Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Estudando os sinônimos e antônimos

 

03/06/2011

Autor e Coautor(es)
imagem do usuário

Ellis Batista Paiva Brito

FORTALEZA - CE

Universidade Federal do Ceará

imagem do usuário

VIVIANE SILVA DE ANDRADE

FORTALEZA - CE

Universidade Federal do Ceará

imagem do usuário

Luzia Michelle Nunes da Silva

FORTALEZA - CE

Universidade Federal do Ceará

imagem do usuário

Dina Mara Pinheiro Dantas

FORTALEZA - CE

Universidade Federal do Ceará

imagem do usuário

Hermínio Borges Neto

FORTALEZA - CE

Universidade Federal do Ceará

imagem do usuário

LIS DE MARIA MARTINS

FORTALEZA - CE

Universidade Federal do Ceará

imagem do usuário

DIANA DIOGENES GOIS

FORTALEZA - CE

Universidade Federal do Ceará

imagem do usuário

Nara Luiza de Almeida Cunha

FORTALEZA - CE

Universidade Federal do Ceará

Luzia Michelle Nunes da Silva

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua oral: usos e formas
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: usos e formas
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: prática de leitura
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Aspectos gramaticais
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
  • Conceituar e exemplificar sinônimos e antônimos;

  • Substituir palavras por sinônimos e antônimos;

  • Compreender sinônimos perfeitos e imperfeitos;

  • Ampliar o vocabulário;

  • Desenvolver a concentração e atenção.

Duração das atividades
3 hora - aula
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
  • Habilidades básicas em leitura e escrita;

  • Saber expressar-se oralmente.

Estratégias e recursos da aula

AMBIENTE 1/ ATIVIDADE 1: Sala de aula ou sala de vídeo

 

PREPARAÇÃO DO AMBIENTE:

Para esta aula serão utilizados projetor multimídia, notebook ou computador, CD, DVD ou pendrive com o vídeo. A aula pode ocorrer na sala de vídeo da escola ou na própria sala de aula. Para um melhor desenvolvimento desta aula é que importante que os alunos estejam organizados em semicírculo.

 

ORIENTAÇÕES  QUANTO AO USO DO VÍDEO:

O vídeo apresenta regras para utilização de sinônimos e antônimos, fazendo uso de exemplos e analogias com duração de 1 minuto. O vídeo está disponibilizado no seguinte endereço http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/handle/mec/3788, mas caso não seja possível o uso do recurso online, o professor pode fazer o download da ferramenta e exibir o vídeo por meio de um pendrive ou CD.

 

DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE:

O professor pode começar a aula fazendo perguntas que levem os alunos a responderem os seus respectivos sinônimos e antônimos. Por exemplo: Qual o contrário de feio? Por qual palavra posso trocar a palavra “bonito” de forma que não mude de sentido? Dentre outras.

Após ouvir as inferências dos alunos, sugerimos que o professor coloque o vídeo “Sinônimo e Antônimo”. Em seguida, propõe-se que o professor converse com os alunos sobre o que assistiram no vídeo, pedindo para que destaquem as palavras ouvidas.

 

MOMENTO DO ALUNO:

Neste momento, os alunos buscarão lembrar dos exemplos de sinônimos e antônimos apresentados no vídeo. Orienta-se que o professor convide um aluno para escrever as palavras no quadro enquanto os demais colegas estão ditando-as. É possível que os alunos tenham dúvidas quanto ao significado de uma ou outra palavra, neste caso sugere-se que o professor responda levantando outros questionamentos que facilite sua compreensão, por exemplo: “abecedário” quer dizer a mesma coisa que “alfabeto” ou significa o contrário?


 

 

 

DISCUSSÃO:

A partir das palavras destacadas pelos alunos, recomenda-se que o professor busque instigá-los a identificarem aquelas palavras de significado semelhante ou diferente. Em seguida, poderá pedir para que formulem frases utilizando-as.

 

SISTEMATIZAÇÃO:

Neste momento, sugerimos que o professor explique para os alunos o que são sinônimos e antônimos, exemplificando com as palavras e frases já mencionadas na aula.

Sinônimos: no caso de palavras que têm significado idênticos ou muitos semelhantes. Ex.: Bonito/lindo, bruxa/feiticeira.

Antônimos: quando são palavras com significado contrário (também oposto ou inverso) uma das outras. Ex.: alto/baixo, alegre/triste.

Fonte: http://pt.wikibooks.org/wiki/Português/Semântica/Sinônimos_e_Antônimos

 

AMBIENTE 2 / ATIVIDADE 2: Sala de aula

 

PREPARAÇÃO DO AMBIENTE:

Para esta aula será necessário um aparelho de áudio, quadro branco e pincel. Sugerimos que o professor converse com os alunos sobre o tema da aula e estabeleça com eles algumas regras para o desenvolvimento do trabalho. Recomenda-se algumas regras: participação ativa e respeito à opinião do colega.

