Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


EJA - NOME E SOBRENOME

 

15/11/2009

Autor e Coautor(es)
DENIZE DONIZETE CAMPOS RIZZOTTO
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Eliana Aparecida Carleto, Luciana Soares Muniz, Patrícia Pacheco, Ana Maria Ferola

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Educação de Jovens e Adultos - 1º ciclo Língua Portuguesa Leitura e escrita de texto
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Alfabetização
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

O/A aluno/a poderá perceber a importância do seu nome e sobrenome na construção da sua identidade; utilizar o alfabeto como referência na escrita das palavras; utilizar as letras maiúsculas e minúsculas no início das palavras; identificar nome próprio; ampliar seu vocabulário oral e escrito, além de aprender a consultar o dicionário. Outro conhecimento que ele/a poderá adquirir é relativo ao gênero textual poema, identificar sua estrutura, estrofes etc.

Duração das atividades
Aproximadamente quatro (4) aulas - 240 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Professor/a lembre-se, o trabalho com os nomes dos alunos é muito significativo, pois estamos trabalhando com algo que tem uma relação direta com a história de vida do aluno. É importante que você resgate com seus alunos os conhecimentos que eles/as possuem sobre a escrita dos nomes próprios; quais letras são utilizadas na escrita dos nomes das pessoas. Verifique se eles/as têm noções de letras maiúsculas e minúsculas e a sua função na escrita dos nomes, ou seja, que tipo de letra utilizamos para escrever os nomes das pessoas, da cidade onde moramos, da rua etc. É importante que o aluno esteja na fase alfabética, mas se ele ainda não se encontra alfabético, esta é uma excelente atividade para que você possa desafiá-lo em suas hipóteses sobre a escrita, pois ele estará trabalhando com o alfabeto a partir de um contexto significativo que são os nomes dos alunos e também utilizando um recurso lúdico, que é a música.

Estratégias e recursos da aula
                   

Professor/a providencie um CD ou DVD com a música do Toquinho “Gente tem sobrenome”, sugerimos o sítio a seguir:http://www.muitamusica.com.br/941-toquinho/62121-gente-tem-sobrenome/letra/. Neste sítio você encontrará a letra da música. Você vai precisar também da “lista de chamada”, ou seja, a relação dos nomes que você tem no diário de classe, no qual faz o registro das presenças e ausências dos/as alunos/as.

1ª aula – Aproximadamente 120 min - 2 aulas (geminadas) -60 minutos cada

1º momento - Professor/a inicie a aula dizendo que hoje fará uma “chamada” diferente. No lugar de falar o nome dos/as alunos/as solicite que cada um/a fale seu nome e sobrenome.
- Registre na lousa. Utilize um giz colorido para destacar a primeira letra do nome e do sobrenome de cada aluno.
- Questione-os sobre a função da “lista de chamada”. Depois que levantarem as suas hipóteses, esclareça-os que este é um documento importante, destinado a registrar os dados referentes à vida escolar dos/as alunos/as: a matrícula, a frequência, o conteúdo trabalhado e o desempenho escolar. Registre na frente de cada nome a presença dos/as alunos/as. Verifique se faltou algum/a aluno/a e escreva o nome dele/a também, anotando a sua ausência.

2º momento - Depois que todos falarem seus nomes e já estarem registrados na lousa, questione-os sobre as letras que iniciam os nomes e mostre-lhes o alfabeto contendo as letras maiúsculas e minúsculas, para que eles/as percebam que as letras dos nomes estão presentes no “alfabeto”.

