Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Pesquisando a relação entre Núcleo, Cromossomos e DNA.

 

03/06/2012

Autor e Coautor(es)
Lindomar de Oliveira Untaler
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Selma Gonzaga Silva

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Médio Biologia Moléculas, células e tecidos
Ensino Médio Biologia Transmissão da vida, ética e manipulação genética
Ensino Médio Biologia Diversidade da vida e hereditariedade
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
  • Identificar a relação entre núcleo, cromossomos e DNA.
  • Conhecer algumas situações cotidianas que utilizam os conhecimentos de genética.
  • Compreender que o núcleo é o local da célula que abriga a nossa identidade genética.
Duração das atividades
4 aulas de 50 minutos cada.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Conhecimentos básicos de citologia e genética.

Estratégias e recursos da aula

 

1ª Atividade - Começando a investigar sobre Núcleo Celular e Cromossomos

Professor, a ideia central desta aula é contribuir para que os alunos compreendam a relação existente entre o Núcleo Celular, Cromossomos e DNA. Sendo assim, o professor poderá iniciar a aula fazendo o seguinte questionamento:

Questão 1 "Qual é a relação existente entre Núcleo e Cromossomos?"

Para ajudar na elaboração da resposta, o professor poderá entregar em folha impressa a imagem disponibilizada abaixo, para que os alunos possam visualizar e a partir desta imagem, cada grupo composto por quatro alunos, deverá responder a questão proposta acima.

Para a realização desta atividade é necessária a utilização de computadores, tabletes ou notebooks com acesso à internet. Os alunos poderão utilizar os seguintes endereços para a pesquisa:

 

 

Imagem disponível em http://www2.bioqmed.ufrj.br/ciencia/dna_e_5.jpg. Acesso em 16/04/12

Após os alunos terem discutido em grupo, deverão elaborar uma resposta para esta questão, registrar em uma folha e entregar para o professor. É importante que cada grupo tenha uma identificação, pois assim, posteriormente, ao finalizar a proposta desta aula, o professor terá conhecimento do desenvolvimento de cada grupo referente ao assunto trabalhado.

 

Ao terminar esta primeira parte, o professor juntamente com os alunos deverá tabular os dados obtidos referentes à questão anterior. Professor, para facilitar a organização dos dados, faz-se necessário criar categorias que contribuam para uma melhor interpretação. As categorias serão criadas referentes às respostas dos alunos; nesse caso, a resposta de um grupo poderá se aproximar da resposta de outros grupos, assim poderão compartilhar a mesma categoria. Em seguida os dados deverão ser dispostos em uma tabela que poderá ser criada no Word para posteriormente, no final desta aula, os dados serem comparados. 

 

Tabela 1

Respostas dos alunos referentes à questão: Qual a relação existente entre Núcleo e Cromossomos? 
Questão Grupo Categoria 1: Categoria 2  Categoria 3 Categoria n...
1 01        
1 02        
1 03        
1 04        
1 n...        

 

 

2ª Atividade - Fazendo a relação entre Cromossomos e DNA

Para realizar esta atividade, o professor deverá distribuir os quatro trechos de reportagens entre os grupos já formados na atividade 1. Cada dois ou três grupos vão ler a mesma reportagem. Depois da leitura os grupos deverão discutir e elaborar uma síntese do conteúdo.

O material produzido por cada grupo deverá ser socializado. Para isso, a sala deverá estar organizada em círculo para melhor facilitar o debate. No final da socialização, o professor deverá lançar a seguinte pergunta: O que as quatro reportagens têm em comum?

Neste momento, todos os alunos deverão participar, é importante que o professor seja o mediador da discussão, e resguarde que as inferências dos alunos estejam voltadas para associações pertinentes ao conteúdo abordado.

 

Reportagem 1 - DNA 25 anos - Segredos Revelados

Teste de reconhecimento de paternidade completa um quarto de século e torna-se um instrumento jurídico imprescindível para os casos de família. Somente em minas, são 500 resultados por mês. Não existe segredo que ele não seja capaz de desvendar e não existe identidade sem ele. O teste de DNA, que completa este ano um quarto de século, promoveu uma verdadeira revolução na sociedade. Pôs fim a uma sequência de gerações que desconheceu sua verdadeira origem. No Brasil, não há estatística sobre quantas negativas de paternidade foram desmentidas, mas somente em Minas são 500 exames por mês realizados gratuitamente pela Justiça. Para as mulheres, o ganho foi duplo. As ações de investigações de paternidade perderam o cunho moral, em que a conduta da mãe era analisada, e ganharam uma prova técnica, com uma mínima margem de erro. Depois dele, só não conhece sua identidade biológica quem não quer. Aos 25 anos, o DNA também teve a força de igualar poderosos líderes políticos, artistas, jogadores de futebol e o cidadão comum e pacato, quando submetidos ao teste. Sua aplicação se estende ainda a outros terrenos importantes, como o auxílio no esclarecimento de crimes que chocaram a sociedade.

