Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Sobre textos argumentativos

 

21/01/2010

Autor e Coautor(es)
Lazuita Goretti de Oliveira
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Eliana Dias

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Educação de Jovens e Adultos - 2º ciclo Língua Portuguesa Linguagem escrita: leitura e produção de textos
Ensino Médio Língua Portuguesa Produção, leitura, análise e reflexão sobre linguagens
Ensino Fundamental Final Língua Portuguesa Análise linguística: modos de organização dos discursos
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
  • exercitar a capacidade discursiva de argumentar;
  • conhecer a estrutura do texto argumentativo;
  • analisar e usar estratégias de argumentação;
  • conhecer as características do gênero artigo de opinião;
  • produzir um texto argumentativo sobre o assunto estudado, a partir de uma charge.
Duração das atividades
3 aulas de 50 minutos cada
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
  • conhecer o gênero artigo de opinião;
  • saber que a argumentação pode aparecer em diferentes gêneros textuais orais ou escritos.
Estratégias e recursos da aula
  • uso de charges veiculadas na internet;
  • utilização do laboratório de informática.

Aula 1

Atividade 1

A proposta para esta aula enfatiza o discurso argumentativo, principalmente, a partir do gênero discursivo artigo de opinião. Profissionais da área jornalística, especialistas de diversas áreas do conhecimento têm no artigo de opinião um meio para expressar suas idéias ou comentar, de um ponto de vista particular, os acontecimentos do mundo. Assim como outros textos argumentativos, o artigo de opinião é um importante instrumento democrático, posto que favorece o debate aberto de idéias, fundamental para a construção da cidadania.

Para motivar os alunos, bem como ativar o conhecimento prévio que eles têm a respeito do tema a ser trabalhado – o fato de a globalização da informação impedir que as pessoas reflitam ativamente sobre as informações recebidas -, o professor deverá reproduzir entregar a charge, denominada 4, a seguir aos alunos para iniciar uma discussão sobre o assunto.

Disponível em:

http://www.diaadia.pr.gov.br/tvpendrive/arquivos/File/imagens/4portugues/5charge4.jpg

Sobre a charge:

1. A resposta da mãe à criança, pressupõe a pergunta que foi feita.
a. Qual seria essa pergunta?
b. Esse tipo de pergunta é próprio de crianças de sete ou oito anos? Justifique sua resposta.
c. O que teria motivado a criança a fazer essa pergunta?
2. Uma charge critica problemas sociais por meio humor.

a. O que está sendo criticado?
b. O que provoca o humor nesta charge? Destaque elementos lingüísticos e visuais responsáveis pelo efeito humorístico do texto.
3. Você acha que o chargista conseguiu defender a sua idéia sobre efeitos da tecnologia moderna na atualidade? Explique.

Atividade 2

Em um discurso argumentativo, o locutor procura convencer seus interlocutores pela razão, isto é, por meio de afirmações com justificativas que as provem. Pode-se se dizer que toda argumentação baseia-se em um raciocínio lógico de três passos chamado silogismo.

Para conhecer sobre o assunto, o professor deverá levar os alunos ao laboratório de informática para pesquisarem sobre o silogismo aristotélico.

Disponível no site:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Silogismo

Aula 2
Atividade

Em sala de aula, o professor deverá reproduzir e entregar aos alunos para que leiam o artigo de opinião “Velocidade da informação desafia educação moderna” de Marcelo Gleiser, publicada em um jornal. Nesse texto, o autor argumenta a favor de uma idéia, defende um ponto de vista pessoal, no intuito de convencer seus leitores.

 Imagem disponível em:

http://3.bp.blogspot.com/_EOSF667teqg/SuAb-alrtFI/AAAAAAAASWM/PVFMxoMLBxM/s400/tecnologia1.jpg

Texto:

Velocidade da informação desafia educação moderna

MARCELO GLEISER
especial para a Folha


      Nós vivemos em um mundo cada vez mais globalizado, numa era onde as pessoas são atacadas por todos os lados com uma quant idade enorme de informação. As ba rreiras entre os povos e as culturas são constantemente perfuradas (mas quase nunca vencidas) pela força da mídia e do consumismo desenfreado. Hoje em dia, nada mais comum do que vermos um beduíno em seu camelo, com sua calça Levis e óculos Giorgio Armani, entoando uma canção de Elton John. Na testa do camelo, em árabe, vemos a escrita "Lady Di, nós te amamos".

