Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Ações que disseminam a dengue

 

18/06/2011

Autor e Coautor(es)
Andrea da Silva Castagini
imagem do usuário

CURITIBA - PR SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

Eziquiel Menta

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Médio Biologia Qualidade de vida das populações humanas
Ensino Médio Biologia Interação entre os seres vivos
Educação de Jovens e Adultos - 2º ciclo Ciências Naturais Terra como espaço para a vida
Ensino Médio Biologia Diversidade da vida e hereditariedade
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Identificar as ações que disseminam a dengue.

Conhecer os possíveis focos de dengue em sua escola e bairro.

Promover disseminação do conhecimento quanto às ações que favorecem a dengue em sua escola e comunidade.

Duração das atividades
4 aulas de 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Ciclo de vida dos insetos.

Estratégias e recursos da aula


PSIC2

 

Quais as ações humanas que favorecem a disseminação da dengue?

Apresente aos alunos a imagem do sítio Cambitolândia, disponível a seguir:

jogo da dengue

(http://www.cambito.com.br/games/dengue.htm acessado dia 22/04/2011)

Quais ações são erradas? Por quê? Discuta com os alunos quais dessas atitudes são comuns na comunidade, na escola, no bairro. Peça que os alunos organizem as contribuições orais desse debate em um mapa conceitual simples, individual no caderno.

 

MAPAS CONCEITUAIS

Mapas Conceituais são representações gráficas semelhantes a diagramas, que indicam relações entre conceitos ligados por palavras. São ferramentas de grande valia para a ordenação e a sequenciação hierarquizada de conteúdos de ensino, de forma a oferecer estímulos adequados ao aluno. O aluno tem a liberdade de escolher de que maneira o conhecimento que ele tem sobre determinado tema está estruturado. Também a partir do mapa conceitual o aluno pode ver a abrangência do conteúdo que está aprendendo e verificar dificuldades.

Os mapas em geral tem os conceitos destacados em caixas de texto. A relação entre dois conceitos é representada por uma linha ou seta, contendo uma "palavra de ligação" ou "frase de ligação".

Por exemplo, os alunos poderão colocar em uma caixa de texto a palavra DENGUE, fazer a linha onde escreverão o verbo de ligação “é disseminada por” e em outra caixa de texto, as ações que favorecem a disseminação. Uma outra linha saindo desta nova caixa de texto, com a palavra “por que” e várias caixas de texto, onde os alunos colocarão os motivos que estas ações favorecem a dengue.

Explique aos alunos que mapas conceituais são representações entre conceitos, ideias e atividades acerca de um tema, e que eles já começam a fazer um mapa conceitual (mental) quando comparam os diferentes tipos de transportes celulares ou quando relacionam o que está envolvido neste tema.

Depois deles esboçarem o mapa conceitual no caderno, podem se reunir em equipes de até 3 integrantes para trocarem informações. O grupo deve ir ao laboratório de informática e sistematizar o mapa conceitual no software Cmap Tools.

Assista um vídeo narrando o uso do Software Cmap Tools em http://magregina.blogspot.com/2008/05/mapas-conceituais-e-o-cmap-tools.html (acessado dia 05/04/2011)

problematização

Os alunos já sabem quais são todas as ações que disseminam a dengue? Por que cada uma é favorável à proliferação da dengue? Como é o ciclo de vida do mosquito transmissor? De que maneira podemos combater esta doença, sob o ponto de vista sanitário? Para responder estas questões proponha aos alunos uma pesquisa direcionada no laboratório de informática.

 

ATIVIDADE 1

Leve os alunos ao laboratório de informática para que pesquisem textos e imagens sobre as atitudes que favorecem a disseminação da dengue e informações sobre sanitarismo público que possam responder as questões levantadas acima.

Divida a turma em equipes de 4 integrantes. Cada equipe deverá cumprir as tarefas propostas pelo professor dentro do tempo de 1 aula (50 minutos). Lembre-os que o mau comportamento, a indisciplina, a falta de compromisso serão analisadas como pontos negativos e poderão pesar para toda a equipe.

A primeira tarefa é que esta equipe se divida em 2 duplas e decidam qual dupla vai pesquisar textos e qual vai pesquisar imagens. Eles tem 3 minutos para decidir isto e se posicionarem nos computadores.

