Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


QUAL É O RESULTADO

 

19/08/2009

Autor(es) e Coautor(es)
imagem do usuário

LUCIANA SOARES MUNIZ

UBERLANDIA - MG

ESC DE EDUCACAO BASICA

imagem do usuário

ANA MARIA FEROLA DA SILVA NUNES

UBERLANDIA - MG

ESC DE EDUCACAO BASICA

imagem do usuário

PATRICIA CARVALHO PACHECO

UBERLANDIA - MG

ESC DE EDUCACAO BASICA

imagem do usuário

DENIZE DONIZETE CAMPOS RIZZOTTO

UBERLANDIA - MG

ESC DE EDUCACAO BASICA

imagem do usuário

ELIANA APARECIDA CARLETO

UBERLANDIA - MG

ESC DE EDUCACAO BASICA

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Matemática Números e operações
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Os/as alunos/as poderão desenvolver o raciocínio lógico matemático, a memorização, a observação visual, os valores éticos (companheirismo e solidariedade), a rapidez de reação, além de fixar conteúdos matemáticos: sequência numérica, ordens e classes, ordem crescente e decrescente.

Duração das atividades
Aproximadamente 120 minutos – duas (2) aulas de 60 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

É necessário que o/a aluno/a seja capaz de reconhecer numerais de 1 a 1000, bem como a quantidade que cada um representa. Também deve ser capaz de: reconhecer dezenas e centenas exatas; saber o que é ordem crescente e decrescente; saber o que é e que quantidades representam: dúzia, meia dúzia, dezena e meia dezena, centena e meia centena.

Estratégias e recursos da aula

Professor/a distribua os/as alunos/as em equipes de 10 (dez) participantes em cada uma. Construa 10 fichas de cartolina para cada grupo medindo aproximadamente (12cm x 12 cm), numere-as de 0 (zero) a 9 (nove), assim, cada elemento das diferentes equipes receberá uma ficha. Providencie um espaço na escola onde poderá ter movimento, poderá ser a própria sala de aula, pátio ou quadra esportiva.
Para o desenvolvimento da atividade você poderá explicá-la conforme instruções abaixo:

Explicando o jogo aos/as alunos/as

___ Hoje vamos verificar como vocês estão para fazer cálculos matemáticos. Para isto, faremos um jogo no qual deverão descobrir o resultado da situação-problema apresentada. Poderá ser uma operação de adição, multiplicação, divisão ou subtração. Vocês sabem adicionar, subtrair, dividir, multiplicar? Quem de vocês poderá vir até a lousa para resolver esta operação? Registre na lousa alguns algoritmos contemplando cada uma das operações e peça que resolvam no quadro, inclusive peça que expliquem como pensaram, para resolvê-la.

Vamos ver se conseguem resolver outras situações que envolvam conteúdos já trabalhados: ordens e classes, sucessor e antecessor; dezenas e centenas exatas; ordem crescente e decrescente, quantidades que representam dúzia, meia dúzia, dezena e meia dezena, centena e meia centena. (Ao falar destes conteúdos, dialogue com os/as alunos/as a fim de verificar se dominam os conteúdos).
Então, já que estão craques, vamos fazer um jogo que se chama: Qual é o resultado? Este nome lhes diz alguma coisa? Quem arrisca um palpite sobre o que faremos?
Vocês conseguirão dizer muitas coisas do nosso jogo. Vamos fazer operações, resolver situações problemas e recordar os conteúdos que falamos anteriormente. Vou explicar o que faremos.
Vamos nos dividir em equipes, para isto faremos um sorteio para defini-las. Faremos grupos com dez elementos em cada equipe. Como somos 25 crianças, todos/as participarão das primeiras equipes?... Por que não participarão?...Quantas não participarão do primeiro momento?
(Faça questionamentos a cada resposta até que cheguem ao resultado de que sobrarão cinco crianças). Isto mesmo, sobrarão cinco crianças, as que sobrarem estarão me ajudando no registro das questões que vocês deverão solucionar. No decorrer da atividade faremos sorteio, com os nomes das crianças que ficarão para a próxima etapa, assim como para ver quem será substituído.
Após a formação das equipes, cada aluno/a vai receber uma ficha com um número de 0 a 9 e fixar em seu peito, usando fita adesiva, ou seja, um/a receberá o número 0 (zero) e irá colar na camiseta, no rumo do peito, outro/a receberá o número (1) um e fará a mesma coisa, até todos da equipe receberem seu número e fixar. Quando todos/as tiverem fixado os números em sua camiseta, cada equipe deverá se posicionar, atrás da linha que marcarei, a formação da fila será por ordem crescente dos números.
A princípio participarão apenas os elementos das duas equipes formadas, os/as demais alunos/as me ajudarão no desenvolvimento da atividade, como já expliquei, vão escrever as situações que eu ditar. Como são cinco alunos/as, faremos um rodízio, cada questão ditada será registrada por apenas um/a, assim quem será o/a primeiro/a à escrever a 1ª situação, e o/a segundo/a... e o/a quinto/a; certamente vocês serão repetidos/as, ou seja, quando o/a quinto/a fizer seu registro começa novamente no/a primeiro/a. Ao ser substituída a criança que vier para este grupo ocupará a função daquela que foi para a equipe.
Quando todos/as estiverem posicionados vou dizer uma operação, que poderá ser de adição, subtração, multiplicação ou divisão, ou criar situações problemas, por exemplo, dizer um problema para se r solucionado mental mente. Vocês deverão tentar resolver a situação apresentada mentalmente, e os/as alunos/as, que possuírem as fichas para formarem o resultado, deverão se unir e ir até a marca que assinalarei no chão, compondo o número corretamente, ou seja, ao descobrir a resposta, quem estiver com os numerais necessários para respondê-la deverá caminhar até a marca feita no chão. É preciso ter atenção para dar a resposta, se trocar a posição dos numerais perderão chance de reescrever, caso a outra equipe já tenha formado corretamente. Por exemplo: eu pedi que as equipes escrevessem o número correspondente à 3 centenas, 8 dezenas e 4 unidades, uma das equipes escreveu 834
(inverteu o algarismo da ordem das centenas com o da ordem das dezenas) a outra equipe escreveu 384, consequentemente a que escreveu 384, acertou a atividade. Assim, a equipe que acertou e chegou primeiro na marca assinalada no chão, será pontuada com um ponto, no final a equipe que fizer mais pontos será a vencedora.
Algo muito importante, não critique o/a colega, caso ele/a não consiga acertar a resposta. Lembrem-se: todos nós temos os nossos erros e acertos, afinal não somos perfeitos/as.
Vocês entenderam? Tem alguma dúvida? Então, vamos fazer sorteio para definir as equipes.

