Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Identidade – a importância do nome próprio para o aluno em processo de alfabetização

 

31/07/2009

Autor e Coautor(es)
MARIA IVANILDA SARAIVA MILFONT MOREIRA
imagem do usuário

DOURADOS - MS Secretaria Municipal de Educação de DOURADOS

Alciléia Marques Lima; Ivone Bonetti; Marlene Cardoso de Souza; Andréia dos Santos Coelho Oliveira Coelho Vanzin; Maria Juldete Munin; Marled Quadra Riquelme; Maria Elena Martins.

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Evolução da escrita alfabética
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Concepção de ensino e aprendizagem
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Orientações didáticas para alfabetização
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

A escrita do nome próprio é uma das mais importantes conquistas do educando que entra no mundo das letras. Para ele, o conjunto de letras que compõe seu nome o representa, proporciona a percepção de si como um ser social, com um nome próprio que o representa, diz algo sobre sua identidade, sua filiação, sua história. A escrita do nome próprio tem papel fundamental no processo de alfabetização do educando, pois representa um passo importante de sua entrada no mundo da escrita.
O conhecimento do nome próprio tem duas consequências importantes para os educandos que estão em processo de alfabetização: uma escrita livre do contexto; uma escrita que informa sobre a ordem não-aleatória dentro do conjunto de letras.
A escrita do próprio nome representa uma oportunidade privilegiada de reflexão sobre o funcionamento do sistema de escrita, pelas seguintes razões: tanto do ponto de vista linguístico, como do gráfico, o nome próprio é um modelo estável; é um nome que se refere a um único objeto, com o que se elimina para o educando, a ambiguidade na interpretação; tem valor de verdade porque se reporta a uma existência, a um saber compartilhado por ambos, emissor e receptor; do ponto de vista da função, fica claro que identificar objetos ou indivíduos, com nomes, faz parte dos intercâmbios sociais de nossa cultura; a forma e o valor sonoro convencional das letras; a quantidade de letras necessárias para escrever os nomes; a variedade, a posição e a ordem das letras em uma escrita convencional; a realidade convencional da escrita o que serve de referência para checar as próprias hipóteses.
O trabalho oportunizará aos alunos além da conquista da escrita do próprio nome, a compreensão da escrita do próprio nome; momentos de reflexão sobre a escrita a partir de uma referência estável, o próprio nome; e compreensão da importância do nome próprio, suas letras, sua quantidade, variedade, posição e ordem.

Duração das atividades
O trabalho poderá ser desenvolvido aproximadamente durante um bimestre
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

 Roda de conversa para saber o que os alunos acham de seus nomes, se conhecem seu significado, sua história e de que outros nomes gostam;
 Solicitar que pesquisem com seus familiares a história de seu nome.

