Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


FURTOS NA ESCOLA E A FORMAÇÃO HUMANA

 

03/02/2011

Autor e Coautor(es)
LILIANE DOS GUIMARAES ALVIM NUNES ARAUJO
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

LUCIANNA RIBEIRO DE LIMA; GLÁUCIA COSTA ABDALA DINIZ; FÁTIMA REZENDE NAVES DIAS

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Ética Respeito mútuo
Ensino Fundamental Inicial Ética Justiça
Ensino Fundamental Inicial Ética Solidariedade
Ensino Fundamental Inicial Ética Diálogo
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

1) Reconhecer o espaço e os bens do outro como dignos de respeito.

2) Compreender que o valor atribuído aos bens materiais é fruto de uma sociedade de consumo.

3) Reconhecer as próprias potencialidades e limitações para além das posses materiais.

4) Identificar valores que fortaleçam a autoestima.

5) Aprender a importância de se cultivar os valores e princípios como honestidade, responsabilidade, lealdade, confiança e verdade.

Duração das atividades
Três ou mais aulas de uma hora
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Não são necessários conhecimentos prévios

Estratégias e recursos da aula

COMENTÁRIOS INICIAIS DIRIGIDOS AO/A PROFESSOR/A:

Professor/a, são muito comuns os episódios de furtos de objetos em sala de aula, o que demanda um trabalho cuidadoso do/a professor/a a fim de mediar a situação sem expor ou ofender os/as alunos/as. Cabe à família também estar atenta aos objetos que chegam em casa e que não pertencem aos/às seus/suas filhos/as, dialogando com as crianças sobre os mesmos, incentivando-as a devolverem. Faz-se necessário que tenhamos clareza da influência que a sociedade de consumo tem sobre as crianças, produzindo a violência em suas diversas faces. Assim, não podemos deixar de considerar que algumas crianças seduzidas pela mídia desejam ter algo que muitas vezes não está dentro das suas possibilidades financeiras o que poderá levá-la a cometer um ato inadequado com a intenção de satisfazer o seu desejo. Nesse sentido, essa aula tem o propósito de levar os/as alunos/as a refletirem sobre tal ato, buscando conscientizá-los de valores importantes como honestidade, responsabilidade, lealdade, confiança e verdade.  

ATIVIDADE 1: 

1º Momento: Convide os/as alunos/as para sentarem e ouvirem o Clássico: "Ali Babá e os quarenta ladrões"

 

Imagem disponível em:

http://www.google.com.br/imgres?imgurl=http://indexmp3free.com/audiobookinfantil/wp-content/uploads/2010/06/AliBaba_www.indexmp3free.com_1.jpg&imgrefurl=http://indexmp3free.com/audiobookinfantil/ali-baba-e-os-40-ladroes-audiobook-infantil/&usg=__IUbQWFH7ZokXqO0DeW08-6FNDHQ=&h=400&w=400&sz=66&hl=pt-br&start=24&zoom=1&tbnid=Re-npcqXJzIO7M:&tbnh=113&tbnw=113&ei=dQ0-TayiDYHogQeGyoieCA&prev=/images%3Fq%3DAli%2Bbab%25C3%25A1%2Be%2Bos%2B40%2Bladr%25C3%25B5es%26um%3D1%26hl%3Dpt-br%26sa%3DG%26rlz%3D1R2SKPB_pt-BRBR364%26biw%3D973%26bih%3D352%26tbs%3Disch:1&um=1&itbs=1&iact=rc&dur=469&oei=bg0-TaXUN4KC8gbNpOi6Cg&esq=3&page=3&ndsp=12&ved=1t:429,r:0,s:24&tx=38&ty=65

2º Momento: Explore a história com os/as alunos/as: Vocês já conheciam essa história? O que acharam da mesma? Na sua percepção, o irmão de Ali Babá, Kassin, agiu corretamente? E o próprio Ali Babá? Agiu certo? Você concorda com o ditado popular: "Quem rouba de ladrão tem cem anos de perdão?" O que você acha de alunos/as que furtam objetos na escola? Na sua percepção por que eles fazem isso? Que punição devem ter?

