uma estrela 0/2 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • alan silva dos santos, nenhuma , Distrito Federal - disse:
    n.evelyn@hotmail.com

    09/04/2013

    Cinco estrelas

    Achei este texto muito legal e muito educativo para as crianças gostei de ler


  • simone rosana rodrigues galdino ramos simões, Secretaria Municipal de Educação de VESPASIANO , Minas Gerais - disse:
    simone-rosana@hotmail.com

    30/09/2010

    Quatro estrelas

    Achei esta aula ótima pois ela aborda as nossas diferenças de uma maneira bem interessante, quando ele diz porque a monica é diferente do cascão, ou porque o meu aluno é diferente de mim. É uma aula para se ter e aplicar dentro de sala. Parabéns.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.