Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


O mundo aos seus dedos, também tem seus segredos: Cyberbullyings - UCA

 

15/05/2011

Autor e Coautor(es)

Denize Donizete Campos Rizzotto, Laís de Castro Agranito, Kellen Cristina Costa Alves Bernardelli, Rones Aureliano de Sousa

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Pluralidade Cultural Vida sociofamiliar e comunitária
Ensino Fundamental Inicial Ética Justiça
Ensino Fundamental Inicial Ética Respeito mútuo
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
  • Conhecer alguns perigos encontrados na web e formas de evitá-los, sem restringir a liberdade virtual ou a acessibilidade;
  • Perceber os constrangimentos e dificuldades que as crianças podem vivenciar se não forem bem orientadas;
  • Conscientizar da inadequação de determinadas atitudes (bulliyng e outras);
  • Utilizar o ambiente virtual de forma agradável, saudável e positiva;
  •  Internalizar regras importantes para o convívio social, tanto na sala de aula como em rede;
  •  Discutir com os colegas de sala sobre o assunto, ampliando a criticidade e conhecimentos em relação ao tema;
  • Socializar com os alunos de outras turmas do mesmo ano de ensino, os conhecimentos adquiridos.
Duração das atividades
Aproximadamente 300 min – 6 atividades de 50 minutos cada uma.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Não são necessários conhecimentos prévios sobre o tema, mas é importante que os alunos tenham disposição para discutir sobre a temática, além de utilizarem os recursos do Classmate como: KRecord, Kpresenter e WxCam

Estratégias e recursos da aula

1º momento: Aproximando tema e vivência

Professor, é comum, observarmos no cotidiano escolar, que as crianças falam mal e agridem física e psicologicamente seus pares ou colocando apelidos nos amigos, afirmando que estão brincando. Por isso, é importante trabalhar com eles a diferença entre o brincar e práticas de bullying.

Para isso, a sugestão é que você inicie a aula, propondo às crianças que assistam uma história disponível no Youtube, mostrando um dos planos infalíveis de dois garotos: Cascão e Cebolinha. Para tanto, utilize os netbooks dos alunos e oriente-os a acessarem o vídeo do aniversário da Mônica, “Venha à minha festinha” disponível em:http://www.youtube.com/watch?v=gbSPlMvoEgs&feature=related.

Para tanto sigam o caminho: Mozilla Firefox [Metasys> Favoritos>Navegador de Internet]

Neste vídeo, da Turma da Mônica, você poderá trabalhar a questão do bullying explorando as atitudes dos personagens Cascão e o Cebolinha, que deixam a Mônica chateada ao utilizarem apelidos como baixinha, gordinha e dentuça, por exemplo.

Isso porque, por serem histórias amplamente divulgadas e de fácil acesso, facilitarão a aproximação do tema bullying com as vivências das crianças.

Professor, se preferir convide os alunos para irem até a biblioteca da escola ou leve para sala alguns gibis.

Monica                   monica2MONICACEBOLINHA

Imagens 1e 2: Fonte: www.monica.com.br

 

Posteriormente, em rodinha, questione os alunos, de forma que percebam as inadequações dos atos do Cebolinha e do Cascão. Neste momento, ainda não se faz necessário apresentar a nomenclatura bullying e sim os atos que o compõe. Pergunte aos alunos:

_ Por que a Mônica bate no Cascão e no Cebolinha?

_ Como o Cascão e o Cebolinha agem com a Mônica?         

_ O que eles fazem para deixá-la triste?

_ O que vocês acham desses atos que eles têm?

_ Isso é uma brincadeira legal de fazer com os amigos?

Depois, conte-lhes que isto que o Cebolinha e o Cascão fazem com a Mônica, causa tristeza e possui o nome de bullying.

Em seguida, oriente-os a assistirem também outro breve vídeo, uma reportagem seguida de depoimento, para que eles saibam o que é o bullying. Solicite que os alunos acessem o vídeo do programa de televisão Altas Horas, onde um menino se expôs, contando um pouco do que acontecia em sua vida e sua experiência com o bullying. http://www.youtube.com/watch?v=4Us_X30qEl4&feature=related

Peça para que observem o depoimento do menino analisando seus sentimentos, que, assim como outras pessoas, sofreu com o bullying.

