Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


(RE)CRIANDO HISTÓRIA EM QUADRINHOS

 

29/11/2009

Autor e Coautor(es)
DENIZE DONIZETE CAMPOS RIZZOTTO
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Ana Maria Ferola da Silva Nunes, Eliana Aparecida Carleto, Luciana Soares Muniz, Patrícia Carvalho Pacheco

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: prática de produção de textos
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Esta atividade possibilitará ao/à aluno/a:
- Identificar a linguagem e a estrutura das histórias em quadrinhos.
- Criar e/ou (re)criar uma história em quadrinhos utilizando os recursos de linguagem desta modalidade.
- Localizar as diferenças dialetais da linguagem padrão ou da norma padrão.
- Enriquecer seu vocabulário por meio da linguagem oral e escrita.
- Trabalhar a estrutura textual (inicio, meio e fim).

Duração das atividades
Aproximadamente 240 minutos - Quatro (4) aulas de 60 minutos cada uma
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Professor/a é importante dialogar com os/as alunos/as e resgatar o que eles/as sabem sobre a linguagem de quadrinhos. Mas, faça isso depois de explorar a “Caixa Surpresa”. Aproveite o momento da rodinha, organize a sala; afaste as carteiras e solicite que todos/as façam uma roda e assentem-se no chão. Inicie perguntando-lhes quais gibis eles/as conhecem e como os personagens se comunicam nos gibis.

Estratégias e recursos da aula

Aula interativa.
Professor/a você vai precisar de:
- gibis usados, ou novos;
- folhas de papel em branco;
- tesouras e colas.

1ª aula -  Duas (2) aulas de aproximadamente 60 minutos cada uma

  Figura: fonte www.unioeste.br/.projeto/c_letras/educar

 O trabalho com gibis motiva os/as alunos/as a criarem, a serem autores. Por meio de uma linguagem lúdica eles/as têm a possibilidade de fantasiar, de dar vida a seus personagens e de estruturar seu pensamento.

Professor/a para conhecer mais sobre o personagem “Chico Bento, sugerido para essa aula, consulte o sítio:

http://www.amigosdolivro.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=3236  

CHICO BENTO: das histórias em quadrinhos para a vida - por Sandra Regina Nóia Mina
Através de uma linguagem interativa e feita para todas as idades, os gibis do Chico Bento retratam a história do inocente menino do campo, que fala errado (de acordo com a Gramática Normativa), tem amigos na roça em que vive e um primo para caracterizar as diferenças entre campo/cidade.

Chico Bento, morador de Vila Abobrinha, é um personagem fictício, construído a partir da biografia de Mauricio de Sousa, que o espelhou em um tio-avô. Não somente Chico, mas sua Vó (Vó Dita) também faz parte dessa biografia do autor, uma vez que essa lhe contava várias histórias que por ele foram publicadas.
Professor/a veja a seguir algumas informações importantes sobre as diferenças dialetais retiradas do sítio: http://www.klickeducacao.com.br/2006/materia/21/display/0,5912,-21-98-861-,00.html

 
1. Língua e fala


A língua, segundo o linguista Ferdinand de Saussure, “é a parte social da linguagem”, isto é, ela pertence a uma comunidade, a um grupo social – a língua portuguesa, a língua chinesa. A fala é individual, diz respeito ao uso que cada falante faz da língua. Nem a língua nem a fala são imutáveis. Uma língua evolui, transformando-se foneticamente, adquirindo novas palavras, rejeitando outras. A fala do indivíduo modifica-se de acordo com sua história pessoal, suas intenções e sua maior ou menor aquisição de conhecimentos.

2-Variedades geográficas ou diatópicas

São as variantes de uma mesma língua que identificam o falante com sua origem tradicional. Podemos distinguir entre elas dialetos variantes da língua comum utilizados num espaço geográfico delimitado. O dialeto é o resultado da transformação regional de uma língua nacional (o idioma).

MOTIVANDO OS ALUNOS


Professor/a prepare uma Caixa Surpresa.
1º momento: pegue uma caixa de papelão, destas que são descartadas em supermercados, encape com papel de presente e coloque dentro dela alguns gibis; novos ou usados.


2º momento: leve para a sala e crie um suspense: será o que tem dentro desta caixa? Espere que falem e diga que esta é uma caixa mágica, que tem algo muito interessante...
Depois de explorar a caixa, organize os/as alunos/as na rodinha, abra e apresente qual é a surpresa. Aproveite este momento para sondar quais são os conhecimentos prévios que os/as alunos/as têm sobre a linguagem de quadrinhos. Inicie perguntando-lhes quais gibis eles/as conhecem e como os personagens se comunicam nos gibis.

Explore com seus/suas alunos/as as tirinhas do Chico Bento. Distribua as tirinhas reproduzidas ou copie em um arquivo; CD ou pen drive, para isso acesse o sítio http://www.turmadamonica.com.br . Elas possibilitam uma análise do dialeto utilizado pelo personagem em contraposição com a linguagem formal.

Professor/a aproveite as tirinhas e discuta com seus/suas alunos/as o conteúdo de cada uma. A primeira tem uma mensagem importante. Questione-os/as sobre o motivo que levou o Chico Bento a plantar aquela árvore. Chame a atenção deles/as para o tipo de linguagem que os personagens utilizam.
- Este tipo de linguagem é utilizada na cidade?
- Será que todas as pessoas que moram em fazendas, na zona rural falam assim?
- Nós utilizamos esta linguagem para escrevermos uma carta?
Professor/a outra possibilidade é aproveitar este quadrinho e trabalhar uma produção de texto a partir dele. Após discutir com os alunos/as sobre a questão ambiental; a importância das árvores para nosso meio ambiente. Solicite que elaborem anúncios conscientizando as pessoas a não cortarem as árvores, assim você estará trabalhando não apenas a linguagem dos quadrinhos como também o conteúdo de ciências, a educação ambiental.
Organize uma exposição destes trabalhos, dê visibilidade a eles, socialize os resultados.