Estratégias e recursos da aula
 Crachá: Confecção e exploração de um crachá de mesa para uso diário, confeccionado em um retângulo de cartolina, de um lado a foto (tirada em sala de aula) e o primeiro nome do aluno, do outro lado, o nome completo, com nome e sobrenome, com letras de imprensa maiúsculas ou cursivas, de acordo com o nível da turma; o segundo crachá é confeccionado com o nome de cada aluno, em um retângulo de cartolina, com furos para encaixar barbante e pendurar no pescoço, que servirá para identificá-los, inclusive fora da sala de aula; o terceiro crachá é elaborado com o nome para ser utilizado no cartaz de pregas como lista de presença, também em retângulos de cartolina.
 Comparação de tamanho de nomes: utilizando o cartaz de pregas de presença os alunos serão estimulados a observarem qual o maior e o menor nome, estabelecendo comparações entre a quantidade de letras presentes em cada nome. Mostrar para os alunos que nem sempre o tamanho da pessoa corresponde ao tamanho de seu nome, como nem sempre o tamanho de animais, objetos e coisas, corresponde ao tamanho de sua escrita.
 Auto-retrato: Apresentar aos alunos alguns auto-retratos de artistas plásticos como de Romero Britto, Vincent Van Gogh, Tarsila do Amaral e Frida Kahlo, com utilização de data show; explorar as reproduções de auto-retrato, observando o formato do rosto de cada artista, as cores e formas utilizadas; o professor apresenta aos alunos uma caixa-surpresa que, ao ser aberta, descobrem sua própria imagem, refletida em um espelho colado no fundo da caixa; solicita ainda que observem a estética do seu rosto; em seguida distribui-se diferentes materiais, como papel, lápis de cor, giz de cera e caneta hidrocor, para que os alunos construam seus auto-retratos, lembrando-os de assinarem suas obras. Concluídas as produções, é realizada uma exposição onde os alunos tentarão identificar o autor do auto-retrato; o mesmo apresenta sua obra, se apresenta, , fala sobre a origem do seu nome , se gosta ou não do mesmo.
 Trabalho com a poesia: “O nome da gente”, de Pedro Bandeira: Trabalhar com o título da poesia; Verificar, com os alunos o sentido do título, fazer antecipações da leitura; Ler o texto disponível no link: http://ocantinhodalena.com.br/criancas/crian03/crian03.htm com os alunos. Fazer questionamentos orais sobre o mesmo.
 Preguicinha: O educador apresenta a “preguicinha” que é um envelope retangular confeccionado em EVA, com o nome completo de cada educando dentro dela. A leitura do nome é feita retirando devagar o nome, apresentando letra por letra à classe, estimulando-os a leitura do mesmo. O ideal é trabalhar nomes que se iniciam com a primeira e segunda ou última letras iguais, instigando-os a fazerem comparações, descobertas, como por exemplo: Ivone, Ivanilda, Ivete, Iria e Ingrid; Alcione, Alciléia, Alda, Aldo e Almerinda.
 Salada de nomes: Os educandos recebem um alfabeto móvel ou sílabas móveis, de acordo com o nível da turma, com as letras/sílabas utilizadas para construir seu nome e sobrenome; com as quais são estimulados a construírem seus nomes com o auxílio do crachá; após o trabalho com o alfabeto móvel/ sílabas móveis, os educandos são instruídos e estimulados a formarem outros nomes com as letras utilizadas para construção do seu nome; cada um registrará os nomes construídos.
 Bingo dos nomes: Fornecer uma folha de papel com cinco espaços em branco. O aluno escreve o próprio nome em um dos espaços e os nomes de quatro colegas. Sorteiam-se os nomes e os alunos que os estiverem vão marcando ponto. Aquele que completar sua cartela primeiro vencerá o jogo.
 Acróstico: Formar um acróstico com o nome de cada aluno da turma. Cada um vai dizer as qualidades do colega, que serão escritas conforme a letra presente no nome. Os acrósticos serão expostos no mural da escola.
Recursos Complementares
Avaliação

 O progresso dos alunos será avaliado através de uma folha de assinaturas: toda semana, enquanto a turma está aprendendo a escrever o nome próprio completo, o professor passará uma folha pautada datada, para cada aluno assinar. Essa folha será exposta no varal e trocada por outra nova a cada semana. As folhas serão digitalizadas e organizadas em uma apresentação de slides, para cada um avaliar o tanto seu próprio progresso individual, quanto coletivo na escrita do nome de todos os colegas da turma, em uma apresentação semestral, para os alunos com participação dos responsáveis.

Referência Bibliográfica:
 RUSSO. Maria de Fátima, VIAN. Maria Inês Aguiar, Alfabetização um processo em construção. Editora Saraiva.
 SOLÉ. Isabel de, Estratégias de leitura. Editora Artes Médicas.
 TEBEROSKY. Ana, Psicopedagogia da linguagem escrita. Editora Trajetória Cultural/Unicamp.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 36 classificações

  • Cinco estrelas 19/36 - 52.78%
  • Quatro estrelas 16/36 - 44.44%
  • Três estrelas 1/36 - 2.78%
  • Duas estrelas 0/36 - 0%
  • Uma estrela 0/36 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Elem Suzem Ramos F.Pereira, Escola Municipal Dom Bosco , Goiás - disse:
    elempsicopedagoga@hotmail.com

    06/02/2014

    Cinco estrelas

    ação-reflexão -ação essa experiencia nos enriquece e fortalece o processo educacional de nosso país... VALEU!!


