Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Grécia Antiga: Cultura e Sociedade

 

31/07/2012

Autor e Coautor(es)
Vanessa Maria Rodrigues Viacava
imagem do usuário

CURITIBA - PR NTE - CURITIBA - (CETEPAR)

Eziquiel Menta

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Médio História Cultura
Ensino Médio História Processo histórico: nações e nacionalidades
Ensino Fundamental Final História Cidadania e cultura no mundo contemporâneo
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

Com essa aula os alunos poderão identificar os segmentos da sociedade grega, reconhecer a produção artística dos gregos e perceber o legado da cultura grega para o mundo Ocidental.

Duração das atividades
3 aulas de 50 minutos
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Esta aula não requer conhecimentos prévios.

Estratégias e recursos da aula

Disponível em: http://www.brasilescola.com/datacomemorativas/dia-olimpico.htm Acesso em: 08/09/10 

A imagem acima representa os jogos Olímpicos da Antiguidade e da Era Moderna. De acordo com o Comite Olímpico Internacional, os anéis coloridos simbolizam a união dos cinco continentes . As cores foram escolhidas porque cada nação tinha, pelo menos, uma delas em sua bandeira nacional. A bandeira foi adotada em 1914, mas foi exposta pela primeira vez apenas em 1920 nos Jogos Olímpicos de Antuérpia, na Bélgica. Desde então, foi hasteada em cada celebração dos Jogos. A partir dessa imagem o professor deverá iniciar uma série de questões sobre os Jogos Olímpicos da Era Moderna.

1. Como essa competição começou? Qual a perioidicidade dos jogos?

2. Como são escolhidas as cidades sedes?

3. Quantas modalidades esportivas são disputadas nos jogos?

4. Você gosta de assistir os jogos? Por que?

O professor de história poderá propor uma atividade paralela com o professor de educação física. Sugestão de aula: Olimpíadas: Rio de Janeiro, 2016! da professora Lívia Raposo Bardy

Disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=9533 Acesso em: 15/09/10 

Os alunos não precisam responder corretamente todas as questões, a proposta deste primeiro momento consiste em promover um debate sobre o tema dos Jogos Olímpicos.

Depois dessa primeira aproximação com o assunto, O professor deverá indicar o vídeo sobre os jogos Olímpicos da Antiguidade e, após a exibição, espera-se que os alunos possam responder as seguintes questões:

  1. Podemos afirmar que os Jogos Olímpicos da Antiguidade consistiam em eventos meramente esportivos? Justifique.
  2. Nos Jogos Olímpicos da Grécia participavam aristocratas e pobres. Isso significa dizer que havia  equidade de acesso? Justifique.
  3. Quais modalidades eram praticadas nos primeiros jogos? Qual deles chamou sua atenção? Por que?

Documentário produzido pelo Discovery Channel sobre as Olimpíadas da Grécia Antiga.

Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=KQC-Xw5VjpE  Acesso em: 08/09/10

Texto de apoio:

Olimpíadas ... um presente dos gregos

Por Lourival Júnior

Disponível em: http://blogandolimpiadas.blogspot.com    Acesso em: 08/09/10 

ATIVIDADE 1:

Com o professor de Educação Física, o professor de história solicitará aos alunos uma pesquisa sobre o tema Jogos Olímpicos Gregos e Modernos. Nessa pesquisa, os alunos deverão contemplar os seguintes assuntos:

  • Descrever as modalidades esportivas praticadas nos jogos da Antiguidade
  • Descrever as modalidades esportivas dos jogos Olímpicos atuais.
  • Apresentar os propósitos dos jogos olímpicos gregos, em especial sua relação com a religiosidade.
  • Identificar o momento de criação dos Jogos Olímpicos Moderno.
  • Listar as cidades-sedes de todos os Jogos Olímpicos Moderno.

O professor deverá exercer a função de mediador/corretor das respostas enviadas ao arquivo criada no Google Docs.

A tarefa deverá ser realizada coletivamente em forma de texto colaborativo, onde todos podem editar através do Google Docs.

Como criar textos colaborativos utilizando o Google Docs - Tutorial elaborado pela professor Juliana Souza Dias

Disponível em: https://docs.google.com/Doc?id=dcdf798z_12chsmbcdf&hl=pt_BR  Acesso em: 03/09/10     

 

  • Links sugeridos para pesquisa:    

Disponível em: http://gold.br.inter.net/luisinfo/olimpico.html Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=210 Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: http://www.quadrodemedalhas.com/olimpiadas/historia-dos-jogos-olimpicos.htm Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: http://www.webbusca.com.br/especiais/olimpiadas/origem.htm Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: http://www.tg3.com.br/olimpiadas/historia_olimpiadas.htm Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Categoria:Modalidades_nos_Jogos_Ol%C3%ADmpicos_de_Ver%C3%A3o Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: http://esporte.hsw.uol.com.br/jogos-olimpicos.htm Acesso em: 12/10/10 

 

ATIVIDADE 2:

Para ampliar a disposição da turma e possibilitar a visualização de elementos da antiguidade, o professor exibirá um pequeno trecho do filme 300.

