Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


O CORPO COMO UM TODO INTEGRADO: SENSAÇÕES E PERCEPÇÕES

 

07/07/2010

Autor e Coautor(es)
Regia Maria
imagem do usuário

NATAL - RN NUCLEO EDUCACIONAL INFANTIL - NEI

Raimunda Porfirio Ribeiro

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Educação Infantil Movimento Expressividade
Educação Infantil Natureza e sociedade Os seres vivos
Educação Infantil Linguagem oral e escrita Falar e escutar
Educação Infantil Linguagem oral e escrita Práticas de escrita
Educação Infantil Movimento Coordenação
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Descobrir que os sentidos são as portas de entradas das informações e que são recebidas pelas sensações e percepções relacionadas ao comando do cérebro.

Duração das atividades
2 aulas com diferentes momentos de 30 minutos cada.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Reconhecer os orgãos dos sentidos.

Estratégias e recursos da aula

Atividade 1 -   Brincar com o corpo  

 1º momento -  O professor  traz para sala de aula a seguinte proposta, trabalhar com o corpo, a palavra “corpo” e a imagem do corpo. Nesse sentido, inicia com a sensibilização do corpo, com o toque. As crianças de olhos vendados ouvem o comando do professor e tocam no seu próprio corpo. O professor nesse momento, propõe a brincadeira de modelar o corpo, ele vai falando e as crianças vão tocando o próprio corpo com as pontas dos dedos para:

 a)  sentir a cabeça e  as partes que a compõe,  percebendo as partes duras e as partes moles;

 b) tocar nos braços e nas próprias mãos,  percebendo o formato, as partes duras e as partes moles.

 c) Tocar no tronco, abdômen, nas coxas, nas pernas e nos pés, percebendo o formato, as partes duras e as partes moles.  

2º momento - As crianças sentam na roda para descrever a experiência. Cada uma diz o que sentiu, o que percebeu quando tocou o seu próprio corpo e escuta o relato das outras crianças.    

 3º momento -  O professor  organiza as crianças em duplas e cada uma verifica no corpo do colega as partes que são flexíveis, fazem a brincadeira do boneco de mola, dobra as partes que tem flexibilidade, um colega faz no outro depois troca de lugar.

Atividade 2 -   Falar sobre a experiência vivenciada  

1º momento – as crianças em duplas falam uma para a outra quais as partes do corpo que são flexíveis, depois combinam como desenhar os movimentos de flexibilidade que conseguiram fazer no corpo do colega.  

2º momento – crianças desenham as múltiplas imagens do corpo humano, demonstrando a flexibilidade das articulações dos braços, das pernas, das mãos, dos dedos e o movimento do pescoço.   

3º momento – Cada dupla apresenta para a turma o relato da experiência e explica para os colegas o que fizera e porque as partes destacadas são dobráveis, ou flexíveis.

Atividade 3 -  Observar imagens do corpo humano e destacar o que é perceptível.    

1º momento -  O professor mostra as fotos e as crianças fazem a leitura em uma elaboração conjunta. Vão destacando o corpo em movimento com sua possibilidade de flexibilidade e  sensibilidade.

http://blogdebrinquedo.com.br/wp-content/uploads/2008/04/3dhuman-puzzle.jpg  

2º momento – o professor coloca uma música e pede as crianças para dançar e fazer movimentos, sentindo a melodia, as possibilidades do seu corpo e compartilha o espaço sem tocar nos colegas.

  Sugestões de músicas

  http://www.youtube.com/watch?v=IG1ZU56tsdo&feature=related   

  http://www.youtube.com/watch?v=59GM_xjPhco&NR=1   

 

3º momento – Discutir com as crianças a questão da audição musical e a  sensibilização a partir das ondas sonoras que desperta o desejo de dançar, como recebemos a informação e a transformamos em movimento sincronizado, damos coodenação, equilíbrio, expressão ao corpo e usamos o espaço delimitado.  

http://marciliarinaldes.files.wordpress.com/2009/04/sistema-nervoso.jpg 

Nesse sentido o professor a partir da ilustração, vai levando as crianças a refletir sobre:  

 a)  a estrutura do corpo que oferece a possibilidade  de ficar em pé e movimentar-se

b)  a coluna vertebral que transmite a mensagem ao cérebro para as crianças darem significado ao que escuta;

c)  o cérebro que permitem a coordenação e equilíbrio do corpo

d)  a cultura que ensina as crianças que a música serve para ouvir e para dançar.

4º momento – As crianças fazem o relato da experiência da audição musical e do movimento do corpo.  Mobilizam a lembrança do momento da dança e desenham os movimentos que fizeram quando realizaram a dança.  

Recursos Complementares
Avaliação

O professor avalia o aprendizado das crianças no sentido de expressar o:

a) reconhecimento de que os orgãos dos sentidos são portas de entradas das informações;

b) entendimento de que as informações são recebidas pelas sensações e percepções relacionadas ao comando do cérebro.

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 7 classificações

  • Cinco estrelas 7/7 - 100%
  • Quatro estrelas 0/7 - 0%
  • Três estrelas 0/7 - 0%
  • Duas estrelas 0/7 - 0%
  • Uma estrela 0/7 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.