Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


A DEFESA PELOS DIREITOS DOS AFRODESCENDENTES E A QUESTÃO RACIAL NO BRASIL

 

08/06/2012

Autor e Coautor(es)
ALINNE GRAZIELLE NEVES COSTA
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Leide Divina Alvarenga Turini

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Final História Cidadania e cultura no mundo contemporâneo
Ensino Médio História Cidadania: diferenças e desigualdades
Ensino Médio História Diversidade cultural, conflitos e vida em sociedade
Ensino Médio História Cultura
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula

A partir das atividades de pesquisa desenvolvidas nesta aula, o aluno poderá:

Conhecer as origens e propósitos da Frente Negra Brasileira;

Identificar movimentos sociais, organizações e instituições que defendem os direitos dos afrodescendentes;

Refletir sobre a importância da luta contra o preconceito racial em nosso país.

Duração das atividades
3 aulas de 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

O contexto histórico que possibilitou interações entre a cultura africana e a cultura brasileira.

A herança cultural africana na sociedade brasileira.

Estratégias e recursos da aula

1. A PROPOSTA DE PESQUISA:

A atuação de movimentos sociais que lutam em defesa dos direitos dos afrodescendentes não é um movimento tão recente como se imagina. Em 1931, surge no cenário brasileiro o primeiro movimento social negro conhecido como Frente Negra Brasileira. Daquele momento em diante, a atuação dos afrodescendentes na luta por direitos iguais só aumentou, e hoje temos vários movimentos sociais, organizações e instituições que lutam em nossa sociedade contra o preconceito racial.

 

ATIVIDADE 1: 

 

a) Inicie a aula propondo aos alunos uma roda de conversa para uma sondagem dos conhecimentos e opiniões dos alunos sobre a temática que será abordada.

b) Prosseguindo, solicite aos alunos que relatem suas impressões e opiniões iniciais sobre o preconceito racial no Brasil.

c) Durante o debate, levante alguns questionamentos a fim de motivar os alunos a participarem, tais como:

  • A existência de preconceito em nossa sociedade.
  • Notícias, novelas, filmes, músicas ou outras experiências que os alunos tiveram e que denunciavam algum caso de racismo ou preconceito em nossa sociedade ou em outro país.
  • A opinião sobre atitudes preconceituosas.

 

d) Depois de ouvir as opiniões dos alunos, ainda em uma roda de conversa, leia para eles a reportagem abaixo:

Entidade do movimento negro protesta em frente ao Grupo Pão de Açúcar contra discriminação racial

"São Paulo - Representantes da organização não governamental (ONG) Rede de Pré-Vestibulares Comunitários e Educação e Cidadania de afrodescendentes e carentes (Educafro), entidade do movimento negro que luta por Justiça, realizaram no final da manhã de hoje (22) um ato de protesto contra ações de discriminação racial, em frente ao prédio do escritório central do Grupo Pão de Açúcar. O Grupo Pão de Açúcar divulgou nota informando que entrou em contato com a ONG Educafro e que "reiterou suas diretrizes de repúdio a qualquer ato discriminatório". Segundo a nota, a empresa "pauta suas ações no respeito aos direitos humanos e à integridade de todos os que frequentam as suas lojas, bem como os que contribuem com a sua operação". A empresa assegurou que "não admite qualquer forma de discriminação relativa à raça, gênero, orientação sexual, cor, religião, idade, origem étnica, incapacidade física ou mental ou qualquer outra classificação protegida por leis federais, estaduais ou municipais". Com megafones, cartazes e bandeiras, integrantes da Educafro procuraram chamar a atenção do público e pressionar a diretoria do grupo a marcar uma reunião para negociar um meio de coibir a discriminação racial. “Queremos propor um treinamento antirracista para os funcionários com o objetivo de erradicar os comportamentos preconceituosos”, disse Marcelo Antônio de Jesus, um dos coordenadores do ato. Segundo ele, a organização analisa cinco casos de maus tratos em estabelecimentos comerciais. Entre os processos está o de duas mulheres - mãe e filha - vítimas de discriminação, no último dia 7, após fazer compras no Supermercado CompreBem, no bairro de Itaquera, zona leste da cidade. Quando as clientes já estavam a 100 metros de distância do local, de acordo com Santos, foram abordadas por um segurança. Dizendo-se policial, o homem disse a elas que “alguém as viu furtando algo e que seriam suspeitas por serem negras”.

