Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


As Etapas de Desenvolvimento dos Seres Humanos

 

21/07/2013

Autor e Coautor(es)
VANEIDE CORREA DORNELLAS
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Ana Maria Ferola da Silva Nunes; Denize Donizete Campos Rizzotto.

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Ciências Naturais Ser humano e saúde
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Papel da interação entre alunos
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Evolução da escrita alfabética
Ensino Fundamental Inicial Geografia Natureza
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Concepção de texto
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Concepção de alfabetização
Ensino Fundamental Inicial Alfabetização Processos de leitura
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
  • Reconhecer que o ser humano tem um ciclo vital;
  • Identificar e caracterizar as diferentes etapas (fases) da vida do ser humano;
  • Identificar as mudanças que ocorrem no corpo, no jeito de pensar e agir nas etapas de desenvolvimento do ser humano;
  • Valorizar a cooperação no convívio com pessoas de idades diferentes;
  • Interagir com seus colegas por meio de discussão sobre as etapas de desenvolvimento do ser humano;
  • Desenvolver a linguagem oral e escrita;
  • Desenvolver habilidades relativas à fala por meio de interação e de sua participação nas diversas atividades propostas;
  • Desenvolver atitudes de interação, de colaboração e de troca de experiências em grupos.
Duração das atividades
Aproximadamente 180 minutos – 3 atividades de 60 minutos cada uma.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Para que esta aula seja realizada é necessário que o aluno tenha habilidades de leitura e de escrita.

Estratégias e recursos da aula

INFORMAÇÕES AO PROFESSOR

Contemplando ações do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa.

Professor, esta aula objetiva contemplar ações do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Este é um compromisso formal assumido pelos governos federal, do Distrito Federal, dos estados e dos municípios de assegurar que todas as crianças sejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do Ensino Fundamental.

De acordo com os documentos do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa aos oito anos de idade, as crianças já precisam ter o entendimento e a compreensão do funcionamento do sistema de escrita e o domínio das correspondências grafofônicas, mesmo que não dominem todas as convenções ortográficas irregulares. Elas também precisam ter a fluência de leitura e o domínio de estratégias de compreensão e de produção de textos escritos.

Dentro da visão de alfabetização do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa o professor alfabetizador tem a função de auxiliar na formação para o bom exercício da cidadania. Para isso, precisa entender a alfabetização para além de uma visão tradicional em que considera a aprendizagem da leitura e a produção de texto como uma aprendizagem de habilidades individuais e de simples codificação e decodificação. Para tanto, alfabetização precisa abarcar os conceitos do letramento que tem como objeto de aprendizagem os aspectos sociais da língua escrita. Dessa forma, se faz necessário que o professor proponha a seus alunos a leitura e a produção textual de temas ligados ao seu cotidiano para que compreendam a importância social da leitura e da escrita. E que ainda, valorize e acolha a bagagem cultural diversificada que seus alunos possuem, independente da escola, pois eles já são participantes de atividades nos grupos sociais a que pertencem.

O aluno precisa entender a função da leitura e da escrita para a sua vida e de sua comunidade. Portanto, o professor precisa trabalhar temas que sejam significativos para eles, pois, dessa forma, haverá maior possibilidade do aluno se interessar pelos conteúdos propostos. E trabalhar com tudo que diz respeito à vida pessoal do aluno é muito significativo para ele.

A proposta dessa aula, portanto, se justifica dentro da visão do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa porque leva em consideração alguns dos direitos gerais da aprendizagem do Ensino de História, exposto por Brasil (2012, p. 34, 35.) ao afirmar que as atividades propostas devem propiciar ao aluno “identificar as fases etárias da vida humana e as práticas culturalmente associadas a cada uma delas, na atualidade e no passado (com ênfase na infância) (...) e selecionar e utilizar registros pessoais e familiares (documentos, músicas, fotos, recibos, listas de compras, receitas de todo tipo, contas domésticas, trabalhos escolares antigos, álbuns feitos ou preenchidos domesticamente, cartas, brinquedos usados, boletins escolares, livrinhos usados, dentre outros) para formular e expressar (oralmente, graficamente e por escrito) uma sequência narrativa a respeito da sua própria história”.