 

ORIENTAÇÕES QUANTO AO USO DO ÁUDIO:

Para esta atividade, o professor utilizará o áudio “Uma gota mágica”, que tem duração de 00:02:23 minutos, disponível no seguinte endereço http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/handle/mec/11707. O áudio é a história narrada de Ana Maria Machado que conta a história de uma menina que encontra uma bola que parece mágica, mas que apenas é iluminada por vagalumes. O professor pode fazer o download da ferramenta, gravá-la em um CD e utilizá-la em sala de aula através de um aparelho de áudio.

 

DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE:

Sugere-se ao professor colocar o áudio da história “Uma gota mágica” da autora Ana Maria Machado para os alunos ouvirem atentamente.

 

 

 

MOMENTO DO ALUNO:

Concluída a audição da história de Ana Maria Machado, orienta-se que o professor converse com os alunos sobre o que eles acharam da história, fazendo-lhes perguntas que explorem bem o que conseguiram ouvir da narração, como por exemplo: quem são os personagens do texto? Onde se passa a história? Como era a bola que Joana havia achado? Por que a bola de gude era mágica? Entre outras. Neste momento, os alunos irão responder as perguntas do professor, construindo oralmente um resumo da história ouvida, o que pode ocasionar na dúvida de algum instante da história, nesse caso orienta-se o professor, no lugar de dar uma resposta pronta ao aluno, buscar entre a turma essa resposta.

É válido aproveitar esse momento para buscar dos alunos os sinônimos e antônimos de algumas palavras como:

  1. “... e Joana imagina, imagina, imagina...”

  2. “... um belo lago mágico...”

  3. “... uma dama de gola leve...”

  4. “... uma bola de gude oca...”

  5. “... do lado de um caco de tijolo...”

  6. “... e levou até a amiga Jeni...”

  7. “Aí, a menina viu tudo iluminado lá na gaveta...”

  8. “A bola de gude alumiava feita uma lua...”

  9. “... vagalume vivia num caco de tijolo...”

  10. “Vagalume já vivi numa toca nova”.

  11. “De dia ele está apagado...”

  12. “Como uma gota de mágica de uma fada”.

 

Os alunos poderão ter dúvidas ao substituir as palavras destacadas nas frases por um sinônimo não muito semelhante, como é o caso de “amiga” por “colega”, bem como não encontrar um antônimo para todas as palavras, por exemplo, “gota” evivia”. Recomenda-se que o professor busque do aluno esta resposta, indagando seu porquê.

 

DISCUSSÃO:

Após a recontagem oral da história “Uma gota mágica”, recomenda-se que o professor discuta com os alunos as respostas dadas para a substituição das palavras destacadas pelo mesmo e levante o seguinte questionamento: há sinônimos e antônimos para todas as palavras? Se não encontro uma palavra específica para substituir o que devo observar?

 

SISTEMATIZAÇÃO:

Sugere-se que o professor novamente retome o conceito de antônimo (palavras de significados opostos) e sinônimos (palavras de significados próximos), comparando com as respostas dos alunos às palavras destacadas da narrativa. Também, recomenda-se explicar que alguns sinônimos são absolutamente iguais como “oco” e “vazio”, mas não são muito frequentes e a maioria é apenas semelhante, como é o caso de “bonito” e “lindo”. Além disso, propõe-se também que o professor mostre que nem sempre se tem o antônimo de algumas palavras, sendo necessário buscar um conjunto de palavras que melhor exprima o que se quer dizer, por exemplo: “... vagalume vivia num caco de tijolo...”, não temos uma palavra específica para designar o antônimo da palavra vivia, mas pelo contexto é possível atribuirmos um sentido contrário para a palavra como não vivia, então dessa forma poderia ficar “... vagalume não vivia num caco de tijolo...”.

 

AMBIENTE 2 / ATIVIDADE 3: Sala de aula

 

PREPARAÇÃO DO AMBIENTE:

Para esta aula será utilizado apenas o texto impresso “Arena das palavras” do site Canal Kids http://www.canalkids.com.br/cultura/gramatica/arena.htm.

Orienta-se a arrumar a sala de forma que haja um espaço livre no centro da mesma. As cadeiras podem ser dispostas em meia lua ou apenas afastadas para um canto da sala.

Observação: Para a formação dos grupos o professor pode utilizar alguns mecanismos, como distribuir fichas coloridas e todos que tiverem a mesma cor de ficha formarão um grupo, ou realizar a divisão dos grupos entre os pares e ímpares, seguindo a numeração da chamada, dentre outras, para que dessa forma seja evitado tumulto na formação dos grupos, já que se trata de um jogo, o que acontece bastante quando deixamos para os alunos escolherem.

