Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


A Imprensa Alternativa durante o regime militar brasileiro

 

25/10/2011

Autor e Coautor(es)

Wilkie Buzatti Antunes, Lígia Beatriz de Paula Germano

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Educação de Jovens e Adultos - 2º ciclo História Relações de poder e conflitos sociais
Ensino Médio História Memória
Ensino Médio História Cultura
Ensino Médio História Diversidade cultural, conflitos e vida em sociedade
Educação de Jovens e Adultos - 2º ciclo História Cidadania e cultura contemporânea
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

A partir do estudo de um conjunto de veículos de imprensa que durante o regime militar operava à margem do circuito comercial e das grandes corporações da mídia, e que ficou conhecido como “Imprensa Alternativa”, os alunos poderão aprender mais sobre a oposição jornalística à ditadura. Os alunos terão, ainda, a oportunidade de compreender melhor os mecanismos autoritários que atuavam dentro das redações e que impediam a liberdade de imprensa.

Duração das atividades
Três aulas de 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

 

- O Golpe Civil-Militar de 1964.

- O regime militar brasileiro.

Estratégias e recursos da aula

 

Introdução

Esta aula tem o objetivo de apresentar aos alunos uma das formas de resistência ao regime militar instaurado em 1964. A Imprensa Alternativa funcionou como centro de divulgação de críticas ou fatos cuja circulação havia sido proibida pela censura, que chegou a funcionar dentro das redações. Essa característica conferiu a esses veículos de imprensa um papel fundamental no processo de redemocratização do País, embasando a formação de uma opinião crítica ao regime e articulando em torno de si grupos que se encontravam dispersos. Ao mesmo tempo, alguns dos jornais da Imprensa Alternativa cumpriram um papel específico na luta pelo reconhecimento de direitos, quando passaram a representar grupos sociais como os homossexuais, as mulheres e os negros.

 

Desenvolvimento

Atividade 1

A primeira atividade será desenvolvida em torno da questão da censura, implantada pelo regime militar no Brasil, e das formas como a mesma agia sobre a imprensa e as artes brasileiras. O professor deverá exibir para os alunos o vídeo “Contos da Resistência - Ep.3 - Censura na Imprensa e nas Artes”, disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=Siviu-rN-Bo (acesso em: 10 out. 2011).

Após a exibição do vídeo, o professor deverá dispor os alunos em círculo e mediar um debate em torno dos seguintes pontos:

- Como a censura agia nos meios de comunicação e nas artes?

- Quais os mecanismos adotados?

- Que tipo de informações/conteúdos eram proibidos?

- Por que os alunos acham que estes conteúdos eram proibidos?

Jornal Pasquimhttp://ziraldo.blogtv.uol.com.br/img/image/Ziraldo/2009/novembro/zoom/CapaPasquim75Miss23_11_2009.jpg

Jornal Movimentohttp://www.arquivoestado.sp.gov.br/imprensa/galeria/images/(1)Jornal%20Movimento%20(1979).jpg

Jornal EXhttp://1.bp.blogspot.com/-nhIbXJMbIjM/TWMF02CN_XI/AAAAAAAADyA/GXM8zheh1hQ/s1600/FotoJornalEX.jpg

Jornal Versushttp://josekuller.files.wordpress.com/2009/03/versus3.jpg?w=437&h=301

 

 

Atividade 2

A segunda atividade irá desenvolver-se em torno do tema das formas de atuação política da Imprensa Alternativa. O professor deverá dividir a turma em quatro grupos e, em seguida, distribuir o texto “A imprensa alternativa brasileira nos ‘anos de chumbo’”, disponível em: http://revistas.unipar.br/akropolis/article/viewFile/332/299 (acesso em: 10 out. 2011).

Após a leitura do texto, cada um dos grupos deverá ficar responsável por sistematizar as informações obtidas, em torno das seguintes perguntas:

- Em que contexto e como surgiu a Imprensa Alternativa?

- Em torno de que pressupostos se caracteriza a Imprensa Alternativa? Que movimentos ou outros veículos de imprensa os influenciam?

- Quais os jornais apresentados pelo texto e quando surgem?

- Quais os principais temas/assuntos desenvolvidos pelos jornais apresentados no texto?