Agora deverão pesquisar nos sítios sugeridos abaixo, as imagens e informações sobre a dengue.

Determine um tempo máximo, como por exemplo, 15 minutos para esta pesquisa.

Para cada imagem e texto, deverão colocar a referência de onde foi encontrada. Lembre-os de anotar os sítios pesquisados (no editor de texto) e montar um texto breve. O texto deverá ter entre meia página a uma página e deverá conter as referências. Terminando o texto, os alunos devem salvá-lo e mandá-lo por e-mail para todos os integrantes da equipe e para o professor.

Enquanto isso, a equipe das imagens deverá acessar o mapa conceitual já iniciado e colocar as imagens no mapa, com referências que enriqueçam o conhecimento. Para esta atividade, deixe 10 minutos.

 

Como fazer uma boa pesquisa:

Primeiro, determine o tema a ser trabalhado, no caso, a dengue. Dedique-se à elaboração de um plano de investigação (Onde pesquisar? Em livros, revistas e sítios da internet que tratem sobre o tema).

Neste passo sugerimos que os alunos busquem nos sítios sugeridos, nos recursos complementares e também em buscadores da internet, como o Google (disponível em:http://www.google.com.br acessado dia 22/09/2010).

Caso o professor deseje, ele mesmo poderá fazer um sítio de pesquisa direcionada, adicionando os sítios que ele julga mais relevantes.

Para o professor realizar um sítio de pesquisa personalizada, ele deverá acessar o seguinte endereço eletrônico:http://www.google.com/cse/manage/create (acessado dia 12/11/2010) e seguir as instruções, tais como inserir os sítios de pesquisa que ele deseja que apareçam para os alunos. Depois de pronta a pesquisa direcionada, ele poderá clicar em visualizar para ter o endereço eletrônico a ser passado para seus alunos.

Documentação e crítica bibliográficas.

Nesta etapa, o aluno deve reunir a informação obtida na pesquisa, ler e refletir sobre a pertinência, profundidade e veracidade do que está escrito. A veracidade se dá ao comparar diversas referências sobre o mesmo tema. Lembrar de documentar os trechos da pesquisa com o local de onde foi encontrada (livros, revistas e sítios da internet).

Realização da pesquisa.

Leitura dos dados obtidos na pesquisa, debate dentro do grupo de pesquisa e análise do que é relevante ao tema, e como será transmitidos estes dados aos colegas.

Elaboração de um texto que sintetize as principais ideias pesquisadas. O texto elaborado pelos alunos poderá ser digitado em um editor de texto presente no computador da escola. Este texto servirá de base para as atividades a seguir.

Mais dicas de como fazer uma boa pesquisa em: http://revistaescola.abril.com.br/planejamento-e-avaliacao/planejamento/cinco-etapas-realizar-boa-pesquisa-escolar-607946.shtml?page=4 (acessado dia 11/11/2010).

 

SUGESTÃO DE SÍTIOS PARA PESQUISA

 

Blog da Dengue do Portal do Professor, disponível em: http://dengueportalprofessor.wordpress.com/10-2/ (acessado dia 28/03/2011).

Combate à dengue, disponível em: http://www.combateadengue.com.br/tag/dengue-no-brasil/ (acessado dia 27/03/2011).

Wikipedia, Aedes aegypti, disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Aedes_aegypti (acessado dia 28/03/2011).

Como tudo funciona, dengue, disponível em: http://saude.hsw.uol.com.br/dengue1.htm (acessado dia 28/03/2011).

Portal da Saúde, dengue, disponível em: http://portal.saude.gov.br/saude/visualizar_texto.cfm?idtxt=22207 (acessado dia 28/03/2011).

Agência Fiocruz, dengue, disponível em: http://www.fiocruz.br/ccs/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=372&sid=12 (acessado dia 28/03/2011).

Paraty.com, a história da dengue, disponível em: http://www.paraty.com/index.php?option=com_content&task=view&id=834&Itemid=142 (acessado dia 28/03/2011).

 

instrumen

 

Ainda no laboratório de informática, acesse mais recursos a fim de aprofundar o conhecimento dos alunos sobre o tema.

rived

 

 

.

