Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Dramatizando fábulas: o teatro de fantoches

 

04/09/2009

Autor e Coautor(es)
WALLESKA BERNARDINO SILVA
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Eliana Dias

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua oral: usos e formas
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

• Recontar fábulas por meio do texto dramático;
• trabalhar expressão vocal e desenvolver habilidades manuais.

Duração das atividades
5 aulas de 50 minutos cada
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

O aluno deverá saber que uma mesma história pode ser (re)contada de diversas maneiras por pessoas diferentes. Para isso, o professor pode recontar algum conto de fadas, como Chapeuzinho Vermelho, de diferentes modos: por meio de fantoches, se vestindo como Chapeuzinho ou como Lobo e dramatizando os diálogos, por meio de desenhos, etc. Pode ainda solicitar aos alunos da turma que também recontem a história.
Importante: nesse momento, sugere-se um conto de fadas ao invés de uma fábula, porque parte-se do pressuposto de que o conto de fadas já faz parte do repertório de gêneros conhecidos pelos alunos que os ouvem e reproduzem oralmente desde as primeiras séries na escola. Isso, talvez, não ocorra com a fábula.

Estratégias e recursos da aula

• Atividades em círculo para facilitar a contação de fábulas;
• atividades em duplas na construção do teatro de fantoches;
• imagens de personagens de fábulas para incentivar alunos na reprodução oral das histórias;
• recurso de vídeo para mostrar um teatro de fantoches;
• material reciclável para a produção do cenário e dos fantoches para a encenação das fábulas.

Aula 1
Atividade 1

A proposta inicial é que os alunos estejam sentados, em círculo, para ouvirem a contação de fábulas. O professor escolherá três fábulas para ler em voz alta aos alunos.
Importante: o professor deverá treinar a leitura anteriormente, a fim de caracterizar por meio da voz cada um dos personagens da fábula, assim como poderá utilizar expressões fisionômicas que atraiam o interesse dos alunos. Isso propiciará o contato dos estudantes com o texto dramático.
Seguem algumas sugestões de fábulas que poderão ser contadas pelo professor em sala de aula:

A lebre e a tartaruga (La Fontaine)

A lebre vivia a se gabar de que era o mais veloz de todos os animais. Até o dia em que encontrou a tartaruga.
– Eu tenho certeza de que, se apostarmos uma corrida, serei a vencedora – desafiou a tartaruga.
A lebre caiu na gargalhada.
– Uma corrida? Eu e você? Essa é boa!
– Por acaso você está com medo de perder? – perguntou a tartaruga.
– É mais fácil um leão cacarejar do que eu perder uma corrida para você – respondeu a lebre. No dia seguinte a raposa foi escolhida para ser a juíza da prova. Bastou dar o sinal da largada
para a lebre disparar na frente a toda velocidade. A tartaruga não se abalou e continuou na
disputa. A lebre estava tão certa da vitória que resolveu tirar uma soneca.
"Se aquela molenga passar na minha frente, é só correr um pouco que eu a ultrapasso" – pensou.
A lebre dormiu tanto que não percebeu quando a tartaruga, em sua marcha vagarosa e constante,
passou. Quando acordou, continuou a correr com ares de vencedora. Mas, para sua surpresa, a
tartaruga, que não descansara um só minuto, cruzou a linha de chegada em primeiro lugar.
Desse dia em diante, a lebre tornou-se o alvo das chacotas da floresta. Quando dizia que era o animal mais veloz, todos lembravam-na de uma certa tartaruga...
Moral: Quem segue devagar e com constância sempre chega na frente.


A cigarra e as formigas (Esopo)

Num belo dia de inverno as formigas estavam tendo o maior trabalho para secar suas reservas de trigo. Depois de uma chuvarada, os grãos tinham ficado completamente molhados. De repente aparece uma cigarra:
- Por favor, formiguinhas, me dêem um pouco de trigo! Estou com uma fome danada, acho que vou morrer.
As formigas pararam de trabalhar, coisa que era contra os princípios delas, e perguntaram:
- Mas por quê? O que você fez durante o verão? Por acaso não se lembrou de guardar comida para o inverno?
- Para falar a verdade, não tive tempo – respondeu a cigarra. – Passei o verão cantando!
- Bom... Se você passou o verão cantando, que tal passar o inverno dançando? – disseram as formigas, e voltaram para o trabalho dando risada.
Moral: Os preguiçosos colhem o que merecem.


