Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Piolho - A importância da higiene no combate aos invasores da cabeleira

 

07/12/2010

Autor e Coautor(es)
Sandra Maria Rocha de Arruda
imagem do usuário

RIO DE JANEIRO - RJ COL DE APLIC DA UNIV FED DO RIO DE JANEIRO

Celia Brito Teixeira Gama

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Matemática Tratamento da informação
Ensino Fundamental Inicial Ciências Naturais Ser humano e saúde
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: prática de produção de textos
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: usos e formas
Ensino Fundamental Inicial Saúde Cuidados do corpo
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: prática de leitura
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Relacionar cuidados com a higiene do corpo à manutenção de uma vida saudável.

Identificar o piolho como um inseto parasita.

Construir slogans onde os hábitos de higiene apareçam como uma prática possível de ser desenvolvida não só pelo adulto.

Duração das atividades
3 aulas de 60 minutos
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Não há necessidade de conhecimentos prévios

Estratégias e recursos da aula

Atividade 1

Apresente para a turma a música “O Piolho” de Bia Bedran:      

Eu tenho os pés na sua cabeça

Eu quero que você não me esqueça

Nunca mais (refrão)  

 

O Aurélio diz que eu sou inseto sugador

Mas sinto muito amor Por cabelo de anjo

Seja ele qual for

Cabelo loirinho, encaracoladinho

Mas também pode ser muito lisinho...

Moreno, comprido, escorrido

E também pode ser, muito curto e crespinho,

Pode ruivo, castanho, pretinho, bem duro,

Qualquer tipo de cabelo me satisfaz

(refrão)

 

Sou muito insistente,

Sou conquistador.

Eu fico resistente aos venenos com que, você me viciou...

Xampu, sabonete, vinagre, perfume, creme, neocid, tudo eu acho normal.

Pela homeopatia eu tenho até a simpatia

Porque ela é muito mais natural

Só tem duas coisas que vão me matando

É passar pente fino e mão me catando

(refrão)

 

Quando sou criança

O meu nome é lêndea

Mas a minha infância

Dura pouco demais...

Logo, logo cresço,

Pra infernizar tudo,

Eu faço a minha casa

No teu couro cabeludo.

Eu não escolho cabeça nem classe social,

Pra mim rico, pobre,

É tudo igual!   

      

Divida a turma em grupos e distribua a letra da música. Depois, explore oralmente com as crianças:

- Que inseto aparece na música?

- Qual a sua definição no dicionário?

- Que nome ele recebe na infância?

- Onde ele vive?

- Como acabar com esse inseto?

Atividade 2

Proponha uma entrevista feita com as pessoas da escola. Faça um levantamento de perguntas com as crianças e oriente a pesquisa.

Exemplo:

1.        Você já teve piolho?

(     ) sim          (     ) não   

2.       Quantas vezes?

(     ) somente 1          (     ) mais de 1          (     ) mais de 10   

3.       O que você fez para resolver o problema? ____________________________________   

Após a coleta de informações, construa com a turma um gráfico dos dados obtidos e analise:

a)      Número de pessoas que tiveram piolho

b)      Número de vezes que tiveram piolho

c)      Solução encontrada para resolver o problema   

As crianças perceberão que a maioria das pessoas já tiveram piolho e, assim, descobrirão a importância de conhecê-lo melhor para saber como combatê-lo.

Atividade 3

Sugira que as crianças, em grupo, pesquisem e tragam informações sobre esse inseto. As crianças poderão acessar sites para essa busca.

Pediculose. O que é isso? 

http://www.piolho.fiocruz.br/inde3.html      

Direcione algumas perguntas importantes para a pesquisa:

a)      O que é um piolho?

b)      Do que o piolho se alimenta?

c)      O que é a lêndea?

d)      Todas as pessoas podem ter piolho?

e)      Como ”pega” piolho?

O professor também poderá trazer textos informativos.

Exemplo:

Piolhos, os reis do coça-coça

Piolhos??? Sim, é deles que vamos falar! Seres pequenos que podem ser exterminados com a força de uma unha, mas que têm tudo para se transformar num problema tamanho gigante quando se multiplicam e provocam aquele coça-coça na cabeça. Por mais que pareça difícil combatê-los, não se deve desistir da batalha por uma razão muito séria: esses insetos podem provocar danos à saúde.

Os piolhos vivem na superfície do corpo de seu hospedeiro (nós!) e, ao contrário do que muita gente pensa, eles não voam porque não têm asas. Esses insetos possuem uma garra no último segmento das pernas que permite a locomoção e a fixação nos fios do cabelo.

Os machos medem cerca de 2,4 milímetros e as fêmeas um pouco mais, aproximadamente 2,7 milímetros. Ambos se alimentam de sangue, que, no caso das fêmeas, é indispensável para a nutrição dos ovos. Estes, aliás, também são chamados de lêndeas e representam a primeira fase da vida de um piolho, que é seguida pela fase ninfa (quando saem do ovo) e pela fase adulta (quando estão prontos para a reprodução) – num ciclo que tem duração de quatro semanas.

Cada fêmea pode colocar até seis ovos por dia! Isso quer dizer que uma cabeça que abrigue apenas um casal de piolhos em poucos dias terá dúzias desses moradores indesejados. E, se nada for feito, as dúzias vão se multiplicar e aí... Bem, aí é melhor parar com as contas porque já está dando uma coceira danada!

Fonte: Revista Ciência hoje das Crianças /Ano 16 /Nº 134 /Abril de 2003

Analise com os grupos as informações trazidas e registre as conclusões com as crianças.

Atividade 4

Crie uma minicampanha sobre os “Invasores da Cabeleira”:

Atenção! Atenção! Acaba de ser anunciado um alerta máximo contra seres que apresentam a seguinte descrição: antenas curtas, olhos reduzidos ou ausentes e três (isso mesmo!) pares de pernas! Eles se alimentam de sangue e podem estar mais perto do que você imagina – infiltrados nos seus cabelos!!!

Promova a criação de slogans, cartazes, folders para serem distribuídos na escola e nas ruas alertando sobre o piolho e informando como proceder para combatê-lo.      

Recursos Complementares
Avaliação

O professor poderá avaliar os seus alunos em todos os momentos das atividades, priorizando a aprendizagem e observando possíveis dúvidas e dificuldades apresentadas por eles.

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 2 classificações

  • Cinco estrelas 2/2 - 100%
  • Quatro estrelas 0/2 - 0%
  • Três estrelas 0/2 - 0%
  • Duas estrelas 0/2 - 0%
  • Uma estrela 0/2 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Cioni Fiancoski Modrow, Escola Rural Municipal São Sebastião , Paraná - disse:
    cionifiancoski@hotmail.com

    22/07/2013

    Cinco estrelas

    Essas atividades me ajudaram muito no desenvolvimento do meu projeto sobre o piolho desenvolvido na minha escola, muito bom. Obrigada!!!


  • sebastiana lima, Escola Municipal Dr. Ulisses Guimarães , Tocantins - disse:
    sebastianalima10@hotmail.com

    22/06/2012

    Cinco estrelas

    Essas sugestões são excelentes estava precisando muito de algumas atividades que fossem boas e fáceis de trabalhar encontrei e agora é se por em pratica.Obrigada.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.