Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


MATERIAIS E SUAS PROPRIEDADES

 

18/09/2010

Autor e Coautor(es)
SELMA GONZAGA SILVA
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG Universidade Federal de Uberlândia

Cláudia Regina Montes Gumerato

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Educação de Jovens e Adultos - 2º ciclo Ciências Naturais Terra como espaço para a vida
Ensino Fundamental Final Ciências Naturais Vida e ambiente
Ensino Médio Química Propriedades das substâncias e dos materiais
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Indicar propriedades gerais e específicas da matéria.

Diferenciar as propriedades gerais e específicas da matéria

Classificar materiais de acordo com suas propriedades específicas

Duração das atividades
3 aulas de 50 min.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Conceito de matéria

Mudanças de estados físicos da matéria

Estratégias e recursos da aula

Aula 1

Primeiro momento: ANALISANDO DIFERENTES TIPOS DE MATERIAIS

O professor deverá fazer uma apresentação de imagens selecionadas como as indicadas a seguir, utilizando o datashow e pedir que os alunos nomeiem os diferentes tipos de matéria/materiais expostos e apontem algumas de suas características e usos que o homem faz dos mesmos.

Registrar na lousa esses dados para que os alunos o façam após essa conversa inicial, na folha que o professor deverá disponibilizar a cada um, contendo o quadro equivalente a ser preenchido.

Fontes:

Madeira: http://www.ufsm.br/cepef/cambara.html.  Acessado em 15/08/2010

Barras de ouro: http://jornale.com.br/mirian/?p=9869  Acessado em 16/08/2010.

Vidro quebrado: http://www.dicopesa.com.br/images/vidro.jpg Acessado em 16/08/2010

Algodão: http://www.biologicaonline.net/pt/images/stories/algodao_floco.jpg . Acessado em 16/08/2010.

Segundo momento: DISCUSSÃO EM GRUPO E REGISTROS

O professor deverá preparar o material proposto a seguir digitando-o e imprimindo-o. Disponibilizar uma cópia para cada aluno e organizá-los em grupos de três a quatro alunos para leitura e discussão das questões propostas. Cada aluno deverá registrar no caderno as respostas do grupo para socializá-las ao final dessa atividade. Nesse momento da aula a compreensão teórica ficará inicialmente a cargo do grupo e caberá ao professor circular pela sala e prestar assistência aos grupos esclarecendo eventuais dúvidas.

PROPRIEDADES DOS MATERIAIS 

Faça seus registros a respeito dos materiais expostos no início da aula.

Material

Características

Utilização pelo homem

 Madeira

Sólido, duro, moldável...

Fabricação de móveis; construção civil; portas e janelas; cercas...

  Todos nós conhecemos uma diversidade enorme de materiais: madeira, plástico, vidro, aço, areia, cimento, papel, borracha, lã, algodão, cerâmica, couro, barro, ouro, água e tantos outros. O uso que se faz de cada material está muito relacionado às suas propriedades. O cimento, por exemplo, ao ser misturado com a água, forma uma pasta que vai endurecendo com o tempo e assim fixa os tijolos. Já a areia não tem essa mesma propriedade do cimento: a mistura de areia e água não serve para fixar tijolos, pois não endurece com o tempo.   

Pense e responda:

1) Embora a areia não tenha a propriedade de fixar tijolos, é comum, nas construções, misturá-la ao cimento. Que propriedade a areia tem para que seja usada assim? Por ser um material inerte, ela não reage quimicamente com os outros elementos da fórmula - ao contrário, engrossa a mistura impedindo que o cimento rache.

2) Que propriedade do vidro faz com que este material seja utilizado em janelas? Impermeável; transparente...

3) Que propriedade do gás do botijão faz com que ele seja utilizado para cozinhar alimentos? Não aquece o ambiente; não escurece as panelas; não passa cheiro ou gosto para a comida...