Reportagem disponível na íntegra em: agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2011-07-22/entidade-do-movimento-negro-protesta-em-frente-ao-grupo-pao-de-acucar-contra-discriminacao-racial

Acesso em 14/04/2012

e) Após a leitura do texto, indague os alunos sobre:

Pelo quê protestava a entidade negra EDUCAFRO? Em sua opinião, atitudes como essa podem contribuir para a transformação social?

f) Depois de ouvir as opiniões dos alunos sobre a reportagem lida, peça a eles que se dividam em seis grupos que ficarão encarregados de trazer para a próxima aula materiais jornalísticos que retratem, por exemplo, situações de preconceito e situações de lutas cotidianas dos movimentos negros por igualdade de direitos.

g) No segundo momento, os alunos deverão formar um círculo na sala de aula para apresentação e debate dos materiais trazidos pelos grupos. Deixe cada grupo livre para conduzir a apresentação de suas reportagens e refletirem livremente sobre o conteúdo delas. Todos os grupos deverão ter oportunidade para expor suas notícias e opiniões.

h) Ao final dessa atividade, coloque no meio do circulo várias cartolinas em branco e peça para os seis grupos colarem suas reportagens e redigir frases criativas que sintetizem as reflexões feitas pelos grupos durante o debate.

 

2. PROBLEMATIZAÇÃO DO TEMA:

 Professor, tendo como referencial as discussões sobre as reportagens e a criação das frases que sintetizaram as discussões sobre a temática,  proponha aos alunos  que elaborem questões de pesquisa. Você pode orientá-los a problematizar a temática, tendo como referência os seguintes eixos fundamentais:

  • Origens e propósitos da Frente Negra Brasileira.
  • Principais movimentos sociais, organizações e instituições que lutam pelos direitos dos afrodescendentes no Brasil atual.

 

3. FONTES E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA PESQUISA:

Para esta pesquisa a proposta é o trabalho com as seguintes fontes:

  • Fontes Orais – entrevistas com integrantes de movimentos negros.
  • Fontes Escritas – Textos sobre a temática.
  • Fontes Imagéticas ou Iconográficas: vídeos sobre a temática.

 

A estratégia de trabalho inclui as seguintes atividades:

  • Levantamento e análise de matérias/reportagens/textos/artigos.
  • Análise das fontes recolhidas durante a pesquisa.
  • Reprodução de vídeo/debate sobre o tema.
  • Produção de cartazes, história em quadrinhos digital e telejornal.

 

 

pesquisa

 

4. DESENVOLVIMENTO DA PESQUISA: 

ATIVIDADE 2: 

a) Apresente aos alunos os vídeos abaixo, os quais relatam uma série de entrevistas com os principais integrantes do movimento social Frente Negra Brasileira, que foi criado em São Paulo em 1931.

Professor esses vídeos são importantes para a pesquisa porque resgatam alguns dos principais personagens desse maior movimento social pós-abolição no Brasil. Durante as entrevistas, os alunos poderão compreender que a Frente Negra Brasileira, além de ser um dos primeiros movimentos sociais afro-brasileiros, propôs a participação do negro na política nacional através do voto. Em um primeiro momento, a luta do movimento se restringia à participação dos negros nas decisões políticas do país e depois, a Frente Negra passou a denunciar as violações dos direitos dos negros dentro da sociedade brasileira através do jornal “A voz da Raça”. Assim, houve uma ampliação no número de integrantes dentro do movimento e o objetivo do grupo passou a ser partidário e de igualdade social.

Diante do exposto, oriente os alunos a observarem nos vídeos a importância da Frente Negra Brasileira como um dos primeiros movimentos sociais negros do país, os principais personagens desse movimento e as opiniões dos seus vários integrantes sobre a questão dos direitos dos afrodescendentes em nosso país.

 

 

VÍDEO 1:

video MN1

Disponível em:  http://www.youtube.com/watch?v=j4H-dqC4Kug

Acesso em 14/04/2012

 

VÍDEO 2:

video MN2

Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=E9wfuqzbyfg&feature=relmfu

Acesso em 14/04/2012 

 

b) Ao encerrar a exibição dos vídeos, questione os alunos sobre as observações que eles fizeram durante a apresentação das entrevistas. Veja se eles conseguiram perceber que a Frente Negra Brasileira foi uma das primeiras organizações no século XX a exigir igualdade de direitos e participação dos negros na sociedade brasileira e que essa organização desenvolvia diversas atividades de caráter político, cultural e educacional para os seus integrantes, como palestras, seminários, cursos de alfabetização, oficinas de costura, além da promoção de festivais de musica. Ouça as analises dos alunos sobre os vídeos.