undefined

Registrando no caderno-

Professor/a aproveite que os alunos gostam de “agendas” e proponha que façam coletivamente uma AGENDA DOS ANIVERSARIANTES DA TURMA. Para isso, motive-os dizendo da importância de sermos gentis com as pessoas com as quais convivemos. Com a construção da agenda poderão saber a data de aniversário de todos os colegas, inclusive da professora. Esta atividade além de trabalhar o alfabeto, as letras e os nomes próprios ainda possibilita uma maior interação entre os colegas do grupo.
 Solicite que olhem no alfabeto e falem qual será o primeiro nome da agenda. Questione-os sobre o que acham que é ordem alfabética, pois faremos a agenda obedecendo esta ordem. Depois desta exploração continue o registro solicitando que eles/as digam os nomes e as datas de aniversário de cada um na sequência. As crianças menores nem sempre têm estes dados, às vezes é necessário consultar a certidão de nascimento, mas para os adultos isto não é problema.
 Para motivar os alunos, proponha que personalizem sua agenda, para isso cada um poderá escolher como quer decorar. As crianças gostam de colar adesivos infantis, fazer desenhos, já os adultos são mais práticos, porém algumas mulheres gostam de “enfeitar” suas agendas também. Se o tempo for insuficiente, proponha que façam a decoração da agenda em casa.


AGENDA: ANIVERSARIANTES DA TURMA________ PROF_______________________________

NOMES DOS ALUNOS DATA DO ANIVERSÁRIO

4º momento- Explore a AGENDA construída junto com os/as alunos/as utilizando as questões a seguir:
1- Qual o nome que tem o maior número de letras? E o que possui o menor número de letras?
2- Observe os primeiros nomes dos colegas. Em sua turma há nomes com todas as letras do alfabeto? Se estiver faltando anote qual é esta letra.
3- Circule seu nome na agenda que você copiou.
4- Que nome foi escrito antes do seu? É nome masculino ou feminino?
5- Que nome vem depois?
6- A letra de seu nome ocupa qual lugar no alfabeto?
7- Há nomes que começam com a mesma letra? Quais são eles? Sublinhe estes nomes.
8- Há mais de um/a aluno/a que possui o mesmo nome? Se houver qual deles está primeiro? Por quê?
9- Explore ao máximo a repetição de letras, os agrupamentos de nomes iniciados e terminados com as mesmas letras, as diferenças entre maiúsculas e as minúsculas, a presença das letras maiúsculas no início dos nomes próprios.

2 ª aula: aproximadamente 120 min- (2)duas aulas de 60 min cada (geminadas)

Nome próprio e apelidos.

1º momento: professor/a retome com seus/as alunos/as a AGENDA que vocês elaboraram. Questione-os sobre o que aprenderam na aula anterior. Observe atentamente as respostas, pois este é um excelente momento para você avaliar e verificar se eles compreenderam ou não o que foi trabalhado. Aprendemos que todos/as tem um nome e sobrenome e que para escrever os nomes das pessoas nós começamos com letra maiúscula. Aprendemos também que estas letras estão em nosso alfabeto e ele tem uma ordem. Mas, existem muitas pessoas que têm nomes, porém são conhecidas por seus apelidos.

2º momento: Solicite que eles procurem no dicionário o que significa nome. Mas antes pergunte como é que farão para encontrar as palavras no dicionário. Depois que eles falarem dê alguns exemplos para que fique bem claro, explore o dicionário com eles. Quando encontrarem o significado no dicionário, peça que algum dos alunos leia. Segundo o Dicionário Aurélio nome: palavra com que se designa pessoa, animal ou coisa. Nome próprio: nome com que se nomeiam individualmente os seres e que se aplica em especial a pessoas, nações, povoações, montes, mares, rios, ruas, cidades.

3º momento: Questione-os sobre o que eles entendem por apelido, depois solicite que encontrem no dicionário o seu significado e leiam para os colegas quando encontrarem. Segundo o Dicionário Aurélio apelido: nome que se dá a alguém em lugar do seu próprio nome, e que , às vezes, é um diminutivo do nome: Chico é apelido de Francisco, Bebel é apelido de Izabel etc.

4º momento: aproveite para explorar o aspecto afetivo dos apelidos e o modo pelo qual eles são formados. Alguns são fragmentos de nomes (exemplo: Ma para Maria, Carol para Caroline, Lili, para Eliana), outros são no diminutivo (exemplo: Carlinhos, Pedrinho, Paulinho), ou no aumentativo (Paulão, Carlão, Pedrão). Mas, temos também aqueles que não tem nenhuma vinculação com o nome próprio da pessoa.

5º momento: é importante deixar que eles/as relatem os exemplos. Aproveite e faça a lista com os nomes e apelidos de colegas da turma, mas desde que o/a aluno/a autorize, caso a pessoa não goste do apelido não utilize e aproveite para conversar com a turma sobre o respeito ao/a colega.

