Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Estudando números pares e ímpares

 

07/10/2010

Autor e Coautor(es)
ELIANA APARECIDA CARLETO
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Ana Maria Ferola da Silva Nunes, Denize Donizete Campos Rizzotto, Luciana Soares Muniz, Mariane Éllen da Silva

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: prática de produção de textos
Ensino Fundamental Inicial Matemática Números e operações
Ensino Fundamental Inicial Matemática Tratamento da informação
Ensino Fundamental Inicial Ética Diálogo
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
  • Ampliar a compreensão do sistema de numeração decimal por meio do estudo de uma característica de seus elementos: par ou ímpar;
  • Identificar e escrever a sequência dos números pares e ímpares;
  • Interagir com os pares no jogo de par e ímpar;
  • Sistematizar o conceito de par e ímpar;
  • Resolver situações problema com a temática proposta.
Duração das atividades
Aproximadamente 240 minutos – quatro (4) atividades de 60 minutos cada uma.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Para a realização desta aula é necessário que o aluno seja capaz de expor oralmente suas ideias e se relacionar com os colegas. Além disto, é preciso que reconheça o sistema de numeração decimal.

Estratégias e recursos da aula

1ª Atividade: aproximadamente de 60 minutos

      DIALOGANDO COM A TURMA  

 Professor, através de uma roda de conversa explore o conhecimento que os alunos possuem sobre números pares e ímpares. Como é uma atividade para sondagem não há necessidade de cobrar respostas corretas, o mais importante é que os alunos consigam expressar suas ideias, assim, estimule a participação de todos. Faça indagações sempre que achar conveniente, dessa forma estará auxiliando-os a ampliarem os seus  conhecimentos.

Você poderá iniciar assim:

a- Alguém já sabe o que significa par e ímpar?

b- Quando vocês costumam utilizar essas palavras?

c-  Tem alguma coisa que compramos aos pares? Dê exemplos.

d- Vocês utilizam algum tipo de objeto que precisa ser aos pares?  

Converse com a turma conduzindo a observação dos alunos para o fato de que alguns objetos são utilizados aos pares, o que acontece com sapatos, meias, luvas ou brincos.

Após o diálogo convide a turma para fazer uma atividade lúdica, veja sugestão logo após abordagem ao professor.

Uma abordagem para o professor

Através de experiências pedagógicas, mais especificamente nas séries iniciais do Ensino Fundamental, temos notado com clareza o quanto é importante resgatar o jogo e as brincadeiras, dentro da sala de aula, como estratégias para novas construções de conhecimento, bem como para avaliar aquilo que já foi conquistado, uma vez que são excelentes recursos para se trabalhar diferentes conteúdos em qualquer faixa etária.

O professor pode adaptar o conteúdo programático ao lúdico, usando a criatividade para ampliar o seu material. Os jogos podem ser trabalhados de acordo com as necessidades sociais de inter-relação e de respeito: às regras, à competição e à cooperação, nos aspectos emocionais, autocontrole, autoestima capacidade criadora, valorização da capacidade de realização.

É preciso que tenhamos claro que, para tornar-se um trabalho producente, o jogo necessita de uma estratégia didática bem planejada e orientada pelo professor. Um simples manipular de peças ou regras não pode garantir a aprendizagem nem ser entendido como situação oportunizada à criança para que ela construa algum conhecimento. Assim, é papel do educador ao utilizar um jogo, que tenha definidos objetivos a serem alcançados e saiba selecionar o jogo adequado ao momento educativo. Além da preparação prévia do material a ser utilizado e a experimentação antecipada de eventuais perguntas ou questionamentos por parte dos alunos.

Para trabalhar números pares e ímpares propomos algumas atividades lúdicas.

    

      ATIVIDADE LÚDICA         

Leve seus alunos para uma quadra ou se preferir poderá deixá-los na própria sala de aula. Solicite que se organizem em dois grupos. Indague:

a- Quantos alunos estão presentes?

b- Para termos dois grupos com a mesma quantidade de elementos o que temos que fazer?

c- Quantos elementos ficarão em cada grupo?  

Depois de respondidas as questões, peça que façam dois grupos. Caso tenha um número ímpar você poderá fazer parte de um deles.   

Organizados os grupos convide os alunos a tirarem os seus sapatos. Misture-os e espalhe-os. Informe-os que ao seu sinal, deverão encontrar os pares e levá-los para o local indicado por você. O grupo que organizar o maior número de pares dentro do prazo que você estipulou marca um ponto.

