Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


As fontes históricas e o trabalho do historiador

 

11/01/2011

Autor e Coautor(es)
ANA FLÁVIA RIBEIRO SANTANA
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Aléxia Pádua Franco

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Educação de Jovens e Adultos - 2º ciclo História Migrações, cultura e identidades
Ensino Fundamental Inicial História Localidade
Educação de Jovens e Adultos - 1º ciclo Estudo da Sociedade e da Natureza Educando e o lugar de vivência
Ensino Fundamental Final História Cidadania e cultura no mundo contemporâneo
Ensino Fundamental Inicial História Organização histórica e temporal
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
  •  Coletar e interpretar fontes históricas, através da escrita da história de vida de um colega ou professor;
  •  Compreender a importância das fontes históricas para o trabalho do historiador;
  •  Perceber a possibilidade de se escrever diferentes histórias sobre um mesmo acontecimento, conforme as fontes coletadas e interpretadas.
Duração das atividades
8 horas/aula
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

O encaminhamento desta aula se tornará mais dinâmico se os alunos já conhecerem o que são fontes históricas e seus diferentes tipos.

Estratégias e recursos da aula

INTRODUÇÃO DA TEMÁTICA DA AULA 

Para motivar os alunos a se envolverem no estudo, é importante que o professor problematize o que será estudado e explicite os objetivos do estudo. Para isso, sugerimos que o professor apresente as seguintes questões para os alunos:

O que significam as fontes históricas?

Para que servem?

Quais são elas?

Como são produzidos e por quem?

Como são interpretadas na escrita da História?

 Apresentada as questões, debatidas hipóteses sobre elas, o professor deve apresentar aos alunos uma proposta de atividade que permita aprofundar as reflexões. Assim, sugerimos que o professor organize os alunos em grupos de até 4 integrantes e desenvolva com eles o roteiro de atividades proposto a seguir.

 Para respondermos mais profundamente as perguntas que discutimos no início da aula, vamos fazer de conta que somos historiadores e vamos coletar e analisar fontes que relatem um pouco da história de nossa professora de História. Para isto, vamos desenvolver três atividades:

ATIVIDADE 1:     LEVANTAMENTO DAS FONTES HISTÓRICAS

Com o seu grupo de trabalho, procure fontes que registrem momentos da história de vida de sua professora, coletando:

- Uma fonte escrita;

- Uma fonte material (um objeto);

- Uma fonte iconográfica (imagem, foto);

- Uma fonte oral (depoimento de um parente, amigo ou da própria pessoa pesquisada gravado ou transcrito em um papel);

  Observação: Para conseguir a fonte oral, elabore junto com o seu grupo uma pergunta para fazer para sua professora e entreviste-a. 

- Uma fonte arquitetônica (uma construção)

   Observação:  Para conseguir a fonte arquitetônica, observe ao seu redor e descubra uma fonte arquitetônica que tem relação com a vida de sua professora.

ATIVIDADE 2:      ANÁLISE DAS FONTES E ESCRITA DA HISTÓRIA

 Em sala, junto com o seu grupo de trabalho, analise com atenção as fontes históricas que você conseguiu levantar e escreva, no caderno, a história de sua professora, como se você fosse um(a) historiador(a). Não se esqueça de colocar um título nesta história.

Observação:  Todos os membros do grupo devem elaborar uma única história, mas cada um deve copiá-la em seu caderno.

ATIVIDADE 3:     LEITURA DAS HISTÓRIAS PRODUZIDAS 

Organize,  com seu grupo, a apresentação da história produzida para todos os colegas de sua sala de maneira que todos os membros do grupo participem da apresentação (cada um mostra e explica um tipo de fonte utilizada para escrever a história; cada um lê uma parte da história).

 Ouça com atenção todas as histórias lidas, observando as diferenças e semelhanças existentes entre elas e procurando, com isto, responder às questões  da atividade 4.

ATIVIDADE 4: ANÁLISE DAS HISTÓRIAS PRODUZIDAS

 A partir do que você experimentou e discutiu durante as atividades 1,2,3, analise oralmente com sua professora e com toda a turma as questões abaixo, anotando as principais ideias no caderno:

  1. Quais tipos de fontes históricas o historiador pode pesquisar?     
  2. Para que servem as fontes históricas?       
  3. Quem produz as fontes históricas que o historiador pesquisa?
  4. As fontes históricas registram a memória só de uma pessoa ou de um grupo social também?       
  5. Através da análise das fontes históricas, o historiador consegue reconstruir toda a história de uma pessoa ou grupo social exatamente como ela ocorreu? Por quê?
  6.  Quando vários historiadores pesquisam o mesmo  personagem ou contexto histórico, todos interpretam os acontecimentos da mesma maneira? Por que será que isto acontece? 
  7. Quando o historiador pesquisa uma determinada sociedade ou momento histórico, ele consegue ter acesso a todas as fontes históricas referentes ao seu objeto de pesquisa? Por quê?       
  8. Quais outras dificuldades  o historiador enfrenta ao analisar uma fonte histórica e tentar escrever a história de uma pessoa ou grupo social?

