Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Produção de textos: Produção de uma BULA para um remédio diferente

 

18/06/2010

Autor e Coautor(es)
Fernanda Maurício Simões
imagem do usuário

BELO HORIZONTE - MG ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL DA UFMG - CENTRO PEDAGOGICO

Clenice Griffo

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Concepção de texto
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Gêneros de texto
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Processos de leitura
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Ao final dessas atividades esperamos que o aluno:

- Aprenda algumas características do gênero textual ‘bula’ e a sua função social;   

- Avance na aprendizagem da construção do texto obedecendo às convenções gráficas do sistema de escrita;

-  Avance na aprendizagem da revisão e reescrita de textos.

Duração das atividades
As atividades terão duração de 05 a 06 aulas de 40 a 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Essa sequência didática é indicada para as crianças que dominam o sistema alfabético. Esse aprendizado ocorre quando o aluno compreende que cada letra (grafema) é representada por um som (fonema) e, por isso, já é capaz de ler e de escrever de forma mais autônoma.

Em caso de turmas heterogêneas, sugerimos que a criança em processo de apropriação do sistema de escrita realize as atividades 4 e 5 junto com um colega que tenha mais experiência com a leitura e com a escrita. Os alunos que trabalharem em duplas, ao invés de produzirem o texto da bula individualmente, poderão escrever juntos, um único texto. É importante orientar esses alunos a realizarem a atividade de forma colaborativa, de forma que um ouça a opinião do outro e os dois decidam sobre o que deverão escrever.

Estratégias e recursos da aula

Caro professor, no processo de aprendizagem da escrita de textos, é importante que, antes da produção propriamente dita, o aluno conheça as características do gênero textual em questão e participe de sua escrita coletiva, refletindo sobre o modo como ele é escrito. Além disso, após a escrita, o aprendiz deve aprender a revisar o texto de acordo com alguns critérios que, inicialmente, devem ser propostos pela professora.

 Nessa sequência didática, as crianças terão oportunidade de vivenciar quatro etapas da produção de textos:

1.      Analisar a estrutura e o conteúdo de uma ‘bula’;

 2.     Produzir coletivamente um texto desse mesmo gênero;

3.      Produzir individualmente um texto do gênero bula;

 4.     Reescrever o texto de acordo com a correção da professora

Atividade 1: Conhecendo a bula de remédio e produzindo esse texto coletivamente

Objetivos: Conhecer as funções sociais do gênero textual: “bula de remédio”.  

                Criar coletivamente um texto semelhante ao de uma bula de remédio.

Sugerimos que você inicie a atividade perguntando às crianças se elas conhecem ‘bulas de remédio. É importante levar para sala de aula alguns remédios com bulas. Peça que digam em que lugar é possível encontrar esse texto e para que serve. Solicite também que levantem hipóteses sobre como esse texto é escrito. Incentive-os a pensarem: “o que é preciso uma pessoa saber quando vai tomar um remédio?”. Como esse é um texto que não é do cotidiano de muitas crianças, você pode realizar essa discussão de forma mais direcionada, completando as informações oferecidas por elas. Seria interessante listar no quadro os itens ditos.

Após esse diálogo inicial, sugerimos que você tire cópia de uma bula e distribua aos alunos. (Tenha preferência por bulas direcionadas aos pacientes. Nesses textos, as informações estão em uma linguagem mais simples e são mais fáceis de serem visualizadas).

Proponha às crianças a exploração do texto, por meio das perguntas:

- “Qual a primeira informação ao paciente destacada no texto?”

- “Vamos localizar no texto a parte que fala para que o medicamento é indicado?”

- “Vamos procurar a parte do texto que orienta o paciente sobre o local em que o medicamento deve ser guardado?”

 - “Agora, vamos achar no texto a parte que fala sobre em que casos o medicamento não deve ser usado.” Etc.

