Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Plantas: Para que serve a raiz?

 

01/08/2012

Autor(es) e Coautor(es)
imagem do usuário

alessandra arce

SAO CARLOS - SP

Universidade Federal de São Carlos

imagem do usuário

Débora Alfaro São Martinho da Silva

SAO CARLOS - SP

Universidade Federal de São Carlos

imagem do usuário

MICHELE VAROTTO

SAO CARLOS - SP

Universidade Federal de São Carlos

Alessandra Arce, Michele Varotto

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Educação Infantil Natureza e sociedade Os seres vivos
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Diferenciar seres vivos de elementos sem vida.

Perceber que, para viver, os seres vivos precisam de alimentos, água, ar etc.

Observar o desenvolvimento da raiz na planta.

Compreender sua função.

Duração das atividades
A atividade deverá ser realizada ao longo de uma semana, contando com 60 minutos diários.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Não há a necessidade de conhecimentos prévios.

Estratégias e recursos da aula

 

ATIVIDADE 1:

1. Em uma roda de conversa, o professor deverá introduzir o assunto, discutindo com os alunos, sobre o que é um ser vivo e quais os tipos de seres vivos conhecem.

2. Distribuir revistas e pedir que recortem: seres vivos e elementos sem vida que encontrarem, distribuindo-os em duas caixinhas com cada grupo respectivo.

3. O professor deverá explicar que todo ser vivo: nasce, cresce, morre e pode se reproduzir, ou seja gerar filhos (outros animais parecidos com eles).

4. A partir desta sistematização, montar um cartaz, a partir das figuras recortadas, contidas nas caixas. Neste momento, o professor apresentará cada figura e discutirá com a classe se é ou não ser vivo. Deverá também estar atento, para que no grupo dos seres vivos, esteja contido figuras de plantas. Se necessário, também, acrescentar na caixa figuras de árvores, plantas, vegetais, frutas etc.

 

ATIVIDADE 2:

1. A partir do aprendizado do conceito do que é um ser vivo, o professor deverá, a partir de uma pergunta norteadora - como por exemplo: Do que os seres vivos precisam para viver e crescer? - solicitar que  os alunos desenhem suas hipóteses. Ao término desse momento, os desenhos deverão ser discutidos e expostos na classe.

 

2. Ainda na discussão, o professor deverá levantar as seguintes questões:

- As plantas se alimentam?

- Como elas se alimentam se não têm "boca" como os animais?

- Por onde entra o alimento das plantas?

 

3. As hipóteses iniciais dos alunos deverão ser registradas em um cartaz.

 

4. Em seguida, o professor poderá ler o livro sobre o desenvolvimento da semente, discutindo com a classe sobre o que a sementinha precisou para poder crescer e se transformar em uma linda planta. Deverá retomar as hipóteses iniciais dos alunos e discuti-las com a classe, a partir do que se aprendeu com a história. Por fim o professor deverá sistematizar o conhecimento, com o auxílio dos alunos, destacando as funções da raiz, pois além de servir para a fixação da planta na terra, ela retira a água e sais minerais do meio em que vive, para que a planta possa crescer e se desenvolver.

 

Sugestões de livros acerca do tema:

- Coleção Milagres da Natureza: Era uma vez uma semente, Judith Anderson e Mike Gordon.

Fonte: Editora Scipione

 

- O medo da sementinha, de Rubens Alves

       

Fonte: Editora Paulus

 

- A viagem da sementinha, de  Maria Isabel Loureiro

     

Fonte: Editorial do livro

 

- A sementinha que não queria nascer, de Patrícia Kenney e Richard McFadden. Disponível em: http://mundinhodacrianca.blogspot.com.br/2009/09/historia-infantil-sementinha-que-nao.html

- A sementinha, de Antonio Carlos Affonso dos Santos. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=aEzt_S455yk&feature=related

 

* Poderá também apresentar algumas histórias relacionadas com o tema e que são encontradas nos seguintes links:

- http://www.youtube.com/watch?v=aEzt_S455yk

- http://www.youtube.com/watch?v=TiDOccdk_SY

 

5. Ao término da história, as crianças farão um desenho sobre ela.

 

ATIVIDADE 3:

Para melhor visualização e compreensão do que é e qual a função da raiz, o professor deverá realizar, junto à classe,  o seguinte experimento:   

* Antes da apresentação e ao longo do experimento, deverá proceder da seguinte forma:

a. O professor deverá promover uma discussão sobre o tema, de modo que os alunos sejam instigados a expressarem suas hipóteses iniciais. Estas, deverão ser registradas em um cartaz, por meio de escrita ou desenho, pelo professor.

b. Realização do experimento, registro  e discussão dos resultados.

c. Retomada das hipóteses iniciais e comparação com os resultados obtidos, a fim de refutá-las ou confirmá-las.

d. Sistematização do conteúdo, pelo professor

 

Materiais:

1. Um saco plástico transparente.

2. Lenços de papel.

3. Água

4. Sementes de feijões

5. Varal

6. Pregadores

7. Vaso com terra

 

Procedimentos:

1. Em um saco plástico, deverão ser colocados alguns lenços de papel, os quais deverão ser umedecidos.

2. Introduzir sementes de feijão.

3. Deixar os sacos pendurados em um varal por alguns dias. sempre umidecendo os papéis toalhas.

4. Observar o desenvolvimento das raízes da planta. Ao longo desta etapa, o professor deverá identificar a raiz da planta, destacando as mudanças que nela vão ocorrendo.