ATIVIDADE 5:    REDAÇÃO INDIVIDUAL SOBRE O SIGNIFICADO DAS FONTES HISTÓRICAS

Escreva, individualmente, um texto sobre a relação entre as fontes históricas e o trabalho do historiador, respondendo nele a todas às questões que discutimos na atividade 4.  Para explicar melhor as suas ideias, consulte (não copie) as anotações que fizemos no caderno e utilize exemplos do que ocorreu em sala de aula durante a análise e leitura das fontes e histórias de vida de sua professora.        

 Não se esqueça de colocar UM TÍTULO em seu texto.      

 Faça o texto em folha separada, coloque nome, turma e data e entregue-o para a professora.

Observações quanto ao desenvolvimento do roteiro de atividades proposto anteriormente:

  1. Na atividade 4, é interessante que o professor anote no quadro respostas coletivas construidas a partir do debate das questões  apresentadas e peça para os alunos as copiarem no caderno;
  2. Para possibilitar o confronto de diferentes histórias produzidas a partir das mesmas fontes históricas e permitir a reflexão das questões apresentadas na atividade 4 (principalmente, as questões 5, 6 e 7), é importante que todos os alunos pesquisem e consultem fontes sobre a mesma pessoa que pode ser um colega, uma professora, um funcionário da escola. Aqui, para exemplificar, foi apresentado o trabalho com as fontes da professora de História. Mas esta é uma escolha que deve ser feita entre o professor e seus alunos;
  3.  Para conhecer possibilidades de sínteses produzidas pelos alunos após a realização desta atividade, consulte no blog Ensinando História na Eseba,    http://gephiseseba.blogspot.com, os textos "Produções de alunos sobre fontes históricas I" (http://gephiseseba.blogspot.com/2010/12/producoes-de-alunos-sobre-fontes_16.html)  e "Produções de Alunos sobre fontes históricas II" (  http://gephiseseba.blogspot.com/2010/12/producoes-de-alunos-sobre-fontes.html).   
  4. O desenvolvimento destas atividades é muito importante para que os alunos percebam que os textos históricos que eles estudam durante as aulas não são a verdade absoluta, mas são elaborações produzidas por historiadores conforme os grupos sociais que eles representam,  as fontes históricas por eles coletadas e a metodologia de análise por eles utilizada.  Assim, durante o desenvolvimento da atividade 4, é imprescindível que o professor, a todo o momento, alerte os alunos para esta questão que deve permear o estudo de história durante todo o ano letivo.

Recursos Complementares
  • Para as turmas de Jovens e Adultos, os professores podem incluir no desenvolvimento desta aula a análise do filme "Narradores de Javé", produzido no Brasil, em 2003, pois ele permite reflexões sobre as fontes históricas possíveis de se utilizar para preservar e conhecer a história de um local, e também sobre o processo  histórico e social de produção da memória de um lugar.  Direção: Eliane Caffé;  Roteiro: Eliane Caffé, Luiz Alberto de Abreu;Elenco: José Dumont (Antônio Biá), Matheus Nachtergaele (Souza), Nelson Dantas (Vicentino), Gero Camilo (Firmino), Nélson Xavier (Zaqueu);  Duração: 100 min.; Gênero: Comédia/Drama.
  • Para o professor aprofundar seus conhecimentos sobre memória, fontes históricas e lugares de preservação das fontes hisóricas, ele pode acessar o site da TV Escola, Salto para o futuro, e procurar o Boletim 04, de abril de 2005, intitulado "Memória, patrimônio e identidade" ( http://www.tvbrasil.org.br/fotos/salto/series/145632MemoriaPatriIdent.pdf) que, em diferentes artigos, aborda o conceito de memória, a memória preservada em festas populares, músicas, fotografias e em espaços públicos como museus, bibliotecas e arquivos.    
Avaliação

A avaliação dos alunos deve acontecer através do desenvolvimento das 5 atividades sugeridas no item "estratégias e recursos", através das quais o professor deve observar se o aluno compreendeu como  coletar e interpretar fontes históricas, a importância destas para o trabalho do historiador, além da  possibilidade de se escrever diferentes histórias sobre um mesmo acontecimento, conforme as fontes coletadas e interpretadas.

Opinião de quem acessou

Sem estrelas 0 classificações

  • Cinco estrelas 0/0 - 0%
  • Quatro estrelas 0/0 - 0%
  • Três estrelas 0/0 - 0%
  • Duas estrelas 0/0 - 0%
  • Uma estrela 0/0 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.