Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


O debate: argumentação e contra-argumentação orais

 

06/12/2010

Autor e Coautor(es)
Priscila Brasil Gonçalves Lacerda
imagem do usuário

BELO HORIZONTE - MG ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL DA UFMG - CENTRO PEDAGOGICO

Prof. Luiz Antônio dos Prazeres

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Final Língua Portuguesa Análise linguística: variação linguística: modalidades, variedades, registros
Educação de Jovens e Adultos - 2º ciclo Língua Portuguesa Linguagem oral: escrita e produção de texto
Ensino Fundamental Final Língua Portuguesa Língua oral e escrita: prática de produção de textos orais e escritos
Ensino Fundamental Final Língua Portuguesa Língua oral e escrita: processos de interlocução
Ensino Fundamental Final Língua Portuguesa Análise linguística: processos de construção de significação
Ensino Fundamental Final Língua Portuguesa Análise linguística: modos de organização dos discursos
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Esta aula tem por objetivo levar os alunos a compreender a construção de um debate, observando a sua organização em argumentos e contra-argumentos. Acreditamos que, a partir das atividades propostas, os alunos poderão aprimorar a sua habilidade de exposição oral de ideias.

Duração das atividades
Aproximadamente 2 aulas de 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Seria importante que os alunos já tivessem trabalhado com leitura e com produção de textos argumentativos escritos.

Estratégias e recursos da aula

Atividade 1

Nesta primeira atividade, o professor deve levar os alunos a resgatar os seus conhecimentos prévios sobre o gênero debate, a partir dos seguintes questionamentos:

  1. O que é um debate?
  2. Você já assistiu a um debate ou já participou de algum?
  3. Como ele foi organizado?
  4. Em geral, os debates se desenvolvem em torno de uma questão. Por que determinadas questões geram debate?
  5. Enumere algumas questões que você considera que poderiam ser temas de um debate. 

O professor deve anotar na lousa (quadro) as principais questões levantadas pela turma. Em seguida, deve solicitar aos alunos que escolham uma das questões sugeridas e elaborem uma opinião contrária e outra opinião favorável à questão que tiverem escolhido. Posteriormente, alguns alunos devem ser recrutados para exporem as suas opiniões.

Sugerimos que o professor recolha este exercício, a fim de fazer os comentários necessários a respeito da coerência interna de cada uma das opiniões apresentadas pelos alunos.

Finalizando esta atividade, o professor deve levar os alunos a refletirem sobre o fato de o debate estar enraizado em uma polêmica.

Atividade 2

Para iniciar a segunda atividade, o professor deve fazer uma breve abordagem dos elementos de modalização, algo que nos parece importante de ser tratado, pois é muito recorrente na construção de textos de opinião.

Sugerimos, então,  que seja discutida com os alunos a seguinte definição:

As marcas linguísticas do julgamento: a modalização

A modalização é o uso de formas linguísticas (verbos, advérbios, orações, etc.) para evidenciar a posição pessoal do enunciador de um texto. Assim, ele pode ser mais pessoal e subjetivo ou mais neutro e objetivo, conforme a situação de comunicação. (In: FARACO, C. M., MOURA, F. M. de. Linguagem nova - 8ª série/9ºano. 16 ed. São Paulo: Ática, 2007, p.99)

O professor deve dar prosseguimento à discussão, solicitando que os alunos modifiquem a frase "A Europa está em crise financeira", colocando uma modalização de constatação, certeza, suposição, obrigação, apreciação, possibilidade, desejo e confirmação, como no exemplo: Eu vejo que a Europa está em crise. (constatação)

Depois que o professor tiver discutido com os alunos as frases criadas por eles, deve ser apresentado o vídeo a seguir, em que podemos ver o trecho de um debate. Posteriormente, os alunos devem responder as questões, a fim de fazer uma interpretação do trecho.

Debate: http://www.youtube.com/watch?v=vbL1uok56FM, acessado em 5 de junho de 2010. 

Observação: Caso a escola não disponha de recursos de vídeo, sugerimos que o professor passe o link para os alunos e solicite que eles assistam ao debate antes da aula. 