 4) Que propriedades da madeira fazem com que ela possa ser utilizada na fabricação de móveis? solidez; resistência; durabilidade; é moldável.

O uso que se faz de cada material depende de suas propriedades. Muitas vezes, materiais diferentes são usados com a mesma finalidade. Por exemplo, há garrafas de plástico e garrafas de vidro. Plástico e vidro podem ser usados na fabricação de garrafas porque apresentam uma  propriedade em comum: são impermeáveis a líquidos.  

Pense e responda: gasolina, óleo diesel e álcool são usados para movimentar veículos. Que propriedade desses três materiais faz com que eles sejam usados com a mesma finalidade?

São combustíveis - queimam facilmente e quando queimados liberam energia.

Quando materiais diferentes são usados com a mesma finalidade é porque têm propriedades em comum.

ATIVIDADE 1 - ENCONTRANDO PROPRIEDADES COMUNS

Nessa atividade você vai considerar os seguintes materiais: couro, carvão, sal, óleo, terra, ferro, ouro, álcool, papel, borracha, madeira, ar, vidro, leite, açúcar, querosene, gás de fogão, areia, alumínio, isopor, grafite, gás carbônico e água.   Pense e responda: Existe alguma propriedade comum a todos esses materiais? Em que se baseou para responder? 

 PROCEDIMENTO

 (A) Examine a lista de materiais e organize-os em dois grupos: “materiais que queimam” e “materiais que não queimam”.

Preencha o Quadro I   

Materiais que queimam

Materiais que não queimam.               

             

Ao preencher o Quadro I, você fez uma classificação: separou os materiais em grupos diferentes. Em um dos grupos estão os materiais que queimam e no outro, os que não queimam.

 (B) Classifique agora os mesmos materiais em dois outros grupos: o grupo dos que têm cheiro e o grupo dos que não têm cheiro. Preencha o Quadro II.

MATERAIS QUE TÊM CHEIRO

MATERIAIS QUE NÃO TÊM CHEIRO

Compare a primeira classificação com a segunda. Os grupos da primeira classificação são iguais aos da segunda?

 Sempre que se faz uma classificação é necessário ter um critério. Na primeira classificação o critério usado foi a queima; na segunda foi o cheiro. Como você pôde perceber ao comparar os dois quadros, o resultado de uma classificação depende do critério escolhido.    

 (C) Agora você vai classificar os mesmos materiais de acordo com o critério “possuir massa”. Para isso, preencha o Quadro III.

Recordando: Definimos matéria como tudo aquilo que possui massa e que por sua vez ocupa lugar no espaço. Massa é a medida da quantidade de matéria que existe em um corpo.Extensão ou volume é o lugar no espaço ocupado pela matéria.

Quadro III

MATERIAIS QUE POSSUEM MASSA

MATERIAIS QUE NÃO POSSUEM MASSA

a) Quantos materiais ficaram na primeira coluna do quadro III? E na segunda?  

b) O critério “possuir massa” permitiu classificar os materiais em grupos diferentes?

c) Se você classificasse esses mesmos materiais em “materiais que possuem volume” (Coluna 1) e “materiais que possuem volume” (coluna 2), quantos ficariam na primeira coluna? E na segunda?

d) O critério “possuir volume” permitiu classificar os materiais em grupos diferentes?

PROPRIEDADES GERAIS E ESPECÍFICAS DA MATÉRIA

 Propriedades gerais dos materiais (ou da matéria) são aquelas comuns a todos os materiais. Por essa razão, elas não permitem classificá-los/separá-los em grupos. Certamente você percebeu que não é possível classificar os materiais em grupos diferentes usando os critérios “possuir massa” e “possuir volume”. Isto porque qualquer material possui massa e volume. Massa e volume são propriedades comuns a todos os materiais, ou seja, são propriedades gerais dos materiais.