.

.

 

(disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnica.html?id=926 acessado dia 22/04/2011)

 

Questionamentos:

  • Que curiosidades sobre o vetor foram mostradas?

  • Quais ações devem ser tomadas para evitar a dengue?

 

video dengue

Vídeo sobre Todos contra a dengue, disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnica.html?id=18375 (acessado dia 22/04/2011).

.

.

.

 

.

.

.

.

 

 

Questionamentos:

 

 

  • O que fez a escola de Tocantins para combater a dengue?

  • Quando houve surto de dengue na cidade? Quais fatores favoreceram esse surto?

  • Por que o envolvimento da comunidade é fundamental?

 

 

ATIVIDADE 2

Solicite que os alunos retomem os mapas conceituais já iniciados. Eles devem complementar as informações e imagens adquiridas durante a pesquisa direcionada.

 

Além disso, deverão criar ilustrações (através de desenhos e colagens) que representem cada atitude (errada) que favorecem a disseminação da dengue.

Exemplos de ilustrações sobre a dengue:

cartaz dengue

 

Os alunos devem se reunir novamente em equipes (preferencialmente com  a mesma configuração da atividade 1). Avise aos alunos que um dos critérios que serão avaliados é o comportamento em sala e em equipe (conversas demais, sair muito do lugar, discussões, são pontos negativos). Determine o tempo máximo da realização da atividade, por exemplo, 50 minutos. Avise os alunos na aula anterior à atividade sobre os materiais que deverão trazer o comportamento adequado e os critérios de avaliação, para que quando entrar em sala eles já estejam prontos para a ação.

Os alunos devem resgatar os mapas conceituais já iniciados como ponto de partida da atividade. Nesta atividade eles devem criar ilustrações (através de desenhos e colagens) que representem cada atitude (errada) que favorecem a disseminação da dengue.

Exemplos de ilustrações sobre a dengue:

cartaz dengue

 

Outra dica interessante é trabalhar com imagens digitais. Previamente solicitar aos alunos que fotografem as situações que favorecem a disseminação da dengue em seu bairro e escola. Estas fotografias deverão ser trazidas para o laboratório de informática no formato .jpg. Em um programa de edição de imagens, como o GIMP ou similares (mais sobre programas de edição e tutoriais nos recursos adicionais).

Primeiramente, ainda em sala de aula, mostre vários exemplos de infográficos (da dengue há vários no blog) sobre o assunto e também sobre outros temas, a fim de inspirar o trabalho dos alunos. Para a construção de um infográfico, é necessário o trabalho em equipe, com a divisão de tarefas. Uma pessoa é responsável pelos desenhos, outra pessoa pelo texto, outra pessoa pela direção de arte e outra pela pesquisa. Os alunos mantendo ainda a mesma configuração de equipe (4 integrantes) poderão determinar o que cada um vai fazer. Para facilitar, o professor poderá solicitar que eles se dividam em duplas. Uma dupla será responsável pela parte escrita e de pesquisa. A pesquisa de imagens sobre a dengue para compor com as fotografias poderá ser encontrada no sítio a seguir: http://image-swirl.googlelabs.com/html?q=dengue# (acessado dia 15/06/2011).

A outra dupla pela parte artística (desenhos, fotografias, edição de imagem, montagem). A arte final poderá ficar a cargo da equipe de pesquisa, porque não estará trabalhando diretamente com o artístico e a vista não ficará “viciada” com o trabalho (podendo notar pequenos erros que os artistas por estar direto com o trabalho não reparam).

No laboratório de informática, os alunos deverão resgatar as imagens que pesquisaram e colocaram nos seus mapas conceituais.

A dupla responsável pela parte artística deve em primeiro lugar abrir o editor de imagem e se familiarizar com ele. Caso necessite, buscar tutoriais que auxiliem na compreensão das ferramentas (em recursos adicionais tem uma extensa série de sítios). Depois de ver como funciona o editor de imagem, com as fotografias feitas e as imagens pesquisadas, poderão editá-las em um só arquivo. Tomando por base a imagem de exemplo acima: Os alunos poderão copiar e colar as imagens em um só arquivo. Neste arquivo, devem organizar as imagens, modificando seu tamanho, cor, opacidade, recortes e o que mais a criatividade deles mandar a fim de fazer um mosaico de imagens, com espaço para colocar textos breves e explicativos, tal como mostra o infográfico.

