Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Narração: tipos de discurso

 

21/11/2009

Autor e Coautor(es)
Lazuita Goretti de Oliveira
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Eliana Dias

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Educação de Jovens e Adultos - 2º ciclo Língua Portuguesa Linguagem escrita: leitura e produção de textos
Ensino Fundamental Final Língua Portuguesa Análise linguística: modos de organização dos discursos
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
  • Reconhecer os tipos de discurso das personagens em um texto narrativo: direto e indireto;
  • relacionar a escolha do discurso direto ou indireto à perspectiva de locução assumida pelo narrador;
  • reconhecer as variações de sentido decorrentes do tipo de discurso escolhido para apresentar a fala.
  • produzir um texto narrativo empregando os doi tipos de discurso: direto e indireto.
Duração das atividades
4 aulas de 50 minutos cada
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
  • Conhecer a estrutura básica da narrativa;
  • conhecer modos e tempos verbais;
  • demonstrar habilidades básicas de leitura: realizar inferências e estabelecer relação entre texto e contexto.
Estratégias e recursos da aula
  • utilização do laboratório de informática;
  • uso de tirinhas do Calvin, veiculadas na internet.

Aula 1

Atividade 1

A temática a ser trabalhada nessa aula trata-se dos diferentes tipos de discurso na narrativa: direto e indireto.

Na narração, existem três formas de apresentar a fala (discurso) dos personagens: o discurso direto, o discurso indireto e o discurso indireto livre. A questão da escolha do tipo de discurso está ligada ao modo como o narrador se posiciona no texto, isto é, de acordo com sua perspectiva de locução.


Atividade 1

Para motivar os alunos a respeito da temática, o professor deverá reproduzir e entregar a eles cópias das duas tirinhas do Calvin apresentadas abaixo.

Tirinha 1

Disponível no site:

http://revistaescola.abril.com.br/img/geral/219-em-dia-calvin.gif

Tirinha 2

Disponível no site:

http://2.bp.blogspot.com/_b6VNK-f1fKQ/Saw_Xgm1qaI/AAAAAAAAAFo/cYiSU1R7gAE/S1600-R/calvin-inseto.gif

O professor deverá fazer, oralmente, a seguinte exploração sobre as tirinhas do Calvin:

1. A escolha de um tipo de discurso ou de outro depende do tipo de texto que se produz e a finalidade que o autor tem em vista.
Nas Histórias em Quadrinhos, tiras e charges, predomina o emprego do discurso direto, principalmente, porque não há a presença do narrador. Nesse caso, o discurso direto torna a narração mais dinâmica, mais viva, mais intensa, associada sempre à linguagem não-verbal.

Observe as tirinhas 1 e 2 do Calvin:

a. Em qual delas, a personagem Calvin assume outra identidade, falando em terceira pessoa? Nesse caso, o discurso é direto ou indireto?
b. Já de início, o leitor percebe que Calvin está representando. Como isso é possível?
c. O que provoca o humor na tira?

2. Conte com suas palavras o que aconteceu na tirinha1.
a. Em relação à linguagem, qual a mudança ocorrida com os verbos e com os pronomes? Explique.
b. Reescreva as falas do Calvin, na tirinha 2, passando do discurso indireto para o direto.

Aula 2

Atividade

O professor deverá levar os alunos ao laboratório de informática para, em dupla, realizarem uma pesquisa sobre tipos de discurso na narrativa: discurso direto e indireto. Sugerimos que o discurso indireto livre seja trabalhado posteriormente.

Disponíveis no site:

http://www.brasilescola.com/redacao/tipos-discurso-narrativa.htm

Aula 3

Atividade

Em sala de aula, o professor deverá reproduzir  o texto, “ Apenas uma luz”, de Elomar Nascimento  para os alunos e, em seguida, fazer a leitura oral do texto para eles.

Texto:

Apenas uma luz

__ Desde quando começaste a gostar de mim?

A cabeça apoiada em seu ombro, Mercedes, lábios entreabertos, sorri curiosa. Na casa imersa em silêncio, Antonio atiçando o fogo, res pondeu:
__ T inha doze anos, quando meus pais, deixando o Rio Grande, viemos para São Paulo. Aqui frequentei o liceu e me formei. Morávamos, então, num bairro tranquilo, de casas acolhedoras e jardins espaçosos. Todas as tardes, ao chegar do colégio, trepava na minha árvore preferida com meus livros de aventuras. Um dia, avistei um caminhão de mudanças estacionando em frente a uma das casas de dois andares, cujo jardim dos fundos limitava com o nosso. Que bom! Ia ter com quem jogar futebol! Os dias passavam e nada. (Nossos vizinhos eram recém-casados.) Me habituei a observá-los podando as roseiras, cuidando da grama, bem cortado e verde. Vez por outra, acenávamos de longe. Naquele ano, passamos os três meses de verão em Santos. Ao voltar, fiquei contente em revê-los, eu na minha árvore, eles em seu belo jardim. Acho que foi em julho: o vento já soprava fresco e por toda a parte um perfume de eucalipto. Estranhei vê-lo sozinho caminhando de um lado para outro a consultar o relógio que amiúde retirava do bolso. Algo o estava preocupando, e a mim também, pois já tinha lhe amizade. Era quase a hora do crepúsculo (me lembro como fosse hoje), os sinos iam dar as seis, quando ela, aparecendo de repente, cobriu-lhe os olhos com as mãos, surpreendendo-o. Subitamente, tomando-lhe as mãos, colocou-as sobre seu ventre. Entendi, então, entre os beijos e sorrisos te davam as boas-vindas. Sem saber, comecei a te querer bem desde aquele primeiro momento em que eras apenas uma luz nos olhos de teus pais.