Questões:

a) Qual é a questão motivadora deste debate?

b) Em sua opinião, eles estão tratando de uma questão polêmica? Por quê?

c) Quem são as pessoas que participam deste debate? Quais se manifestam contrariamente ao ensino de religião em escolas públicas e quais se manifestam a favor?

d) Caso o participante não tenha se pronunciado no trecho, levante hipóteses sobre o seu posicionamento, considerando seu perfil.

e) Procure no texto expressões utilizadas pelos debatedores que indiquem: constatação, certeza, suposição, obrigação, apreciação, possibilidade, desejo e confirmação. Se você não encontrar ao menos um exemplar de cada tipo de modalização, crie, a partir de uma frase do dita no debate, outras frases com as modalizações que não foram encontradas.

Depois que os alunos tiverem respondido às questões, o professor deve solicitar a alguns deles que exponham as suas respostas, promovendo uma discussão sobre o exercício.

Atividade 3

É hora de praticar!

Fonte (Imagem à esquerda): http://bp1.blogger.com/_HTtqCAGz0ck/SCGN12LH8TI/AAAAAAAAAD8/MrgSelaiToo/s320/JOVENS+DEBATE+OR%C3%87AMENTO+01.jpg, acessado em 3 de dezembro de 2010.

Fonte (Imagem à direita): http://panapedra.files.wordpress.com/2010/09/debate.jpg, acessado em 3 de dezembro de 2010.   

Para esta atividade, os alunos devem se dividir em equipes de 4 ou 6. O professor deve selecionar algumas questões polêmicas, dentre as questões enumeradas pelos próprios alunos na Atividade 1 como passíveis de debate, ou propor outras questões, como "O aborto deve ser legalizado?" ou "A maioridade deve ser reduzida para 16 anos?".

Cada equipe ficará responsável por debater uma questão polêmica. Metade dos alunos da equipe deverão se posicionar contra e outra metade a favor da questão a ser discutida. Sugerimos que esta distribuição de posicionamentos seja feita por meio de sorteio.

Em casa, os alunos devem preparar seus argumentos. O professor deve solicitar que pesquisem sobre o assunto, a fim de trazer para a discussão dados de pesquisa, notícias, outras opiniões, etc., enriquecendo o debate e, consequentemente, tornando-o mais interessante.

As equipes, cada uma a sua vez, devem debater diante da turma. O professor será o responsável por intermediar o debate, dando a cada aluno o seu turno.

Cada aluno, ao assistir ao debate, ficará responsável por anotar e classificar as expressões modalizadoras utilizadas por um outro colega quando este estiver participando do debate. (Observação: Este exercício foi inspirado em uma atividade encontrada em FARACO, C. M., MOURA, F. M. de. Linguagem nova - 8ª série/9ºano. 16 ed. São Paulo: Ática, 2007, p.99.)

Ao final desta atividade, o professor deve fazer um balanço de como foram os debates e deve recrutar alguns alunos para comentarem as expressões modalizadoras que classificaram.

Recursos Complementares

Recomendamos o vídeo presente no endereço http://revistaescola.abril.com.br/lingua-portuguesa/pratica-pedagogica/video-comunicacao-oral-genero-debate-oralidade-539917.shtml, acessado em 5 de junho de 2010, em que o Assessor de Língua Portuguesa da Prefeitura do Estado de São Paulo fala sobre o trabalho com o gênero debate em sala de aula. Nesse sítio o professor encontra também outros links sobre comunicação oral.

Avaliação

A compreensão das propostas pelos alunos será avaliada a partir do esclarecimento (correção) em sala de aula de cada uma das atividades.

Sugerimos que o professor faça uma distribuição de pontos na atividade em que os alunos colocaram em prática o debate, avaliando a organização do debate, o posicionamento claro dos alunos e a coerência dos argumentos. Nesta avaliação, enfim, o professor deve observar a capacidade dos alunos de expressarem opinião oralmente.

Para auxiliar os alunos na obtenção de uma boa pontuação, aconselhamos que o professor, ao anunciar a Atividade 3, deixe claro para eles quais são os quesitos que serão avaliados.

Outra atividade que pode ser avaliada é a anotação e a classificação de expressões modalizadoras, feitas também na Atividade 3.

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 1 classificações

  • Cinco estrelas 1/1 - 100%
  • Quatro estrelas 0/1 - 0%
  • Três estrelas 0/1 - 0%
  • Duas estrelas 0/1 - 0%
  • Uma estrela 0/1 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Lucilene , Particular , São Paulo - disse:
    lupisaneschi@gmail.com

    20/03/2012

    Cinco estrelas

    Achei a organização metodológica da aula excelente. Muito bem estruturada.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.