Por outro lado, propriedades como brilho, cor, cheiro e queima podem ser utilizados como critérios para classificar/separar os materiais em dois ou mais grupos diferentes. Isso porque essas propriedades permitem diferenciar os materiais. São, por essa razão, chamadas propriedades específicas. Propriedades específicas dos materiais são aquelas que permitem diferencia-los uns dos outros.

Questões para discussão

1) Cite uma propriedade específica do carvão que permita diferenciá-lo da madeira.

2) Cite uma propriedade específica comum ao carvão e à madeira.

3) Cite uma propriedade específica que permite diferenciar o ouro da prata.

4) Cite uma propriedade específica comum ao ouro e à prata.

5) Cite o nome de algum material e dê algumas de suas propriedades específicas.  

6) Cite uma propriedade específica que permite diferenciar madeira, ferro e alumínio.Cite também uma propriedade específica comum a esses três materiais.

Fechamento da aula.

Cada grupo deverá socializar aos demais as suas considerações e dúvidas. Cabe ao professor ficar atento às correções e esclarecimentos que se fizerem necessários

AULA 2: Conhecendo as propriedades gerais e específicas da matéria

Sugerimos que essa aula seja no laboratório de informática, onde cada grupo de alunos (no máximo 3) possam acessar as  páginas sugeridas pelo professor a fim de realizarem pesquisas sobre as propriedades gerais e específicas da matéria. Caso haja disponibilidade de um computador por aluno, as pesquisas poderão ser realizadas individualmente e a discussão em grupo deverá acontecer em seguida.

Dinâmica da aula no laboratório de informática.

Recomendamos que essas instruções sejam passadas aos alunos com antecedência, para que eles saibam o que fazer e o façam oganizadamente e com autonomia durante a aula. O professor deverá, de  antemão, distribuir os itens relativos ao tema para os grupos de alunos e disponibilizar os endereços para a pesquisa. Os alunos deverão ficar à vontade para lerem todas as informações disponíveis sobre todas as propriedades da matéria, porém terão que registrar dados referentes a algumas delas e socializá-las para toda a turma ao final da aula.  Sugerimos que um grupo fique apenas com um item, no caso de "peso" e "densidade" por serem mais complexos.

O professor deverá circular pela sala esclarecendo as dúvidas dos alunos que possam surgir no decorrer da pesquisa. Ao final da aula, o professor deverá organizar os alunos no espaço do laboratório de informática para que cada grupo possa socializar a sua pesquisa, de modo que todos se vejam, ouçam e sejam ouvidos.

Propriedades gerais (comuns a todos os materiais).

  • Inércia; massa; volume (extensão) 
  • impenetrabilidade; indestrutibilidade;
  •  peso
  • compressibilidade; elasticidade

Propriedades específicas (são distintas para cada tipo de material e, por isso, permite diferenciá-los):

  • cor; sabor; odor; brilho (organolépticas)
  • dureza; maleabilidade; ductibilidade; magnetismo
  • densidade
  • Ponto de fusão e ponto de ebulição.

Sugestões de endereços para a pesquisa

http://websmed.portoalegre.rs.gov.br/escolas/marcirio/propriedade_materia/propriedade_materia.htm . Acessado em 16/08/2010.

http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Oitava_quimica/materia6.php . Acessado em 16/08/2010.

http://www.grupoescolar.com/materia/propriedades_gerais_da_materia.html . Acessado em 16/08/2010.

http://www.profpc.com.br/Mat%C3%A9ria_propriedades.htm#PROPRIEDADES_GERAIS .  Acessado em 16/08/2010.

Possibilidade de interdisciplinaridade: Nesse momento da proposta, a idéia é abordar o tema em questão na perspectiva da interdisciplinaridade. O professor de Matemática, poderá abordar em suas aulas alguns cálculos que são necessários para se obter, por exemplo, o peso de um material. Esse seria um bom momento para se trabalhar com operações matemáticas envolvendo números decimais. Para que essa proposta se concretize o professor de Ciências deverá contactar o de Matemática a fim de ajustarem seus planejamentos de modo a coincidir esses  conte[udos na mesma época.  Por meio dessa parceria, será possível a integração dos conteúdos das duas disciplinas, considerando-se que os alunos poderão executar operações matemáticas (soma, divisão, multiplicação e subtração). Com isso, os alunos poderão obter um melhor aproveitamento do conteúdo trabalhado na aula de Ciências, assim como poderão apresentar um bom engajamento na aula de Matemática.