Para exibição dos dois vídeos citados, utilize o Mozilla Firefox [Metasys> Favoritos>Navegador de Internet] para compartilhar o link com os alunos, por e-mail, e permitir que assistam em seus netbooks.

 

Atividade de Casa    casa

imagem 3: Fonte: Clipart

Para finalizar esse momento, como tarefa de casa, solicite que entrevistem seus familiares, com o auxílio do classmate e da WxCam, a partir do seguinte roteiro:

 

Entreviste duas pessoas de sua família, se possível de idades diferentes, para saber como e se acontecia o bullying quando ela estudava.

Para isso, peça que respondam:

1) Nome

2) Idade

3) Na sua época de escola era comum xingar, bater ou colocar apelidos nos colegas?

4)Você chamava algum colega ou era chamado de apelidos?

5) O que você sentia quando era vítima ou praticava essas brincadeiras inadequadas?

6)Você sabe o que é bullying?

7)O que a sua escola fazia quando alguém reclamava de sofrer o que hoje chamamos de bullying?

 

=> Você poderá usar o WxCam para filmar a entrevista. Esse programa está na área de trabalho do seu laptop, no ícone Câmera.

Se for preciso, peça ajuda para uma pessoa da sua família.

 

2º momento: Socializando conhecimentos

Inicie esse momento oportunizando que as crianças compartilhem os relatos de seus familiares, por elas recolhidos, exibindo suas entrevistas aos demais. Intervenha, sempre que for necessário reforçando os sentimentos e as consequências do bullying para a vida dessas pessoas.

Dessa forma, a diversidade poderá ser evidenciada em sua aula, além de enfatizar que essa é uma prática comum e corriqueira nas escolas há tempos.

Para isso, você poderá utilizar um datashow e caixas de som, o que tornará as entrevistas mais fáceis de serem visualizadas e ouvidas.

Finalize esse momento, solicitando que os alunos desenhem algo que represente seus sentimentos em relação aos depoimentos assistidos nas entrevistas.

 

3º momento: Investigando nossa turma

Após a socialização, proponha um debate que incentive as crianças a dizerem situações por elas enfrentadas. Lembre-se de anotar as falas e críticas dos alunos ao bullying.

Posteriormente, converse com elas esclarecendo que o bullying é tão comum quanto prejudicial. Para isso, você poderá exemplificar utilizando as falas dos familiares e a vivência das crianças.

Ao final do debate, construa com elas um quadro para expor na sala de aula, com combinados da turma. Neste, oportunize que diferenciem atitudes boas de inadequadas, ou seja, brincadeiras de bullying. Esse quadro será construído por meio das falas das crianças, ditado, e o professor apenas um escriba.

Sugestão de quadro:

 

BRINCADEIRAS LEGAIS

BRINCADEIRAS RUINS - BULLYING

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4º momento: Agressões virtuais causam dores reais

Neste momento, uma vez que os alunos já sabem o que é bullying, apenas relembre os conhecimentos já adquiridos sobre o tema, retomando as anotações realizadas.

Depois, é hora de aprofundar o assunto e introduzir o tema central desta aula, o cybebullying.

Inicie dizendo que o bullying não acontece apenas nas escolas e sim, nos múltiplos espaços que frequentamos, inclusive na internet ( em blogs, sites de relacionamento, e-mails, mensageiros instantâneos, dentre outros), assim como suas consequências. Além disso, que o cyberbullying também tem feito muitas vítimas, tanto quanto o já estudado bullying.

Para isso, seria interessante realizar uma pesquisa na internet que mostre aos alunos o que é, onde e como acontecem essas agressões virtuais, ou melhor, o cyberbullying. Como sugestão para a pesquisa, indicamos o sítio Amigos da escola, disponível em: http://amigosdaescola.globo.com/TVGlobo/Amigosdaescola/0,,AA1712756-6969,00.html. Porém, por se tratar de uma pesquisa dos alunos, outros sítios poderão aparecer.

