Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


Potenciação e radiciação utilizando a calculadora científica.

 

19/11/2009

Autor(es) e Coautor(es)
imagem do usuário

Raquel Fernandes Gonçalves Machado

UBERLANDIA - MG

Universidade Federal de Uberlândia

imagem do usuário

Edilamar Ferreira

UBERLANDIA - MG

Universidade Federal de Uberlândia

imagem do usuário

ANTOMAR ARAUJO FERREIRA

UBERLANDIA - MG

Universidade Federal de Uberlândia

imagem do usuário

Maísa Gonçalves da Silva

UBERLANDIA - MG

Universidade Federal de Uberlândia

imagem do usuário

Marcia Aparecida Mendes

UBERLANDIA - MG

Universidade Federal de Uberlândia

imagem do usuário

Gislaine Saraiva

UBERLANDIA - MG

Universidade Federal de Uberlândia

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Final Matemática Números e operações
Ensino Fundamental Final Matemática Cálculo
Ensino Médio Matemática Tecnologia para a matemática
Ensino Fundamental Final Matemática Radiciação
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

- Calcular potências e raízes utilizando a calculadora científica.

Duração das atividades
3 horas/aula de 50 minutos
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

- Números racionais e irracionais.
- Cálculo com radicais.
- Cálculo com potências de expoente racional não inteiro.
- Diferenciar a calculadora simples de calculadora científica.

Estratégias e recursos da aula

Professor, este trecho é para você:
“Estudos e experiências evidenciam que a calculadora é um instrumento que pode contribuir para a melhoria do ensino de matemática. A justificativa para essa visão é o fato de que ela pode ser usada como um instrumento motivador na realização de tarefas exploratórias e de investigação” (BRASIL, 1998) . Portanto, antes de qualquer coisa, reflita sobre o tema e aponte exemplos de atividades em que, de acordo com o trecho acima, a calculadora pode ser usada com recurso didático no Ensino Fundamental.

Na sala de aula, discuta com os alunos sobre o uso da calculadora e apresente os seguintes desafios ou atividades que podem ser:
a) Na calculadora de um aluno a tecla da divisão não funciona. O que deverá fazer esse aluno, quando quiser dividir um número por 0,5. Apresente argumentos matemáticos que evidenciem tal fato.

b) Na calculadora de um aluno a tecla da multiplicação não funciona. O seu professor de matemática deu como tarefa de casa a seguinte atividade: “Montar o algoritmo e dividir por 50 os números m, n, p, q, r, ... , z.” O que deverá fazer esse aluno se quiser utilizar a referida calculadora para conferir os resultados de suas operações. Apresente argumentos matemáticos que evidenciem tal fato.

Depois, mostre aos alunos que é inegável a utilidade das calculadoras em diversas profissões sempre que é necessário fazer algum tipo de cálculo. Daí sua incorporação à educação. Ressalte, no entanto, a importância de que a calculadora seja utilizada na escola como um recurso didático, assim como a régua, o compasso etc. O uso sensato da calculadora contribui para a formação de cidadão apto a intervir numa sociedade cada vez mais complexa, em que a ciência e a tecnologia se fazem cada vez mais presentes.

Em seguida, leve os alunos para o laboratório de informática e mostre as calculadoras padrão e cientifica. Mostre aos alunos que a calculadora científica apresenta algumas teclas que simplificam as notações. Por exemplo, a tecla EXP possibilita escrever números em notação científica.

Peça aos alunos que descrevam a diferença entre as duas ferramentas. Questione os alunos sobre a divisão por zero e proponha a seguinte questão: Nunca podemos dividir um número por zero. Se você fizer isso na calculadora, o que acontece? Solicite que façam os cálculos nas duas calculadoras.

Agora, chegou o momento de explorar a calculadora científica. Para isso, você já ter trabalhado em sala de aula a potenciação e a radiciação.
Peça aos alunos que introduzam o númerona calculadora e escreva o resultado que aparece no visor. Para isso, digite Questione: O que se obtém?
Questione os alunos sobre a relação que há entre o expoente e a posição da vírgula ao transformar da notação científica para a forma decimal. É esperado que os alunos respondam: Se a vírgula se deslocar para a direita, diminuirá o valor do expoente da potência de dez de tantas unidades quantas forem as casas deslocadas. Se a vírgula se deslocar para a esquerda, aumentará o valor do expoente da potência de dez de tantas unid ades quantas forem as casas deslocadas.
Em seguida, explore a calculadora padrão propondo a atividade:

Como calcular utilizando uma calculadora comum?

