Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


GRIPE SUÍNA / Endemias, Epidemias ou Pandemias?

 

19/06/2009

Autor e Coautor(es)
ALFREDO FRANCISCO PLIESSNIG
imagem do usuário

TELEMACO BORBA - PR CEEBJA TELEMACO BORBA E FUND MED

Eziquiel Menta

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Final Ciências Naturais Ser humano e saúde
Ensino Médio Biologia Qualidade de vida das populações humanas
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
Obter informações sobre a Gripe Suína e outras epidemias da história. Conhecer as diferenças entre os termos Endemia, Epidemia e Pandemia, relacioná-los com a globalização e reconhecer medidas preventivas para evitar o seu desenvolvimento.
Duração das atividades
Três aulas de 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Saberes sócio-culturais sobre tema. Noções sobre agentes infecciosos como vírus e bactérias.
Estratégias e recursos da aula

Aula 1

Inicie a aula apresentando as imagens abaixo (uma delas apresentada em uma reportagem da BBC Brasil e outra disponível no Creative Commons) e explore o seu significado com os alunos.

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/2054/imagens/gripe_suina_mexico.jpg
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2009/05/090502_gripesuina_sabado_rw.shtml

Dica – Não explique imediatamente o que a imagem significa, pois provavelmente os alunos identificarão rapidamente que se trata da Gripe Suína e do México – considerando o que a mídia vem apresentando no momento.

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/2054/imagens/gripe_suina_mexico2.jpg

Charro Protegido: "México protegiéndose de la epidemia" por Eneas
http://www.flickr.com/photos/eneas/


Dica! – Professor, você pode conseguir muitas imagens livres de relógios solares através do creative commons (link abaixo). Utilizando os buscadores ali disponíveis é possível encontrar imagens de todo tipo. Aí é só salvar para apresentar em DVD ou até mesmo impressas em transparências para retro projetor.

http://search.creativecommons.org/

Procure registrar no quadro os tópicos das informações que os alunos já conhecem a respeito da doença, sua origem, transmissão, etc.
O professor pode obter um resumo dessas informações no sítio abaixo:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u556537.shtml

Para trabalhar com as informações a respeito da Gripe Suína, agora chamada de Influenza A, originada no México e transmitida pelo mundo nos últimos meses desenvolva a seguinte atividade:

 

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/2054/imagens/atividade.gif

CONHECENDO MAIS A GRIPE SUÍNA

Esta atividade pode ser realizada com a toda a turma e servirá para direcionar os questionamentos a respeito da GRIPE SUÍNA (INFLUENZA A), bem como explorar os conhecimento que os alunos já possuem a respeito do tema.

A partir das informações fornecidas no endereço sugerido acima ou a partir de outras pesquisas, o professor prepara uma série de cartões com diversas perguntas, sugeridas abaixo. Prepara também um texto com respostas para essas perguntas.
Os cartões com as perguntas deverão ficar dentro de uma caixa.
Cada aluno retira uma pergunta e lê para a turma
Se alguém sabe a resposta (ou o próprio aluno) poderá responder para que os colegas concordem, complementem ou discordem.
Depois de explorar as possíveis respostas dadas pelos alunos, o professor lê a resposta constante no seu texto, para verificar a correção do que foi falado e complementar com outras informações.

Dica! – Se surgirem dúvidas ou questões novas a partir das perguntas dos cartões, o professor anota essas questões no quadro. Caso não sejam abordadas pelas próximas perguntas, os alunos deverão anotar em seus cadernos para pesquisa posterior.

SUGESTÃO DE PERGUNTAS PARA OS CARTÕES

1. O que é a gripe suína – Influenza A?
2. A Influenza A tem cura?
3. Como é transmitida a Influenza A?
4. Quais são os sintomas da Influenza A?
5. Infecção de Influenza A é comum em humanos?
6. Pode-se contrair a Influenza A comendo carne de porco?
7. Como devemos agir se estivermos com os sintomas da Influenza A?
8. Como deve agir uma pessoa que chegou de viagem de um país onde há casos de Influenza A?
9. Qual a diferença entre a Influenza A e a gripe comum?
10. Como a infecção de humanos com Influenza A pode ser diagnosticada?
11. Existe vacina contra Influenza A?
12. A vacina contra a gripe comum é eficiente contra a Influenza A?
13. Existe algum remédio eficaz contra a Influenza A?
14. Por que a Organização Mundial da Saúde - OMS está em estado de alerta contra a Influenza A?
15. É perigoso viajar aos países atingidos pela Influenza A?
16. Como prevenir-se da Influenza A estando em locais onde foi registrada a doença?
17. Qual o tempo de incubação da Influenza A?
18. Posso contrair o vírus da Influenza A de alguém que não apresente os sintomas?
19. Quais os grupos de pessoas mais suscetíveis à Influenza A?
20. Quanto tempo demora o resultado do exame que detecta a Influenza A?


