Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


A industria no Brasil

 

29/08/2009

Autor e Coautor(es)
Leda Maria Correa Moura
imagem do usuário

CURITIBA - PR SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

Eziquiel Menta

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Final Geografia Ambiente urbano, indústria e modo de vida
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Ao final das aulas o aluno devera conhecer:

- o processo de industrialização do Brasil;

- a localização da indústria no Brasil;

- os tipos de indústria.

Duração das atividades
03 aulas
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

- noções de linguagem cartográfica.

Estratégias e recursos da aula

Aula 1. O professor solicita, aos alunos, que tragam, para a sala, embalagens dos produtos que utilizam em seu dia-a-dia. Estas embalagens serão classificadas por estado de origem do produto.

O professor reproduz, em tamanho grande, um mapa do Brasil e o coloca no chão. Será construído o mapa da distribuição da indústria no Brasil. Isso será feito distribuindo as embalagens nos estados onde os produtos são produzidos. (Também pode ser feito por região).

Feito o mapa, o professor e os alunos fazem observações a respeito da distribuição da indústria no país. Para auxiliar esta análise, o professor apresenta o mapa “Distribuição espacial da indústria 2002”.

undefined

Fonte: IBGE - http://www.ibge.gov.br/ibgeteen/atlasescolar/mapas_pdf/brasil_distribuicao_industrias.pdf – acesso em 04 ago 2009.

Conteúdo das aulas:

O Brasil sempre foi um país agrícola, ou seja, as principais atividades econômicas eram realizadas no campo. Só pra lembrar: atividade extrativista de pau-brasil, produção agrícola de cana-de-açúcar, produção agrícola de café. Paremos na produção de café, porque este processo tem muita relação com a urbanização de nosso país. 

No início do século XX o Brasil era grande produtor e exportador de café. A economia do país era calcada nesta produção, o café gerava empregos e impostos. Como a produção de café é uma atividade agrícola, os empregos estavam no campo. A população era, essencialmente, rural.

Neste período, porém, aconteceram muitas coisas no mundo todo e que tiveram conseqüências, também no mundo todo. A revolução russa (1917) e a primeira grande guerra (1914-1918) mudaram completamente a organização geopolítica mundial, principalmente na Europa e no Oriente Médio. Alguns países tiveram alterações no seu território, outros passaram a existir a partir do conflito. Também houve a re-estruturação de centro de poder, que se deslocou da Europa para os Estados Unidos da América - EUA.

Após a 1ª Grande Guerra o espaço mundial sofreu reorganização: reconstrução do que havia sido destruído, reinício da produção na Europa e revisão das relações comerciais, entre outras coisas. O grande produtor e exportador de produtos industrializados, nesta época, eram os Estados Unidos da América, mas com a reorganização européia a importação dos produtos norte-americanos reduziu. O maior comprador de nosso único produto de exportação na época eram os EUA, nação que amargou grande crise econômica em 1929, por conta desta redução na exportação. Assim, em 1929 o Brasil teve uma grande produção e um pequeno mercado consumidor mundial. Como o café era a base da economia brasileira, o país entrou em crise. A saída foi diversificar a economia, foi quando, a industrialização do país, que era bem pequena, teve um impulso.

Onde aconteceu intensificação industrial no Brasil? Ora, as condições no Sudeste eram favoráveis: o dinheiro dos fazendeiros e comerciantes de café que precisavam investir; a hidrografia em relevo acidentado facilitava a produção de energia; a saída dos trabalhadores do campo devido à crise do café e a imigração de europeus, em maior n úmero italianos, compôs a mão -de-obra. Essa indústria tinha a finalidade de suprir o mercado consumidor interno pois, com a crise nos EUA, a exportação de produtos de lá reduziu.

Apesar desses acontecimentos, a economia brasileira passou a ser organizada e pautada na indústria apenas após a II Guerra Mundial (1939-1945). E, depois disso, muitas outras indústrias. Parafraseando Bernardes, junto com as indústrias a urbanização, o êxodo rural e a integração do território nacional por meio dos transportes e da comunicação.