 Provavelmente, muitas informações da bula usam termos ainda desconhecidos pelas crianças. Sugerimos que, entes da aula, você pesquise o significado deles para, caso seja necessário, esclarecer as dúvidas dos alunos. Essa atividade tem como objetivo promover uma primeira aproximação dos aprendizes com esse gênero textual.

Outra sugestão é discutir sobre a importância da leitura da bula dos remédios. Nesse momento, é interessante falar sobre o risco de tomar um remédio sem saber que efeitos ele pode causar ao nosso corpo. Você pode estimular as crianças a relatarem suas experiências, perguntando:

- “Vocês já viram algum adulto lendo a bula?”

- “Que tal perguntarmos aos nossos familiares se eles têm costume de ler ou pedir a outra pessoa para ler a bula de remédio?”

-  “Que riscos uma pessoa pode correr ao não se informar sobre o remédio que vai tomar?”

Proponha a escrita da bula de um medicamento criado pela turma. Todos deverão inventar o nome para o remédio e as informações sobre ele. Sugerimos que a produção do texto seja feita por meio da seguinte atividade:

Nome do remédio:

Para que ele serve:

Quando não se deve usar o remédio:

Quantas vezes deve ser tomado ao dia:

Cuidados:  

Apesar de esse gênero textual, geralmente, não ser usado por crianças, consideramos importante que elas conheçam os usos e as funções desse texto em nossa sociedade. Para isso, recomendamos que durante a produção da bula para o remédio inventado, você discuta cada item do texto,conversando com as crianças sobre os problemas que a ingestão de doses altas de remédios pode causar, os cuidados que se deve ter com os medicamentos etc.

Atividade 2: Produção coletiva de uma bula diferente

Objetivo: Produzir uma bula de forma criativa

Nesta atividade, os alunos deverão produzir uma bula para um ‘remédio’ diferente. Nossa intenção, é que as crianças tenham oportunidade de ‘brincar com o texto’, usando de sua criatividade.

Sugira que pensem em alguma atividade que fazem em seu dia a dia e inventem uma bula para ela. Será necessário informar para que serve, quando deve ser usada, quando pode fazer mal etc.Você pode oferecer alguns exemplos: brincar, estudar, arrumar a casa, ler, desenhar, conversar etc. O ‘remédio’ pode também ser relacionado a sentimentos: alegria, tristeza, raiva etc. A turma deverá eleger uma sugestão levantada e produzir um texto com a mesma estrutura da atividade anterior.

Nome do remédio:

Para que ele serve:

Quando não se deve usar o remédio:

Quantas vezes deve ser tomado ao dia:

Cuidados:

No momento da produção do texto, é importante chamar atenção da turma para estrutura do texto. Ele deve instruir a pessoa em relação ao modo de usar o ‘remédio’, aos cuidados a serem tomados etc. Caso o remédio for a BRINCADEIRA, por exemplo, você poderá ajudar a turma a pensar para que ela serve, quando não se deve usar  etc.

Sempre que necessário questione os alunos em relação aos aspectos gráficos do sistema de escrita, perguntando, por exemplo, como as palavras devem ser segmentadas. Como esse texto é feito de frases curtas, depois de os alunos elaborarem a frase referente a um item, você pode escrevê-la com as palavras juntas e pedir aos alunos que te ajudem a separá-las.             

Após a produção, é importante revisar o texto com a turma, verificando se falta alguma informação.

Atividade 3: Trabalhando com a bula 

Objetivo: Trabalhar estratégias de leitura e segmentação de palavras

Outra sugestão é que você use esse texto para desenvolver atividades de leitura e de apropriação do sistema de escrita. 

1.      Para alunos que já tenham se apropriado do sistema alfabético, sugerimos que você entregue o texto escrito com as palavras emendadas para que a turma o reescreva, separando as palavras. Esse procedimento os auxiliará a perceber que, enquanto na linguagem oral, falamos muitas palavras emendadas, na linguagem escrita, as escrevemos de forma separada.

