Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Trabalhando com parlendas

 

19/10/2009

Autor e Coautor(es)
Ana Beatriz Gama da Mota
imagem do usuário

JUIZ DE FORA - MG COL DE APLICACAO JOAO XXIII

Andréa Vassalo Fagundes

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: gêneros discursivos
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Reconhecer o gênero textual parlenda, explorando a linguagem oral.

Associar a linguagem oral ao código escrito.

Identificar palavras que rimam.

Duração das atividades
2 aulas de 50 minutos (aproximadamente)
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

É necessário que os alunos já tenham tido contato com o gênero parlendas, mesmo sendo de forma oral.

Estratégias e recursos da aula

1. Explicar aos alunos que parlendas são jogos de linguagem muito antigos, que passam de pai para filho e servem para escolher quem começa um jogo, ou para fazer uma piada. 

2. Escrever numa folha de papel pardo ou cartolina  a seguinte parlenda que poderá sewr colada no quadro: 

O tempo perguntou pro tempo

quanto tempo o tempo tem.

O tempo respondeu pro tempo

que o tempo tem tanto tempo

quanto tempo o tempo tem.

                                Ciça.  O livro do trava-lingua.

                     Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986.

3. A seguir, pedir aos alunos que façam a leitura da parlenda junto com o professor.

* Professor: Faça uma leitura prévia, modelar, para que os alunos percebam a entonação, a sonoridade, a musicalidade, solicitando que tentem, posteriormente, acompanhar a leitura.

* Organizar um momento para que os alunos falem as parlendas que conhecem.

4. Questionar oralmente:

* Vocês conhecem outras parlendas? Quais?

5. A seguir, apresentar outra parlenda com algumas palavras faltando, numa folha,  pedindo que a leiam junto com o professor.

6. Entregar, numa folha separada, as palavras que faltam na parlenda e pedir aos alunos que a completem, recortando as palavras e colando-as no lugar certo.

 Complete a parlenda com a seguintes palavras.

JARRO     BURACO     MUNDO     OURO     CACHIMBO     TOURO     GENTE

Hoje é

é domingo

Hoje é domingo,

pé de _____________.

O_________________ é de barro,

bate no _____________________.

O jarro é de _________________,

bate no touro.

O __________ é valente,

chifra a gente.

A __________ é fraco,

cai no _____________.

O buraco é fundo,

acabou-se o ___________.

                                    Da tradição popular.

                                    Adriana Friedmann. Brincar: crescer e aprender. São Paulo: Moderna, 2001. p. 103-104.

* Entregar outra folha contendo outras parlendas e pedir aos alunos que, em duplas, a completem com palavras que tenham sons repetidos.

Ex: O carro é de prata

     e não é de lata

Professor: O conceito de rima é muito complexo nesse nível de aprendizagem, porém, a percepção de semelhança de sons já é suficiente e muito en riquecedor para o pr ocesso de aquisição do código escrito.

Sugestões de parlendas

Quem cochicha o rabo espicha

Quem cochicha

O rabo ______________

Come pão

Com ________________

Quem escuta

O rabo______________

Quem reclama

O rabo _____________

Come pão

Com _______________

               Da tradição popular.

Batalhão, lhão, lhão

Quem não entra é bobão!

Beterraba, raba, raba

Quem erra é uma __________________!

Abacaxi, xi, xi

Quem não sai é um _________________!

Borboleta, leta, leta

Quem errar é uma __________________!

                                   Da tradição popular

* É importante propor uma discussão oral, levando-se em conta as hipóteses dos alunos. Explicar que quando duas ou mais palavras apresentam  o mesmo som final, ocorre a rima. Geralmente, textos poéticos, canções e quadrinhas apresentam rimas.

* É importante que, ao final de todas as atividades, sejam feitas as leituras das parlendas pelos alunos, para que aprendam a sonoridade, o ritmo, a expressividade desse gênero textual, assim como percebam a forma de ler os versos.

Avaliação

Distribuir uma parlenda para grupos de três alunos. Procurar diversificar o maior número possível de parlendas. (alguns exemplos)

1. Lá em cima do piano

   tem um copo de veneno,

  quem bebeu morreu.

   O azar foi seu.

2. Batatinha quando nasce

   Se esparrama pelo chão.

   A menina quando dorme

   Põe a mão no coração.

3. Pisei na pedrinha

    A pedrinha rolou.

    Pisquei pro mocinho

    O mocinho gostou.

    Contei pra mamãe

    Mamãe nem ligou

    Contei pro papai

    Chinelo cantou.

4. O macaco foi à feira

    Não sabia o que comprar

    Comprou uma cadeira

    Pra comadre se sentar

    A comadre se sentou

    A cadeira escorregou

    coitada da comadre

    foi parar no corredor.

5. Meio dia,

   Panela no fogo,

   Barriga vazia.

   Macaco torrado,

   Que vem da Bahia,

   Fazendo careta,

   Pra dona Sofia.

Pedir que leiam, silenciosamente, e tentem decorar para ser recitada à frente da sala de aula.

Para facilitar a memorização, cada aluno deverá colar a parlenda no caderno e copiá-la com letra cursiva.

Após um tempo estipulado (cerca de 15 minutos) chamar as crianças à frente para recitarem a parlenda.

O grupo, em seguida, deverá explicar o que a parlenda quis dizer.

Nesse momento o professor avaliará:

a capacidade de memorização do aluno;

a entonação dada ao recitar;

a compreensão sobre a parlenda;

a capacidade de se expressar oralmente .

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 1 classificações

  • Cinco estrelas 1/1 - 100%
  • Quatro estrelas 0/1 - 0%
  • Três estrelas 0/1 - 0%
  • Duas estrelas 0/1 - 0%
  • Uma estrela 0/1 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.