NASCIMENTO, Nascimento. Conto das nove luas. Rio de Janeiro, Editora Nova Fronteira, de 1987.

Disponível no site:

http://eudesconexado.blogspot.com/2009/04/apenas-uma-luz.html

Questões sobre o texto:


1. Foco narrativo é a posição que o narrador assume, enquanto instância narrante ou voz que articula a narração, para contar a história. No texto, “Apenas uma luz”, como se classifica o narrador?

2. No discurso direto, a perspectiva do narrador é a do momento em que ocorreram os fatos que estão sendo narrados; o narrador repete a sua fala ou a da personagem no momento daquela enunciação (que é passado em relação ao tempo da enunciação em que se fala ou escreve).
Identifique no texto um exemplo de discurso direto e transcreva-o.

3. No diálogo direto é comum o uso de verbo dicendi (verbos de elocução ou da fala). Esse tipo de verbo expressa a idéia de dizer algo, isto é, indicam as ações que as personagens realizam pelo uso da linguagem, tais como: perguntar, responder, informar, retrucar,sugerir, etc.
Identifique um verbo dicendi, no texto e transcreva o trecho em que ele aparece.

4. Sinais de pontuação, como travessão ou aspas, são usados para separar a fala das personagens da narração da história; pontos de exclamação e de interrogação servem para dar uma idéia de atitude daqueles que falam.
Observe:
“Antonio, atiçando o fogo, respondeu:
__ Tinha doze anos, quando meus pais, deixando o Rio Grande, viemos para São Paulo.”
a. Reescreva esta passagem transformando o discurso direto em indireto, ou seja, elimine os diálogos reproduzindo o que a personagem disse.
b. Reescreva a passagem acima, mudando a posição do verbo dicendi, conforme o exemplo abaixo.

__ Não pisem no tapete __ a mãe gritou.

5. O texto apresenta a voz do narrador e a voz de duas personagens.
a. Em que tipo de discurso são reproduzidas as falas da personagem?
b. Nesse discurso quem são os locutores?

6.Veja agora outra forma, em discurso indireto, em que poderia estar a primeira fala da personagem:

Mercedes perguntou a Antônio desde quando ele começara a gostar dela.

a. Na passagem do discurso direto para o indireto, que alteração sofreu o verbo começar ?
b. O que a conteceu com os pronomes?

7. Na passagem do discurso direto para indireto ocorrem alterações importantes, por exemplo: verbos no presente do indicativo passam para o pretérito perfeito; pronomes de primeira pessoa são substituídos por pronomes de terceira pessoa e torna-se necessário o acréscimo de um novo verbo – chamado discendi - para introduzir a fala do locutor.

Qual é a forma de tratamento usada pelas personagens? Comprove sua resposta com passagens do texto.

8. Na narrativa, quando, para esclarecer alguns fatos, o narrador volta no tempo, dá-se o nome de retrospecção.
Pode-se dizer que, nesse texto, o narrador –personagem faz uma retrospecção? Qual? Explique.


Aula 4

Atividade

Produção de texto

O professor deverá apresentar aos alunos a seguinte proposta de produção de texto:

Coloque-se na posição de narrador e conte fatos ligados à sua vida os quais foram vividos com muita emoção. A narrativa deve ser feita em primeira pessoa. Procure empregar os dois tipos de discurso.

Seu texto será lido em sala de aula, portanto, o professor e seus colegas serão seus interlocutores

Avaliação

Em relação à produção de texto, os alunos serão avaliados, considerando o atendimento à proposta, qual seja: criar uma narrativa procurando empregar os dois tipos de discursos - direto e indireto. A avaliação, no geral, dar-se-á de forma processual, isto é, em todos os momentos em que os alunos estiverem participando das discussões propostas e, individualmente, por meio da realização das diferentes atividades escritas.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 4 classificações

  • Cinco estrelas 2/4 - 50%
  • Quatro estrelas 2/4 - 50%
  • Três estrelas 0/4 - 0%
  • Duas estrelas 0/4 - 0%
  • Uma estrela 0/4 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Cristiana Versiani, Escola Estadual de Itinga , Minas Gerais - disse:
    kikateacher@hotmail.com

    02/03/2013

    Cinco estrelas

    Adorei a sugestão de aula, uma ótima ideia para eu trabalhar em uma turma de PAV onde a desmotivação é constante e a indisciplina também.


  • Letícia Tupper, Colégio Qi , Rio de Janeiro - disse:
    lettupper@yahoo.com.br

    25/04/2012

    Cinco estrelas

    Muita boa as questões. Vou usá-las com minhas turminhas de 6º ano semana que vem.


  • ana, belo horizonte , São Paulo - disse:
    aninha94@hotmail.com

    24/11/2011

    Quatro estrelas

    Voce poderia por uma atividade online para as criancas entrarem mas adorei o site


  • Tati Ribeiro Margerum, Escola Construindo o Futuro , Paraná - disse:
    tatilletras@yahoo.com.br

    23/11/2010

    Quatro estrelas

    Gostei muito das atividades, principalmente das tiras, mas acho que as respostas poderiam vir anexadas para eventuais dúvidas.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.