Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


As palavras e seus significados: estudando a polissemia

 

27/11/2009

Autor e Coautor(es)
Igor Caixeta Trindade Guimarães
imagem do usuário

BELO HORIZONTE - MG ESCOLA DE EDUCACAO BASICA E PROFISSIONAL DA UFMG - CENTRO PEDAGOGICO

Prof. Luiz Prazeres

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Final Língua Portuguesa Análise linguística: léxico e redes semânticas
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Nesta sequência didática, o aluno poderá adquirir a habilidade de reconhecer os múltiplos sentidos que as palavras possuem, haja vista as variedades contextuais de seu uso e a evolução de seu sentido ao longo do tempo.

Duração das atividades
Aproximadamente, três aulas de 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

É necessário, apenas, que os alunos tenham uma noção sobre a importância do contexto na interpretação de textos, bem como na atribuição de sentido às palavras, uma vez que o sentido que as palavras possam vir a ter são construídos pelo leitor com base em seus conhecimentos prévios, aplicados na interação com o texto.

Estratégias e recursos da aula

ATIVIDADE 1

Inicialmente, sugerimos que o professor apresente o conjunto de frases a seguir, em que uma mesma palavra ocorre repetidas vezes, com sentidos diversos. Os alunos, intuitivamente, saberão reconhecer cada sentido específico. O professor deverá apresentar-lhes as frases e pedir a eles que digam o que cada palavra destacada quer dizer. As respostas esperadas estão ao lado de cada frase, entre parênteses.

1. A costureira não mais conseguia enfiar a linha na agulha. (linha= material de espessura fina que serve para costurar)
2. As linhas do metrô foram desviadas por causa das obras. (linhas = trilhos)
3. O cantor, apesar de vaiado, não perdeu a linha. (linha = postura, classe)
5. Não consigo acompanhar sua linha de raciocínio. (linha = progressão, desenvolvimento)
6. Aquele antigo carro saiu de linha há muitos anos. (linha= fabricação em série)
7. Ele nunca tinha ouvido o canto do Bem-te-vi. (canto = ato de cantar)
8. No canto da sala há uma lixeira. (canto = ponto ou lugar em que dois lados se encontram; esquina.)
9. Esperamos o bom tempo para poderemos colher as frutas. (colher = tirar, separar, apanhar)
10. Colher é um utensílio culinário utilizado na alimentação. (colher = objeto)
11. Rio sempre quando você me conta essa piada. (rio = ato de rir)
12. O rio Amazonas é o maior do mundo em extensão. (rio = corrente contínua de água)

Após essa atividade introdutória, em que o professor despertará a intuição linguística dos alunos sobre a significação das palavras, os alunos serão capazes de perceber que um mesmo vocábulo pode possuir significados diversos. Nesse contexto, o professor deverá mostrar a eles como um dicionário registra as diferentes conotações de cada palavra, numerando-as. Vemos dois exemplos a seguir, retirados do Michaelis – Moderno Dicionário da Língua Portuguesa, versão online.

Terra
ter.ra
sf (lat terra) 1 O planeta em que habitamos. 2 A parte sólida desse planeta, não ocupada pelo mar. 3 A superfície da parte sólida do mesmo planeta, onde crescem os vegetais. 4 Solo, chão. 5 Terra solta, pó, poeira. 6 Lugar ou localidade onde se nasceu ou onde se habita. 7 Povoação, localidade, cidade, vila ou aldeia. 8 Campo, terreno, planície. 9 Domínio, propriedade, fazenda, herdade.

FONTE: www.michaelis.uol.com.br

Acordara.cor.dar
(lat accordare) vtd, vti e vint 1 Despertar alguém, interrompendo-lhe o sono: O toque de alvorada não acordou o soldado. Acordara de um sonho luminoso. Você acordou sobressaltado. vtd e vti 2 Animar, avivar, excitar: A música acorda os sentimentos. "A fragilidade dos meios de resistência de um povo acorda nos vizinhos mais benévolos veleidades inopinadas" (Rui Barbosa). vtd e vpr 3 Lembrar(-se), trazer à memória: Estas serras acordam minha infância. Acordar-se de velhas mágoas. vtd e vti 4 Ajustar, combinar, concertar: "Acordaram deferir o diadema ao que mais justo fosse" (Mário Barreto). Acordaram eles em repartir os lucros do negócio. vtd 5 Afinar, pôr em harmonia ou consonância (instrumentos). vti 6 Recobrar os sentidos, volta r a si: Ele agora ac orda do seu habitual l etargo. vtd 7 Acomodar , conciliar: "Acorda r o texto com o pens amento" (Rui B arbosa). vpr 8 Harmonizar-se , reconciliar-se, pô r-se de acordo: Intr ansigentes ambos, não se podiam acordar. A ntôn: desacordar, ad ormecer, desafinar, desconcertar, discorda r, divergir.

FONTE: www.michaelis.uol.com.br


Se for necessário, o professor pode apresentar outros exemplos de verbetes de dicionários e fazer uma breve explicação sobre eles.  A respeito dos verbetes apresentados anteriormente, é importante que o professor faça a seguinte análise junto com os alunos

1ª) Observe os significados da palavra “terra”. É correto afirmar que eles têm algo em comum entre si? Justifique.