 Texto disponível na íntegra em http://dp-mg.jusbrasil.com.br/noticias/2212566/reportagem-dna-25-anos-segredos-revelados. Acesso em 16/04/12.

 

Reportagem 2 - Síndrome de Down - Causada por uma Alteração Cromossômica, é o Tipo Mais Comum de Retardo Mental

"A Síndrome de Down ou trissomia do 21, é sem dúvida o distúrbio cromossômico mais comum e a forma mais comum de deficiência mental congênita. Geralmente pode ser diagnosticada ao nascimento ou logo depois, por suas características dismórficas, que variam entre os pacientes, e que produzem um fenótipo distintivo. Alterações faciais, olhos mais fechados, dificuldades de aprendizado, retardo intelectual, doenças no coração e dificuldades na audição. A criança que nasce com a doença deve ser estimulada por fisioterapia, fonoaudiologia e educação especial para ajudar no desenvolvimento e no aprendizado".  

Texto disponível na íntegra em: http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=3789&ReturnCatID=1798. Acesso em 16/04/12.

 

Reportagem 3

 

Imagem disponível em http://www.istoe.com.br/reportagens/5420_OS+ELEITOS+PELA+GENETICA. Acesso em 16/04/12.

 

Reportagem 4

 

Imagem disponível em http://www.istoe.com.br/reportagens/5420_OS+ELEITOS+PELA+GENETICA. Acesso em 16/04/12.

 

Professor com a discussão das notícias e da síntese produzida por cada grupo, os alunos terão um maior subsídio para responder a questão principal desta atividade.

Questão 2: Qual é a relação existente entre Cromossomos e DNA?

Novamente, cada grupo deverá dispor a resposta em uma folha separada devidamente identificada como na atividade 1. Ao término das discussões e das socializações, o professor, juntamente com os alunos, deverá tabular os dados obtidos referentes à questão 2. É necessário também, criar categorias de acordo com as respostas dos grupos para facilitar a tabulação desses dados. Em seguida os dados deverão ser dispostos em uma tabela que poderá ser criada no Word para posteriormente, no final desta aula, os dados seres comparados. 

 

Para a realização desta atividade é necessária a utilização de computadores, tabletes ou notebooks com acesso à internet. Os alunos poderão utilizar os seguintes endereços para a pesquisa:

Tabela 2

Respostas dos alunos referente a questão: Qual a relação existente entre Núcleo e Cromossomos? 
Questão Grupo Categoria 1  Categoria 2 Categoria n...
2 01       
2  02      
2  03      
2  04      
2  n...      

 

3ª Atividade - Ligando os conhecimentos

Professor, para subsidiar ainda mais a discussão do assunto que está sendo abordado nesta aula, entregue para cada aluno uma cópia do texto da reportagem realizada pelo "O jornal Caxiense" intitulada “A chave está no DNA”, ou acesse por meio de um computador, tabletes ou notebooks o texto que está disponível no endereço eletrônico http://ocaxiense.com.br/2010/03/a-chave-esta-no-dna/. Acesso em 17/04/2012.

Conduza uma leitura dirigida, esclarecendo eventuais dúvidas. Após a leitura, pergunte aos alunos se eles concordam com o texto e peça que eles argumentem a respeito, permita que os alunos se expressem e apresentem seus pontos de vista. Ao término da discussão, o professor deverá lançar algumas perguntas para focar ainda mais o texto e nas questões que foram trabalhadas nas atividades anteriores. Logo abaixo encontram-se algumas sugestões de perguntas.

 a) O que o autor quis dizer com o título do texto, "A chave está no DNA"?

b) Onde se localiza o DNA no espaço intracelular?

c) Qual é a constituição do DNA?

d) Como o DNA pode servir de prova para desvendar um crime?

e) Explique a frase: "Um fio de cabelo, um rastro de sangue ou um resíduo de saliva são suficientes para solucionar até o crime aparentemente perfeito".

f) O que o sangue, o sêmen e a saliva têm em comum no que diz respeito  ao assunto tratado nesta aula?

g) Como os crimes sexuais podem ser solucionados utilizando os conhecimentos de genética?

h) O que é genética forense?

i) Por que as análises para desvendar um crime só acontecem quando existe um suspeito?

j) Como é possível fazer uma investigação utilizando as técnicas da genética forense se o bandido está foragido?

l) Leia as seguintes situações e responda como isso é possível para criminar o suspeito?