O leão e o ratinho (Esopo)

Um leão, cansado de tanto caçar, dormia espichado debaixo da sombra boa de uma árvore. Vieram uns ratinhos passear em cima dele e ele acordou. Todos conseguiram fugir, menos um, que o leão prendeu debaixo da pata. Tanto o ratinho pediu e implorou que o leão desistiu de esmagá-lo e deixou que fosse embora. Algum tempo depois o leão ficou preso na rede de uns caçadores. Não conseguindo se soltar, fazia a floresta inteira tremer com seus urros de raiva. Nisso apareceu o ratinho, e com seus dentes afiados roeu as cordas e sol tou o leão.
Mor al: Uma boa ação ganha outra.

Atividade 2

Após a contação de histórias, o professor mostrará aos alunos uma imagem correspondente a cada uma das fábulas lidas e solicitará que os estudantes se organizem em até três grupos para recontar oralmente a história referente ao desenho.
Importante: nesse momento, os alunos terão total autonomia para se organizar e recontar a história como quiserem.

Imagens disponíveis em: http://www.metaforas.com.br/infantis/default.asp Acesso em 06/08/09.

Aula 2
Atividade

Nesta aula, o professor explicará aos alunos que a tarefa deles será, em duplas, encenar uma fábula por meio do teatro de fantoches. Para isso, o professor levará para a sala de aula muitas fábulas escritas. O docente poderá consultar sites de busca da internet para sugerir fábulas aos alunos.
Sugestão: http://www.metaforas.com.br/infantis/default.asp Acesso em 06/08/09.

Antes de dar início à escolha das fábulas, o professor deverá mostrar aos alunos um vídeo com teatro de fantoches para que eles possam entender como acontece esse tipo de encenação. Um recurso legal é utilizar as fábulas encenadas por meio do teatro de fantoches disponibilizadas no site:
http://br.video.clipta.com/As_Fabulas_-_O_Leao_e_o_Rato__v9b23ba2eaf1c499cdae0 Acesso em 06/08/09.

Depois de assistido o vídeo, o professor deverá ressaltar o material utilizado para a construção dos personagens, o cenário, a disposição dos personagens em cena, a própria cena que, nesse caso, contou com a presença do narrador, mas também com a fala dos personagens. Seguidamente à discussão e à composição do teatro de fantoches, os alunos, sentados em duplas, terão um tempo determinado pelo professor para lerem as fábulas (xerox) trazidas pelo docente e trocá-las entre si, já intencionando a escolha da fábula que irão encenar.
Depois de escolhida a fábula, os alunos deverão lê-la tanto em voz silenciosa quanto em voz alta. Duplas diferentes podem escolher a mesma fábula. Então, o professor deverá se atentar à possibilidade disso acontecer e já estar preparado com, pelo menos, três cópias de cada história. Feito isso, os estudantes organizarão o texto para representar a narrativa por meio de fantoches.
Importante: caso o texto não contenha o discurso direto, o professor deverá auxiliar os alunos a criarem falas para os personagens – uma readaptação –, uma vez que, no texto dramático, a presença do narrador é dispensável, o que não implica, entretanto, em sua ausência.

Decididos os papéis de cada aluno na encenação, estes deverão iniciar o planejamento para a confecção de fantoches. Terão de pensar, em duplas, como construirão seus personagens, o material que utilizarão, o cenário, etc. Enfim, deverão pensar nos preparativos para a execução da encenação teatral. Essa preparação inclui a leitura do texto em casa pelo aluno, conforme decisão da dupla, e a busca por materiais que facilitarão a construção dos fantoches e a encenação. O professor poderá fazer uma parceria com o professor de artes para a realização da atividade.

Aula 3
Atividade

E ssa aula será destin a da apen as à confecção dos fantoches. Os bonecos poderão ser feitos com cartolina desenhada e recortada, presos em lápis ou canetas, improvisados com massinha, ou ainda algum tipo de material reciclado, como garrafas plásticas que o aluno deverá trazer de casa. Já o cenário poderá ser único para todas as encenações ou também construído, individualmente, com papelão pelos próprios alunos. Tudo dependerá do rendimento da turma e o compromisso dos estudantes com a proposta.

Aula 4
Atividade

Nessa aula, os alunos terão a oportunidade de ensaiar a encenação, testando os fantoches no cenário e organizando suas falas.
Importante: o professor, nesse momento, será fundamental para dar direcionamento ao texto teatral, por isso, deverá assistir aos alunos nos ensaios e contribuir com dicas para melhorar a performance dos estudantes.

Aula 5
Atividade

Chegou o momento de assistir à apresentação das peças pelos alunos.

Atividades complementares

Caso o trabalho tenha rendido boas performances, o professor poderá combinar com a direção da escola uma apresentação no anfiteatro ou biblioteca escolar para os demais alunos da escola. Os estudantes, com certeza, se sentirão muito motivados a apresentar seu trabalho.