3º Momento: Solicite aos/as alunos/as que individualmente reflitam sobre as questões a seguir, respondendo-as.

1) Por que será que o Ali Babá ficou deslumbrado com o tesouro?

2) Você já se sentiu assim, deslumbrado com algo que não lhe pertencia? O que você fez? Relate o episódio.

4º Momento: Professor/a, abra oportunidade para que as respostas dos/das alunos/as sejam socializadas e promova uma discussão sobre o furto/roubo dentro do ambiente escolar. Busque refletir com os/as alunos/as sobre as causas que levam alguns alunos/as a cometerem tais atos e incentive a proposição de ações que revertam tal comportamento. 

ATIVIDADE 2: 

1º Momento: Convide os/as alunos/as para assistirem ao vídeo "Violência e Consumismo", disponível em:

http://www.youtube.com/watch?v=KfDHZxfoAPw

2º Momento: Explore o vídeo com os/as alunos/as: O que o vídeo retrata? Vocês já perceberam que muitas vezes as crianças são excluídas por não terem objetos semelhantes aos dos colegas? Vocês concordam com isso? Vocês já presenciaram alguma situação semelhante à essa? Vocês acreditam que quando uma criança não tem algo ela pode agir com violência? Vocês já pararam para pensar que algumas crianças furtam algo do colega porque desejaram obter algo que não têm?

Professor/a, acesse o endereço abaixo para conhecer o Projeto "Criança e Consumo" que poderá auxiliá-lo/a nas discussões mais ampliadas sobre a influência da mídia no desejo da criança e no aumento da violência na infância.

http://www.alana.org.br/CriancaConsumo/Projeto.aspx

3º Momento: Divida a turma em sub-grupos e proponha que reflitam sobre alguns casos que serão apresentados:

Caso 1: Nathália tem dez anos e é uma excelente aluna. Além de ter boas notas, mantém seus cadernos e materiais sempre organizados, é educada e os professores sentem orgulho dela. Numa tarde, enquanto Nathália terminava a atividade de sala soou o sinal do recreio e a aluna, assim como os demais alunos/as, teve que interromper a tarefa. A professora solicitou que os/as alunos/as deixassem tudo sobre a mesa porque quando retornassem do recreio retomariam a atividade. Apesar de Nathália gostar de manter sempre tudo muito organizado, acatou a orientação da professora. Ao retornar à sala, a aluna percebeu que alguém havia mexido em seus materiais e o seu estojo escolar contendo lápis, borracha, apontador, dentre outros materiais, havia sumido. Muito chateada, Nathália solicitou ajuda da professora para resolver o problema.

Caso 2: Thiago é uma criança de 08 anos, que tem muitos amigos na escola. Por ser extrovertido e bem relacionado, sempre é convidado para fazer trabalhos em grupo, participar de jogos, dentre outros. Recentemente, Thiago ganhou de presente um boné muito bonito e como é permitido usar tal acessório na escola o aluno vestiu o mesmo para mostrar aos colegas. Ao chegar na sala, a professora pediu que Thiago retirasse o mesmo e o guardasse dentro da mochila porque o objeto causou bastante movimentação dos alunos, distraindo os mesmos. O combinado foi que o aluno só retirasse o boné da mochila ao término da aula. Quando o aluno estava indo embora, ele foi pego de surpresa com a constatação de que o boné não estava em sua mochila.

Caso 3: Marcelo estuda no 3ºano e adora jogar ioiô. Já participou de campeonatos tendo vencido vários. Na escola, é frequentemente procurado pelos colegas nos intervalos e recreio porque querem aprender a técnica do campeão mirim. O seu ioiô é como um talismã para Marcelo. Na sala de aula, o aluno é participativo e concentrado. Numa sexta-feira, após fazer uma prova difícil de matemática, Marcelo foi embora para casa exausto e esqueceu o seu ioiô embaixo da carteira. O aluno só deu falta do objeto quando chegou em casa e como a escola não abria no final de semana, decidiu aguardar segunda-feira para reaver o objeto. No entanto, na segunda-feira recebeu a notícia de que ninguém havia localizado tal objeto.