  • netto, Portugal - disse:
    nettotkd@gamil.com

    15/03/2013

    Cinco estrelas

    otimo


  • Neusa , Escola Profª Regina Célia M. S. Lima , São Paulo - disse:
    neuleonelribeiro@Yahoo.com.br

    01/05/2012

    Cinco estrelas

    Pensei em iniciar um processo de escrita do nome próprio porque tenho alunos que ainda não escrevem seus nomes completos e o primeiro escrevem com erros. Estão no 4º ano e sei que esse processo os ajudaria no letramento que se encontra defasado. Tinha pensado na lista diária de assinatura. Vim então pesquisar sobre o assunto e encontrei essas dicas. Gostei do que li e vou adaptar as ideias para esta turminha. Lista diária seria produtivo? Muito obrigada por estas dicas!


  • Cláudia, Mario de Moura , Bahia - disse:
    claudiapink.alves@hotmail.com

    12/03/2012

    Quatro estrelas

    As sugestões das aulas são , criativas e prazerosas, qualquer educador, pode realiza-las, em sua sala de aula.Tornando o momento da aprendizagem, divertido e dinâmico.


  • Vania de Sousa, CIEP 341 , Rio de Janeiro - disse:
    souza.vania2007@ig.com.br

    15/09/2011

    Cinco estrelas

    Excelente aula.Utilizei alguns exemplos para minhas alunas de Educação Infantil do Curso Normal. Parabéns!!!


  • Naira Santana, Escola Estadual Domingos Savio , Mato Grosso - disse:
    naira.corina40@hotmail.com

    20/08/2011

    Quatro estrelas

    O conteúdo ministrado é muito proveitoso, dessa maneira que o aluno realmente consegue assimilar, e escrever o seu nome. Os recursos utilizados , realmente são viáveis .


  • Carmen de moura Souza E Souza, ESC EST ANTONIO JOAO , Amapá - disse:
    carmencinquentona@gmail.com

    25/11/2010

    Cinco estrelas

    Parabéns professora, trabalhei 16 anos com alfabetização, amo alfabetizar, para mim não há algo tão gratificante quanto este, acompanhar este processo é maravilhoso. Seu projeto é excelente. Feliz o professor que possui este dom. Bom estarmos entre eles.


  • Luciene Ferreira Coelho de Sousa, Escola Municipal Tenente Jessé , Pernambuco - disse:
    lucieneferreira007@gmail.com

    30/07/2010

    Quatro estrelas

    A professora teve não somente a preocupação do educando aprender sobre o significado do seu nome, mas a importância da própria escrita do seu nome. Ela propos atividades diversas para que o aluno sinta familiarizado com o seu próprio nome, descobrindo caminhos diferentes de leitura e escrita, fazendo com que a criança progride a cada passo diferente neste processo de aprendizagem. Na sua avaliação ela propõs aos educandos também a escrita diária dos seus nomes.


  • Rita Silva Pereira, Escola Municipal "Cel Goulart" , Minas Gerais - disse:
    ritanatmg@yahoo.com.br

    27/05/2010

    Cinco estrelas

    Parabens pelo maravilhoso que tem feito com nossos aluninhos. Sua aula vai ser exemplo pra muita gente. Excelente!!!!!


  • NADIR LIDIA PEREZ DE SOUZA, EM FREI EUCÁRIO SCHMITT , Mato Grosso do Sul - disse:
    nadir.lidiaperez@yahoo.com.br

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Um ótimo trabalho realizado, ele será com certeza de grande apoio para muitos professores alfabetizadores do brasil.Parabéns


  • Berenice, E. E. E. M. Barao de Antonina , Rio Grande do Sul - disse:
    nice.tq@gmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Olá!!!! Trabalhei por vários anos em Alfabetização, já realizei trabalhos semelhantes. Acho ótimo colocar na mídia para que outros professores também possam ter acesso as várias formas de pensar o ensinar. PARABÉNS


  • Maria Zoé Bezerra Carvalho, Esc. Mun. Prof. Aldo de Queiroz , Mato Grosso do Sul - disse:
    bmariazoe@hotmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Parabéns Ivanilda é um ótimo trabalho e voce pode integralizar todas as areas de conhecimento levantando a história do seu nome, porque os pais lhe deram este nome, árvore genealógica, quantidade de letras no nome, a que começa e termina,quantas vogais e quantas consoantes, etc.


