Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Caule para cima, raiz para baixo - fototropismo.

 

27/07/2009

Autor e Coautor(es)
ANDREA DA SILVA CASTAGINI
imagem do usuário

CURITIBA - PR SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

Eziquiel Menta

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Final Meio Ambiente Manejo e conservação ambiental
Ensino Médio Biologia Diversidade da vida e hereditariedade
Ensino Fundamental Final Ciências Naturais Vida e ambiente
Ensino Médio Biologia Identidade dos seres vivos
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Entender os mecanismos e hormônios envolvidos no crescimento vegetal.

Conhecer o que é fototropismo positivo e negativo.

Duração das atividades
2 a 3 aulas ( intervalo de 10 dias entre a 2° e 3° aula)
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Estratégias e recursos da aula

O que faz com que uma semente se transforme em uma árvore? Que mecanismo atua (nível hormonal e genético) para fazer a raiz crescer em direção ao interior da terra e o caule em direção ao ar? Como que de uma semente pequenina há a formação de árvores de grande porte?

Esses questionamentos serão a ignição para uma aula investigativa, onde os alunos poderão desenvolver a capacidade de observação, levantamento de hipóteses que expliquem o crescimento vegetal do primórdio vegetal, além da capacidade de argumentação na defesa de seus resultados.

A questão norteadora aqui será: Por que as raízes crescem para baixo, em direção ao interior da terra? Que mecanismos regulam este crescimento? E que mecanismos regulam o fototropismo positivo dos caules?

Algumas questões levantadas anteriormente poderão ser respondidas através da leitura das reportagens da revista online Pesquisa FAPESP, no sítio Agência FAPESP. Acessados em 23/07/2009 e disponível nos endereços abaixo: http://www.agencia.fapesp.br/materia/9430/divulgacao-cientifica/pelas-folhas-e-raizes.htm e http://www.agencia.fapesp.br/materia/9557/especiais/faxina-vegetal.htm

O professor poderá adotar uma metologia como a que sugerimos a seguir: dividir a turma em dois grupos para cada grupo ler uma das duas reportagens e depois apresentá-la aos demais.

Promova o debate com os alunos após a leitura, sobre qual o papel das raízes das plantas e sua importância para o organismo vegetal e para o meio ambiente. Caso eles não lembrem, recorde a questão da erosão do solo pelo desmatamento.

Após o debate retorne as questões iniciais, perguntando que mecanismos atuam sobre as raízes e caules, regulando a direção de seu crescimento. De que maneira poderia ser averiguado estes mecanismos?

Instrua os alunos a elaborarem um mapa conceitual inicial do que eles conhecem a respeito da temática abordada.

Mapas Conceituais

É uma técnica pedagógica para organizar e representar o conhecimento. Os conceitos e as proposições são os blocos de construção do conhecimento em qualquer domínio, cuja essência é que as idéias novas ancoram-se em conceitos relevantes que o aprendiz já sabe (subsunsores), pré-existentes na estrutura cognitiva de quem aprende. A edição de mapas pode ser feita manuscrita, ou com auxílio de softwares apropriados, tais como o Cmap Tool, um programa livre e em português. Os estudantes podem elaborar duas versões de mapas conceituais: a primeira, no início da atividade proposta e a segunda após os estudos realizados expressando o grau de entendimento do tema proposto.

Veja mais: http://penta2.ufrgs.br/edutools/tutcmaps/tutindicecmap.htm

 Ao levar os alunos para o laboratório de informática, indique que neste momento, eles deverão pesquisar e se apropriar de conhecimentos básicos sobre a fisiologia da planta, a começar pela semente. Para isto, indicamos o diagrama de Avocado no Portal do Professor, que é a imagem que mostra as partes constituintes de uma semente (disponível em:http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnica.html?id=11271).

Avocado seed diagram

 Explique que ca da parte ali descrita será fundamental para a formação de uma planta. Que parte da semente que irá originar a raiz e o caule? Se as plantas conseguem alimento via fotossíntese, como a semente se mantém, uma vez que para germinar precisa estar no solo? Qual o papel do caule neste desenvolvimento inicial?