Aula 2

 

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/2054/imagens/atividade.gif

RECONHECENDO A PROLIFERAÇÃO DE DOENÇAS

Dica – Esta atividade é bem interessante e promove um bom entendimento das transfusões de sangue entre humanos. Os próprios alunos podem produzir o modelo utilizando materiais simples ou reciclados.

Dividir a turma formando três grupos. Distribuir um pequeno texto para cada grupo com os conceitos a seguir:

1 - ENDEMIAS
Uma ENDEMIA é caracterizada por qualquer doença que aparece em um determinado local por tempo indeterminado, regularmente, atingindo uma população dentro dos limites previamente determinados (quantidade de pessoas e época). Por exemplo, uma doença que atinge X número de pessoas em um ano (continuamente, no após ano). Se esse número não for ultrapassado trata-se de uma ENDEMIA. Normalmente as endemias atingem uma determinada região, não se espalhando em grande escala. É comum o uso de vacinas (quando estas existem) para pessoas que viajam com destino a regiões onde existem doenças endêmicas, o que evita assim a sua proliferação para outras regiões. Outro fator que restringe a doença a um determinado local é a presença de vetores ou transmissores (como mosquitos, por exemplo) apenas naquela região.

2 - EPIDEMIAS
Uma EPIDEMIA se caracteriza por apresentar, num curto período de tempo, um grande número de casos de uma determinada doença. O termo tem origem do grego: epi (sobre) + demo (povo). O aparecimento de doenças ou problemas de saúde em uma população é considerado comum, porém quando a sua ocorrência ultrapassa um limite previamente determinado diz-se estar frente a um surto epidêmico. Isso normalmente resulta de um desequilíbrio entre o causador da doença e o hospedeiro, ficando este em desvantagem. Isso pode ocorrer quando surgem mutações no organismo parasita tornando-o mais letal ou quando a sua transmissão é facilitada pelo aumento da quantidade de transmissores (como mosquitos, por exemplo) ou facilidades de contaminação (falta de água tratada e esgoto, por exemplo). Quando não é previsto nenhum caso de uma determinada doença em uma região, a presença de apenas um caso já pode ser considerada EPIDEMIA. O mesmo ocorre para doenças novas

3 - PANDEMIAS
Uma pandemia pode ser caracterizada por uma doença infecciosa que se espalha em toda a população de uma grande região geográfica como, por exemplo, um continente, ou mesmo o planeta. Uma pandemia resulta de um agente infeccioso que se difundo facilmente matando um número grande de pessoas. Uma pandemia pode se desenvolver com o aparecimento de uma nova doença para população, para a qual os humanos ainda não têm defesa, causando mortes e se esparramando facilmente e sustentavelmente na população. Os critérios de definição de uma pandemia são os seguintes: a doença ou condição além de se espalhar ou matar um grande número de pessoas, deve ser infecciosa. Doenças que não são contagiosas (como o câncer, por exemplo) não são consideradas pandemias, pois embora causem um grande número de mortes não são contagiosas (embora possam ser certas causas de alguns tipos de câncer).

 

Cada grupo deverá apresentar para a turma os conceitos apresentados em cada um dos textos.

IMPORTANTE – Professor, após os alunos apresentarem os textos, explique que, embora haja essa diferenciação entre os termos ENDEMIA, EPIDEMIA e PANDEMIA, eles estão diretamente ligados (ou separados) pela incidência de determinada doença, ou seja, uma endemia pode tornar-se epidemia quando o número de casos ultrapassa o previsto e esta, caso atinja níveis mundiais pode tornar-se uma pandemia. O mesmo pode ocorrer de maneira inversa. Explique também o que é a GLOBALIZAÇÃO e como ela contribui para a proliferação de doenças no planeta.

Dica – Peça para que os alunos respeitem a apresentação dos colegas e registrem em seus cadernos os tópicos principais do que estará sendo apresentado.

Dica – Promova a interdisciplinaridade com matemática propondo uma tarefa com cálculos para a proliferação de doenças utilizando a fórmula de progressão geométrica - PG. Por exemplo: cada pessoa com uma determinada doença a transmite para outras três, a cada cinco dias. Em vinte dias quantas pessoas estarão contaminadas. Proponha alguns exercícios com diferentes valores, tanto de contaminação como de tempo.