Recursos Complementares
  • Sugestão de leituras para o professor:
Avaliação

A avaliação é processual, podendo ser realizada em todas as etapas do trabalho. O professor deve se atentar à encenação do teatro para perceber se o enredo da fábula foi respeitado (mesmo com adaptações), pois a ideia é dramatizar uma fábula trabalhada em sala e não criar outra história. Também deve perceber se os alunos conseguiram, por exemplo, diferenciar o timbre de voz de cada personagem, já que teriam que trabalhar a expressão vocal. Além disso, o docente deve avaliar a construção dos cenários bem como os personagens, já que um dos objetivos da aula foi o desenvolvimento de habilidades manuais.
Importante: o professor não deve avaliar a construção do cenário e dos personagens partindo de critérios subjetivos, como beleza e feiura. Ao contrário, ele deve observar se os bonecos construídos conseguem representar os personagens das fábulas, levando em conta a criatividade discente.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 14 classificações

  • Cinco estrelas 13/14 - 92.86%
  • Quatro estrelas 1/14 - 7.14%
  • Três estrelas 0/14 - 0%
  • Duas estrelas 0/14 - 0%
  • Uma estrela 0/14 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • josineide, E.m.e.fundamental Mucatú , Paraíba - disse:
    josineide.pitimbu@gmail.com

    27/05/2013

    Cinco estrelas

    ótimo


  • Maraisa Miotti, EEEFM Clodoaldo nunes de Almeida , Rondônia - disse:
    maramiotti10@gmail.com

    12/07/2012

    Cinco estrelas

    Este ano vou trabalhar na sala de leitura com alunos do 1º ao 5º ano e quero sair da mesmice e trabalhar com teatro de fantches com essas crianças, e amei essa aula,vou montar meu projeto, e acrescentar essa maravilhosa aula.Muito obrigada


  • eduardo, luiz gonzaga da rocha , Acre - disse:
    eduardosilva-ac@hotmail.com

    28/11/2011

    Quatro estrelas

    ótima d mais gosteiiiiiiiiii.


  • cristina , esola Olga , São Paulo - disse:
    cristina-trindade@hotmail.com

    20/07/2011

    Cinco estrelas

    Parabéns, adorei a sequência das atividades. Tive boas ideias para desenvolver com meus pequenos.


  • SILVANA VALECO, autonoma , Paraná - disse:
    silvana.valeco@hotmail.com

    30/05/2011

    Cinco estrelas

    Parabéns pela criatividade! Continuem assim que estão ótimas.


  • iraci, Escola Romana Ricarte , Ceará - disse:
    iracidocente14@yahoo.com.br

    20/10/2010

    Cinco estrelas

    Ótimas sugestões, pois dar oportunidade ao aluno de desenvolver talentos, aprender e passar valores.


  • matilde argelo anastacio, Carlos Drummond de Andrade , Mato Grosso do Sul - disse:
    matildaanastacio@gmail.com.br

    18/08/2010

    Cinco estrelas

    Achei excelente seu projeto.


  • Maridalva , Unidade Integrada Y Juca Pirama , Maranhão - disse:
    maridalva.ssilva@hotmail.com

    15/08/2010

    Cinco estrelas

    Muito legal! Trabalho história e arte com alunos do 6º ao 9° ano e com certeza usarei sua ideia para fazer adaptações com meus alunos. Parabéns!


  • Lucilia, FIP Faculdades Integradas Paulista , São Paulo - disse:
    luciliaportela@hotmail.com

    27/04/2010

    Cinco estrelas

    Obrigada, esse projeo é uma grande ajuda para nós estudantes de pedagogia.


  • Janaína, CEM Antônio Póvoa , Tocantins - disse:
    janainaeflavio@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Exelente sugestão


  • Lucilene Costa, Colégio Dr. Pedro Lobato , Maranhão - disse:
    leny_150@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Trabalhar com o aluno desta forma, ajuda a despertar o interesse do mesmo pela aula.


  • ELCY DO CARMO SILVA, igreja evangelica assembleia de DEUS do min. fruto do espírito , Rio de Janeiro - disse:
    enfermaria41@ibest.com.br

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    amada foi maravilhoso entra no teu blog.sou coordenadora de crianças e juniores e tenho desejo de aprender e ensinar as minhas ajudantes , tirei grande proveito desta aulas .muitos bjs


  • helena, Centro Educacional Paulo Freire , Mato Grosso - disse:
    helena.braz@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    também gosto mto de trab. com fantoches. parabéns, gostei mto de sua aula.


  • MIRIAM BIDU DE LUNA, Secretaria Municipal de Educação de CAMPESTRE DE GOIAS , Goiás - disse:
    profbluna@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    OTIMO! VOU FAZER UMA ADAPTAÇÃO PARA OS MEUS ALUNOS DO 8º ANO.


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.