BRASIL.Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: Planejamento escolar: alfabetização e ensino da Língua Portuguesa.  Ano 1 : unidade 2. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional.  Brasília: MEC, SEB, 2012.

É importante que o professor, conheça os direitos de aprendizagem dos alunos que estão contemplados em sua prática na sala de aula, para que ao final de cada etapa seja concretizado o trabalho desenvolvido com os alunos no processo de aprendizagem. Eles estão disponibilizados no sítio: “MEC: Destaques e Documentos Informativos: Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa". Disponível em: < http://pacto.mec.gov.br>. Acesso em: 06 de jun. 2013, e depois clique em "Cadernos de Formação".

 

1ª Atividade - Aproximadamente 60 minutos.

Professor, para a presente aula, você deverá organizar os alunos em roda de conversa e estabelecer um diálogo a respeito do que sabem acerca das etapas do desenvolvimento humano. A roda de conversa é um espaço privilegiado de troca de ideias, e deve sempre, ser utilizado pelo professor, lembrando que é fundamental oferecer a oportunidade de participação para todos os alunos e valorizar a sua fala.

As crianças já trazem um conhecimento acerca desse tema, independente de sua idade, umas conhecem mais, outras menos. Mas, para que você saiba que conhecimentos são esses e possa aguçar a curiosidade deles, comece uma conversa com perguntas como:

  • O que é um ser vivo?
  • O ser humano é um ser vivo?
  • Se o ser humano é um ser vivo, ele passa por etapas em seu ciclo de vida, vocês sabem como se chamam as etapas que o ser humano passa em sua vida?
  • Em qual etapa da vida do ser humano você se encontra?
  • Em qual etapa da vida do desenvolvimento humano se encontram as pessoas que moram com você?
  • Você acredita que existe uma etapa melhor do que a outra? Qual? Por quê?

Explique aos alunos que, como todo ser vivo, nós humanos nascemos, crescemos, podemos nos reproduzir, ou seja, ter filhos e, depois de um certo tempo envelhecemos e morremos.

Explique que alguns animais se desenvolvem dentro da barriga da mãe e nascem parecidos com os pais. Outros animais se desenvolvem dentro de ovos que as fêmeas põem. E que ainda, existem animais que passam por grandes transformações durante sua vida, como a borboleta e o sapo.

Mostre a eles imagens do desenvolvimento de plantas e animais, para que eles percebam, de imediato, as etapas de desenvolvimento e a transformação dos seres vivos durante a vida. Você poderá buscar as imagens em revistas ou livros ou utilizar um projetor multimídia para projetar as imagens a seguir:

1

Fonte da imagem, disponível em: <http://mulher.uol.com.br/casa-e-decoracao/colunas/alessandro-terracini/2011/06/09/quando-faco-plantio-de-sementes-elas-quase-sempre-morrem-qual-o-problema.htm>. Acesso em: 05 de jul. 2013.

 

2  

Fonte: Imagem da própria autora.

A imagem tem uma função comunicativa muito forte. Ela é capaz de “ativar” mecanismos da imaginação que possibilitam à criança uma compreensão bem mais ampla do assunto tratado. Às vezes, falamos algo com as crianças e mesmo explicando (de acordo com nossa concepção) elas podem imaginar algo bem diferente do que é na realidade, mas quando observam a imagem têm uma compreensão maior da realidade. É, portanto, uma facilitadora da aprendizagem do aluno e por isso se torna tão importante no processo de desenvolvimento da criança. 

Mostre uma imagem do crescimento da barriga de uma mãe. Veja a seguir algumas sugestões:

3

Fonte: Imagem da própria autora.