Se os alunos tiverem calçados com meias aproveite e as inclua para que organizem os pares.

Ao final da atividade estabeleça um diálogo com a turma levantando situações problema:

a-Quantos pés de sapatos havia em cada grupo?

b-Ao todo quantas crianças participaram?

c-Dois pés de sapatos formam um par de sapatos?

d-Três pés de sapatos formam um par de sapatos?

e-Quatro sapatos formam um par de sapatos? E dois pares de sapatos?

f-Se quisermos formar quatro pares de sapatos, de quantos sapatos vamos precisar?

g-Quantos pares foram formados com os sapatos utilizados em cada grupo?

h-Quantos pés de sapatos havia em toda a turma?

i-Quantos pares de sapatos foram formados na turma toda?

Ao terminar o diálogo peça que os alunos digam o que foi possível aprender.

Imagens de atividade realizada com alunos do 2º Ano "B" da Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia - 2010 - Eliana Aparecida Carleto - Acervo da Autora

2ª Atividade: aproximadamente de 60 minutos    

    

Imagem- Fonte: CD Clipart & Cia - Número 05     

Acompanhe a turma até o Laboratório de Informática, a fim de realizar algumas atividades que envolvam a temática.

Você poderá utilizar o sítio http://www.smartkids.com.br/jogos-educativos/matematica-pinte-os-animais-pares-e-impares.html para realizar um jogo de pintura com números pares e ímpares. Esse jogo ajuda a criança a discernir números pares e ímpares.

No sítio http://www.youtube.com/watch?v=JXSsDgDlOa8&feature=fvw você terá um vídeo de brincadeira com par e ímpar”.    

Já no sítio http://www.youtube.com/watch?v=wit6sNSy9eE  você encontrará uma atividade rítmica, através da dança, contendo regras para se formar números pares e ímpares. 

Ao final dessa etapa peça que os alunos digam o que foi possível aprender. Pergunte ainda o que acharam da atividade, justificando a resposta.  Espera-se que os alunos cheguem à seguinte conclusão:

Números ímpares são aqueles em que o algarismo da unidade é 1, 3, 5, 7 e 9.

 

Números ímpares são aqueles em que o algarismo da unidade é 1, 3, 5, 7 e 9.

REGISTRANDO  

 Professor, solicite aos alunos que registrem no caderno de Matemática o que foi possível descobrir a partir das atividades desenvolvidas anteriormente. Para isso produza um relatório coletivo, os alunos vão falando e você vai escrevendo na lousa. Ao final de cada parágrafo todos devem fazer a revisão e copiar. Para finalizar peça para os alunos ilustarem texto.

3ª Atividade: aproximadamente de 60 minutos

OBA! VAMOS JOGAR!       

Fonte da imagem: http://1.bp.blogspot.com/_QasQ20Cn_gU/Sq8plWBW0TI/AAAAAAAAClM/0h_VVDQdLC0/s320/Balls+bingo.gif  

Para relacionar os termos par e ímpar utilize jogo de bingo.

Peça que os alunos se organizem em duplas ou trios. O sorteio dos números será feito a partir da utilização dos dedos das mãos. Cada um pode mostrar as duas mãos, ou seja, pode mostrar até 10 dedos (com três jogadores conseguimos chegar até 30). Cada aluno escolhe uma cartela com números pares ou ímpares e cola no caderno. Após cada jogada deve registrar na cartela se tiver o número sorteado. Ganha quem completar primeiro. Veja exemplos de cartelas:

5

19

23

27

11

3

29

9

13

1

7

21

17

15

25

6

18

22

28

12

30

4

16

2

14

8

26

20

24

10

16

17

27

30

12

3

4

11

1

26

5

21

25

18

10

Registrando o jogo      

Professor, oriente os alunos a registrarem a atividade no caderno de Matemática.

Registre o nome da atividade e os objetivos propostos.

Peça que os alunos colem ou desenhem a cartela de bingo que utilizaram para jogar.

Em seguida elabore atividades que contemplem os conteúdos já trabalhados, por exemplo: escrever os números ditados em algarismo e por extenso; assinalar os números pares; sublinhar os números ímpares; escrever o sucessor e antecessor de todos os números pares, resolver operações de adição que tenham apenas números pares.