2ª) Observe, agora, os significados de “acordar”. É correto afirmar que eles têm algo em comum entre si? Justifique.

ATIVIDADE 2

Apresentamos, a seguir, uma matéria publicada pela revista Língua Portuguesa, que trata da origem de algumas palavras. O professor deverá pedir que os alunos a leiam e, em seguida, respondam às questões propostas.

                                                                                TEXTO I

Observação: Professor, faça o download deste texto, para visualisá-lo corretamente, no seguinte endereço:

http://sites.google.com/site/centropedagogicoufmg/lingua-portuguesa-2/edna-magalhaes  - O nome do arquivo é "Texto 1- aula de polissemia".

1) Após ler o texto da reportagem, responda: o que significa dizer que “as palavras têm história”? Fundamente sua resposta fazendo referência a exemplos do texto.


2) Segundo o texto, é correto interpretar que os significados que uma palavra adquire ao longo do tempo são previsíveis? Por quê?

3) Reflita sobre a seguinte questão: será que um dicionário consegue sempre registrar todos os significados de uma mesma palavra? Dê sua opinião.

                                                                                   TEXTO II


4) Explique os dois sentidos que a palavra “curta” possui nessa propaganda.
5) Qual desses sentidos tem maior relação com o objetivo, da propaganda, de anunciar o produto? Justifique sua resposta.

 TEXTO III

6) Esse texto, pu blicado em época de eleições, é construído tendo com o base a oposiçã o das palavras limpo e sujo. Qual é o significado usual d essas palavras?
7) Es sas mesmas palavras tê m um outro sentido em contexto político. Que sentido é esse?
8) Sabendo-se que, em época de eleições, é comum serem espalhadas grandes quantidades de panfletos, cartazes e santinhos pela cidade, o que significa a frase “Candidato limpo respeita a cidade”?

 & nbsp;                                                                 TEXTO IV

9) Lendo-se apenas o primeiro quadrinho da tirinha, que significado possui a expressão “Abaixo o rei, abaixo o rei! ?
10) Esse significado se conserva após a leitura do segundo quadrinho? Por quê?


TEXTO V

11) Explique por que o gato Garfield, personagem da tirinha, afirma que se recusa a participar da conversa dos outros dois personagens.

TEXTO VI

Observe, a seguir, uma propaganda da cola Super Bonder.

12) O texto faz referência implícita a dois tipos de cola. Identifique-os.

13) Segundo o texto, qual é a cola que funciona?

A partir das atividades desenvolvidas, os alunos terão adquirido noções razoáveis sobre a polissemia das palavras. Para concluir esta aula, sugerimos que o professor inic ie a seguinte discussão com os alunos:

Qual a importância do contexto na definição dos significados das palavras?

Recursos Complementares

Professor, sugerimos que você mostre este aos alunos, como forma  de complementar o estudo da polissemia:

http://www.youtube.com/watch?v=Lhkh8CwRJA8

Avaliação

Como avaliação, propomos duas atividades, sendo uma delas de interpretação e a outra de produção de texto.

Observação: Professor, faça o download dos textos da avaliação no seguinte endereço:

http://sites.google.com/site/centropedagogicoufmg/lingua-portuguesa-2/edna-magalhaes -

Procure pelo arquivo "Aula Polissemia - Textos para a avaliação".

ATIVIDADE I

Leia os textos a seguir e responda às questões propostas:

TEXTO I

1) Quais elementos do texto indicam humor?
2) Por que o vendedor foi chamado de “cuco”?

TEXTO II

3) O que o funcionário quis dizer quando afirmou “o senhor me desculpe”?
4) Como o patrão interpretou a fala do funcionário?

ATIVIDADE II

O texto que segue é a segunda parte da matéria da revista Língua Portuguesa que apresentamos no desenvolvimento da aula. Esse texto trata da origem de algumas palavras. Sugerimos que os alunos o leiam e, em seguida, façam a atividade proposta a seguir.

TEXTO III

Você acabou de estudar a polissemia das palavras (“poli” = muitos; “semia”= sentidos). Escreva um texto de 08 linhas explicando o que é “polissemia”. Fundamente sua explicação com base nos exemplos e nas ideias presentes nessa matéria. Você pode, também, utilizar outros exemplos que você conhece.

Após ler as produções textuais dos alunos, sugerimos que o professor escreva um segundo texto, junto com a turma, tratando novamente do conceito de “polissemia”. Deverá considerar os seguintes aspectos:

a) As palavras possuem história e seu sentido evolui com o tempo.
b) As palavras possuem sentido literal e sentido figurado, de acordo com seu contexto de uso.
c) O dicionário procura registrar os vários sentidos de uma mesma palavra. No entanto, como a língua é dinâmica, nada impede que novos usos surjam com o tempo.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 7 classificações

  • Cinco estrelas 5/7 - 71.43%
  • Quatro estrelas 1/7 - 14.29%
  • Três estrelas 1/7 - 14.29%
  • Duas estrelas 0/7 - 0%
  • Uma estrela 0/7 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.