Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


CICLO DO OURO

 

01/10/2010

Autor e Coautor(es)
Regia Maria
imagem do usuário

NATAL - RN NUCLEO EDUCACIONAL INFANTIL - NEI

Raimunda Porfirio Ribeiro

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial História Organização histórica e temporal
Ensino Fundamental Inicial História Organizações e lutas de grupos sociais e étnicos
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Organizar as informações para discutir a problemática relacionada às condições de trabalho, de pobreza e desvalorização do negro no Brasil.

Duração das atividades
2 aulas
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Reconhecer as caracteristicas do Brasil colonial;

Reconhecer as caracteristicas do Tabalho escravo.

Estratégias e recursos da aula

Atividade 1 – Assistir ao vídeo: Fausto e a pobreza das minas e extrair as informações sobre o ciclo do ouro.

1º momento -  Professor,  inicie a aula com o recurso do MEC: Fausto e a pobreza das minas.

Fausto e a pobreza das minas 

 Nesse vídeo, você e os alunos  retiram as informações mais importantes para a compreensão  do ciclo do ouro, como:

  • O usufruto por parte de Portugal da riqueza do Brasil para se reerguer economicamente;
  • A corrida dos europeus na busca de riqueza;
  • As medidas políticas do rei de Portugal para se apropriar da riqueza do Brasil;
  • O avanço na interiorização do Brasil com o movimento à busca do ouro;
  • Os conflitos entre os paulistas e os forasteiros com a finalidade de demarcar a posse do ouro em Minas Gerais; 
  • Analisar o trabalho escravo nas minas, reconhecendo os exploradores como proprietários dos escravos e do ouro;
  •  Verificar as condições de trabalho escravo nas minas.

Fonte:

Autor do quadro 1: Carlos Julião - http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Juliao06.JPG 

Esse tema pode ser abordado com uma linguagem bem compreensiva para os alunos do ensino fundamental, uma forma de começar a vivenciar a história da formação política e econômica do seu país, verificando as condições dos negros como mão-de-obra e discutindo a questão da origem da pobreza das pessoas dessa etnia em nosso país.

2º momento – Professor,  monte um teatro com as informações extraídas do vídeo, recurso do MEC. Sente com seus alunos e veja o que aconteceu nesse período, quem eram os atores da história, quais os seus objetivos, que ações exerciam  e a correlação de forças que gerava conflitos. A partir dessa reflexão, organize a turma para criar o texto, os alunos representam os personagens (atores da história) e criam um cenário para favorecer esse momento de criação.

  • Para construção de cenário e figurino é preciso de planejamento;
  • Organize o trabalho cooperativo, cada grupo faz uma parte para a montagem do todo;
  • A roupa pode ser com materiais simples, como papel,  cartões retirados de caixas e pintados e decorados, depende da criatividade da turma.

Atividade 2 -  Recriar a história assistida, representada.

1º momento –  Professor, a linguagem falada e escrita será o instrumento de organização das informações, mas para isso retome com seus alunos o teatro planejado e apresentado e confronte os dados colhidos no vídeo com um texto escrito, descrevendo o ciclo do ouro. Pode ser um texto do livro didático ou um texto elaborado por você. Professor, tome como referência os textos a seguir, para a elaboração de um texto adequado ao nível de sua turma.

O SÉCULO DO OURO 

 http://educaterra.terra.com.br/voltaire/500br/br_ouro.htm  

http://educaterra.terra.com.br/voltaire/500br/br_ouro3.htm  

A CORRIDA DO OURO

http://www.idasbrasil.com.br/idasbrasil/geral/port/ouro.asp  

MINERAÇÃO  NO BRASIL COLONIAL.

 http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=302 

ECONOMIA COLONIAL: ciclo de ouro.  

http://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_do_Brasil#O_Ciclo_do_Ouro 

No texto você deve abordar os aspectos discutido no 1º momento da atividade 1.

2º momento - Promova um confronto entre os dados iniciais e as informações encontradas no texto (elaborado pelo professor), forme quatro grupos e estabeleça uma discussão sobre a exploração do ouro com diferentes pontos de vista:

  1. grupo 1 – o governo;
  2. grupo 2, os escravos;
  3.  grupo 3, os exploradores da colônia;
  4. grupo 4, os forasteiros.

A discussão será sobre os seguintes aspectos:

  • O usufruto do ouro como riqueza;
  •  A corrida dos europeus a busca do ouro;
  • O quinto sobre o ouro explorado;
  • O direito de explorar o ouro; 
  • As condições de trabalho na exploração do ouro.

Cada rodada a turma discute um item, cada grupo toma a postura do sujeito histórico que representa.

  Atividade 3 – Confrontar o espaço durante e depois da exploração do ouro.

1º momento – Professor essa atividade será realizada com imagens do espaço geográfico, os alunos analisam durante e o depois do ciclo do ouro, verifica as transformações, deduzem e explicam porque ocorreram as transformações visíveis.

VILA RICA - PERÍODO DA EXPLORAÇÃO DO OURO (ATUALMENTE OURO PRETO)

Autor do quadro 1: Carlos Julião - http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Juliao06.JPG 

OURO PRETO (ATUALMENTE)

Fonte

Ficheiro:Vista de Ouro Preto.jpg/ - http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Vista_de_Ouro_Preto.jpg 

Os alunos:

  •  Verificam os meios de transportes circulando na cidade;
  • Deduzem as transformações na relação de trabalho;
  • Falam da ocupação do espaço geográfico;
  • procura a semelhança na arquitetura;

2º Momento – Professor oriente seus alunos para relatar por excrito tudo que aprenderam com a aula. Mediante os seguintes pontos:

  •  Contexto histórico que iniciou a exploração do ouro;
  • Quem explorou o ouro e quem controlou a exploração;
  • A mão de obra e tipo de trabalho na exploração do ouro;
  • Os conflitos que ocorreram durante a exploração do ouro;
  •  mecanismo criados pela Metrópole para não perder o controle da riqueza;
  • O destino do ouro que o rei de Portugal levou do Brasil.
  • Opinião do aluno sobre esse período histórico.

Recursos Educacionais
Nome Tipo
Recursos Complementares

Leitura complementar para os professores.  

 http://revistas.ucm.es/fll/0212999x/articulos/RFRM9495110025A.PDF        

MONTEIRO, John M. Alforrias, litígios e a desagregação da escravidão indígena em São Paulo. Acessível em:

       http://www.revistasusp.sibi.usp.br/scielo.php?pid=S0034-83091989000100003&script=sci_arttext .    

São Paulo: Revista de História ISSN 0034-8309 versão impressa.  Rev. hist.  n.120  jul. 1989.

Avaliação

Avaliar os alunos durante participação da aula, observando e registrando as seguintes habilidades:  ler, interpretar, argumentar, criar a partir do conheciemnto elaborado, e  organizar as informações,  para discutir a problemática relacionada às condições de trabalho, de pobreza e desvalorização do negro no Brasil.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 1 classificações

  • Cinco estrelas 0/1 - 0%
  • Quatro estrelas 1/1 - 100%
  • Três estrelas 0/1 - 0%
  • Duas estrelas 0/1 - 0%
  • Uma estrela 0/1 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • vanalucia, EMMaria Auxiliadora G.B. Bonato , Minas Gerais - disse:
    vanaluciafm@gmail.com

    26/11/2010

    Quatro estrelas

    Achei a aula dinâmica pois tentou envolver a turma de forma atrativa ,criando para isso um universo prazeroso trazendo além da representação de imagens (o filme) trouxe também a representação teatral.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.