Um bom recurso que pode ajudar os alunos a responder estas questões é o hipertexto de Fisiologia Vegetal, encontrado no sítio Banco Internacional de Objetos de aprendizagem, acessado em 17/07/2009 e disponível no endereço a seguir:

 http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/handle/mec/2411

 Peça que seus alunos pesquisem sobre o que é fototropismo e geotropismo. Os dados encontrados serão importantes posteriormente para a confecção de relatório de atividades.

O sítio Brasil Escola disponibiliza um breve artigo que trata das auxinas, hormônio vegetal que regula o crescimento e dos movimentos das plantas. Acessados em 23/07/2009 e disponíveis em: http://www.brasilescola.com/biologia/auxinas.htm e http://www.brasilescola.com/biologia/movimentos-vegetais.htm

A atividade proposta para esta aula é um experimento que pretende verificar a existência do fototropismo positivo.

Material

Uma lata rasa, como as de goiabada, vazia e bem lavada.

Prego grande

Martelo (com a supervisão do professor)

Uma caixa de papelão grande o suficiente para caber a caixa.

Cola

Tesoura

Papel preto

Terra de jardim

Cinco sementes de feijão ou milho

PROCEDIMENTOS

1.       Faça furos no fundo da lata.

2.       Encha a lata com terra, molhe e plante as sementes. Coloque a lata perto de uma janela e regue diariamente. Espere até que as sementes germinem e apareçam as plantinhas.

3.       Abra com um estilete uma janelinha retangular em um dos lados da caixa de papelão. Forre os outros lados com papel preto.

4.       Coloque a caixa por cima da lata com as plantinhas, o lado da caixa com a janelinha deve ficar voltado para a janela.

5.       Continue regando as plantas diariamente, levantando a caixa e depois voltando a cobrir a lata com as plantas. Observe o que acontece por 10 dias.

Os alunos deverão confeccionar o relatório de acompanhamento do experimento. Também deve constar neste relatório respostas às perguntas a seguir:

Por que antes de cobrir a caixa as plantas estavam se desenvolvendo verticalmente e depois verificou-se uma mudança neste sentido?

Que hormônios estão envolvidos com este desenvolvimento? Como estes hormônios respondem no meristema apical e na raiz?

Como estes hormônios se relacionam com o fototropismo e geotropismo?

 Além das perguntas os alunos deverão complementar o mapa concei tual iniciado na primeira aula. Instr ua a eles que façam as inserções no mapa conceitual em cor diferente dos conhecimentos iniciais. Ao fim da atividade, propon ha que eles averiguem o quanto de informações e ligações com novos assuntos foi possível adquirir com as práticas desenvolvidas, observando o novo mapa conceitual mais completo.

 Para auxiliar a confecção dos relatórios dos alunos, indicamos estes dois sítios.

Ensino de Física. Como fazer um relatório. Acessado em 23/07/2009 e disponível em:http://euclides.if.usp.br/~ewout/ensino/geral/000008.html

Antes de escrever um relatório, leia-me. Acessado em 23/07/2009 e disponível em: http://collatio.tripod.com/regeq/relat.htm

Recursos Educacionais
Nome Tipo
Avaliação

A avaliação se dará pela produção dos relatórios, contendo neles o acompanhamento do experimento, síntese do aprendizado e respostas às perguntas sugeridas.

Professor utilize também a produção dos mapas conceituais feitos pelos alunos para avaliá-los. A técnica de mapas conceituais além de demonstrar a organização do pensamento, leva o aprendiz a se auto-avaliar, diante de suas pesquisas e reflexões, podendo comparar a sua evolução durante todo o processo de construção do conhecimento. É uma forma de avaliar qualitativamente o aprendiz e o processo de ensino-aprendizagem, além de demonstrar claramente como os temas estudados precisam ser retomados, quais os pontos falhos na aprendizagem e os que foram apropriados significativamente.

Lembre-se de dar um retorno aos alunos sobre esta produção, verificando se houve aprofundamento de conhecimentos e caso não tenha ocorrido, retomar  as partes do tema que não ficaram bem compreendidas.

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 2 classificações

  • Cinco estrelas 2/2 - 100%
  • Quatro estrelas 0/2 - 0%
  • Três estrelas 0/2 - 0%
  • Duas estrelas 0/2 - 0%
  • Uma estrela 0/2 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.