Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Máscaras Africanas

 

13/10/2010

Autor e Coautor(es)
EDNA MARIA DA SILVA
imagem do usuário

NATAL - RN NUCLEO EDUCACIONAL INFANTIL - NEI

Suzana Maria Brito de Medeiros

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Artes Arte Visual: Arte visual como produção cultural e histórica
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Gêneros de texto
Ensino Fundamental Inicial Artes Arte Visual: Produção do aluno em arte visual
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Processos de leitura
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
  • Identificar a função das máscaras na cultura africana;
  • identificar os diferentes modos de construção das máscaras africanas;
  • construir dois tipos de máscaras africanas em sala, destacando as etapas e materiais necessários.
Duração das atividades
3 aulas com duração de 50 minutos
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
  • Destacamos que os professores devem trabalhar os aspectos referentes as habilidades manuais como: recortar, colar, prinsar, picotar, bem como os componentes da produção artística visual - texturas, cores, formas.
Estratégias e recursos da aula

1º MOMENTO:

A aula terá início com uma roda de conversa sobre a presença da máscara na cultura africana. Para ilustrar e motivar o grupo o professor apresentará imagens de diferentes tipos, formas  e estilos de máscaras africanas.

Fonte: http://www.escritoriodearte.com/leilao/2008/setembro/JPEG/8517.jpg

Fonte: http://3.bp.blogspot.com/_YFAtwR0jC5I/TBo-4KpiXDI/AAAAAAAABq8/jiqu1NVW4dA/s1600/83323.jpg 

Fonte: http://1.bp.blogspot.com/_9U2X_EfAQWM/Sxc8HoopFNI/AAAAAAAAABE/tEkyLIr4R3s/S1600-R/mascara1.jpg  

No momento da apresentação das imagens sugerimos que o professor faça alguns questionamentos que orientem o olhar das crianças para a leitura das imagens, através de perguntas do tipo: todas as máscaras são produzidas com uma mesma finalidade? (se for o caso, explicar o que venha ser finalidade, ou usar outro termo); quais os materiais que fazem as máscaras?que cores estão mais presentes?

A partir das respostas do grupo, o professor poderá promover uma articulação entre os saberes que as crianças trazem em suas falas e as novas informações e conhecimentos selecionados em materiais como: livros, textos, histórias e/ou imagens (como as que sugerimos para abertura da aula).

Como forma de registro deste momento, sugerimos que as crianças possam se agrupar em pequenos grupos e escrever algumas das novas informações que aprenderam sobre a importância das máscaras na cultura africana (cada criança, à sua maneira,  desenha e/ou escreve suas ideias). 

2º MOMENTO:

O professor propõe para este momento a construção de um tipo de máscara visto nas imagens. Neste caso, sugerimos a confecção da máscara de bruxo(a). Para construir a máscara serão necessários os seguintes materiais:

  1. cartolina guache
  2. papéis coloridos
  3. penas
  4. tecido
  5. tinta guache
  6. pincel
  7. cola
  8. tesoura

Para fazer a máscara sugerimos que o professor encaminhe juntamente com as crianças os seguintes passos:

  1. Pintar o tecido com tinta guache e colocar para secar. A pintura consiste em pinceladas aleatórias ao longo do tecido.
  2. Desenhar o modelo de um rosto na cartolina e recortar. Não recorta olhos e boca, apenas o nariz.
  3. Desenhar olhos, boca e outros enfeites nos papéis coloridos para recortar e depois colar na frente da máscara.
  4. Colar o tecido ao longo de toda a máscara deixando uma borda. Recortar a borda do tecido fazendo uma franja.
  5. Escolher as cores das penas e colá-las na parte superior da máscara.

  Fonte: NEI/UFRN

 

  Fonte: NEI/UFRN

 A MÁSCARA DE BRUXO

Descobrimos que a máscara de bruxo é usada nas cerimônias tribais grandiosas.        

As tribos fazem as cerimônias nas noites de lua cheia e os feiticeiros e bruxos

cantam e dançam pedindo a proteção dos espíritos.      

Em todas as tribos africanas tem um bruxo ou uma bruxa ou um feiticeiro

que usa seus poderes mágicos para proteger a tribo.

TEXTO COLETIVO - 1º ano vespertino

Sugerimos que o professor conclua o trabalho desta aula sintetizando os conhecimentos em um texto coletivo, como o exposto, anteriormente.