Aula 2. Após a análise do mapa construído, a comparação com o mapa “Distribuição espacial da indústria 2002” e a apresentação do conteúdo o professor apresenta aos alunos imagens de indústrias, dando continuidade à questão industrial, tratando dos tipos de indústria. É preciso fazer relação desta classificação com as indústrias do município ou da região.

undefinedIndústria de Base: transforma matéria-prima bruta para ser utilizada por outras indústrias.

Fonte da imagem: http://www2.petrobras.com.br/EspacoConhecer/images/img_refinariacaxias.jpg. Acesso em: 12 ago 2009.

undefined

Indústria de bens intermediários: seus produtos serão utilizados por outras indústrias (peças e tecidos, por exemplo). 

Fonte da imagem:http://www.an.arquivonacional.gov.br/seminario/imagens/PH.FOT.04463.011.jpg. Acesso em: 12 ago 2009.

undefined

Industria de bens de consumo, que podem ser duráveis e não-duráveis.

Fonte da imagem:

http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/setembro2008/images/img-ju411_03a.jpg. Acesso em: 12 ago 2009.

Aula 3: o professor realiza um teste com as seguintes questões:

1. O Brasil é um país industrializado? Justifique.

2. Em nossa cidade há indústrias? Cite quais (se a cidade for grande pode dizer cite 2 ou 3). Explique as razões que você acredita que foram importantes para que esta indústria se instalasse aqui.

3. Qual o tipo (ou os tipos) de indústrias existentes em nossa região?

Recursos Complementares

O professor pode aprofundar informações a respeito da crise de 29 (“crack da bolsa”) ou solicitar pesquisa a ser feita pelos alunos.

Avaliação

A avaliação será feita em todo processo:

1. Participação dos alunos na construção do mapa da distribuição da indústria no país.

a) contribuiu com embalagens?

b) contribuiu na tarefa de montar o mapa?

2. Participação na análise do mapa, antes do desenvolvimento do conteúdo da aula.

a) apresentou hipóteses?

3. Realização do teste.

a) fez o teste?

b) apresentou respostas pertinentes?

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 7 classificações

  • Cinco estrelas 4/7 - 57.14%
  • Quatro estrelas 0/7 - 0%
  • Três estrelas 2/7 - 28.57%
  • Duas estrelas 1/7 - 14.29%
  • Uma estrela 0/7 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • andre lucas dos santos ferreira , fudacão bradesco , Maranhão - disse:
    andrelucascedaspy@gmail.com

    03/02/2012

    Cinco estrelas

    nota:10 .10.10.10.10.10.10!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1


  • Adalgiza Maria Aranha, C.E. Terezinha de Jesus Coelho Rocha , Maranhão - disse:
    giza43@hotmail.com

    04/07/2011

    Três estrelas

    Toda sugestão p/ trabalhar o aluno, além da mesmisse, é válido. O aluno de hoje é muito ancioso para ficar na sala de aula só ouvindo.


  • Idália Barbosa Pereira, Colégio Municipal de Belo Campo , Bahia - disse:
    ailadibarbosa@hotmail.com

    16/07/2010

    Três estrelas

    Achei boa a aula, dá sugestões de como levar o aluno a ter interesse em ler embalagens dos produtos que consome.


  • Juliana, Aprender a Geografia , Rio de Janeiro - disse:
    juliana@hotmail.com

    24/03/2010

    Duas estrelas

    Eu acheiii este site regular, pelo fato de esta escrito o q pesquisei e na hora de abrir não ter achado nd!


  • Leka Maria, Col. Est. Euzebio da Mota , Paraná - disse:
    lekamaria@gmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Gostei muito.


  • Maria, fidene , Rio Grande do Sul - disse:
    prof.mariam@gmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Gostei da aula é consistente e dá sugestões de trabalho muito interessantes.


  • LILIANE GOMES, fameg , Santa Catarina - disse:
    liliane.s.j@bol.com.br

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Gostei leva o aluno a compreender de onde vem o que consome....


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.