Outra sugestão de quadrinho que você poderá trabalhar:

Professor/a chame a atenção dos/as alunos/as para a forma dos balões quando o Chico Bento está falando.
- Por que os balões estão ondulados?
- O que isto significa?

produção de texto1  

TRABALHANDO EM GRUPO

 

Professor/a organize seus/suas alunos/as em grupos, mas lembre-se! Para isso é importante ter critérios, não os/as deixe se agruparem aleatoriamente, pois este é um importante momento de trocas. Procure colocar nos grupos alunos/as de diferentes níveis de desenvolvimento na leitura e escrita, assim um/a poderá auxiliar o/a outro/a.


1º - Faça grupos com 4 ou 5 alunos. Distribua gibis novos ou usados para eles/as e solicite que escolham uma história para ler.
2º - Depois de ler, cada um vai contar para o/a colega a história que leu. Aquele/a que tiver dificuldade poderá contar com a ajuda dos/as colegas/as.
3º - Solicite que descubram e recortem nos gibis os diferentes recursos que são utilizados nas histórias em quadrinhos: balões que indicam: grito, medo, sussurros (falando baixo), barulhos etc.

ALUNOS

          Foto 1                                                           Foto 2

Foto 1 e 2 – Alunos/as em grupo trabalhando com gibis. Escola de Educação Básica – ESEBA-UFU. Sala de 3º ano do Ensino Fundamental de 9 anos.

Fonte: Arquivo da autora.

4º - Distribua papel, tesoura e cola e peça que cada grupo monte um cartaz com os tipos de recursos que encontraram: balões, barulhos, sussurros, gritos etc. Oriente-os/as como deverão fazer o cartaz. Apresente um modelo de cabeçalho na lousa:

TITULO: PESQUISANDO A LINGUAGEM DOS QUADRINHOS.
GRUPO: (nomes dos/as alunos/as que pesquisaram)
TURMA:
PROFESSOR/A:

5º - Cada grupo escolhe um/a relator/a que irá a frente da sala apresentar e explicar o que encontraram. Estes cartazes serão expostos em um mural.

2ª aula – Duas (2) aulas de aproximadamente 60 minutos cada uma 


Professor/a retome o painel que os/as alunos/as fizeram na aula anterior e explore as descobertas que eles/as fizeram.
Organize-os/as novamente em grupos, se quiser este trabalho também poderá ser feito individualmente, porém o trabalho em grupo, apesar de ser mais trabalhoso, devido a organização das carteiras, possibilita mais trocas e desenvolve algumas habilidades sociais que são muito importantes, tais como: respeito ao outro, solidariedade, cooperação etc.

PRODUZINDO UMA HISTÓRIA

Professor/a:
- Motive os/as alunos/as dizendo que agora ele/as serão os/as autores/as. Para isso, distribua gibis usados e peça que observem alguns personagens e imaginem uma    história para eles. Os/as alunos/as poderão recortar dos gibis estes personagens ou até mesmo desenhar.
- Distribua: gibis usados, folhas de papel em branco, cola e tesoura.
- A história deverá ter um título, ter início, meio e fim.
- Depois que terminarem, poderão ir à frente da sala de aula para mostrar e contar sua história.
- Faça uma exposição das produções dos/as alunos/as no varal da sala.

Recursos Complementares

Os/as alunos/as podem pesquisar mais sobre histórias em quadrinhos no sítio http://divertudo.com.br/quadrinhos/quadrinhos.txt.html  
No sítio http://www.klickeducacao.com.br/2006/materia/21/display/0,5912,-21-98-861-,00.html  você vai conhecer mais sobre as diferenças dialetais.

Avaliação

Professor/a, a avaliação é uma importante etapa do trabalho. Exercite com seus/suas alunos/as a auto-avaliação, ou seja, eles/as irão avaliar a sua própria participação, envolvimento e aprendizagem com as atividades realizadas em grupos.
Veja uma sugestão de ficha:

FICHA DE AUTO-AVALIAÇÃO
Opine sobre sua participação no grupo e sua aprendizagem.
Nome da atividade que fizemos em grupo:_______________________________________
Como foi minha forma de participação? Consegui ajudar meu grupo atendendo as solicitações e também dando contribuições? ____________________________________
_________________________________________________________________________
Respeitei meus colegas de grupo?_____________________________________________
O que eu aprendi com esta atividade? _________________________________________

Professor/a registre em seu caderno de plano ou de relatórios o que percebeu ao observar o trabalho e a participação de seus/suas alunos/as. Eles/as conseguiram participar de todas as etapas? A metodologia que utilizou foi adequada? Eles/as apresentaram dificuldades para interagir nos grupos? Utilizaram os recursos da linguagem de quadrinhos ao elaborarem suas historinhas?

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 5 classificações

  • Cinco estrelas 5/5 - 100%
  • Quatro estrelas 0/5 - 0%
  • Três estrelas 0/5 - 0%
  • Duas estrelas 0/5 - 0%
  • Uma estrela 0/5 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.