Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Pé de bailarina ou Pé equino na inclusão

 

28/06/2010

Autor e Coautor(es)
Elmio Pagy Felipe dos Reis
imagem do usuário

BRASILIA - DF CEE 02 DE CEILANDIA

Marco Guilherme. B. Burlamaqui

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Médio Educação Física Ginástica: Projetos de formação dos alunos
Ensino Médio Educação Física Jogos: Projetos de formação dos alunos
Ensino Fundamental Inicial Educação Física Conhecimentos sobre o corpo
Ensino Fundamental Final Educação Física Atitudes, conceitos e procedimentos: conhecimentos sobre o corpo
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

que existem limitações no desenvolvimento motor

distinguir o portador do pé de bailarina ou pé equino.

Duração das atividades
2 aulas (de 50 minutos cada)
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Nenhum conhecimento prévio necessita ser trabalhado.

Estratégias e recursos da aula

 Ao propor atividades para alunos com características de pé de bailarina, ou pé equino, é importante ressaltar que os alongamentos são imprescindíveis, bem como o fortalecimento da musculatura do corpo. A fadiga pode ser fator desestimulante para qualquer pessoa, criança, jovem ou adulto, praticar esporte.

Juntar a turma para a fabricação do material. Levar separado e antecipadamente latas e barbantes. Pode-se organizar em aula anterior e combinar com a turma para aumentar a participação e engajamento dos alunos. Separe para cada aluno duas latas e um pedaço de barbante ou fio de nylon de aproximadamente 1 metro ou pouco mais, dependendo da altura do aluno. O aluno terá que segurar de forma agradável o barbante. A lata deve ser a de leite em pó ou de achocolatado, para permitir o maior equilíbrio quando estiverem em cima dela. Agora, nas extremidades do diâmetro da lata, faça dois furos. Passe o barbante ou o fio de naylon pelos furos da lata e una as extremidades com um nó bem forte dentro do recipiente. Coloque a tampa e decore com retalhos de plástico adesivo ou tinta. Faça o mesmo com outra lata.

Importante: Verifique se o local da atividade não oferece riscos. A brincadeira não é perigosa mas o local deve estar limpo e não deve ser nem encerado nem sequer, acidentado. O professor, como de costume, deve estar atento para que os movimentos aconteçam sem atropelos.

Os alunos sobem nas latas e tentam se equilibrar segurando nas cordas. Além de andar no ambiente escolhido(pátio, campo de volei, qualquer superfície limpa e não encerada) da escola com os pés de lata, eles vencido o desafio do equilíbrio, vão se divertir apostando uma corrida, andando para trás ou vencendo um percurso com obstáculos.Essa atividade permite  o desenvolvimento do equilíbrio, da coordenação motora e o ato de brincar. Durante todo o processo, também a atenção estará sendo estimulada.

O professor agora passa para a conscientização dos alunos. Importante que todos falem da própria experiência, das dificuldades e comparem o grau de atenção e equilíbrio desta atividade feita em cima da lata, com a mesma atividade feita sem  os pés de lata; em seguida o professor retoma o assunto abordando a diferença das  realidades, das dificuldades de uns em relação aos outros, da necessidade de superação, etc para maior absorção da atividade. Com isto, o nível de participação entre os colegas será maior e ainda haverá um envolvimento emocional muito importante.

Recursos Complementares
Avaliação

Durante as atividades, avalie a atenção, interesse e nível de entrosamento e brincadeiras( pontuando aquelas que precisarão ser discutidas na 3a  atividade)

Opinião de quem acessou

Sem estrelas 0 classificações

  • Cinco estrelas 0/0 - 0%
  • Quatro estrelas 0/0 - 0%
  • Três estrelas 0/0 - 0%
  • Duas estrelas 0/0 - 0%
  • Uma estrela 0/0 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.