AULA 3 : Verificando as propriedades de alguns materiais

ESSA AULA DEVERÁ ACONTECER NO LABORATÓRIO DE QUÍMICA OU ESPAÇO SIMILAR DISPONÍVEL NA ESCOLA.

Os alunos deverão ser organizados em grupos e cada um deverá receber o roteiro da aula previamente elaborado pelo professor.

Experiência 01

Fonte da imagem e da experiência: http://educar.sc.usp.br/ciencias/quimica/qm1.htm      Acessado em 16/08/2010

Material : 01 copo de vidro; papel; recipiente com água.

Procedimento: Coloque o papel no fundo do copo pressionando-o. Em seguida, emborque verticalmente o copo no recipiente contendo água e deixe por um minuto.

Retire o copo do recipiente, verticalmente, sem incliná-lo.

Como está o papel? seco

Por que o papel não molhou? O ar existente no interior do copo impede a entrada da água a ponto de molhar o papel. Isso mostra que o ar é matéria e que a água e o ar não podem ocupar o mesmo lugar no espaço ao mesmo tempo.

Que propriedades da matéria foram demonstradas nessa experiência? Impenetrabilidade e compressibilidade (o papel amassado ocupou um espaço menor)

Experiência 02 - O que é mais leve (menos denso), o ar quente ou o ar frio?

Fonte da imagem e da experiência: http://educar.sc.usp.br/ciencias/quimica/qm1.htm     Acessado em 16/08/2010

Material: dois sacos de papel; uma vareta de madeira (espetinho); barbante ou fio de nylon; uma vela; fósforos.

Procedimento:  Amarre um saco de papel em cada extremidade da vareta. Suspenda a vareta através de um fio amarrado na metade de sua extensão de modo que fique equilibrado, como uma balança.

Aqueça um dos sacos com uma vela e o outro não. Coloque a vela sobre a mesa, acenda-a e segure a vareta suspensa de modo que apenas um dos sacos seja aquecido. Mantenha o saco a uma certa distância da vela, de modo a não queimar o papel.

O que aconteceu? O saco aquecido fica mais leve do que o não aquecido. Altera-se o equilíbrio: o saco não aquecido abaixa e o aquecido sobe.

Por que o equilíbrio se alterou? Porque o ar contido no interior do saco que foi aquecido se dilata, o volume aumenta e a densidade diminui.

Que propriedade da matéria foi demonstrada nessa experiência? Densidade

O que é mais denso, o ar quente ou o ar frio? O ar frio

Após a realização das duas experiências e discussão das questões propostas, cada grupo  de  alunos deverá elaborar um relatório conforme modelo sugerido nos recursos complementares.

Sugerimos ao professor que nesse relatório seja cobrada, nos espaços pertinentes, a fundamentação teórica estudada nas duas aulas anteriores.

Recursos Complementares

AMBROGI, A.; LISBÔA, J.C.F. Misturas e substâncias; Reações Químicas. Série “Ciências para oº Grau”. São Paulo: CECISP: Mosaico, 1983. Adaptações dos textos e atividades: Professora Ma. Selma Gonzaga Silva. ESEBA/UFU, 2010.

Roteiro para elaboração do relatório da atividade experimental

TÍTULO: Frase sucinta que indica o principal objetivo da experiência.    

RESUMO: Texto de no máximo cinco linhas descrevendo tudo o que foi feito, inclusive os resultados alcançados.