     OK, talvez eu esteja exagerando um pouco. Mas, sem dúvida, é indiscutível a importância que o controle dos meios de informação têm na sociedade moderna. E o mais impressionante é a velocidade com que essa informação é disseminada. Bilhões de pessoas em todo o mundo assistiram à final da Copa (infelizmente), e várias centenas de milhões participam rotineiramente de guerras ou da humilhação de presidentes, sentados confortavelmente em suas salas de estar.

     Parece mentira que foi apenas em 1886 que as primeiras ondas de rádio foram geradas no laboratório pelo grande físico alemão Heinrich Hertz, ou que a primeira transmissão telegráfica através do oceano Atlântico foi enviada em 1901 pelo italiano Guglielmo Marconi. Atualmente, a disseminação de informação conta com toda uma rede de satélites, que, juntamente com incontáveis antenas de transmissão, cobrem praticamente toda a superfície do planeta.

     Essa globalização da informação implica necessariamente a detenção do poder pelas pessoas com acesso, ou, mais ainda, pelas pessoas que criam e disseminam essa informação. Lembro-me do recente filme americano "Mera Coincidência" ("Wag the Dog"), em que um "tycoon" de Hollywood é chamado para desviar a atenção do público americano dos escândalos sexuais do presidente durante a campanha eleitoral (bastante profético, aliás, esse filme...). A solução dos produtores foi simples: inventar uma guerra em um país remoto para sensibilizar a opinião pública.

     Informação é poder. E, sem educação, não é possível ter acesso à informação. Mas, simples acesso à informação não é tudo. É necessário que saibamos refletir ativamente sobre a informação recebida, e não só recebê-la passivamente. Caso contrário, podemos nos tornar alvo de uma "realidade fabricada", como aquela apresentada comicamente no filme.

     Daí o papel do educador, não só de transmitir informação, mas também de convidar sua audiência à reflexão, ensinando tanto os métodos necessários para tal como também a arte de duvidar. Educação é um processo de colaboração ativa entre o educador e sua audiência. Na minha opinião, o educador mais bem-sucedido é aquele que desperta em sua audiência o desejo de querer sempre aprender mais e a capacidade de criticar racionalmente aquilo que se está aprendendo. Sob esse prisma, a educação moderna pode não só se beneficiar do fácil acesso à informação, como também "filtrar" a desinformação.

     A globalização da informação provoca uma fragilidade em sua própria audiência. Nós nos tornamos alvo em uma galeria de tiro e só podemos nos safar se soubermos pensar por nós mesmos. Uma sociedade educada é a que poderá tomar decisões que afetam seu futuro de modo coerente. Eis aqui alguns exemplos, ligados à educação científica. Devemos ou não interceder nas pesquisas da engenharia genética, que, com o desenvolvimento de processos de clonagem ou de cirurgia genética em fetos, levanta sérias questões éticas para a sociedade? Devemos ou não apoiar o desenvolvimento de tecnologias nucleares no espaço? Devemos ou não interceder junto ao governo para um maior controle da emissão de gases industriais, de modo a evitar graves mudanças climáticas no futuro? E os asteróides? Vão cair ou não em nossas cabeças.

Fonte: GLEISER, Marcelo. In Folha de São Paulo, 4/10/98.

Disponível em:

http://marcelogleiser.blogspot.com/1998/10/velocidade-da-inf ormao-desafia-educao.html

Sobre o texto:

A estrutura do texto argumentativo

1. O texto de Marcelo Gleiser é um texto argumentativo que se constrói como toda argumentação por meio de um raciocínio lógico – silogismo.

a. Pode-se dizer que a premissa maior diz respeito ao fato de que se as pessoas não refletirem sobre a avalanche de informações a que tem acesso podem se tornar alvos de uma “realidade fabricada”? Justifique.

b. O que significa “realidade fabricada” para o articulista? Justifique sua opinião, apresentando argumentos que a sustente.

c. Se a premissa menor está relacionada ao fato de a globalização da informação impedir as pessoas de refletir ativamente sobre a informação recebida, qual seria a conclusão para fechar o raciocínio silogístico na construção do texto? Explique.

2. Identifique no segundo parágrafo do texto o termo lingüístico que revela que o articulista negocia com o leitor.

3. Identifique, no texto, argumentos usados pelo articulista que são baseados em exemplos.

4. A contra argumentação pode ser feita por meio de verbos e expressões que atenua uma informação excessivamente forte, usando verbos e expressões que modalizam o discurso. Essa é uma forma de se proteger dos possíveis contra-argumentos.

Identifique no quinto parágrafo um exemplo para a afirmação acima.