Enquanto isto, a dupla da pesquisa deverá pesquisar textos que versem sobre as ações que disseminam a dengue, os cuidados que todos devem ter para combater esta epidemia. Esta pesquisa deverá ser transcrita na linguagem informal, direta e jovem. Em frases curtas, mas completas em seu sentido. A dupla deve pensar também em como estas frases ficarão no infográfico. Com um papel de rascunho poderão desenhar a disposição de textos e imagens. Então devem passar este rascunho para a outra dupla, junto com os textos já produzidos. A partir daí, a dupla da pesquisa deverá ser o apoio da dupla artística, procurando os tutoriais de edição de imagem para tirar dúvidas e ensinar a outra dupla, assim otimizará o tempo de todos.

Ao final, devem salvar o arquivo com a extensão .jpg. O professor poderá marcar outra aula para a apresentação das imagens confeccionadas pelas equipes, para isto poderá usar um projetor multimídia ou imprimir em papel A4 cada imagem. Os alunos poderão fazer comentários, sugestões e elogios aos trabalhos dos colegas.

 

catarse

 

ATIVIDADE 3

Para fechar as atividades com chave de ouro, que tal usar todo o conhecimento que os alunos adquiriram e as produções em uma criativa animação?

A ideia é que os alunos em grupos de 3 ou 4 integrantes façam uma animação stop motion sobre as atitudes que favorecem o aumento de casos de dengue no nosso país.

A animação stop motion é na verdade um grupo de fotografias em série, podem ser feitas com massa de modela, com objetos inanimados e até com brinquedos. Mostre algumas animações deste estilo aos alunos para inspirá-los (há algumas sugestões de animações nos recursos adicionais).

Para trabalhar com o ensino médio, é mais interessante usar das fotografias ao invés de massa de modelar. Os alunos deverão ter acesso à uma máquina fotográfica digital ou a uma webcam, para poder passar as imagens para o computador e fazer a animação.  A captura das imagens deverá ser feita com a orientação do professor. Divida a classe nas mesmas equipes das atividades anteriores. Pegue uma das equipes (a critério do professor, mas poderia ser a equipe de alunos com mais dificuldade por exemplo) e mostre um roteiro pré-confeccionado como a seguir:

ROTEIRO (EXEMPLO):

ALUNO 1 e 4            - São os atores da animação. Posicionados em frente ao quadro de giz. No quadro de giz deve ter desenhado alguns objetos de cena, como um vaso de planta com pratinho, garrafas com a boca para cima, prato de água do cachorro (com o cachorro), piscina, etc...). Estes objetos de cena poderão ser desenhados pelos alunos.

ALUNO 2 -  É o fotógrafo e diretor de arte. Deve posicionar à frente do quadro de giz, e orientar o aluno 1 e demais alunos como ficar.

ALUNO 3 -  Pode ser o cenógrafo. Como cenógrafo além de desenhar e apagar no quadro de giz o que for preciso, deverá também confeccionar os cartazes com os dizeres para o aluno 1 e 4.

Roteiro da história.

Dois amigos (aluno 1 e 4) se encontram no quintal da casa de um deles. Posicionados um de frente para o outro com o quadro de giz atrás (FOTO)

Eles se aproximam. (FOTO A CADA PASSO).

ALUNO 1 – OI E AÍ, TUDO BEM? (FOTO)

ALUNO 4 – MAIS OU MENOS... MINHA MÃE ESTÁ DOENTE. (FOTO)

ALUNO 1 – O QUE ELA TEM? (FOTO)

ALUNO 4 – DENGUE... NEM SEI COMO QUE ELA PEGOU ISSO. (FOTO)

ALUNO 1 – AH, MAS EU SEI... É SÓ OLHAR. (aponta para o vaso de planta). (FOTO)

VASO DE PLANTA COM PRATINHO CHEIO DE ÁGUA... (FOTO)

(aponta para o prato do cachorro) (FOTO)