  • Nadja Danielen Mesquita, ALVARO GONCALVES PROF EMEF , São Paulo - disse:
    nadjadanielen@yahoo.com.br

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Olá! achei bem interessante sua aula, porém sugiro uma atividade a mais. Em roda, misturar cartões com nome dos alunos, e pediria que cada um pegasse um e entregasse para o dono. bom dia.


  • ivanildes Pejara Neves, Escola Artur da Costa e Silva , Rondônia - disse:
    nizep21@gmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Gostei da sugestão de aula, muito criativa dentro da realidade da turma issto é algo de grande aproveito para acontecer a aprendizagem.


  • Jose Henrique Dimiciano Porto, E.M LEONOR-EXTENSÃO BEBERDOURO-RURAL , Mato Grosso do Sul - disse:
    ivanildamilfon@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Estou muito feliz porque á vários professores, neste curso do proinfo,mas do MS, pouco á pouco estão aparecendo. E com grandes trabalhos iguais ao seu parabéns, porque o mesmo esta me ajudando a melhorar como profissional.


  • Maria Gracy Gomes da Silva, Escola Tapirapé , Mato Grosso - disse:
    gracy1990@hotmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Parabéns pelo seu excelente trabalho realizado em sua escola, certamente será de auxílio a outras experiências. Portanto continue este trabalho de aulas diferenciadas garantindo o sucesso.


  • Almira DIas de Castro Alves, Unidade Escolar Deputado Edson Dias Ferreira , Piauí - disse:
    Almiradcastro@yahoo.com.br

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    A aula pode contribuir ,de forma extraordinária , para o bom desempenho do educando.


  • PROF.LOURDES, EM.CLORI BENEDETTI DE FREITAS , Mato Grosso do Sul - disse:
    lourdesbbarroso@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Com certeza é um projeto de muita importância para nossos alunos, pois trabalha a valorização da pessoa. Parabéns aos professores organizadores.


  • ADRIENE CRISTINA ASSUNÇÃO DOS SANTOS, Profuncionário , Mato Grosso do Sul - disse:
    adriene_cas3@yahoo.com.br

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Parabéns colega pelo excelente trabalho. Já tive essas experiências com os baixinhos e é muito gratificante trabalhar com eles. Precisamos buscar metodologias diferentes para que realmente a aprendizagem tenha significado. Abraços e sucesso.


  • Sidineia Freitas de Oliveira Stropa, Avani C. Fehlauer , Mato Grosso do Sul - disse:
    sidineia.freita@zipmail.com.br

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    ÓTIMA AULA COLEGA, CONHECER NOSSA IDENTIDADE É MUITO IMPORTANTE, INICIAR O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO PARTINDO DA REALIDADE DAS CRIANÇAS TAMBÉM É PRODUTIVO E ENRIQUECEDOR.


  • rosemary, Unime -Lauro de freitas -ba estudante curso de pedagogia , Bahia - disse:
    rosemary.pinto@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    gostei tem bastante atividades sugestivas


  • MÁRCIO JOSÉ CUNHA DE OLIVEIRA, NTM - DOURADOS , Mato Grosso do Sul - disse:
    mjco_66@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Olá Professoras! Parabéns pelo excelente Projeto desenvolvido na Unidade Escolar. Projetos como esse com certeza ajuda na construção social do educando dentro da sociedade. Abraços!!!


  • Marilde Pereira, Escola Tapirapé , Mato Grosso - disse:
    marildemt@hotmail.com

    24/03/2010

    Três estrelas

    Parabéns pela criatividade professora. Aulas diferentes fazem sempre muito bem aos alunos. Só devemos tomar cuidados para não deixarmos de lado outras dificuldades que por ventura possa não aparecer nos nomes dos alunos no caso das sílabas complexas.


  • Sandra Mara Rizzardi, CEI Madre Antonia , Paraná - disse:
    ssanrizz@ibest.com.br

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Gostei muito das sujestões. Eu fazia alguma coisa trabalhando com o nome dos educandos, mas agora abriu um leque de idéias que enriqueceram as atividades sugeridas para os educandos iniciando a alfabetização. Grata.


  • ZETE SANTOS, E.M.MANOEL FIEL FILHO , São Paulo - disse:
    zetemalamada@gmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Oi Colega, td bem? Muito legal seu trabalho. Realmente, o nome é um recurso muito importante na alfabetização dos nossos alunos. Também uso-o com frequencia. Gosto de escrever o nome deles por várias vezes, usando fontes diferentes. É muito legal vê-los descobrindo as várias formas com que podem representar seus nomes.