c) Sugira aos alunos que se dividam em cinco grupos. Para este momento da atividade, os alunos devem ter acesso a um computador e à internet.

d) Peça aos grupos que acessem o link abaixo para leitura na íntegra do texto:

 

TEXTO: Um “templo de luz”: Frente Negra Brasileira (1931-1937) e a questão da educação

Com o golpe de Estado de 3 de outubro de  1930, Getúlio Vargas foi alçado ao poder no Brasil.  Abriu-se uma conjuntura de polarização política. As forças políticas mobilizaram-se em duas frentes: a da esquerda e a da direita. Contudo, tanto as organizações políticas de base popular quanto os partidos das elites não incluíam em seus programas a luta a favor da população negra. Abandonados pelo sistema político tradicional e acumulando a experiência de décadas em suas associações, um grupo de “homens de cor” fundou a FNB, no dia 16 de setembro de 1931. Quase um mês depois, em assembleia realizada no salão das Classes Laboriosas, foi lido e aprovado o estatuto, que estabelecia em seu primeiro artigo: Fica fundada nesta cidade de São Paulo, para se irradiar por todo o Brasil, a Frente Negra Brasileira, união política e social da Gente Negra Nacional, para afirmação dos direitos históricos da mesma, em virtude da sua atividade material e moral no passado e para reivindicação de seus direitos sociais e políticos, atuais, na Comunhão Brasileira.

Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v13n39/08.pdf

Acesso em 14/04/2012

 

Professor, esse texto irá ampliar os conhecimentos dos alunos sobre a Frente Negra Brasileira, pois descreve detalhadamente o contexto histórico e social no qual se originou esse movimento. Além disso, apresenta algumas das grandes contribuições dessa organização para os afrodescendentes do nosso país, principalmente criando escolas para alfabetizar os negros e também o jornal Voz da Raça. Dessa forma, ao ler o texto, deve ficar claro para o aluno que a FNB foi expressão da capacidade de união e luta da “população de cor” na década de 1930. Para as lideranças negras, a educação era o que hoje se designa bem inviolável. Além da integração e ascensão social do indivíduo na sociedade, ela possibilitaria a eliminação do preconceito e, no limite, garantiria as condições para o exercício da cidadania plena.

e) Os grupos deverão analisar o texto e selecionar as informações que julgarem mais importantes para descrever a história desse movimento. Para contar a história da Frente Negra Brasileira, os grupos deverão fazê-lo criando uma história em quadrinhos digital.

Para a realização dessa atividade os alunos precisarão:  

  • Computador conectado à Internet
  • Baixar o programa Hagaquê para criar as histórias em quadrinhos ou utilizar os serviços online  como o Comeeko. Ainda, se os alunos quiserem usar desenhos criados por eles ou imagens da internet, deverão salvá-las no computador para usar o programa gratuito Thredgeholder em quadrinhos.
  • Criar os textos para a narrativa e diálogos da história em quadrinhos.

 

OBS: Para saber mais, os alunos poderão consultar os links abaixo, os quais ensinam a montar passo a passo, inclusive com vídeo,  uma historinha digital:

http://blog.professoralex.com/2008/07/softwares-gratuitos-para-criao-de.html

http://info.abril.com.br/noticias/blogs/geek-list/curiosidades/cinco-sites-para-criar-quadrinhos-online/

Acesso em 14/04/2012

 

f) Após a criação das histórias em quadrinhos, os grupos deverão socializá-las em sala de aula para todos da turma. Ao final dessa atividade, os alunos poderão opinar sobre o que acharam das histórias em quadrinhos e se elas foram fiéis aos vídeos e texto sobre a temática.