Aula 3

 

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/2054/imagens/nolaboratorio.gif

Nesta aula oriente para que os alunos para que pesquisem na internet as seguintes doenças, classificando-as como ENDEMIAS ou EPIDEMIAS. (Alguns sítios que podem ser navegados para obter mais informações a respeito dessas doenças são listados após cada doença)

• Febre amarela;
http://www.febreamarela.org.br/mapas.html

• AIDS;
http://www.aids.gov.br/data/Pages/LUMISD3352823ITEMID80FBE363C51842AAA02B89ED8003A071PTBRIE.htm

• Dengue;
http://www.dengue.org.br/dengue_mapas.html

• Doença de chagas;
http://www.fiocruz.br/chagas/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=104  

• Malária;
http://www.sucen.sp.gov.br/doencas/malaria/texto_malaria_pro.htm#invest  

• Gripe Suína (Influenza A).
http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5jot48iFzNcC5CMQVsalcLRnvgEBQ  

Dica – Para facilitar a navegação por esses sítios sugira que os alunos acessem esta aula no portal do professor, clicando nos endereços acima ou salve os links em um arquivo de texto para que sejam copiados e colados no navegador.

Sugira também que os alunos explorem o recurso do Portal do Professor: “As descobertas de Pasteur: atenuação da virulência”, disponível no endereço abaixo:

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/recursos/10473/descobertas_pasteur.swf 


As descobertas de Pasteur: atenuação da virulência

 

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/2054/imagens/recurso_pasteur.jpg

Peça para que respondam as seguintes questões em seus cadernos:

• O que é atenuação da virulência e como ela pode ter ocorrido no material utilizado por Pasteur?
• Qual a utilidade de germes atenuados?
• Qual a relação entre essa descoberta de Pasteur e as VACINAS?

Após a resolução desta tarefa o professor poderá discutir com os alunos sobre quais são as medidas tomadas pelo ser humano (além das Vacinas) para conter a proliferação de doenças de caráter endêmico e epidêmico. (como por exemplo, controle em aeroportos, isolamento dos doentes, etc.).

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/2054/imagens/contextualizando.gif
 

Outras epidemias da história. Algumas pandemias da história da humanidade, como a gripe e a tuberculose, foram tão fortes que quase chegaram a matar todas as pessoas de algumas cidades. Entre as famosas epidemias da história destacam-se: a febre tifóide, a varíola, a peste bubônica, o cólera e a gripe espanhola.

Promova um debate sobre o como o ser humano sobreviveu a essas epidemias ocorridas com a humanidade em épocas passadas, discutindo os seguintes pontos:

• As doenças epidêmicas do passado eram mais graves que as do presente?
• Quais as principais diferenças entre o passado e hoje no que diz respeito à proliferação de doenças?
• Quais as principais diferenças entre o passado e hoje no que diz respeito às formas de controle das epidemias?

Dica – Forme grupos para pesquisarem sobre as epidemias da história da humanidade para ter um embasamento teórico enriquecendo o debate. Alguns endereços para essa pesquisa são sugeridos abaixo:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Pandemia

http://www.educacional.com.br/especiais/revoltadavacina/epidemias.asp

http://historia.abril.uol.com.br/cotidiano/conteudo_338557.shtml

 

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/2054/imagens/AUTOAVALIACAO.gif


Considerando os conhecimentos que você possui e adquiriu em relação ao tema, qual categoria representa melhor seu grau de aprendizagem?

INICIANTE - 4,0 pontos
Reconheço que de acordo com a quantidade de pessoas infectadas por uma doença esta pode ser classificada como endemia, epidemia ou pandemia.

APRENDIZ - 6,0 pontos
Compreendo que uma endemia pode evoluir para epidemia e pandemia e vice-versa.

PROFISSIONAL - 8,0 pontos
Reconheço algumas epidemias da história e da atualidade e identifico quais as razões do seu desenvolvimento.

MESTRE - 10,0 pontos
Compreendo a globalização contribui para o desenvolvimento das endemias, epidemias e pandemias e reconheço meios que o ser humano dispõe para evitar o seu desenvolvimento.
 

Recursos Educacionais
Nome Tipo
Recursos Complementares
Mais informações sobre as vacinas podem ser obtidas no seguinte endereço http://educacao.uol.com.br/biologia/vacina.jhtm (copie e cole no seu navegador). No seguinte endereço são disponibilizados vários links relacionados ao tema VACINA. http://www.hsw.uol.com.br/search.php (copie e cole no seu navegador).
Avaliação
A avaliação será realizada no decorrer das atividades, inicialmente observando a formação de conceitos dos estudantes, analisando seus questionamentos e intervenções, procurando, através do diálogo, perceber se houve apropriação dos conteúdos. Os alunos também podem ser avaliados por meio de rubricas. Rubricas representam uma forma de avaliação autêntica, pois vai além da simples mensuração de notas. O professor estabelece critérios que cada trabalho deverá ter, passa estes critérios com antecedência para a turma e conforme os alunos cumpram estes critérios (totalmente, em parte, ou de maneira insuficiente) atribui-se um nível com um valor correspondente. Ao final da aula é apresentado exemplo de uma rubrica para ser aqui utilizada.
Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 13 classificações