  • Ana Paula Corrêa dos Santos, FUCAMP , Minas Gerais - disse:
    anapaulacorreasantos@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Parabéns pelo excelnte trabalho, sua aula foi muito criativa e muito bem fundamentada; possibilitando a compreensão de que é possível realizar atividades que realmente promovam a aprendizagem e a tomada de consciência do aluno de sua própria identidade diante do mundo e frente aos próprios colegas dentro da sala de aula... Parabéns pelo carinho e dedicação...Adorei seu trabalho.


  • Roseli dos Santos Vidotti, E.M.Manoel Fiel Filho , São Paulo - disse:
    rsv_roseli@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Gostei muito da sua aula, eu trabalho em \Educ.Infantil (0 a 6 anos), e fazemos esse trabalho de identificacao de nomes com crachas com o primeito nome, e tambem fazemos os nomes com foto e colocamos na parede proximo ao gancho onde eles penduram as mochilas, esse trabalho inicimos a partir dos 2 anos. e e incrivel como a maioria indentifica o o nome e ate juda o amigo.


  • Maria José da Silva Cardoso Ramos, EM PREF. ALVARO BRANDAO , Mato Grosso do Sul - disse:
    mjosicardoso@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Parabéns amigas pelo trabalho realizado com qualidade. Nossos alunos merecem. Beijos


  • Magda Arian Kettl, E.E.E.F.Ildefonso Gomes , Rio Grande do Sul - disse:
    magdakettl@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Achei muito legal o trabalho. Importante trabalhar a identidade dos alunos, sua história e a sua proópria identificação no grupo. Parabéns, colega.


  • janete, Escola Municipal Profª Neilde Pimentel Santos , Sergipe - disse:
    janeteseliga@yahoo.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    já trabalhei com o nome dos alunos acho bastante interessante,mas adorei suas sugestões.Parabéns


  • sara Ingrid Borba, ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR GUEDES DE MIRANDA , Alagoas - disse:
    singridborba@gmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Muito criativa a sua aula e ainda está muito bem fundamentada, possibilitando a compreensão de que é possível realizar atividades que realmente promovam a aprendizagem e a tomada de cosnciência de identidade de si próprio diante do mundo. É um ótimo excercício.


  • Edilza Silveira Zaninie Dias, EM Aurora Pedros de Camargo , Mato Grosso do Sul - disse:
    edilzaninie@hotmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Que interessente sua sugestao de aula, valorizar a identitade do aluno é algo muito interessante que surge bons resustados. Parabens.


  • helena de fatima souza, escola municipal , Mato Grosso - disse:
    helenafsouza_@hotmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Ja trabalhei com o nome dos alunos na alfabetização, mas gostei muito das estrategias utilizada. voce esta de parabéns seu trabalho está ótimo.


  • Nelsi Zollett, CEIM Paulo Gabiatti , Mato Grosso do Sul - disse:
    nelsisara@hotmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Acho importante os alunos saber sobre sua identidade, e essa é uma aula muito boa.


  • wagner matias, secrearia de educação , Amapá - disse:
    wagnerurm@gmail.com

    24/03/2010

    Quatro estrelas

    Acredito ser um tema, aparentemente simples, porém bem abrangente e de suma importância, por ser uma referencia de toda hora, e de forma contínua, o nome próprio como foi citado na aula, produz a interação e intercambio social, levando sua referencia pessoal e aprendendo com outros nomes próprios outros significados e valorizações interpessoais.


  • MARIA IVANILDA SARAIVA MILFONT MOREIRA, Secretaria Municipal de Educação de DOURADOS , Mato Grosso do Sul - disse:
    ivanildamilfont@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Parabéns a Equipe Pedagógica da Escola Clori... A Coordenadora Pedagógica Alciléia Marques Lima; A Diretora Adjunta Ivone Bonetti; Profª Marlene Cardoso de Souza; Profª Andréia dos Santos Coelho Oliveira Coelho Vanzin; Profª Maria Juldete Munin; Profª Marled Quadra Riquelme; Profª Maria Elena Martins.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.