Ao final da atividade você poderá fazer a correção na lousa, pedindo que diferentes alunos se dirijam até a lousa para resolver as operações dizendo como pensaram para resolvê-las. Poderá ainda, solicitar que troquem os cadernos entre si a fim de verificarem se realizaram a atividade corretamente.

Professor, não se esqueça de pedir que os alunos registrem sua opinião sobre a atividade, inclusive possíveis dificuldades encontradas.

Faça indagações que possibilitem compreender como foi jogar com o colega e o que acharam mais difícil e mais fácil.

4ª Atividade: aproximadamente de 60 minutos

    

Fonte da imagem: http://www.inr.pt/uploads/imgs/infantil/13.jpg  

Oba! Mais um jogo! Par e ímpar

Professor, para sistematizar ainda mais a temática utilize o jogo do par e ímpar. Para isso, solicite que os alunos se organizem em duplas e joguem o Jogo do par e ímpar. Você poderá jogar de duas maneiras.

Fonte da imagem: http://cienciahoje.uol.com.br/banco-de-imagens/lg/web/images/ch/224/4315a.jpg                              

      

         1ª MANEIRA:              

Eu vou escrever um número e você vai escrever outro, qualquer número que você quiser. Se você escrever um número par a soma do meu número e do seu número terá que ser par para você ganhar. Se você escrever um número ímpar a soma do meu número e do seu número terá que ser ímpar para você ganhar. Entendeu!

Exemplo: o meu número é 2... e o seu é 5... e a soma é 7. O seu número é ímpar e o resultado deu ímpar. Você ganhou!

Só que eu vou dizer quando você vai ganhar ou perder! Duvida!

a) O meu número é 2... e o seu ___? Parabéns! Você ganhou!

b) O meu número é 5... e o seu ___? Desculpe. Você perdeu!

c) O meu número é 4... e o seu ___? Parabéns! Você ganhou!

d) O meu número é 8... e o seu ___? Parabéns! Você ganhou!

e) O meu número é 10... e o seu ___? Parabéns! Você ganhou!

f) O meu número é 11... e o seu ___? Desculpe. Você perdeu!

g) O meu número é 12... e o seu ___? Parabéns! Você ganhou!

h) O meu número é 9... e o seu ___? Desculpe. Você perdeu!

i) O meu número é 1... e o seu ___? Desculpe. Você perdeu!

j) O meu número é 15... e o seu ___? Desculpe. Você perdeu!

Vamos desempatar?

k) O meu número é 7... e o seu ___? Desculpe. Você perdeu!  

Registrando o jogo   

Professor, registre o nome do jogo e os seus objetivos na lousa. Peça que os alunos copiem.

Em seguida instrua-os à copiarem os números pensados e suas respectivas somas. Você poderá tomar como base os exemplos citados anteriormente.

Ao final da atividade você poderá fazer a correção individualmente, ou seja, olhar cada um dos cadernos, fazendo as devidas interferências.

Não se esqueça de pedir que os alunos registrem a opinião sobre a atividade, inclusive as possíveis dificuldades encontradas.

  

 2ª MANEIRA:

Essa versão do Jogo do par e ímpar é um bom recurso para decidir quem começa uma brincadeira e também uma ótima oportunidade para verificar se os alunos identificam números pares e ímpares.

Primeiro, os dois jogadores escondem uma das mãos atrás do corpo e escolhem quem é par e quem é ímpar.

Em seguida, devem mostrar a mão escondida, ao mesmo tempo, com um determinado número de dedos escondidos. Os jogadores podem, também, mostrar a mão fechada.

Se a soma dos dedos for um número par, ganha quem escolheu ser par; se for ímpar, ganha o outro jogador.

 

Imagem- Fonte: CD Clipart & Cia - Número 05    e 06      

 Registrando o jogo

Professor, registre o nome do jogo e seus objetivos na lousa. Peça que os alunos copiem. Em seguida instrua os alunos à copiarem as atividades abaixo.

1- João Lucas e Sofia jogaram o Jogo do Par e Ímpar. Fizeram oito jogadas e em todas João Lucas escolheu ímpar e Sofia escolheu par. Eles anotaram tudo numa tabela.

a- Faça uma tabela igual a de João Lucas e Sofia. Escreva o total de pontos e o vencedor de cada jogada.

JOGADA

SOFIA

JOÃO LUCAS

TOTAL DE PONTOS

VENCEDOR

0

0 

3

3

2

2

3

2

1

1

5

2

3

4

4

4

b- Quantas jogadas Sofia ganhou? Este número é par ou ímpar?

c- Quantas jogadas João Lucas ganhou? Este número é par ou ímpar?   