A imagem tem uma função comunicativa muito forte. Ela é capaz de “ativar” mecanismos da imaginação que possibilitam à criança uma compreensão bem mais ampla do assunto tratado. Às vezes, falamos algo com as crianças e mesmo explicando (de acordo com nossa concepção) elas podem imaginar algo bem diferente do que é na realidade, mas quando observam a imagem têm uma compreensão maior da realidade. É, portanto, uma facilitadora da aprendizagem do aluno e por isso se torna tão importante no processo de desenvolvimento da criança. 

Mostre uma imagem do crescimento da barriga de uma mãe. Veja a seguir algumas sugestões:

4

Fonte da imagem, disponível em: <http://legalarts.medicalillustration.com/generateexhibit.php?ID=28501>. Acesso em: 05 de jul. 2013.

Se a sua escola faz parte do Projeto UCA, solicite que os alunos utilizem seus laptops para acessarem o pequeno vídeo “Passo a passo da gravidez” encontrado no link: <http://www.youtube.com/watch?v=H8zoezaFyqc>. (acesso em: 01 de jul. 2013), por meio do programa Mozilla Firefox (Metasys > Favoritos > Navegador de Internet).  Caso sua escola não possua os laptops, projete o vídeo em data show ou TV ou leve os alunos ao Laboratório de Informática, para que possam ter acesso às imagens desse vídeo de 12 minutos que mostra o desenvolvimento do feto com imagens bem próximas da realidade.

Explique aos alunos que após o nascimento, o ser humano passa por quatro fases principais de desenvolvimento: infância, adolescência, vida adulta e velhice, mas que, dentro de cada fase há um desenvolvimento e o corpo passa por transformações e mudanças.   

Projete as imagens a seguir e explore as características de cada fase. Utilize um projetor multimídia ou então, reproduza as imagens e distribua para os alunos colarem no caderno de Ciências e registrarem as principais características de cada etapa, à medida que forem discutindo sobre cada uma.

 

  • A infância é a fase que se inicia com o nascimento e vai até aproximadamente 11 ou 12 anos e as mudanças no corpo são muito rápidas e intensas. Nessa fase, a criança precisa da ajuda de adultos para ser alimentado e cuidado. Nos primeiros anos a criança aprende: comer, andar, falar, compartilhar suas ideias e sentimentos.

5

Fonte da imagem, disponível em: <http://casaeidea.blogspot.com.br/2012_08_01_archive.html >. Acesso em: 10 de jul. 2013.

 

  • A adolescência é a fase que começa no final da infância e vai até aproximadamente 18 ou 20 anos. É a fase que liga a infância à vida adulta. O corpo passa por mudanças até se transformar num corpo adulto. E o comportamento também muda, pois o adolescente passa a agir de maneira mais independente.

24

Fonte da imagem, disponível em:  <http://www.comunidadegospel.com/igrejamodelo/adolescentes-teatro/>.  Acesso em: 10 de jul. 2013.

 

  •  A idade adulta é a fase que se inicia no final da adolescência e o seu corpo já desenvolveu completamente. Nessa fase as pessoas estão preparadas para assumir responsabilidades, como trabalhar, ter filhos e cuidar de outras pessoas.

 20

Fonte da imagem, disponível em: <https://www.lds.org/church/news/single-adults-leaders-see-benefits-of-ysa-ward-reorganization?lang=por>.  Acesso em: 10 de jul. 2013.

  

  • E na velhice o corpo das pessoas vai perdendo força e agilidade, mas os idosos podem continuar realizando muitas atividades comuns da vida adulta.

8

Fonte da imagem, disponível em: <https://www.facebook.com/minutoenfermagem?directed_target_id=0>. Acesso em: 10 de jul. 2013.

 

Converse com os alunos sobre o respeito que deve haver entre as pessoas das diferentes etapas de desenvolvimento do ser humano, principalmente as crianças e os mais velhos.

Apresente aos alunos fotos de pessoas nas diferentes fases de desenvolvimento e aponte as mudanças que o corpo vai sofrendo no decorrer da vida.