Caso 4: Raquel é uma criança muito amorosa e atenciosa com colegas e professora. Tem o hábito de levar lanche todos os dias e o divide com seus amigos com muito prazer. Quando sua mãe faz bolos ou pão de queijo, Raquel costuma levar tais quitandas para presentear a professora. Ultimamente a professora notou que Raquel tem demonstrado um semblante entristecido sem motivo aparente. Além disso, a professora percebeu que a aluna não tem compartilhado os lanches com ninguém. Ao conversar com Raquel, a professora soube que já há algum tempo o lanche da aluna tem sumido na sala de aula e como a criança é muito tímida ela optou por não comunicar à professora.

4º momento: Os/as alunos/as deverão escolher um dos casos para discutir nos sub-grupos e propor ações de resolução do problema. Perguntas para nortearam as discussões: O que será que aconteceu com os objetos que sumiram? Por que será que as pessoas pegam/furtam objetos de outros? Quais motivos levariam uma criança a fazer isso? Como fazer para resolver tal situação em sala de aula? Que providências devem ser tomadas? Quem deverá ser envolvido na discussão para a resolução do problema: os alunos, a professora, a direção, a família? Ou apenas os diretamente envolvidos?

Professor/a, você poderá disponibilizar os seguintes textos aos/as alunos/as para subsidiar as discussões nos sub-grupos:

Texto 1: "Pequenos furtos na escola. Como agir?", disponível em:

http://www.sinpeem.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=634  

Texto 2: "Furto em sala de aula: o que fazer?", disponível em:

http://www.educacional.com.br/falecom/psicologa_bd.asp?codtexto=117  

Texto3: "Que postura o gestor deve ter quando flagra alunos menores de 18 anos furtando objetos na escola?", disponível em:

http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/diretor/postura-gestor-deve-ter-quando-flagra-alunos-menores-18-anos-furtando-objetos-escola-611006.shtml

ATIVIDADE 3: 

1º Momento: Convide os/as alunos/as para se sentarem e ouvirem a história : "O Pote Vazio"

IMAGEM E SINOPSE DISPONÍVEIS EM:

http://www.skoob.com.br/livro/34754-o-pote-vazio

Sinopse: "Há muito tempo, na China, vivia um menino chamado Ping, que adorava flores. Tudo o que ele plantava florescia. O Imperador também adorava flores. Quando chegou o momento de escolher um herdeiro, ele deu uma semente de flor para cada criança do reino, dizendo - 'Quem provar que fez o melhor possível dentro de um ano, será meu sucessor!'. Ping plantou sua semente e cuidou dela dia após dia. Mas os meses se passaram e a semente não brotou. Quando chegou a primavera, Ping apresentou-se ao Imperador levando apenas um pote vazio. A arte primorosa e a bela simplicidade do texto de Demi mostram como o fracasso constrangedor de Ping se transformou em triunfo, nesta fábula sobre a honestidade recompensada".

2º Momento: Proponha a reflexão sobre o livro a partir das seguintes questões:  O que o livro retrata? O que vocês acharam da atitude de Ping? E das outras crianças? E do Imperador? Vocês acham que é possível transpor essa situação para os dias atuais?  

3º Momento: Cada aluno/a deverá lembrar-se ou imaginar uma situação na escola em que um/a aluno/a ou um grupo de alunos/as não agiu honestamente. Caberá à cada aluno/a registrar tal fato e produzir um texto sobre a importância de se cultivar a verdade e a honestidade para se manter o respeito consigo mesmo e na relação com o outro.

Professor/a, os seguintes livros também poderão ser utilizados para trabalhar as questões afetivas, emocionais e sociais no grupo auxiliando no fortalecimento da autoestima e na construção e valorização de princípios como honestidade, lealdade, respeito, dentre outros.