Aula 3

Atividade

Produção de texto

O professor deverá reproduzir e entregar aos alunos a charge abaixo seguida da proposta de produção de texto.

Disponível no site:

http://diadematematica.com/docentes/wp-content/uploads/2009/08/charge.jpg

Proposta de produção de texto:

Considere o silogismo, construído a partir da charge:

Premissa maior: A tecnologia é importante para a educação.

Premissa menor: O computador é uma tecnologia.

Conclusão: Logo, o computador é importante para a educação.

Produza um texto argumentativo, a partir do silogismo acima.

Estabeleça como interlocutores, leitores de uma revista direcionada a educadores.

O seu texto poderá ser composto por três parágrafos: um para cada uma das frases que compõem o silogismo. A premissa maior pode funcionar como introdução do texto (1º. Parágrafo), a premissa menor, como desenvolvimento (2º. Parágrafo) e conclusão como conclusão de seu texto (3º. Parágrafo). Cada parte deve ser expandida com exemplos, fatos, comentários e conclusões parciais.

Escolha um título para seu texto. Depois de pronto, releia-o, faça as correções necessárias e o entregue ao professor para ser apreciado.

Avaliação


Dominar o mecanismo de construção de silogismos é uma habilidade fundamental para a produção de textos argumentativos em geral. Talvez a maior vantagem que esse tipo de exercício proporciona seja a de tornar evidente para o aluno o que pode o que não pode funcionar como justificativa para suas afirmações e de como articulá-las de forma coerente. Portanto, a partir de várias atividades que possibilitem o exercício dessa habilidade, esse mecanismo pode se tornar claro para o aluno. Só então, ele estará pronto para se avaliado no domínio desta competência.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 10 classificações

  • Cinco estrelas 8/10 - 80%
  • Quatro estrelas 1/10 - 10%
  • Três estrelas 1/10 - 10%
  • Duas estrelas 0/10 - 0%
  • Uma estrela 0/10 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Lidiane Santos, Horto Belém , Minas Gerais - disse:
    lidiane_legre@hotmail.com

    21/04/2014

    Cinco estrelas

    As atividades são ótimas. Gostaria das respostas. Grata!


  • Regina, Esc Est íris Célia Cabanellas Zaninni , Acre - disse:
    misregina43@gmail.com

    14/10/2013

    Cinco estrelas

    Amei!! Está bem estruturado e com tipos de atividades diversificadas. Desta forma conseguimos chamar a atenção do aluno facilitando o envolvimento do mesmo.


  • lidiane, GOVERNO DO ESTADO , Pernambuco - disse:
    lidianeletras@hotmail.com

    26/07/2013

    Quatro estrelas

    Muito boa a aula, professora! vou levá-la para os eu alunos, com algumas adaptações para o Ensino Fundamental II.


  • Gislaine Vargas, ESEFAP , São Paulo - disse:
    gislainevargas2011@hotmail.com

    02/03/2013

    Cinco estrelas

    Achei excelente!!! Gostaria das respostas das atividades.


  • Krycia, COLÉGIO MILITAR DE PALMAS , Tocantins - disse:
    krycia1000@hotmail.com

    21/02/2012

    Cinco estrelas

    Show de bola. Criativa e envolvente.


  • zilda maria gomes e costa gomes, E.E. Sebastião Dias Ferraz , Minas Gerais - disse:
    zilda_gomes@yahoo.com.br

    25/01/2012

    Cinco estrelas

    Lazuíta, sua aula motiva e direciona os alunos para uma boa produção Parabéns! Vou aproveitá-la.


  • Kátia, Escola Estadual Santa Quiteria , Minas Gerais - disse:
    lorraynesx01@hotmail.com.br

    23/05/2011

    Três estrelas

    Gostaria q tivesse as respostas tambem para avaliarmos melhor.


  • Sidneia de Jesus Santos, EMEIF Benedito Rodrigues de Oliveira , São Paulo - disse:
    moreneinha@hotmail.com

    27/03/2011

    Cinco estrelas

    Adorei as propostas. Com certeza as utilizarei em minhas aulas. Obrigada!


  • MARIO S. FALASIO, particular , Distrito Federal - disse:
    falasio@r7.com

    25/03/2011

    Cinco estrelas

    Parabéns


  • NILTON RICARDO, CONTEMPORÂNEO CURSO , Alagoas - disse:
    cda.45@hotmail.com

    17/05/2010

    Cinco estrelas

    EXCELENTE O TRABALHO DA EQUIPE! PARABÉNS PELO SUCESSO!


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.