 

ATIVIDADE 3

 

a) Depois de terem conhecido e compreendido a importância histórica e social da Frente Negra Brasileira, os grupos deverão ampliar sua pesquisa, buscando levantar um material bibliográfico em jornais, revistas, livros e internet sobre algum movimento social, ONG ou grupo que defenda, na atualidade, os direitos afrodescendentes no Brasil.

b) Os grupos deverão analisar os materiais coletados para a pesquisa. É importante nessa etapa orientar os alunos a focalizarem as questões de pesquisa que eles levantaram acerca do tema, para que o objetivo do estudo, ao seu final, seja contemplado.

jornal

c. Para a apresentação das informações, imagens coletadas e análise sobre a pesquisa, os alunos deverão criar um Telejornal digital. Essa estratégia de ensino-aprendizagem possibilita ao aluno desenvolver suas diversas formas de expressão (escrita, oralidade, entre outras)

Para essa atividade, os grupos precisarão:

  •  Computador conectado à Internet e equipado com processador de texto (Word) e Windows Movie Maker.
  • Criar um nome para o Telejornal.
  • Selecionar as informações que julgarem mais importantes sobre o que pesquisaram, pois deverão criar um texto informativo.
  • Montar um cenário.
  • Escolher dois apresentadores para as matérias.
  • Gravar o telejornal.
  • Salvar os vídeos em pendrive ou DVD para entregá-lo ao professor.

 

Sobre como fazê-lo, oriente os alunos acessarem o link abaixo

Telejornal digital – o aluno como produtor de informação:  http://www.educared.org/educa/index.cfm?pg=internet_e_cia.informatica_principal&id_inf_escola=617

 Acesso em 14/04/2012

d) Depois de pronta a gravação do Telejornal pelos grupos, passe em sala de aula todas as programações para todos da turma assistirem. Ao final dessa atividade, os alunos poderão opinar o que acharam dos telejornais, das matérias apresentadas e deverão ainda avaliar se os objetivos da pesquisa foram alcançados.

 

trabalho

URL da imagem original: http://www.effectreform.com.br/home/images/stories/trabalho-equipe.gif

 

4. RESULTADOS DA PESQUISA: 

Para finalizar essa atividade, os alunos deverão fazer um evento de conscientização sobre a importância dos movimentos sociais afrodescendentes. Para essa atividade, deverão ser convidados alunos, pais e toda comunidade escolar.

Para a realização do evento, os alunos deverão:

  • Criar um nome para o evento.
  • Os grupos de pesquisa deverão se juntar para elaborar coletivamente um relatório final de pesquisa, apontando os resultados alcançados durante esse processo. O relatório deverá ser entregue ao professor para apreciação e correções necessárias. Depois, o professor devolverá o relatório aos alunos que elegerão um integrante de cada grupo para ler o relatório na abertura do evento.
  • Apresentar a historinha em quadrinhos sobre a Frente Negra Brasileira. Selecione alguns alunos para fazerem uma montagem com todas as historinhas, pois assim todos os grupos terão seus trabalhos apresentados.
  • Apresentar o telejornal digital. Escolha outros alunos para fazerem uma montagem, juntando as partes mais importantes de cada trabalho. Assim, todos terão seus trabalhos apresentados.
  • Convidar algum grupo musical ou artístico que represente a cultura negra para se apresentar. 
Recursos Complementares

Sugestão de link para professores e alunos:

Artigo: Movimento negro brasileiro: história, tendências e dilemas contemporâneos site: UFES

< http://www.ufes.br/ppghis/dimensoes/artigos/Dimensoes21_PetronioDomingues.pdf> Acesso em 14/04/2012

Links do Portal que podem ser consultados pelo professor no planejamento de sua aula:

O que são os movimentos negros? < http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=36461> Acesso em 14/04/2012

Movimentos Sociais <http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=28620> Acesso em 14/04/2012

 
Avaliação

A avaliação deve permear toda a atividade pedagógica do professor. Desta forma, ao longo das propostas apresentadas, o professor poderá avaliar o aluno segundo sua participação em todo o processo de pesquisa e, principalmente, ao colocar em prática os resultados das informações coletadas.

Opinião de quem acessou

Cinco estrelas 1 classificações

  • Cinco estrelas 1/1 - 100%
  • Quatro estrelas 0/1 - 0%
  • Três estrelas 0/1 - 0%
  • Duas estrelas 0/1 - 0%
  • Uma estrela 0/1 - 0%

Denuncie opiniões ou materiais indevidos!

Opiniões

  • vanessa, colegio municipal florentino firmino de almeida , Bahia - disse:
    vanessasgatas14@hotmail.com

    21/11/2012

    Cinco estrelas

    gostei pos tem uma gincana no meu colegio para eu fazer um reporte por 1 minuto e peguei um assunto


Sem classificação.
REPORTAR ERROS
Encontrou algum erro? Descreva-o aqui e contribua para que as informações do Portal estejam sempre corretas.
CONTATO
Deixe sua mensagem para o Portal. Dúvidas, críticas e sugestões são sempre bem-vindas.