3º MOMENTO:

Na aula em que fizeram a máscara do bruxo(a) as crianças tiveram a oportunidade de seguir instruções, como numa receita, para construir sua máscara. Desse modo sugerimos, que a aula pode ter continuidade com a proposição de uma atividade em que as crianças poderão recuperar e/ou se apropriar de alguns elementos que constituem o texto instrucional, como: sua estrutura e linguagem sucinta. Na atividade sugerimos que seja proposto às crianças fazerem uso de suas hipóteses de escrita e leitura o tempo inteiro. Na primeira parte da atividade as crianças  são convidadas a escreverem o material necessário que usaram para fazer a máscara e, na segunda etapa,  devem ler os passos da realização da máscara, recortá-los e colocá-los em ordem.

  Fonte: NEI/UFRN

  Fonte: NEI/UFRN

  Fonte: NEI/UFRN

4º MOMENTO:

A aula terá continuidade com a realização de um outro momento de vivência. Ou seja, as crianças poderão construir um outro tipo de máscara, fazendo uso de materiais diferentes do que o (a) professor (a) sugeriu no modelo da máscara de bruxo. Nesse momento vai ser necessário:

  1. papel ofício/sulfite branco em tiras largas e finas
  2. cola branca
  3. pincel

De posse do material, o primeiro momento da aula consiste numa conversa prévia com as crianças a respeito da realização da atividade. Esse tipo de máscara é modelada no rosto de cada criança. Caso seja uma turma composta por crianças muito pequenas, poderá não ser muito agradável para algumas crianças, pois há a possibilidade de não conseguirem permanecer o tempo necessário à construção da máscara.Se a turma for composta por crianças que já consigam fazer a máscara uma na outra, o professor pode ser o coordenador do trabalho, ajudando quando necessário.

  1. Prende-se uma faixa/tira larga na testa envolvendo toda a cabeça, e duas tiras próximo da orelha - uma de cada lado formando o contorno do rosto. Depois cola mais uma de uma ponta a outra passando pelo nariz, para formar o modelo do rosto de cada um, a princípio. Neste momento você acabou de fazer a base. Depois e só ir completando com as tiras finas ou grossas, vai depender do formato do rosto da criança e vai completando até o rosto estar todo cheio, ficando descobertos apenas os olhos, a boca e nariz. O segredo é colocar bastante cola e colar bastante papel, para que a máscara fique com uma consistência firme.
  2. Coloca para secar por, aproximadamente, 24 horas.
  3. Depois que a máscara está seca você vai decorar. A decoração pode ser feita com tinta guache ou qualquer outro tipo de tinta que possa pintar papel. Coloca para secar novamente.
  4. Em seguida você vai colar enfeites para que a máscara ganhe mais beleza. Os materiais podem ser diversos, como: penas, fitas, tecidos, bicos, lantejoulas, gliter, entre outro.

Fonte: NEI/UFRN

Fonte: NEI/UFRN

Fonte: NEI/UFRN

Depois das máscaras feitas e decoradas, sugerimos uma exposição das atividades desenvolvidas a respeito das máscaras africanas como forma de síntese do trabalho. Após a exposição as crianças poderão brincar com as máscaras inventando enredos com os elementos apresentados da cultura africana: reis, bruxos, guerreiros , entre outros. As máscaras poderão,também, compor o faz de conta da sala por algum período e depois podem ser levadas para casa.

Recursos Complementares
Avaliação

Ao final do desenvolvimento da atividade é de fundamental importância que o (a) professor (a) possa observar na criança a capacidade de:

  • Compreender a função do uso da máscara na cultura africana.
  • Conhecer os diferentes modos de produção das máscaras africanas.
  • Destacar os aspectos da produção da máscara: recorte, colagem, pintura, e composição/decoração.
Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 16 classificações

  • Cinco estrelas 7/16 - 43.75%
  • Quatro estrelas 6/16 - 37.5%
  • Três estrelas 1/16 - 6.25%
  • Duas estrelas 2/16 - 12.5%
  • Uma estrela 0/16 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Isolete , CAIC , Paraná - disse:
    Iso_lete@live.com

    18/11/2013

    Quatro estrelas

    Ótima dica de aula....Obrigada


  • Gabriel Teixeira de Godoi, Gabriel Teixeira de Godoi , Paraná - disse:
    gb_tg@hotmail.com

    19/11/2012

    Cinco estrelas

    Legal


  • Clayton, africana , Sergipe - disse:
    klebeurei@hotmail.com

    27/08/2012

    Cinco estrelas

    muito bom e interessante


  • Maria Rita de Cássia Silva Menezes de Melo, ESCOLA MUNICIPAL JOAO PAULO II , Pernambuco - disse:
    rebeca.alegria@hotmail.com

    21/08/2012

    Cinco estrelas

    São estes momentos que permite aos estudantes o acessoa a sua ancestralidade através da criatividade e espontaneidade, adorei seu planejamento, parabéns.