  • “Se o criminoso foi ferido na cena do crime e deixou no cenário dos fatos o seu sangue, então o exame em pauta se torna viável”.
  • "Quando a vítima luta com o agressor antes de morrer. Colhe-se, então, material genético embaixo de suas unhas.
  • "Cabe aos crimes sexuais recolherem sêmen deixados na vítima”. 

Após a resolução das questões, o professor poderá promover uma roda de discussão na sala envolvendo todos os grupos; assim, os grupos poderão trocar informações, curiosidades e dúvidas. O grupo deverá produzir um texto sobre a genética forense na luta contra o crime. O texto deverá ser entregue ao professor para ser avaliado.

 

Outra atividade que também poderá ser realizada é a utilização do recurso do banco de objetos educacionais do portal professor disposto abaixo. Este recurso poderá contribuir para que os alunos desenvolvam uma melhor compreensão do assunto estudado. Para o desenvolvimento desta atividade, os alunos poderão continuar no mesmo grupo, é necessária a utilização de computadores, tabletes ou notebooks para cada grupo acessar o recurso. Após o término, o professor deverá destinar um tempo para cada grupo apresentar o seu trabalho. 

 

 

 

 

 

4ª Atividade - Revendo os dados

Professor, entregue novamente a resposta de cada grupo das atividades 1 e 2 e peça para os mesmos grupos analisarem as suas respostas a partir das discussões que ocorreram ao longo desta aula. Neste caso, os alunos podem concordar em deixar as respostas como estão ou gostariam de arrumar, acrescentar, retirar ou revisar as questões novamente. Em seguida, se houver mudanças peça para registrarem as respostas.

O professor deverá deixar o grupo por um tempo para rever as questões e logo depois recolher novamente o material. Logo após, o professor juntamente com os alunos deverão analisar as respostas e novamente tabulá-las, fazendo inferências na mudança do texto. Assim, tanto o professor quanto os alunos terão indícios se houve mudanças nas respostas referente a questão da atividade 1 e 2.

Esta atividade tem como principal objetivo o aprofundamento do conteúdo de genética e citologia, sendo assim, no final desta atividade, os alunos poderão conseguir identificar a constituição de uma célula como sendo o local onde existe uma relação intrínseca entre o Núcleo, Cromossomos e DNA. Os alunos poderão familiarizar com esses termos de forma a compreender a constituição dos seres vivos, de forma que os mesmos reforcem a sua capacidade de compreensão do todo.

 

 

Para saber mais e refletir...

 

Professor, utilize os recursos abaixo como uma estratégia de motivação e fechamento da aula: o primeiro recurso faz uma explicação bem simples do que vem a ser o DNA, já o segundo recurso aborda o DNA em forma de música. Sendo assim, o professor deverá utilizar o data show para a projeção dos recursos. Logo em seguida, o professor deverá promover um debate fazendo uma exploração do assunto que foi abordado em aula. O professor poderá utilizar a música DNA como base de apoio para a discussão. Se os alunos estiverem dispostos a cantar, o professor poderá imprimir a letra da música e entregar para cada aluno em sala, a impressão da música também será importante para que os alunos possam relacionar a letra da música com o conteúdo estudado.

DNA 01

Recursos Educacionais
Nome Tipo
DNA Áudio
Colocando as coisas no lugar Animação/simulação
Recursos Complementares

Sugestões de links para alunos:

Sugestões de links para professores:

Links do Portal que podem ser consultados pelo professor no planejamento de sua aula:

Recursos do Portal que podem ser utilizados pelo professor no planejamento de sua aula:

  •  
Avaliação

Entendemos que a avaliação deve acontecer durante todo o processo, considerando a participação, o desempenho e a colaboração dos alunos em cada atividade proposta. No entanto, considera-se relevante, após o desenvolvimento das atividades:

1.Verificar a capacidade dos alunos para realizarem pesquisa.

2. Valorizar a busca de informações sobre o tema em sites de pesquisa, em cada uma das atividades propostas.

3.Constatar se houve a compreensão dos conceitos estudados.

4. Discutir com os alunos sobre o que mudou em seus pontos de vista com relação aos conceitos abordados após a realização de cada atividade.

5. Observar as atitudes individuais e em grupo e constatar se houve mudanças significativas concernentes ao respeito a si mesmo e aos outros colegas.

6. Avaliar a capacidade dos discentes para desenvolver ambientes de aprendizagem colaborativa.

7. Observar a disponibilidade, iniciativa e colaboração do aluno ao trabalhar em grupo.

Opinião de quem acessou

Quatro estrelas 2 classificações

  • Cinco estrelas 1/2 - 50%
  • Quatro estrelas 1/2 - 50%
  • Três estrelas 0/2 - 0%
  • Duas estrelas 0/2 - 0%
  • Uma estrela 0/2 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.