5. Após desenvolvida a raiz, a classe deverá plantar as sementes germinadas.

 

*Outros experimentos poderão ser encontrados nos seguintes endereços:

http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/handle/mec/11726

http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/handle/mec/11724

http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/handle/mec/11728

 

*Sugestões de livros:

BÉDOYÈRE, Camilla de la (2009).Ciclo de Vida: De Semente a Girassol. São Paulo: Zastras.

GRINBERG, Delphine (2008). Experiências: Vamos Plantar. São Paulo: Moderna, Coleção Primeira Ciência.

AZUL, Anabela M.; REIS, Catarina S. e PIMENTA, Maria C.(2007). Da semente ao fruto: à descoberta do mundo das plantas. Portugal: Sersilito: Empresa Gráfica.

ARLON, Penelope (2006). Árvores. São Paulo: Caramelo, Coleção Primeiras Descobertas.

ARLON, Penelope (2006). Plantas. São Paulo: Caramelo, Coleção Primeiras Descobertas.

ARCE, A.; SILVA, D. A. S. M.; VAROTTO, M. (2011). Ensinando ciências na educação infantil. Campinas: Editora Alínea.


Fonte: http://www.grupoatomoealinea.com.br/ensinando-ciencias-na-educacao-infantil.html

Recursos Complementares

Para maiores informações, consultar:

 

Sites:

http://www.cdcc.usp.br/maomassa/

http://www1.ci.uc.pt/sementeaofruto/

http://nautilus.fis.uc.pt/cab/

http://nonio.fc.ul.pt/recursos/ciencias/capa_plantas.htm

http://www.ufv.br/crp/

http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/

http://www2.bioqmed.ufrj.br/ciencia/

 

Livros sobre o Ensino de Ciências para Educação Infantil:

- CENTRO DE DIVULFAÇÃO CIENTÍFICA E CULTURA - CDCC (2005). Ensinar ciências na escola. São Carlos.

*Este livro pode ser feito download pelo seguinte link: http://www.cdcc.usp.br/maomassa/livro/livro.html

- CENTRO DE DIVULFAÇÃO CIENTÍFICA E CULTURA - CDCC (2009). Ensino de ciências por investigação. São Carlos.

*Este livro pode ser feito download pelo seguinte: http://cdcc.usp.br/maomassa/livro09/livro09.html

- CENTRO DE DIVULFAÇÃO CIENTÍFICA E CULTURA - CDCC (2005). Explorações em ciências na educação infantil. São Carlos.

*Este livro pode ser feito download pelo seguinte link: http://www.cdcc.usp.br/maomassa/Livros/livro10/livro10.html

Avaliação

A avaliação será realizada ao longo de todo o processo, considerando: o interesse, a participação, o envolvimento, a interação e reflexão em grupo, a comparação entre o resultado do experimento e das hipóteses iniciais, bem como as falas, as observações e as conclusões realizadas pelas crianças após cada uma das atividades.

Como sugestão de avaliação, também poderá ser realizada a seguinte atividade: a partir da observação do experimento referente ao processo de desenvolvimento da raiz, os alunos poderão registrar, em forma de desenho, todo o processo. Em outro momento, a professora poderá pedir para que expliquem para a classe seus desenhos e a função.

*Obs: A avaliação encontra-se de acordo com Referencial Curricular Nacional de Educação Infantil, vol 3. Natureza e Sociedade, consistindo em uma tarefa permanente, na qual o professor, mediante a investigação e reflexão acerca das manifestações das crianças: observa o que sabem fazer, o que pensam à respeito dos fenômenos que observam, o que ainda lhes é difícil entender, os interesses que possuem, as aquisições obtidas em vista de todo o processo vivido e em relação com os objetivos propostos. O que o auxilia na adequação dos conteúdos  propostos, no tempo e  no ritmo  de trabalho, para que assim, possa dar continuidade  ao seu planejamento e à apresentação de novos conteúdos e atividades, que visem a promoção de situações significativas na aprendizagem da criança, fazendo-a avançar em seu desenvolvimento e na interação com o meio.

Opinião de quem acessou

Sem estrelas 0 classificações

  • Cinco estrelas 0/0 - 0%
  • Quatro estrelas 0/0 - 0%
  • Três estrelas 0/0 - 0%
  • Duas estrelas 0/0 - 0%
  • Uma estrela 0/0 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.