 2.Outra intervenção importante para os alunos aprenderem sobre a estrutura da frase e a segmentação de palavras é entregar todas as palavras do texto soltas e pedir que montem o texto. Com esse procedimento, os alunos deverão ler e entender cada palavra para elaborar a frase. Durante a atividade, você pode incentivar as crianças a lerem o que escreveram e verificar se a frase tem sentido.

Atividade 4: Produção individual de uma bula diferente

Objetivo: Produzir e revisar o texto.

Em outra aula, sugerimos que você proponha às crianças que escrevam individualmente uma bula para um remédio diferente. Antes de a turma iniciar a escrita do texto, sugerimos que, caso a escola tenha disponível, você leia o livro: “Manual Prático da Bruxaria em onze lições”, do autor Malcolm Brird, da editora Ática. Essa história também modifica alguns textos para torná-los divertidos. No momento da leitura, você poderá chamar a atenção dos alunos para esse aspecto e dizer que eles também terão o desafio de criar uma bula divertida.

Os alunos deverão seguir a mesma estrutura do texto feito coletivamente e escolher uma atividade (brincar, estudar ir à igreja) ou um sentimento (alegria, tristeza etc.) para elaboração escrita. Recomende aos alunos que não elejam o mesmo tema da aula anterior. Caso seja necessário, deixe exposto o texto produzido coletivamente para que observem a forma como ele é estruturado, ‘tirem idéias’ de como iniciar uma frase etc.Após a escrita, peça aos estudantes que revisem o texto, verificando se eles conseguiram expressar, com clareza, todas as informações sobre o ‘remédio’. Você pode estar disponível para apontar aos alunos os aspectos que devem rever em seu texto.

Sugerimos que você peça aos alunos que observem os seguintes itens:

- Se a estrutura do texto é semelhante à da produção coletiva;  

- Se as informações estão claras;

- Se as palavras estão segmentadas corretamente.

Ao final, as crianças deverão devolver o texto. Sugerimos que você faça a sua correção por meio das seguintes marcações:

- Colocar um símbolo (um triangulo, por exemplo) ao lado das frases que não podem ser entendidas e que, por isso, devem ser refeitas;

 - Circular as palavras escritas juntas ou ortograficamente erradas.

Atividade 5: Reescrevendo e lendo o texto produzido

Objetivo: Reescrever o texto segundo as observações da professora  

              Ler em público a produção do colega

Distribua o texto novamente e peça aos alunos que façam a correção. As crianças deverão reescrever o texto em outra folha, modificando-o de acordo com suas observações. É importante escrever no quadro e os critérios e símbolos usados para a correção do texto e estar disponível para as possíveis dúvidas.

Em seguida, solicite que troquem de textos com os colegas, de modo que um leia a ‘bula’ produzida pelo outro. Depois de uma primeira leitura individual, incentive as crianças a lerem o texto do colega na frente da sala, para toda a turma. Após cada leitura, deverão falar se entenderam as informações e se gostaram do remédio diferente criado pelo colega.  

Recursos Complementares

No site http://www.ceale.fae.ufmg.br/imprimir_publicacoes.php?txtId=130&catId=127  

 você terá acesso aos cadernos produzidos pelo Centro de Alfabetização Leitura e Escrita (FAE/UFMG), que poderão orientar o trabalho com produção de textos na escola.

Avaliação

Para avaliar se os alunos aprenderam a produzir um texto com as características de uma bula, você poderá pedir que elejam um único tema e elaborem uma bula para ele. Ressalte que após a escrita deverão revisar o texto, observando se as informações estão completas, se estão separando as palavras com um espaço em branco e se o texto está ortograficamente correto.             

Com essa atividade, você perceberá o que as crianças aprenderam e o que ainda precisa ser mais trabalhado.    

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 6 classificações

  • Cinco estrelas 5/6 - 83.33%
  • Quatro estrelas 1/6 - 16.67%
  • Três estrelas 0/6 - 0%
  • Duas estrelas 0/6 - 0%
  • Uma estrela 0/6 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.