ÁGUA NO  PRATO DO SEU CACHORRO. (FOTO)

(aponta para as garrafas) (FOTO)

ESSAS GARRAFAS AI, COM A BOCA PRA CIMA, JUNTANDO ÁGUA. (FOTO)

TUDO ISSO SÃO FOCOS PARA DISSEMINAÇÃO DO MOSQUITO DA DENGUE. (FOTO)

ALUNO 4 – MAS O QUE PODEMOS FAZER? (FOTO)

ALUNO 1 – ACABAR COM ESTES FOCOS. (FOTO)

CENÓGRAFO – apaga as garrafas e desenha elas viradas com a boca para baixo. Sai de cena. ALUNO 1- chega perto das garrafas. (FOTO)

CENÓGRAFO – apaga o desenho do prato do cachorro. Sai de cena. ALUNO 4 – se aproxima do desenho – DAR ÁGUA PARA O CACHORRO E DEPOIS TIRAR. (FOTO)

ALUNO 1 – aproxima do vaso de planta. COLOCAR AREIA NO PRATINHO DAS PLANTAS. (FOTO)

FIM

O professor poderá mostrar o roteiro e a confecção das fotos com a equipe escolhida, como exemplo para as outras equipes. É importante deixar uma aula de 50 minutos para a elaboração do roteiro, previsão de objetos de cena, confecção dos cartazes, etc... Na aula seguinte, os alunos deverão trazer as câmeras fotográficas e fazer as fotos stop-motion. Este processo poderá ser feito concomitantemente (todas as equipes ao mesmo tempo, usando o mesmo espaço ou espaços próximos). Não deve ultrapassar mais de 10 minutos. Os minutos restantes deverão ser usados para passar as sequências de imagens (em .jpg) para o computador, em programa que faça a animação das mesmas.

Alguns programas que transformam as fotos em animações stop-motion são citados na página a seguir, disponível em: http://www.stopmotionbrasil.art.br/2009/05/programas-para-captura-de-imagens-em.html (acessado dia 15/06/2011).

Tutorial sobre o Animator DV, disponível em PDF, em: http://animatordv.com/docs/I-Quick_Start.pdf (acessado dia 15/06/201).

Tutoriais sobre o Animator DV, disponível em: http://animatordv.com/tutorials.php (acessado dia 15/06/2011).

INTERDISCIPLINARIDADE

 

Muitos tutoriais sobre stop motion estão na língua inglesa. O professor de inglês poderá ajudar e muito se participar da atividade, ajudando os alunos a compreender o tutorial em vídeo abaixo. Além disso, o professor de inglês poderá explorar o tema da dengue, questionando os alunos sobre se há surtos de dengue em países de língua inglesa e por quê ( da existência ou da ausência de surtos).

O vídeo que ensina a fazer animação stop motion encontra-se em: http://www.youtube.com/watch?v=t0KMSfiizdY&feature=related (acessado dia 22/04/2011).

 

Uma dica: os alunos podem usar dos brinquedos e utensílios pequenos que tenham em casa para compor personagens e cenário. As ilustrações já confeccionadas poderão ser intercaladas com as imagens stop motion ou então servir de fundo (cenário) para os personagens enquanto é feita a explicação das ações que favorecem a disseminação da dengue.

Depois de realizarem a captura das imagens em série, os alunos deverão ir ao laboratório de informática para colocá-las em software de edição de imagem (GIMP por exemplo) ou de vídeo (Kdenlive) e formar a animação.

Passo a passo de stop motion com o GIMP, disponível em: http://ludimidia.blogspot.com/search/label/PASSO-A-PASSO (acessado dia 22/04/2011).

Stop motion com o Kdenlive, disponível em: http://ludimidia.blogspot.com/2010/10/stop-motion-com-kdenlive.html (acessado dia 22/04/2011).

Sopa de Cérebro, Stop Motion crie animações com objetos inanimados e brinquedos, disponível em: http://www.sopadecerebro.com/2008/08/stop-motion-tutorial-de-animao.html (acessado dia 22/04/2011).

Crie animações com brinquedos, disponível em: http://meiobit.com/10024/stopmotion-crie-animac-es-com-objetos-inanimados-e-brinquedo/ (acessado dia 22/04/2011).

