Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Produzindo um texto poético a partir de um texto

 

26/05/2010

Autor e Coautor(es)
Ana Beatriz Gama da Mota
imagem do usuário

JUIZ DE FORA - MG COL DE APLICACAO JOAO XXIII

Andréa Vassalo Fagundes

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: prática de produção de textos
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua oral: gêneros discursivos
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Observar a estrutura e as características de um texto poético.                    

Produzir, em duplas, um texto poético com base em outro.                    

Realizar a apresentação das poesias produzidas na "Roda da Poesia".                   

Duração das atividades
3 aulas de 50 minutos (aproximadamente)
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Conhecimento do gênero textual poesia e suas características.

Estratégias e recursos da aula

1. Conversar: Todo mundo tem vizinho. Pode ser o vizinho do lado de casa, de apartamento, o vizinho do lado de carteira na escola, o vizinho do lado da fila... Então, temos vizinhos o tempo todo.

2. Entregar o poema a seguir.

O vizinho do lado

Não suporto o meu vizinho!

 

Imagine que o danado,

Com a cara mais lavada,

Passa pela minha frente

Como se eu não fosse nada.

 

Não suporto o meu vizinho!

 

Roda  pelo bairro todo,

Sem prestar nem atenção,

E se esquece que uma vez

Lhe emprestei o meu pião.

 

Não suporto  meu vizinho!

 

É um moleque egoísta,

Pedalando assim a esmo,

Não quer saber dos outros,

Pois só pensa em si mesmo.

 

Não suporto o meu vizinho!

 

Se eu pudesse, agora mesmo

Me mudava da cidade,

Ou melhor: mudava ele

Pra bem longe, na verdade.

 

Não suporto o meu vizinho!

 

Ele tem cara de bolo,

De embrulho sem barbante,

De bocó e de pateta!

 

Ah!, moleque feio e tolo!

Pensa que é muito importante

Só porque tem bicicleta.

 

Não suporto o meu vizinho!

 

Eu só vou mudar de ideia

De uma forma bem completa,

Se o danado do vizinho

Me emprestar a bicicleta...

                                            Pedro Bandeira

3. Após a leitura silenciosa, realizada pelos alunos e a leitura oral pelo professor, propor as seguintes atividades.

Oralmente:

a) Como se chamam textos como esse?

b) Como é "o vizinho do lado" de que o texto fala?

Por escrito:

O texto que você leu é um poema/poesia.

a) Quantas estrofes há no poema "O vizinho do lado"?

* Um conjunto de versos recebe o nome de estrofe.

b) Escolha duas estrofes do poema, copie-as no seu caderno e diga qual é o número de versos de cada um.

* Verso é cada uma das linhas de um poema.

c) Na estrofe abaixo, quais são as palavras que rimam?

"Imagine que o danado,

Com a cara mais lavada,

Passa pela minha frente

Como se eu não fosse nada."

d) Há várias rimas no poema que você leu. Observe as duas listas de palavras abaixo e forme pares com as palavras que rimam:

Lista 1                                                                          Lista 2

lavada                                                                            biblioteca

pateta                                                                             mesmo

esmo                                                                              bicicleta

cidade                                                                             pião

barbante                                                                          nada

atenção                                                                           tolo

peteca                                                                             importante

bolo                                                                                verdade

* Rima é a repetição de sons iguais ou parecidos, em uma ou mais sílabas.

4. A "voz" que fala no poema que você leu diz que não suporta o vizinho.

   Que tal fazer o contrário, ou seja, escrever um poema dizendo que adora alguém? Pode ser um vizinho, um parente, um colega de sala... É só seguir o roteiro abaixo.

Professor: realizar a atividade em duplas.

Antes de fazer:

* brinca com você?

* lhe empresta coisas?

* ensina a você muitas coisas? (cite algumas)

* respeita seu jeito de ser?

Como fazer:

 Escreva uma estrofe para cada ação que você listou. Antes, faça um rascunho, criando rimas em cada estrofe.

Antes de passar a limpo, observe se:

* dividiu o poema em estrofes;

* apresentou, em cada estrofe, uma qualidade da pessoa homenageada;

* utilizou palavras que rimam em cada estrofe.

Finalizando:

Passe seu poema a limpo, fazendo as modificações necessárias. Se quiser, poderá ilustrá-lo. Capriche, pois ele será apresentado na "Roda da Poesia".

5. Após a realização das atividades propostas, o professor deverá orientar os alunos para a apresentação das poesias produzidas.

6. Poderá ser improvisado um palco para as apresentações, caso a escola não possua um local apropriado para tal atividade.

 

 

Recursos Complementares
Avaliação

Ao final das atividades o professor irá avaliar se os alunos:

- observaram a estrutura e as características de um texto poético;

- produziram, em duplas, um texto poético com base em outro;

- realizaram a apresentação das poesias produzidas na "Roda da Poesia".

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 1 classificações

  • Cinco estrelas 1/1 - 100%
  • Quatro estrelas 0/1 - 0%
  • Três estrelas 0/1 - 0%
  • Duas estrelas 0/1 - 0%
  • Uma estrela 0/1 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Simone Marques, E E Marechal Rondon , Mato Grosso do Sul - disse:
    simonemarquesst@hotmail.com

    23/02/2012

    Cinco estrelas

    Ótimo! É o que eu procurava para aplicar para meus alunos, me deu ideias e se encaixa no que eu estava pensando em fazer.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.