9

Fonte da imagem, disponível em: <http://cceg.com.br/2012/09/a-idade-do-lobo/>. Acesso em: 05 de jul. 2013.

 

10

Fonte da imagem, disponível em: <http://cosmeticosnyxpravoce.blogspot.com.br/2011_08_01_archive.html>. Acesso em: 05 de jul. 2013.

 

Se a sua escola faz parte do Projeto UCA, solicite que os alunos utilizem seus laptops para acessarem ao pequeno vídeo “Fases da Vida” encontrado no link disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=NGKNxT0y0iQ>. (acesso em: 01 de jul. 2013), por meio do programa Mozilla Firefox (Metasys > Favoritos > Navegador de Internet).  Caso sua escola não possua os laptops, projete o vídeo em data show ou TV ou leve os alunos ao Laboratório de Informática, para que possam ter acesso às imagens com o objetivo de auxiliar o aprendizado relacionado com o estudo sobre as transformações sofridas pelo corpo ao longo do tempo de vida.

11

Fonte: Imagem produzida pela própria autora com imagens do vídeo “Fases da Vida”, disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=7y4gGu5mEWM>. Acesso em: 01 de jul. 2013.

Após assistirem ao vídeo, solicite que os alunos registrem no caderno de Ciências o que entenderam e façam uma ilustração.

 12

Como “Atividade de Casa” peça aos alunos que façam uma entrevista com o pai ou mãe ou alguém que more na mesma casa. Explique aos alunos que é melhor que seja feita com um adulto ou alguém da “Terceira Idade”, para que saiba responder de forma mais eficaz. Deve ser avisado a eles que as respostas da entrevista serão socializadas com os colegas na próxima aula.

ENTREVISTA

18

Fonte: Imagem da própria autora.

 

2ª Atividade - Aproximadamente 60 minutos.

Retome a atividade do dia anterior e socialize com os alunos as respostas dos colegas. Para isso, eles devem se organizar em duplas e compararem as respostas da entrevista. Enquanto eles fazem isso, você deve andar pela sala de aula, acompanhar as discussões e escolher algumas respostas para serem socializadas no grupo com todos os alunos.

Depois, proponha uma atividade de recorte em revistas. Para essa atividade, você vai precisar de revistas, tesoura e cola. Peça aos alunos que recortem das revistas, figuras de pessoas nas diferentes fases ou períodos da vida. Não precisa ser apenas 4 figuras, podem ser escolhidas mais figuras, em diferentes idades, mas, no momento da colagem deve ficar atento para que as figuras sejam coladas em ordem de idade cronológica.

Depois, peça a eles que circulem a figura que representa a etapa da vida em que eles se encontram. Observe o exemplo abaixo.

14  

Fonte: Imagem da própria autora.

 

Você também poderá propor outra atividade; peça a eles que desenhem uma pessoa nas diferentes fases da vida, como no exemplo abaixo.

15

Fonte: Imagem da própria autora.

Dependendo do estágio de escrita em que seus alunos estejam, proponha a eles uma atividade de escrita sobre as características de cada fase do desenvolvimento humano.

Você também pode propor a seguinte atividade:

19

12

 

Como “Atividade de Casa”, peça aos alunos que providenciem cópias de fotos de quando eles nasceram, quando tinham por volta de seis meses e uma foto de cada ano que eles já passaram, para que seja comparado seu desenvolvimento e as mudanças e transformações no seu corpo. Peça aos pais ou responsáveis, que escrevam atrás das cópias das fotos a idade em que as crianças se encontravam. Fale para eles explicarem aos pais que todas as cópias das fotos serão devidamente devolvidas. Peça também que eles tragam objetos que usavam quando eram bebês e quando eram menores. Pode ser: brinquedos, objetos, roupas, calçados e outras coisas que marcaram a vida deles.

 

3ª Atividade - Aproximadamente 60 minutos.