É esperado que os alunos respondam: Dividi-se 7,5 por 5,0 e aplicam-se as propriedades da potenciação para dividir 103538. por 10
Supondo que os alunos já desenvolveram habilidades no uso da calculadora, proponha as seguintes operações, solicitando aos alunos que primeiramente façam as operações com as potências de 10:
a) (Apresente o resultado em notação científica) 1,3x10-4 + 2,7x10-6=

b) (Apresente o resultado em notação científica) 0,3x104 + 0,2x106=

c) (Apresente o resultado em notação científica) 3,6x10-7 x 5x104=

d) (Apresente o resultado em notação científica) Se a massa do átomo de oxigênio é de 2,7x10-23 g, qual é a massa de 20x1017 átomos?

Para os cálculos seguintes, proponha inicialmente que os alunos estimem um valor aproximado para as potências e para as raízes (sugira que transformem as radiciações em potências de expoentes racionais não inteiros).
e) (Apresente o resultado com aproximação até décimos) undefined
f) (Apresente o resultado com aproximação até décimos) undefined
g) (Apresente o resultado com aproximação até centésimos) undefined

h) (Apresente o resultado com aproximação até centésimos) undefined

i) (Apresente o resultado com aproximação até décimos) undefined
j) (Apresente o resultado com aproximação até décimos) undefined

Recursos Complementares

Calculadora padrão e científica usando o computador. Para isso, ao ligar o computador o aluno deve clicar em INICIAR; PROGRAMAS; ACESSÓRIOS; CALCULADORA (na opção EXIBIR alternar entre PADRÃO E CIENTÍFICA)

BIBLIOGRAFIA:

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. Brasília: MEC/SEF, 1998. 174 p.

Avaliação

O processo de avaliação da atividade deve ser contínuo, ou seja, durante todo o processo através de observações dos alunos, com ênfase no envolvimento com as atividade desenvolvidas pelos alunos.

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 4 classificações

  • Cinco estrelas 4/4 - 100%
  • Quatro estrelas 0/4 - 0%
  • Três estrelas 0/4 - 0%
  • Duas estrelas 0/4 - 0%
  • Uma estrela 0/4 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • Jussara, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri , Minas Gerais - disse:
    jussarapote@yahoo.com.br

    23/04/2012

    Cinco estrelas

    A calculadora deve ser utilizada sempre que o cálculo for um passo do trabalho e não a atividade principal. Ela é mais um instrumento para promover a aprendizagem. Adorei a ideia do plano apresentado.


  • janainy kamily, faculdade(puc federal) , Goiás - disse:
    kamilyjanainy@gatinha.gmail.com

    09/04/2012

    Cinco estrelas

    bom de mais da conta .....


  • Rita de Cassia Albonico de Bovi, Col. Est. Nestor Victor dos Santos e Col. Est. Castelo Branco , Paraná - disse:
    ritadebovi@gmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Penso que nossos alunos precisam de atividades assim, para que aprendam a manusear a calculadora. Lógico que é necessário saber calcular certas operações, mas com o auxílio da máquina se torna mais fácil, mesmo porque eles não terão dificuldades quando forem usá-la fora da sala de aula, pois vejo muitos alunos que, mesmo estando no Ensino Médio não sabem utilizar teclas simples da calculadora. A aula está muito interessante.


  • Márcia Cristina de Souza, Col. Est. Barbosa Ferraz-EFM , Paraná - disse:
    marcia.c.souza_4@hotmail.com

    24/03/2010

    Cinco estrelas

    Muito interessante essa aula. Muitos professores e aluno não sabem usar adequadamente a calculadora. Por isso certamente essa atividade despertará o interesse de todos os alunos e assim tornará prazerosa a aprendizagem dos conteúdos a serem trabalhados. Concordo plenamente com "o fato de que ela pode ser usada como um instrumento motivador na realização de tarefas exploratórias e de investigação” (BRASIL, 1998).


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.