  • Lívia Pereira Gonçalves , Autônoma , Rio de Janeiro - disse:
    livia.udia@gmail.com

    07/05/2012

    Três estrelas

    Faltou relacionar cada mascara a um tipo de sentido. Pensemos que a mascara é um código que tem o seu referente imagem , mas essa imagem possui um sentido ou seja aquilo que significa pode ser tristeza alegria enfim sentidos que os humanos externalizam na forma de um conjunto de expressões faciais que são codificadas pelas mascaras. As mascaras Africanas são riquissimas neste aspécto que faltou ser mencionado.


  • Arlete Melo, Esc.Municipal Mª do Carmo Vilaça , Bahia - disse:
    asmelo_01@hotmail.com

    11/03/2012

    Cinco estrelas

    Parabéns Pelo trabalho, muito interessante ,estou pensando em aplicar esta técnica nesse 1º bimestre pois irei associar as questões de identidade. Só queria saber se não tem contra indicação utilizar cola branca na face da criança. Abraço! Arlete Melo


  • Fernanda Escola Estadual Professor Souza Primo MG, ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR SOUZA PRIMO MG , Minas Gerais - disse:
    fernanda.paulaoliveira@yahoo.com.br

    21/11/2011

    Quatro estrelas

    Mto boa sua aula. Tive uma visão melhor da aula que darei sobre o tema. Bjos!!!!


  • valeska, vava , Mato Grosso - disse:
    valeska_lele@hotmail.com

    18/11/2011

    Duas estrelas

    eu gostei!!!!


  • Ana Maria, Colégio dos Santos Anjos , Rio de Janeiro - disse:
    anadarze11@hotmail.com

    02/11/2011

    Duas estrelas

    Nao ajuda muito em entender a funcao das mascaras.


  • Ana Arineia Gomes Carvalho, Professor Alberto Stange Junior , Espírito Santo - disse:
    anaarineia@gmail.com

    20/10/2011

    Quatro estrelas

    Amei o trabalho.sâo muito bonitos.Espero que eles continui assim dando o de melhor para as pessoas verem que eles sao capazes de fazer aquilo que deseja. Parabéns!!!!Bjao!!!


  • kátia guimarães, EMEF PE LEÃO VALLERIÉ , São Paulo - disse:
    katiia.artes7@gmail.com

    13/10/2011

    Cinco estrelas

    adorei o trabalho . me responda por favor: em momento nenhum a cola tem contato com a pele do aluno pois, tem alunos que tem alergia e quero evitar essa discução,. vou trabalhar com os nonos anos esse material tbem pois é mais acessível . um fará a máscara do outro. vc tá de parabens . não havia pensado nessa possibilidade de trabalho. um abraço kaká Campinas


  • Elizandra Cardoso, E. B. M. Ida Beatriz Brunato de Camargo , Santa Catarina - disse:
    lizabrasil@ibest.com.br

    07/10/2011

    Quatro estrelas

    Interessantes sugestões e possível de serem realizadas nas escolas públicas e comunidades de baixa renda. A garotada gosta e se diverte. Utilizarei algumas sugestões na feira afro de minha escola este ano. Parabéns!


  • ana carolina francisco, ana carolina , Paraná - disse:
    carolina.machado19@gmail.com

    15/09/2011

    Cinco estrelas

    fou fazer um trabalho amanhã dia 15/09/11 e ajei a explicação bem interesande


  • laura, unb , Distrito Federal - disse:
    luzelienfermagem@hotmail.com

    09/08/2011

    Quatro estrelas

    gosteiii


  • Mario de Oliveira e Silva Filho, Colecionador particular de máscaras do século XIX , Minas Gerais - disse:
    mariominesia@yahoo.com.br

    02/08/2011

    Cinco estrelas

    Muito boa a explicação sobre as máscaras africanas, principalmente no que tange à sua finalidade, seus usos, material utilizado em sua confecção; importância para a tribo (Nação africana) e importância da utilização nas festas ou rituais. Parabéns.


  • Malu, Feiticeira , São Paulo - disse:
    luiza_maria_9@hotmail.com

    23/03/2011

    Quatro estrelas

    foi d+ adorei fui muito bem no trabalho


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.