Livro 1: Gosto de ser como sou - Christine Adams, Robert J. Butch - Paulus Editora

IMAGEM E SINOPSE DISPONÍVEIS EM:

 http://www.submarino.com.br/produto/1/180235?franq=184655#A1

SINOPSE: "Ajudar as crianças a desenvolverem uma boa autoestima significa ajudá-las a serem elas mesmas. Significa deixá-las saber o quanto são amadas e estimadas - justamente porque são quem são. Neste livro, os amigos elfos guiam o jovem leitor através de um processo de autodescoberta ao explorar a exclusividade, ao construir uma autoimagem saudável e ao preparar para situações desafiantes. Cada criança no mundo é especial, talentosa e maravilhosa. E cada uma tem o direito de sentir-se feliz por existir. De maneira honesta e otimista este livro infantil sobre autoestima traz uma valorização pessoal e um entendimento genuínos"

Livro 2: Se ligue em você  - Luiz Antônio Gasparetto- Centro de Estudos Vida e Consciência Editora ltda.

 

SINOPSE: "Existe uma luzinha no seu peito que os olhos não veem. Mas, quando ela está acesa, faz os sentimentos bons aparecerem. Neste livro, o tio Gaspa ensina você a acender a sua luzinha sempre que desejar".

Disponível em:

http://terradosaber.com/product_detail.asp?ProdId=GA0754

Recursos Complementares

Texto virtual: Intimidação e furto na escola, disponível em:

http://www.udemo.org.br/Leituras_339.htm

Texto virtual: "A violência que se produz de modo simbólico e generalizado na sociedade de consumo atinge todas as classes sociais", disponível em:

http://www.alana.org.br/CriancaConsumo/NoticiaIntegra.aspx?id=6787&origem=23

Livro: TOGNETTA, L. R. P. A formação da personalidade ética: estratégias de trabalho com afetividade na escola. Campinas, São Paulo: Mercado de Letras, 2009.

Avaliação

Professor/a observe o envolvimento, a seriedade e o respeito com que os/as alunos/as trataram o tema e os/as colegas em sala. Além disso, procure identificar se durante as discussões em aula os/as alunos/as conseguiram compreender que a sociedade de consumo reforça os bens materiais, e que cada um deve valorizar as próprias potencialidades independentemente de bens materiais. Solicite a eles/as que resumam com uma palavra ou frase o sentimento despertado durante a reflexão e discussão sobre esse tema em sala de aula.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 6 classificações

  • Cinco estrelas 3/6 - 50%
  • Quatro estrelas 2/6 - 33.33%
  • Três estrelas 1/6 - 16.67%
  • Duas estrelas 0/6 - 0%
  • Uma estrela 0/6 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Ezilandia Michele, Colégio Alegria e Saber , Rio Grande do Norte - disse:
    ezilandiamichele@live.com

    06/07/2012

    Quatro estrelas

    Adorei o projeto muito valido e com um vasto material.


  • Milena Giunta, Prefeitura , São Paulo - disse:
    micagiunta@hotmail.com

    02/04/2012

    Cinco estrelas

    OBRIGADA!!!! Sou psicóloga Municipal da área educacional, e encontrei aqui, uma ÓTIMA estratégia para passar aos professores. Iniciativas como a sua devem ser APLAUDIDAS DE PÉ!


  • Alexandra Verônica, Escola Municipal Ataualpa Duque , Minas Gerais - disse:
    branca.olaria@hotmail.com

    21/10/2011

    Cinco estrelas

    Amei o projeto de vocês, estou com um problema seríssimo com uma aluna e já não sabia mais o que fazer.


  • Greice Kelly, CESB , Goiás - disse:
    greicekellyluisa@yahoo.com.br

    16/09/2011

    Cinco estrelas

    Achei excelente a iniciativa! Continuem publicando mais e mais textos e reportagens do gênero. Parabéns!


  • santos, Colegio Militar Tiradentes , Maranhão - disse:
    santoslaudelino2009@hotmail.com

    18/08/2011

    Quatro estrelas

    otimo e abriu um leque grande na minha procura. bom. otimo assunto. e didatica


  • maria, escola municipal , Rio Grande do Sul - disse:
    ig11405@gmail.com

    26/05/2011

    Três estrelas

    achei muito legal a forma do trabalho.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.