 

DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE:

Sugere-se ao professor a leitura, em voz alta, do texto “Arena das palavras” do site Canal Kids:

As duas torcidas rivais faziam o maior barulho na Arena das Palavras. Era a disputa dos antônimos, palavras com sentido oposto.
Então fez-se um silêncio. No centro da arena, os dois "faladores de antônimos" se posicionaram: um à direita, outro à esquerda. Um era magro, outro era gordo. Ganhava quem dissesse mais palavras opostas.
O juiz ergueu a mão. Começou!
- Feio! Bonito!
- Certo! Errado!
- Achar! Perder!
- Entrada! Saída!
- Plácido! Doidivanas!
Aplausos. Era uma grande partida, uma disputa notável.
Na torcida, Andréa estava alegre, Marcela estava contente, Zeca estava satisfeito, Beto estava risonho. Mas dava no mesmo. Até porque, na empolgação, a turma de cá pulava, e a de lá saltava. Era a mesmíssima coisa: uns berravam, outros gritavam, alguns ainda vociferavam. A torcida estava cheia de sinônimos, palavras que têm o mesmo significado.

Fonte: http://www.canalkids.com.br/cultura/gramatica/arena.htm

Após a leitura do texto, recomenda-se ao professor discutir o texto lido ressaltando as palavras sinônimas presentes no mesmo, e propor aos alunos uma disputa, como a mencionada no texto, de sinônimos e antônimos dividindo a turma em dois grupos. A disputa consiste em dois grupos, dispostos em filas no centro da sala. Cada jogador lança a primeira palavra e o jogador do outro grupo deve dizer um sinônimo ou um antônimo como resposta. Pontua aquele que acertar voltando para o final da fila, e assim, permanecendo no jogo. Perde aquele que diz uma palavra que não corresponde a um sinônimo ou antônimo ou não responde dentro de um tempo estabelecido pelo professor – neste caso fica a critério do docente estabelecer um tempo determinado – saindo da disputa.

 

MOMENTO DO ALUNO:

Neste momento os alunos irão, a partir da compreensão do texto lido, realizar a disputa colocando em atividade o que compreenderam de sinônimos e antônimos. Durante esse momento, propõe-se que o professor esteja atento às regras do jogo para intervir quando necessário. Algumas dificuldades surgirão, principalmente na hora de lembrar de um sinônimo ou antônimo como resposta, mas o professor não poderá ajudar por se tratar de uma disputa, uma vez que assim favoreceria uma equipe em detrimento de outra.

 

DISCUSSÃO:

Após a disputa, sugere-se que o professor converse com os alunos sobre o jogo realizado, pedindo para que exponham o que acharam da disputa. Propõe-se ao professores que levante questionamentos diante das dificuldades que tiveram, por exemplo: quais palavras foram mais difíceis para saber seu sinônimo ou antônimo?

 

SISTEMATIZAÇÃO:

Neste momento, recomenda-se que o professor reforce o conceito de sinônimos e antônimos já apresentados nas aulas anteriores e aprofunde incluindo as respectivas nomenclaturas de sinônimos perfeitos e sinônimos imperfeitos, também apresentado na aula passada, evidenciando que a sinonímia depende bastante do contexto em que ela está inserida. Segue alguns exemplos:

  • Sinônimos perfeitos: palavras cujo significado é absolutamente igual. Não é muito frequente. Exemplo: morte – falecimento / idoso – ancião.

  • Sinônimos imperfeitos: quando o significado das palavras é apenas semelhante e não idêntico. É o mais comum. Exemplo: bonito – lindo / adorar – amar

 

Fonte: http://pt.wikibooks.org/wiki/Português/Semântica/Sinónimos_e_Antónimos
 

Recursos Educacionais
Nome Tipo
Uma gota de mágica Áudio
Sinônimo e antônimo Vídeo
Recursos Complementares

http://pt.wikibooks.org/wiki/Português/Semântica/Sinónimos_e_Antónimos – além de um breve resumo do tema apresenta também alguns exercícios de fixação.

Avaliação

Durante a primeira, recomenda-se que o professor verifique se os alunos conseguiram entender o que é um sinônimo e o que é um antônimo. Na segunda atividade, sugere-se verificar se os alunos conseguem identificar essas palavras na narrativa e substituí-las por outras. E, na terceira atividade, propõe-se que o professor averígue a desenvoltura dos alunos no jogo, identificando o aumento do seu vocabulário em torno do assunto da aula, bem como a compreensão de sinônimos perfeitos e imperfeitos.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 2 classificações

  • Cinco estrelas 1/2 - 50%
  • Quatro estrelas 1/2 - 50%
  • Três estrelas 0/2 - 0%
  • Duas estrelas 0/2 - 0%
  • Uma estrela 0/2 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Daniela Rodrigues, EEF Maria Ida Holanda Dantas , Ceará - disse:
    rs.dani@hotmail.com

    29/11/2011

    Cinco estrelas

    Adorei as sugestões.Dá pra realizar aulas bem dinâmicas. Obrigada pela contribuição.


  • Rosimar Lima Freitas, EMPG SAO JOAO , Mato Grosso - disse:
    lima.freitas@hotmail.com

    06/06/2011

    Quatro estrelas

    Gostei uma boa aula, com uma ótima sistematização de ensino e aprendizagem. Parabens!!!!


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.