NOMES

APELIDOS

1-

2-

3-

4-

5-

6-

6º momento: Questione-os sobre o que é o sobrenome. Qual é o lugar que ele ocupa, vem em primeiro ou segundo lugar? O que ele representa? Depois de levantar as hipóteses dos/as alunos/as, retome novamente o dicionário e solicite que eles procurem o significado de sobrenome. De acordo com o Dicionário Aurélio sobrenome: nome de família vem após o primeiro nome. Nome que se acrescenta ao primeiro nome e que diferencia pessoas que têm o primeiro nome igual: Tiago Rocha e Tiago Rodrigues.

7º momento:  motive os alunos perguntando se gostam de cantar. Solicite que todos/as ouçam com atenção a música “Gente tem sobrenome” de Toquinho. Quem souber a letra poderá cantá-la.
 Para tornar a aula mais divertida e interessante proponha uma coreografia, caso não queira que os alunos se movimentem na sala, faça os gestos apenas com os braços e mãos e eles mesmo sentados, repetirão. Mas, se quiser uma aula mais animada peça que todos se levantem e façam uma coreografia utilizando movimentos que expressem o que está sendo cantado.


“Gente tem sobrenome”Toquinho


Todas as coisas têm nome
casa, janela e jardim
coisas não têm sobrenome.
Mas a gente sim.

Todas as flores têm nome
rosa, camélia e jasmim
flores não têm sobrenome.
Mas a gente sim.

O Chico é Buarque, Caetano é Veloso
o Ari foi Barroso também
e tem o São Jorge, tem o Jorge Amado.
Tem outro que é o Jorge Bem.

Quem tem apelido, Dedé, Zacarias
Mussum e a Fafá de Belém
tem sempre um nome e depois do nome.
Tem sobrenome também.

Todo brinquedo tem nome
bola, boneca e patins
brinquedos não têm sobrenome.
Mas a gente sim.

Coisas gostosas têm nome
Bolo, mingau e pudim
Doces não têm sobrenome
Mas a gente sim

Renato é Aragão, o que faz confusão
Carlitos é o Charles Chaplin
e tem o Vinícius, que era de Moraes
e o Tom Brasileiro é Jobim.

Quem tem apelido, Zico, Maguila
Xuxa, Pelé e He-man
tem sempre um nome e depois do nome
tem sobrenome também.

8º momento: entregue para cada aluno/a a letra da música e explore ao máximo os dados que ela oferece para você trabalhar e até mesmo avaliar o que os/as alunos/as aprenderam.

9º momento: depois de cantar e fazer a coreografia leia para eles/as e depois solicite que leiam e identifiquem as oito estrofes. Questione-os:
a) na primeira estrofe tem nome de pessoas ou de coisas? Circulem de amarelo os nomes das coisas.
b) Quais os nomes que aparecem na segunda estrofe?
c) E na terceira estrofe, quais são os nomes próprios que aparecem? Quais são as letras que começam estes nomes? Circulem de vermelho a primeira letra de cada nome próprio.
d) Faça um circulo de azul no sobrenome do Chico, do Caetano do Ary e do Jorge.
e) Colora de verde os apelidos que têm na terceira estrofe. E na última estrofe colora de rosa os nomes dos brinquedos.

Avaliação

Professor/a a avaliação será processual, ou seja, ela vai ocorrer ao longo do processo, para isso, seja criterioso/a. Registre em seu caderno de plano ou em uma ficha o que você percebeu que seus/as alunos/as tiveram mais facilidade ou mais dificuldades. Caso perceba que algum aluno/a não conseguiu compreender os conceitos trabalhados, retome com ele, dê uma atenção especial. Utilize também a atividade com a música para você verificar se os/as alunos/as assimilaram os conceitos de nome, nome próprio, sobrenome, apelido e a utilização das letras maiúsculas e minúsculas.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 2 classificações

  • Cinco estrelas 1/2 - 50%
  • Quatro estrelas 1/2 - 50%
  • Três estrelas 0/2 - 0%
  • Duas estrelas 0/2 - 0%
  • Uma estrela 0/2 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.