  • Cinco estrelas 7/13 - 53.85%
  • Quatro estrelas 5/13 - 38.46%
  • Três estrelas 1/13 - 7.69%
  • Duas estrelas 0/13 - 0%
  • Uma estrela 0/13 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Sandra, Colégio Angélica , Minas Gerais - disse:
    sandra03dutra@hotmail.com

    24/04/2012

    Cinco estrelas

    A sugestão da aula foi excelente e muito esclarecedora! Parabéns a quem a organizou!


  • ALINY, graduando faj , São Paulo - disse:
    aliny.pradho@gmail.com

    12/12/2011

    Quatro estrelas

    Muito bom, o conteudo por mais cansativo que seja, vc consegui transmiti lo de forma simples.


  • Amanda Gonçalves Edmundo, TIRADENTES C E E FUND MEDIO , Paraná - disse:
    amandabio06@gmail.com

    24/03/2010

    Três estrelas

    bom


  • Iris Froes de Mello, E.E.E.F. Sapucaia do Sul , Rio Grande do Sul - disse:
    cristiane.froes@terra.com.br

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Adorei!!! Já estava há algum tempo buscando por uma aula interessante que tratasse sobre Influenza A e acabei por achar uma aula maravilhosa que abrange assuntos relacionados e tão importantes quanto a Influenza A. Obrigada e Parabéns ao autor!!!! Nota 10!!!


  • Rosa Euridice Vieira Juarez, EEEF ALMIRANTE TAMANDARE , Rondônia - disse:
    rosaeuridice14@yahoo.com.br

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Excelente trabalho, criativo e de fácil entendimento. Parabéns.


  • Denize, CEDERJ , Rio de Janeiro - disse:
    dinizedecarvalho@yahoo.com.br

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Muito boa a aula , conteúdo bem abrangente com bastante clareza sobre o que é a Gripe suína , tratando de outros assuntos como endemias, epidemias e também sendo um conteúdo interdisciplinar.A adequação ao nível de ensino também foi muito boa . Acho que faltou só algo mais prático talvez levá-los ao laboaratório.


  • Sonia Regina Delavy da Luz , ESC EST ENS MED CONEGO JOAO BATISTA SORG , Rio Grande do Sul - disse:
    sdelavyluz@wavetec.com.br

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Gostei muito, vou utiliza-la, adaptando-a a minha realidade.


  • Elisabete, Escola Municipal Raimundo Candido de Araujo , Mato Grosso do Sul - disse:
    elisabeteduda@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Adorei essa aula, nos dias de hoje devemos tomar muitos cuidados e atraves das explicações e exploração dese conteudo deijou muito claro.


  • Sarha Belatriz, CEDERJ/ UFRJ , Rio de Janeiro - disse:
    sarhabelatriz@gmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    A exploração do conteúdo foi satisfatória, pois o plano de aula abordou tópicos extremamente relevante como a interdisciplinariedade fazendo com que os discente reflitam sobre o tema abordado e que formule o seu saber através de questionamento a partir do conteúdo adquirido ao seu nível de ensino. O dinamismo aplicado estimula o interesse dos estudantes, já que a adequação dos recursos didáticos foram bem aproveitados para a elaboração da aula.


  • EDY LAIS , FNC , São Paulo - disse:
    lais_nivea@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    muito bom, aula objetiva e abrangente deste assunto, epidemia, pandemias, pandemias e edemias


  • Maria Helena de Carvalho, PRE-ESCOLAR FREI MARIO MONACELLI GRELLO , Amazonas - disse:
    carvalho.helen_@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Esta aula elaborada pelo professor Ezequiel é bastante interessante sendo um assunto de muita importancia na vida atual e desperta cuiriosidade a todos. Porém as aulas poderiam ser mais dinamicas como a primeira aula elaborada. Parabéns Ezequiel!!!!


  • geomar souza alves, Escola Betel , Goiás - disse:
    geomar.alves@bol.com.br

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Realizei uma aula a partir desta e foi ótima.


  • Denize, CEDERJ_ pólo São Francisco de Itabapona , Rio de Janeiro - disse:
    dinizedecarvalho@yahoo.com.br

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Muito boa a aula , conteúdo bem abrangente com bastante clareza sobre o que é a Gripe suína , tratando de outros assuntos como endemias, epidemias e também sendo um conteúdo interdisciplinar.A adequação ao nível de ensino também foi muito boa . Acho que faltou só algo mais prático , mais dinâmico.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.