Em seguida, o professor deverá dispor os alunos em círculo e, a partir daí, cada um dos grupos apresentará suas conclusões à turma. O professor deverá atuar nesta atividade esclarecendo dúvidas quanto ao contexto, personagens e movimentos tratados no texto.

 

Atividade 3

Na terceira atividade, os alunos irão trabalhar os temas desenvolvidos pela Imprensa Alternativa, pesquisando nos próprios jornais da Imprensa Alternativa. O contato com a fonte primária tem o objetivo de tornar claro não somente os assuntos desenvolvidos, mas as formas e as estratégias de abordagens dos temas. Nesta atividade serão pesquisados os jornais EX, Lampião e Movimento. A depender do tamanho da turma, os alunos poderão ser divididos em três ou seis grupos (nesse caso, cada jornal será pesquisado por dois grupos).

Os alunos deverão escolher uma edição dos jornais a seguir:

- EX, disponível em: http://www.imprensaoficial.com.br/jornalex/ex.html (acesso em: 10 out. 2011);

- Lampião, disponível em: http://www.grupodignidade.org.br/blog/?page_id=53, (acesso em: 10 out. 2001);

- Movimento, disponível em: http://www.arquivoestado.sp.gov.br/memoria/verjornais.php (acesso em: 10 out. 2011).

Cada grupo deverá identificar os principais temas tratados na edição escolhida, tentando identificar aqueles temas que, na sua opinião, questionavam, criticavam ou entravam em conflito com o regime militar. Predominam os temas políticos ou culturais?

Os alunos ainda deverão ser estimulados a descrever os aspectos visuais do jornal escolhido, relatando o uso de ilustrações, charges e fotografias, bem como as cores empregadas.

Por fim, o grupo deverá escolher uma reportagem que lhe pareça mais significativa, que será apresentada à turma ao fim da atividade, conjuntamente com os resultados da pesquisa realizada.

Novamente, o professor deverá atuar explicando eventos e personagens desconhecidos para os alunos e estimulando a percepção de temas e intenções nos jornais pesquisados.

Como atividade para casa, os alunos poderão redigir um pequeno ensaio sobre as impressões que tiveram do jornal pesquisado em sala.

 

 

Conclusão

No decorrer das atividades, os alunos irão aprender mais sobre o contexto de surgimento da Imprensa Alternativa, bem como sobre as suas estratégias de resistência à censura e ao regime militar. Além disso, os alunos irão aprender sobre o papel da Imprensa Alternativa para a abertura política e a democratização do País. Por fim, além de conhecerem mais sobre o tema, terão a oportunidade de aprender sobre a pesquisa em fontes primárias ao lidar com as reproduções digitais dos jornais.

 

 

-->
Recursos Complementares

 

- Texto “Rebeldes na imprensa: censura, imprensa alternativa e contracultura”, disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/regionais/sudeste2007/resumos/R0483-1.pdf (acesso em: 10 out. 2011);

- Texto “Imprensa Alternativa”, disponível em: http://www.webartigos.com/artigos/imprensa-alternativa/2551/ (acesso em: 10 out. 2011);

- Texto “Imprensa alternativa: alcances e limites”, disponível em: http://www.fpa.org.br/artigos-e-boletins/artigos/imprensa-alternativa-alcances-e-limites, (acesso em: 10 out. 2011);

- Site da Biblioteca Nacional com outros jornais da Imprensa Alternativa: http://www.bn.br/portal/index.jsp?nu_pagina=116 (acesso em: 10 out. 2011).

Avaliação

A avaliação poderá ocorrer a partir do somatório entre o desempenho global dos alunos nas atividades propostas (discussões, seminários e apresentações) e nas atividades complementares pedidas (redações de texto e pesquisa). Os alunos poderão ser avaliados ainda a partir da produção de um texto síntese de todo o conteúdo estudado, que poderá ainda ser apresentado sob a forma de blog, jornal ou programa de televisão, de acordo com as condições disponíveis em cada escola.

Opinião de quem acessou

Sem estrelas 0 classificações

  • Cinco estrelas 0/0 - 0%
  • Quatro estrelas 0/0 - 0%
  • Três estrelas 0/0 - 0%
  • Duas estrelas 0/0 - 0%
  • Uma estrela 0/0 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.