Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Calor e sua propagação - Processos de propagação do calor.

 

03/01/2012

Autor e Coautor(es)

Edson Luis Nunes,Daniel Rodrigues Ventura,Isnard Domingos Ferraz,José Ângelo de Faria.

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Médio Física Calor, ambiente e usos de energia
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Entender que o calor é energia térmica em trânsito, e como tal, saber diferenciar os processos de propagação de calor.

Duração das atividades
Uma aula de 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Definição de energia térmica e de calor.

Estratégias e recursos da aula

Faça aos alunos as seguintes perguntas:

1) você já observou que dispositivos de refrigeração (ar condicionado, congelador da geladeira, etc.) ficam sempre localizados na parte superior do compartimento que precisa ser refrigerado. Mas, os dispositivos de aquecimento (aquecedor de ambiente, por exemplo) sempre ficam no chão?

2) você já observou que uma colher de madeira não possui um material diferente na sua extremidade por onde ela é segurada pela cozinheira. Já as colheres de materiais metálicos possuem esta proteção (geralmente de acrílico)?

3) você já percebeu, durante uma festa Junina, que, basta que você se aproxime da fogueira, sem entrar em contato as chamas, que você já começa a ser aquecido por ela? E o Sol, porque, apesar de tão longe, ele consegue nos aquecer tanto?

 

 

Estimule os alunos a discutirem cada uma destas observações e procurarem a resposta usando apenas o conhecimento informal que já possuem sobre a propagação de calor. Depois, proponha a comparação de cada uma destas observações por intermédio da comparação entre as respostas sugeridas por eles mesmos. Sugira, após algum tempo de discussão, que todos são processos de propagação de calor mas que acontecem em situações diferente e então peça aos alunos para tentarem descobrir o porque destas diferenças.

 

 

 

 

Sugestão 1: leve para a sala de aula o experimento ilustrado na Figura 1. Após alguns minutos da discussão gerada pelas perguntas anteriores realize a experiência, que nada mais é que uma barra de ferro com quatro tachinhas equi-espaçadas (5 cm uma da outra) fixadas nela, pela cabeça, usando parafina derretida de vela. Aqueça um dos lados e mostre que elas cairão em sequência. Explique e defina então o Processo de Propagação de Calor por Condução.

 

 

 

Questione agora qual das 3 perguntas anteriores pode ser explicada por este processo.

A2_F1_Progapacao_calor_conducao.png

(imagem de autoria pessoal)

 

 

 

A2_F2_Progapacao_calor_conveccao.png

(imagem de autoria pessoal)

 

Sugestão 2: apresente simultaneamente para os alunos agora as Figuras 2 e 3, que ilustram os Proce ssos de Propagação de Calor por Convecção e por Radiação. Explique-os. Diferencie então os 3 processos, mas, deixando claro que, a radiação é único dos 3 processos em que o calor não necessita de um mei o para se propagar (ocorre no vácuo).

A2_F3_Progapacao_calor_radiacao.png

(imagem de autoria pessoal)

Questione agora qual das 3 perguntas anteriores pode ser explicada por estes outros dois processos apresentados.

 

Calor e temperatura  - http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnica.html?id=15019

Recursos Complementares

UFRJ: Processos de propagação do calor: http://www.if.ufrj.br/teaching/fis2/calor/conducao.html

Nova Física: O cálculo do Fluxo de Calor no processo de propagação do calor: http://www.novafisica.net/conteudo/cont-2-proc-termicos2.htm

 

NEWTON, V.B; HELOU, R.D.; GUALTER, J.B. Tópicos de Física 2 – Termologia, Ondulatória e Óptica. São Paulo: Editora  Saraiva, Vol. 2, 448p., 18a ed., 2007.

Avaliação

Elabore questões de ordem prática, que podem ser comparadas com situações reais do dia-a-dia, como por exemplo pedir para que expliquem porque o vento sopra da água do mar para a areia da praia durante o dia, e, ao contrário durante a noite. Outro bom exemplo seria questionar o que aconteceria, em termos de eficiência no processo de refrigeração, se o congelador de uma geladeira doméstica fosse colocado na parte inferior do aparelho.

Opinião de quem acessou

Três estrelas 4 classificações

  • Cinco estrelas 1/4 - 25%
  • Quatro estrelas 2/4 - 50%
  • Três estrelas 0/4 - 0%
  • Duas estrelas 0/4 - 0%
  • Uma estrela 1/4 - 25%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Emanuel Batista da Silva, MARIA JUDITA SAVIOLI DE OLIVEIRA , São Paulo - disse:
    emanuel_batista@ig.com.br

    01/08/2013

    Quatro estrelas

    muito boa !!! a aula fica interessante e consigo prender a atenção dos alunos. Porem para esse tópico utilizei 2 aulas. parabéns


  • odenilson jose de medeiros azevedo, SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE CAMPINA GRANDE , Paraíba - disse:
    odenilsonmedeiros@gmail.com

    29/02/2012

    Cinco estrelas

    AULAS MINISTRADAS COM ATIVIDADES PRÁTICAS FACILITAM O APRENDIZADO E PROPORCIONAM BEM ESTAR AOS ALUNOS QUE INTERAGEM POSITIVAMENTE COM A DISCIPLINA E O PROFESSOR.


  • cidinaria, colegio cenecista , Alagoas - disse:
    cidinaria@gmail.com

    28/04/2011

    Uma estrela

    maravilhosa muito boa mesmo a aula


  • Alessandra Aparecida de Oliveira, MARIA AP M DE S PEREIRA C E PROFA E F M , Paraná - disse:
    alegeoli@gmail.com

    15/10/2010

    Quatro estrelas

    GOSTARIA DE COMPARTILHAR QUE JÁ FIZ ESTE EXPERIMENTO COM PERCEVEJO E UMA BARRA DE FERRO, ESQUENTANDO O MESMO EM UM FOGAREIRO E DEU CERTO,OS ALUNOS ENTENDERAM O CONCEITO DE CONDUÇÃO, E ALÉM DISSO USEI COMO EXEMPLO AS COLHERES QUE USAMOS PARA MEXER AS PANELAS, ELAS ESQUENTAM QUANDO DEIXAMOS DENTRO DA PANELA E POR CONSEQUÊNCIA QUEIMA A MÃO.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.