Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Tarsila do Amaral: Abacuru??? Não! Abaporu!

 

24/08/2009

Autor e Coautor(es)
Dominique Cristina Souza de Sena
imagem do usuário

NATAL - RN NUCLEO EDUCACIONAL INFANTIL - NEI

Nayde Solange Garcia Fonseca

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Educação Infantil Linguagem oral e escrita Práticas de escrita
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Conhecer e apreciar as obras de Tarsila do Amaral;

Fazer leitura das obras e conhecer outras formas de representação da figura humana

Duração das atividades
A atividade deve ser dividida em diferentes momentos com duração de 15 a 20 minutos cada.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Observação, análise e apreciação de imagens.

Estratégias e recursos da aula
           

Atividade 1 – Conhecer a obra de Tarsila do Amaral - Abaporu

1° Momento: A partir da exposição de algumas obras de Tarsila do Amaral no painel da sala para apreciação das crianças, o(a) professor(a) deve eleger com as crianças uma obra para ser apreciada, estudada, analisada e discutida. Assim, ele(a) questiona:

Observação: Nesse caso a obra selecionada pelas crianças foi o Abaporu.

  • Qual o nome da obra?
  • O que você vê nessa imagem?
  • Onde o personagem da obra se encontra?
  • O que parece estar fazendo?
  • É um homem ou uma mulher?
  • Está vestida ou está sem roupa?
  • Parece com o quê?
  • Está sentada ou está em pé?
  • Como são as cores da pintura?
  • Como são as formas (arredondadas, retas, macias, alongadas, etc)?
  • Essa pessoa está triste ou alegre?
  • Quais outros elementos existem na obra?
  • Qual a sensação que a obra traz?

Sugestão: O(a) professor(a) pode explicar que o nome ABAPORU é um nome da língua tupi-guarani e significa “homem que come carne humana”.

2º Momento: A partir dos relatos e da observação feitas pelas crianças, o(a) professor(a) sugere uma releitura da obra Abaporu. Para realizar essa atividade o(a) professor(a) pode explicar as crianças que elas observem a obra e vejam as cores utilizadas pela pintora, evidenciando os elementos das artes visuais (cor, linha e forma)

Obs: Cada criança poderá escolher a cor que quiser para realizar sua pintura.


1º passo: O(a) professor(a) dá uma folha em branco A4 peso 40 e oferece tintas guache de cores variadas para que as crianças pintem o fundo do quadro.

tarsila - Abaporu

Figura 1 - Obra de Tarsila do Amaral - ABAPORU

2º passo: Após a secagem da pintura, o (a) professor (a) pode orientar a atividade explicando que elas irão desenhar com lápis grafite (lapiseira) os elementos que elas viram ou apontaram na obra de Abaporu, ex: Pé grande e gordo; braço longo; cabeça pequena; expressão facial; o “morro” ou a grama; o mandacaru ou cacto; o sol ou a laranja. Após o desenho realizado, o (a) professor(a) explica que eles poderão pintar com giz de cera ou outro material o que desenharam, percebendo as linhas, as cores e as formas.

3º Momento: Para finalizar a atividade, o (a) professor pode combinar com as crianças de realizar uma exposição no mural da escola com as obras produzidas, convidando a comunidade escolar e os pais para apreciarem. 

undefined

Figura 2 - Exemplo de uma obra produzida pela criança com análise da obra de Tarsila " Abaporu"

Recursos Complementares

Papel A4 peso 40;

Tinta guache;

Giz de cera;

Lápis grafite ou lapiseira.

Avaliação

Avaliar se as crianças:

a) apreciaram e observaram os elementos que constitui a obra de Tarsila do Amaral.

b) apontaram os elementos das artes visuais das obras.

c) utilizaram diferentes técnicas para a produção de suas obras.

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 1 classificações

  • Cinco estrelas 1/1 - 100%
  • Quatro estrelas 0/1 - 0%
  • Três estrelas 0/1 - 0%
  • Duas estrelas 0/1 - 0%
  • Uma estrela 0/1 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.