Depois, compartilhe o link de um vídeo com alunos, para que acessem de seu Classmate. Ele mostra de forma ilustrada, como acontece o cyberbullying no cotidiano dos alunos. Esse vídeo, também introduz o momento seguinte, ao mostrar como a escola de uma criança lidou com o cyberbullying.

Sítio do vídeo sugerido: http://www.youtube.com/watch?v=yDTCOGoD6Hw&NR=1

 

5º momento: Não estamos sozinhos

Professor, nesse momento, a ênfase é mostrar a não impunidade destes atos, incentivando que as crianças não os façam.

Assim, primeiramente, trabalhe com elas as penalidades legais e sociais que as pessoas que praticaram o cyberbullying já receberam. Para isso, a sugestão é um vídeo, disponível no Youtube, de uma reportagem do programa Fantástico, da Rede Globo, disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=XHEfAW9FIkw, que mostra inclusive, decisões judiciais com indenizações às vítimas.

Posteriormente, para saber como a escola lida com o bullying e o cyberbullying, convide as crianças para visitarem a responsável da escola por intermediar as relações interpessoais professor/aluno ou aluno/aluno, que pode ser uma orientadora educacional, inspetora de alunos ou a diretora.

Solicite então uma entrevista, onde os alunos aprenderão um pouco de como pedir ajuda se for vítima de bullying e cyberbullying e quais as penalidades previstas pela escola, para quem realiza essas práticas. Peça ao ajudante do dia para levar seu classmate, para que a entrevista seja registrada com o auxílio do KRecord [Metasys>Aplicativos>Multimídia>Gravador de Som]

Sugestão de roteiro de entrevista:

 

Nome:

Função:

Você já presenciou práticas de bullying e cyberbullying?

- Isso aconteceu com algum aluno da escola?

- Quais atitudes foram tomadas para lidar com esses problemas?

-O que você pensa sobre o bullying e o cyberbullying?

-O que devemos fazer se formos vítimas de bullying e/ou cyberbullying e estes estiverem relacionados a alunos da escola?

 

6º momento: Compartilhando aprendizagens

Para finalizar, produza com as crianças uma apresentação de slides coletiva, que mostre o que realmente foi significativo para eles durante as atividades; observando e sintetizando as aprendizagens adquiridas sobre o bullying e o cyberbullying. Para isso, você pode utilizar as falas anotadas, bem como as entrevistas.

Marque com professores de outras salas, preferencialmente do mesmo ano de ensino, um horário para que as crianças de sua turma possam difundir suas aprendizagens e ensinar o que aprenderam sobre o que é e como se defender do bullying e do cyberbullying.

Para isso, você poderá usa o Kpresenter [Metasys, Aplicativos, Ferramentas de Produtividade>Suíte de Escritório>Gerador de Apresentações], onde a reunião dos dados coletados poderão ser exibidas por meio de datashow. E, no caso de utilização de sons, providencie também caixinhas de som.

Recursos Complementares
Avaliação

O eixo principal da avaliação desta aula,  consiste na observação do envolvimento dos alunos;  se gerou entusiasmo, dúvidas e busca por mudanças.

Tal avaliação fará parte de um processo, identificado no cotidiano escolar, ações de bullying e cyberbullying e, se após o trabalho, podemos verificar se diminuíram ou deixaram de acontecer.

Essa aula, não visa esgotar seu processo avaliativo ao findar do tema. Na verdade, os resultados a serem alcançados se darão no decorrer do ano, nas diversas situações do cotidiano escolar, inclusive extrapolando os muros da escola, por abranger o cyberbullying.

Opinião de quem acessou

Sem estrelas 0 classificações

  • Cinco estrelas 0/0 - 0%
  • Quatro estrelas 0/0 - 0%
  • Três estrelas 0/0 - 0%
  • Duas estrelas 0/0 - 0%
  • Uma estrela 0/0 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.