INTRODUÇÃO: Descrição da teoria necessária ao entendimento da prática e da discussão dos resultados. Deve ser uma síntese das fontes consultadas. Ao final da introdução, como último parágrafo, vem o objetivo do trabalho.    

PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL: Descrever o procedimento experimental, ressaltando os principais materiais e equipamentos utilizados.    

RESULTADOS: Consiste na apresentação de todos os dados colhidos em laboratório ou dos calculados decorrentes dos dados. Podem ser apresentados na forma de tabelas, gráficos, etc., se isso melhorar a comunicação dos dados.    

RESULTADOS E DISCUSSÃO: Discutir os dados obtidos à luz da teoria exposta. Geralmente as questões para a discussão estão apontadas no roteiro da aula.

CONCLUSÃO: Síntese pessoal sobre as conclusões alcançadas com o seu trabalho. Enumere os resultados mais significativos do trabalho. Não deve apresentar nenhuma conclusão que não seja fruto da discussão.  

REFERÊNCIAS: Livros, textos e sites usados para escrever o relatório, devem ser citados

Avaliação

O principal instrumento a ser utilizado para avaliação será o relatório final produzido pelos grupo de alunos após a realização das atividades experimentais. Daí a importância de se cobrar dos mesmos a fundamentação teórica estudada nas três aulas.

No entanto, a avaliação do conteúdo deverá ser realizada de maneira processual, ao longo das aulas e de cada atividade desenvolvida. Nesse sentido, deverão ser utilizados como instrumentos avaliativos os registros, as pesquisas e as discussões sobre as situações apresentadas.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 8 classificações

  • Cinco estrelas 7/8 - 87.5%
  • Quatro estrelas 1/8 - 12.5%
  • Três estrelas 0/8 - 0%
  • Duas estrelas 0/8 - 0%
  • Uma estrela 0/8 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Rosa, Colégio , Bahia - disse:
    belezuradeflor@gmail.com

    03/12/2014

    Cinco estrelas

    A aula é perfeita para os alunos conhecer mais profundamente a respeito dos materiais que utiliza no cotidiano. PARABÉNS!


  • karina, nenhuma , Paraná - disse:
    karina9.portella@hotmail.com

    02/03/2014

    Cinco estrelas

    Ótimo e excelente site, me deu td q eu queria!


  • Adrielly Costa Dias, E. E. do Bairro Amazonas , Minas Gerais - disse:
    adrielly.dias@brazilmail.com

    21/06/2013

    Cinco estrelas

    Muito bom!!!


  • ana paula, escola municipal nair sambrano bezerra , Bahia - disse:
    paulinhaamigadejesus@gmail.com

    26/07/2012

    Cinco estrelas

    ache muito legal.eu amo ciencias ainda mais quando se fala de experiencias


  • pamela, escola estadual professora ameli , Mato Grosso - disse:
    pamelatursi@hotmail.com

    02/03/2012

    Cinco estrelas

    adorei saber sobre isso estava meio perdida nao sabia como estudar vc me deu uma lus muito obrigada


  • Rita Aparecida Alves Fonseca, Escola Estadual Professora Maria Olímpia de Oliveira , Minas Gerais - disse:
    ritaalves.bio@hotmail.com

    28/03/2011

    Quatro estrelas

    Ótima aula, nada como trabalhar de forma dinâmica os conteúdos, com certeza os alunos irão adorar aprender assim...


  • Rosinei dos Santos Medeiros Gonçalves, Estado , São Paulo - disse:
    rosineiadv2@gmail.com

    19/03/2011

    Cinco estrelas

    Amei a aula, sou professora de ciências e estava meio perdida.


  • joziaine, Escola Estadual Emilio Ramos Pinto , Minas Gerais - disse:
    jo.zi.brum@hotmail.com

    06/01/2011

    Cinco estrelas

    Achei a aula interessante, ela faz com que os alunos observe,analise, pense tudo isso de forma organizada sem perder a linha de raciocionio.Muito interessante. valeu


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.