Sugestão de variações para o desenvolvimento da aula

Professor/a esta atividade poderá ser trabalhada em diferentes componentes curriculares.
Ao elaborar a atividade pensando em Matemática, utilize o verso da ficha para trabalhar Português, escreva, por exemplo, letras, sílabas ou palavras; faça solicitações referentes a assuntos definidos por você. Exemplos: cartões com as sílabas: quem está com as sílabas da palavra cujo coletivo é alcatéia. As crianças que têm as sílabas lo e bo irão à marca feita no chão para escrever a palavra lobo.
Em Geografia escreva sílabas formando nomes de ruas e bairros da cidade onde moram.
Já no caso de Ciências escreva sílabas referentes à formação de palavras com nomes de animais e suas vozes.
Elabore questões referentes aos componentes curriculares pensados, aqui vale sua criatividade. Crie a partir do que já foi trabalhado, ou se preferir faça uma introdução de conteúdos lançando mão da mesma, solicite informações sobre o novo tema. Altere o nome do jogo conforme o conteúdo a ser trabalhado, por exemplo, de for de Português: Qual é a palavra?

Sugestão de registros em cadernos

Após a realização da atividade, sugerimos registrá-la no caderno específico do componente curricular trabalhado. Sugerimos que se escreva no caderno de Matemática o nome do jogo, os objetivos propostos e os nomes dos elementos da equipe. Em seguida elabore exercícios na lousa para que todos/as alunos/as os façam, independente da equipe da qual faziam parte. Por exemplo, peça que: resolvam algumas operações ditadas; registrem a quantidade de pontos que cada equipe fez; registrem a diferença de pontos entre uma e outra equipe, escreveram por extenso alguns números formados; decomponham ou componham números.
Registre também a opinião da criança sobre a atividade.

Qual é o resultado1

                                                       Foto 1

Qual é o resultado2

                                                    Foto 2


Fotos 1 e 2 - Jogo Qual é o Resultado. Realizado em 2007 com alunos/as com alunos/as da 2ª série (atual 3º ano do Ensino Fundamental de 9 anos) da Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia (ESEBA)- Professora Eliana Aparecida Carleto.

Fonte: Acervo da autora

Avaliação

Professor/a solicite que os diferentes grupos escrevam uma única palavra, usando fichas como as utilizadas no jogo, representando o que acharam da atividade realizada.

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 2 classificações

  • Cinco estrelas 2/2 - 100%
  • Quatro estrelas 0/2 - 0%
  • Três estrelas 0/2 - 0%
  • Duas estrelas 0/2 - 0%
  • Uma estrela 0/2 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Edna Pereira Silva, EE Francisco Roswell Freire , São Paulo - disse:
    ednaps38@yahoo.com.br

    16/03/2011

    Cinco estrelas

    Caro colegas, Parabéns,vou fazer um quiz com os meus alunos e essa atividade é exatamente o que eu precisava,amei. Obrigada Edna


  • elida gervasio diniz, Universidade Federal de Uberlândia , Minas Gerais - disse:
    elidadiniz@eseba.ufu.br

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Achei a aula espatacular. É uma atividade que podera ser utilizada em diferentes componentes curriculares.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.