2- No Jogo do Par e Ímpar cada jogador só pode usar os dedos de uma das mãos. Pensando nessa informação responda as questões abaixo:   

a- Qual é o maior número de dedos que cada jogador pode mostrar?   

b- Qual é o menor número de dedos que cada jogador pode mostrar?   

c- Qual é o maior número par que pode aparecer como resultado em uma jogada?   

d- Qual é o menor número par que pode aparecer como resultado em uma jogada?   

e- Quais são os totais de pontos que se pode ter no jogo?   

f- Quais são os números pares que se pode ter no jogo?   

g- Quais são os números ímpares que se pode ter no jogo?  

3- Agora, é com você!

Convide um colega para jogar o Jogo do Par e Ímpar. Faça uma tabela como a registrada na atividade 1, anote os resultados e descubra o vencedor.

Após o registro da tabela escreva sua opinião sobre a atividade realizada. Não se esqueça de justificar sua resposta.

Recursos Complementares

No sítio abaixo você encontrará sugestões de atividades para trabalhar números pares e ímpares

http://3.bp.blogspot.com/_4pa0ig5gg4M/S94Zse4lcOI/AAAAAAAAAKU/dp6uwR9_2A4/s1600/%C3%ADmpar.jpg   

Já no sítio http://www.educador.brasilescola.com/estrategias-ensino/jogos-dados.htm você terá um jogo de dados que trabalha números pares e ímpares.

Avaliação

Professor, observe se os alunos identificam e escrevem a sequência dos números pares e ímpares e se conseguem sistematizar o conceito de par e ímpar. Isso poderá ser através dos registros feitos pelos alunos, através destes você terá material que poderá utilizar para sanar possíveis dúvidas. Ao solicitar que resolvam atividades na lousa dizendo como pensar para resolvê-las você terá oportunidade de verificar questões significativas de aprendizagem. Porém, não se esqueça: a avaliação da atividade deverá ser feita durante seu desenvolvimento, ou seja, observe a interação entre os pares, as reações de ansiedade, nervosismo, agilidade, dentre outros, ao realizarem os jogos propostos.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 7 classificações

  • Cinco estrelas 4/7 - 57.14%
  • Quatro estrelas 3/7 - 42.86%
  • Três estrelas 0/7 - 0%
  • Duas estrelas 0/7 - 0%
  • Uma estrela 0/7 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • tania meira, UNIEVANGÉLICA , Goiás - disse:
    tanyameira@hotmail.com

    05/09/2013

    Cinco estrelas

    aula bastante rica e objetiva e muito interessante por fazer o uso do lúdico .


  • tania meira, UNIEVANGÉLICA , Goiás - disse:
    tanyameira@hotmail.com

    05/09/2013

    Cinco estrelas

    aula bastante rica e objetiva e muito interessante por fazer o uso do lúdico .


  • INALDO CARNEIRO, centro educacional gamaliel , Bahia - disse:
    inaltatecarneiro@hotmail.com

    24/05/2013

    Quatro estrelas

    Gostei bastante da ideia, e gostaria de poder esta colaborando com outras ideias que tenho.


  • daiany, universidade tiradentes , Sergipe - disse:
    daianyoliveirasilva@hotmail.com

    09/04/2012

    Quatro estrelas

    vários jeito de ensinar bricando.gostei...


  • Olga Andrade, EMEF "Experimental de Vitória - UFES" , Espírito Santo - disse:
    olgaefa@hotmail.com

    22/02/2012

    Quatro estrelas

    As atividades são muito boas porque possuem estraté- gias diferentes para serem trabalhadas com as crianças e isto torna-se um diferencial para que as crianças sin- tam maior interesse.


  • Valdici Marques da Silva Soares, Adventista , Goiás - disse:
    valdicimss@hotmail.com

    22/02/2012

    Cinco estrelas

    Ótimas dicas! Vou usá-las em minhas aulas. Parabéns pelo excelente trabalho! Obrigada!


  • Paula Néry, Faculdade JK , Distrito Federal - disse:
    paullaneryy@hotmail.com

    21/09/2011

    Cinco estrelas

    excelente!! A criança adora brincar, e o lúdico em sala-de-aula nada mais é do que estimular a criatividade da criança!!! Parabéns!!


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.