A linha do tempo: diferentes fases da minha vida

Para realizar essa atividade você vai precisar das fotos dos alunos para que eles possam comparar as mudanças ocorridas e o desenvolvimento do seu corpo desde o seu nascimento.

Instrua os alunos a fazerem uma linha do tempo com a idade deles para colarem as fotos. Ajude-os a colocarem as fotos em ordem cronológica.

Observe o exemplo abaixo:

  23

Fonte: Imagem da própria autora.

Faça um mural na sala de aula para socializar o trabalho realizado pelos alunos.

 

Socializando

Professor, esta atividade, de pesquisa e envio das fotos,  envolveu os pais, portanto  eles também são coautores do trabalho, assim, é justo que participem da socialização. Você poderá fazer um evento para expor o material que trouxeram e as fotos que organizaram em linha do tempo. Discuta com os alunos qual será a melhor forma de apresentar os trabalhos aos pais. Faça o planejamento junto com eles.  

Este evento terá diversos desdobramentos, possibilitará o trabalho com diferentes gêneros textuais, tais como:

Elaboração de um convite aos pais;

Solicitação de autorização para a direção da Escola;

Lista de tarefas;

Relatório da atividade;

Dentre outros.

Convide também crianças das outras turmas  para apreciarem o trabalho.

Professor, durante a execução dos trabalhos realizados pelos alunos cabe a você, de acordo com a sua realidade e da escola, utilizar recursos tecnológicos, como máquina fotográfica, filmadora e tablet, para registrar por meio de fotos e vídeos e construir um mural ou edição de filme para ser divulgado para toda a comunidade escolar.

16

Fonte: Imagem da própria autora: exposição dos objetos e vestuários dos alunos do 3º ano da Escola de Educação Básica da UFU- Eseba – utilizados por eles quando eram bebês - 2013.

Recursos Complementares

Se a sua escola faz parte do Projeto UCA, solicite que os alunos utilizem seus laptops para acessarem o vídeo “Fases da Vida” por meio do sítio disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=sJ_vcZxInbc>, acesso em: 01 de jul. 2013, por meio do programa Mozilla Firefox (Metasys > Favoritos > Navegador de Internet).  Caso sua escola não possua os laptops, projete o vídeo na sala de aula com projetor, data show ou TV, para que os alunos possam assistir e observar as fotos e imagens de pessoas nas diferentes etapas da vida do ser humano.

.

Avaliação

A avaliação acontece de forma contínua e processual. Ela começa quando o professor faz o levantamento dos conhecimentos prévios dos alunos indagando sobre as diferentes etapas da vida do ser humano. É um procedimento investigativo do trabalho pedagógico, portanto, a todo o momento você precisa analisar o que o aluno já sabe e o que ainda precisa aprender sobre a questão trabalhada.

Ao ser ministrado esse conteúdo você deve estar preparado para intervir e mediar as atividades e conduzir os alunos a avanços na sua aprendizagem. É imprescindível fazer observações e anotações pessoais para sistematizar os dados e informações e recolher elementos importantes sobre como os alunos estão compreendendo e construindo os conceitos e relacionando as informações novas com seus conhecimentos anteriores.

Durante o processo todos os avanços devem ser considerados. Observe se eles: formulam hipóteses sobre o tema; conseguem identificar as fases de desenvolvimento do ser humano. Procure observar ainda se: perceberam as mudanças ocorridas na sua vida desde que nasceram e como foram conseguindo fazer coisas que antes não conseguiam fazer sozinhas, como falar, andar, correr, andar de bicicleta, ler, entre outros; têm noção das coisas que poderão fazer quando adultos, que não podem fazer hoje ou quando forem adolescentes. Avalie a participação dos alunos durante a exposição dos trabalhos.

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 2 classificações

  • Cinco estrelas 2/2 - 100%
  • Quatro estrelas 0/2 - 0%
  • Três estrelas 0/2 - 0%
  • Duas estrelas 0/2 - 0%
  • Uma estrela 0/2 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.