300 é um filme americano baseado na história em quadrinhos homônima de Frank Miller sobre a Batalha das Termópilas. O filme procura passar a importância dada para a união e a garra, para que um pequeno exército de 300 homens pudesse enfrentar dezenas de milhares de guerreiros do Império Persa. Nesse trecho, o diretor narra a infância masculina espartana, como meninos tornavam-se guerreiros.

Palavras-chave: relações de poder, relações culturais, guerra, infância, Esparta, Grécia Antiga.

300, Aventura, EUA, 2007, 117 min. Direção: Zack Snyder.

Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/debaser/singlefile.php?id=16154 Acesso em: 08/09/10 

A apresentação desse trecho permite ao professor explorar questões relativas a transposição de fatos históricos para narrativas em formato fílmico. Cabe ressaltar que o filme em questão trata-se de uma versão de quadrinhos e não tem, necessariamente, um compromisso com fatos do passado. Após a exibição do trecho, o professor poderá explorar questões, tais como:

  1. Narrativa cinematográfica e sua relação com a história.
  2. Recursos de efeitos especiais para causar maior impacto no telespectador.
  3. Noções de amor fraterno e família.

 

  • Links sugeridos para pesquisa: 

 

Disponível em: http://www.comciencia.br/especial/cinema/cine01.htm Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: http://www.infoescola.com/cinema/historia-do-cinema/ Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: http://www.rieoei.org/1244.htm Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: http://www.www.razonypalabra.org.mx/N/N72/Varia_72/17_Mendes_72.pdf Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742005000200014&lang=pt Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-73722006000100004&lang=pt Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2008000200014&lang=pt Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-49792008000300014&lang=pt Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: http://www.confrariadecinema.com.br/links/filme/300/300/300.jsp Acesso em: 12/10/10 

Disponível em: http://www.trilhafilmes.com.br/noticia.php?id=01182 Acesso em: 12/10/10 

 

Esse vídeo traz a história da Grécia de forma divertida, enfocando a sociedade Ateniense e a Espartana, relatando suas diferenças. Esparta acreditava em uma educação militar enquanto Atenas tinha uma cultura mais erudita.

Disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnica.html?id=9147 Acesso em: 15/09/10 

A exibição desse recurso permite aos alunos uma aproximação com  noções dos modos de vida da Grécia Antiga e das características sociais, políticas e economicas de Grécia e Esparta.

Depois desses dois primeiros momentos, os alunos formarão grupos de quatro ou cinco componentes e realizarão uma pesquisa com o auxílio de acervo digital ou em livros. Metade da turma buscará informações sobre Esparta e a outra parte pesquisará informações sobre Atenas. Os alunos deverão buscar informaçõe sobre a vida das pessoas nessas pólis e identificar os grupos sociais das duas principais cidades-estado gregas. As informações serão apresentadas em forma de debate, onde cada grupo terá 10 minutos para a apresentação e ao fim da aula o professor deverá conduzir a discussão para uma síntese das diferentes formas de vida em Esparta e Atenas.  

O professor deverá encaminhar as conclusões da pesquisa em forma de áudio-visual com a produção de um pequeno vídeo editado com o auxílio do movie maker ou do software livre kino. Caso a escola não disponibilize um laboratório de informática os alunos poderão criar um roteiro, com o auxílio do professor de Língua Portuguesa, e apresentar para a escola em forma de "telejornal".

Sobre o movie maker:

O Windows Movie Maker é um software de edição de vídeos da Microsoft. Atualmente faz parte do conjunto de aplicativos Windows Live, chamado de Windows Live Movie Maker (apenas disponível para Windows Vista e 7).

Disponível para download: http://www.baixaki.com.br/download/windows-live-movie-maker.htm         

Sobre o kino:  

O kino é um programa livre para edição de vídeo não-linear voltado para captura de vídeo via placa IEEE-1394 (também conhecida como FireWire ou i.Link), manipulação básica, reprodução e exportação de arquivos de vídeo e áudio em vários formatos: Raw DV, DV AVI, still frames, WAV, MP3, Ogg Vorbis, MPEG, DivX, entre outros. Considerado um programa estável, a simplicidade deste software é sua principal característica.  

Disponível para download: http://www.baixaki.com.br/download/kino.htm    

ATIVIDADE 3:

Para concluir as atividades sobre a cultura grega,  os alunos formarão equipes compostas por 3 alunos  a fim de responder  duas webquest. Uma delas diz respeito a definição de aspectos da civilização grega na Antiguidade, a outra refere-se ao movimento estético e cultural denominado Renascimento o qual se refere a uma valorização da cultura grega. As atividades tem como objetivo levar os alunos a perceberam como seu a formação da noção de Cultura Grega e de Antiguidade Clássica. O professor poderá criar sua atividades no sítio WebQuest Brasil

Disponível em: http://www.webquestbrasil.org/node/9 Acesso em: 15/09/10 

Sobre a webquest:

De acordo com Gilian Barros "webquest é uma metodologia que direciona o trabalho de pesquisa utilizando os recursos da Internet. Metodologia, estudada, desenvolvida e disponibilizada por Bernie Dodge, Educational Technology, San Diego State Universit em 1995, e disseminada no Brasil por Jarbas Novelino Barato, são produzidas para disponibilização na Internet e podem ser editadas em programas como: Front Page, NVU, Dreamweaver, Mozilla Composer".