 

PSFC

 

Para finalizar as aulas nada melhor que a prevenção da dengue para toda a comunidade. Promova um momento em que pais, responsáveis estejam na escola e convide também agentes de saúde e representantes do bairro. Apresente a todos a produção das animações feitas pelos alunos e peça para que alguns alunos complementem os vídeos com alertas para a comunidade sobre as ações que devem ser feitas para acabar com a dengue.

Recursos Educacionais
Nome Tipo
Dengue Animação/simulação
Dengue: um problema de todos: parte 1 [Com ciência] Vídeo
Recursos Complementares

AUDACITY

Controles básicos, disponível em: http://www.escolabr.com/projetos/podescola/tutorial/videoaulas/audacity/controles_basicos.htm (acessado dia 22/04/2011).

Editando, disponível em: http://www.escolabr.com/projetos/podescola/tutorial/videoaulas/audacity/editando.htm

(acessado dia 22/04/2011).

Colocando música de fundo, disponível em: http://www.escolabr.com/projetos/podescola/tutorial/videoaulas/audacity/musica_fundo.htm (acessado dia 22/04/2011).

SÍTIOS COM ANIMAÇÃO STOP MOTION

Transformers, stop motion, disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=alDP12wEE5c (acessado dia 22/04/2011).

Animação com Play do, disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=5Mbkwn7QG0U&NR=1&feature=fvwp (acessado dia 22/04/2011).

Animação com Play do, disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=vwbXCK--Ln4&NR=1 (acessado dia 22/04/2011).

Sítios sobre edição de imagens:

Tecnologia UOL, disponível em: http://tecnologia.uol.com.br/album/20091125_editoresonline_album.jhtm#fotoNav=16 (acessado dia 15/06/2011).

Mnemocine, disponível em: http://www.mnemocine.com.br/ (acessado dia 15/06/2011).

Snip Shot, dispoível em: http://snipshot.com/ (acessado dia 15/06/11).

Open Shot, disponível em: http://www.openshotusers.com/ (acessado dia 15/06/11).

Pic nic, disponível em: http://www.picnik.com/ (acessado dia 15/06/11).

Tutoriais sobre edição de imagens

Tutoriais sobre Photoshop, disponível em: http://www.tutoriaisphotoshop.net/ (acessado dia 15/06/20110.

GIMP

Básico do GIMP, parte 1, disponível em: http://www.hardware.com.br/tutoriais/gimp/ (acessado dia 15/06/11).

Tutorial, disponível em: http://pplware.sapo.pt/tutoriais/tutorial-gimp-1-mudar-cores-das-imagens/ (acessado dia 15/06/2011).

UFRG, disponível em: http://penta3.ufrgs.br/tutoriais/GIMP/ProducaoImagens.htm (acessado dia 15/06/2011).

GIMP Brasil, disponível em: http://gimpbrasil.blogspot.com/ (acessado dia 15/06/2011).

Avaliação

 

AVALIAÇÃO

A avaliação poderá ser feita pela produção dos alunos. Estipule critérios para cada produção e avise-os com antecedência.

MAPA CONCEITUAL – pertinência ao tema, profundidade da abordagem, ortografia e gramática correta, criatividade, uso de imagens, número de ligações feitas, pontualidade.

PESQUISA DIRECIONADA – pertinência ao tema, ortografia e gramática correta, profundidade da pesquisa, número de sítios visitados (referência bibliográficas dos sítios), pontualidade, organização.

ILUSTRAÇÕES E ANIMAÇÃO STOP MOTION – criatividade, pertinência ao tema, profundidade da abordagem, oralidade, uso das mídias, pontualidade da entrega do material.

Promova também um momento de auto avaliação com os alunos. Solicite que eles avaliem sua participação, evidenciando os pontos fortes que tiveram, as habilidades que desenvolveram, e os pontos que poderiam ser melhorados em sua performance.

Opinião de quem acessou

Sem estrelas 0 classificações

  • Cinco estrelas 0/0 - 0%
  • Quatro estrelas 0/0 - 0%
  • Três estrelas 0/0 - 0%
  • Duas estrelas 0/0 - 0%
  • Uma estrela 0/0 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.