Disponível em: http://www.gilian.escolabr.com/textos/webquest_giliancris.pdf    

 

Sugestão de webquest:

Disponível em: http://www.webquestbrasil.org/criador/webquest/soporte_tablon_w.php?id_actividad=9709&id_pagina=2Acesso em: 06/09/10 

Disponível em: http://www.webquestbrasil.org/criador/webquest/soporte_izquierda_w.php?id_actividad=16533&id_pagina=3Acesso em: 06/09/10 

 

REFERÊNCIAS

BARROS, José D'Assunção. Passagens de Antiguidade Romana ao Ocidente Medieval: leituras historiográficas de um período limítrofe. História [online]. 2009, vol.28, n.1, pp. 547-573

Disponível em: www.scielo.br/pdf/his/v28n1/19.pdf Aceso em: 06/09/10 

BINSFELD, Andrea. Imagens da escravidão na Antiguidade como meios de auto-representação. Varia hist. [online]. 2009, vol.25, n.41, pp. 27-42

Disponível em: www.scielo.br/pdf/vh/v25n41/v25n41a02.pdf Acesso em: 06/09/10 

BURKE, Peter. A escrita da história: novas perspectivas. UNESP: São Paulo, 2001.

CARDOSO, Ciro F. & VAINFAS, Ronaldo. Domínios da história: ensaios de teoria e metodologia. Campus: Rio de Janeiro, 1997.

FERRO, Marc. Cinema e História. Paz e Terra: São Paulo, 2010.

FUNARI, Pedro P. A. Antiguidade Clássica. Unicamp: Campinas, 2003.   

MENEZES, Marilde Loiola de. Democracia de Assembleia e Democracia de Parlamento: uma breve história das instituições democráticas. Sociologias [online]. 2010, n.23, pp. 20-45.

Disponível em: www.scielo.br/pdf/soc/n23/03.pdf Acesso em: 06/09/10 

NAPOLITANO, Marcos. Como usar o cinema da sala de aula. Contexto: São Paulo, 2002.

COMITE OLÍMPICO INTERNACIONAL. Disponível em: http://www.olympic.org/ Acesso em: 15/09/10

HISTÓRIA DAS OLIMPÍADAS. Disponível em: http://olimpiadas.uol.com.br/2008/historia/grecia/historia.jhtm    Acesso em: 15/09/10

Recursos Educacionais
Nome Tipo
Grécia Vídeo
Recursos Complementares

Grécia: construindo um império

Série produzida pelo History Channel sobre a formação da civilização grega. Embora os gregos compartilhassem da mesma língua e cultuassem os mesmos deuses, os gregos nunca se unificaram em forma de império. A civilização grega se organizou em cidade-estados, as chamadas pólis. Documentário em cinco partes.

Palavras-chave: relações de poder, relações culturais, pólis, Antiguidade Clássica, Grécia, Esparta, Atenas.

parte 1: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/debaser/singlefile.php?id=16805

parte 2: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/debaser/singlefile.php?id=16806

parte 3: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/debaser/singlefile.php?id=16807

parte 4: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/debaser/singlefile.php?id=16808

parte 5: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/debaser/singlefile.php?id=16809

 

Jogos Olímpicos de Pequim

Reportagem exibida no programa Painel Brasil TV. O programa apresenta alguns aspectos históricos das Olimpíadas desde a antiguidade até os Jogos de Pequim, realizados na China em 2008.

Palavras-chave: esporte, Olimpíada, Grécia, Pequim, Barão de Coubertin.

Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/debaser/singlefile.php?id=10681 Acesso em: 08/09/10

Avaliação

O professor deverá apresentar e discutir com a turma os critérios de avaliação. Cada conceito deve ser explicitado e aprovado pelo grupo de alunos. Durante a realização das atividades, o professor deverá despertar o interesse dos alunos pelo tema através do uso de recursos áudio-visuais, apontando as possibilidades de interpretação através do debates, auxiliar os alunos a transpor suas dificuldades e ressaltar suas qualidades, motivando-o durante o processo de ensino aprendizagem.

Para auxiliar na avaliação sugerimos alguns critérios:     

  1. participação durante as discussões;
  2. comprometimento com o grupo;     
  3. argumentação durante o debate;     
  4. respeito a opinião dos colegas;      
  5. empenho para concluir as atividades;     
  6. domínio do tema.
Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 1 classificações

  • Cinco estrelas 1/1 - 100%
  • Quatro estrelas 0/1 - 0%
  • Três estrelas 0/1 - 0%
  • Duas estrelas 0/1 - 0%
  • Uma estrela 0/1 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Adriano, E.E.E.F.M ANTONIO GREGORIO DE LACERDA , Paraíba - disse:
    magaivergmendesm@gmail.com

    09/11/2011

    Cinco estrelas

    Muito bom a forma como aborda o tema e os recursos utilizados


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.