Portal do Governo Brasileiro
Início do Conteúdo
VISUALIZAR AULA
 


A NATUREZA AGRADECE! APRENDENDO SOBRE A IMPORTÂNCIA DO DESCARTE CORRETO DO LIXO PLÁSTICO

 

24/11/2014

Autor e Coautor(es)
LILIANE DOS GUIMARAES ALVIM NUNES ARAUJO
imagem do usuário

UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Elizabet Rezende de Faria; Leandro Rezende; Cristiane dos Guimarães Alvim Nunes

Estrutura Curricular
Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: prática de produção de textos
Ensino Fundamental Inicial Meio Ambiente Sociedade e meio ambiente
Ensino Fundamental Inicial Geografia Conservando o ambiente
Ensino Fundamental Inicial Ciências Naturais Ambiente
Ensino Fundamental Inicial Ética Diálogo
Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua escrita: prática de leitura
Ensino Fundamental Inicial Geografia Natureza
Ensino Fundamental Inicial Ética Respeito mútuo
Ensino Fundamental Inicial Meio Ambiente Manejo e conservação ambiental
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
  • Discutir sobre a importância do descarte correto da garrafa plástica e outros lixos.
  • Identificar os impactos ambientais do descarte inadequado do lixo plástico.
  • Perceber a importância de respeitar a natureza no presente para garantir o futuro do planeta/seres vivos.
  • Identificar as maneiras de conscientizar os colegas sobre a importância de respeitar a natureza, descartando corretamente o lixo.
  • Desenvolver linguagem oral e escrita.
Duração das atividades
5 Aulas de uma hora.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Esta aula destina-se a alunos do quarto ano do ensino fundamental e pretende contemplar ações do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa.

Estratégias e recursos da aula

Vê-se a importância de trabalhar a conscientização ambiental dos alunos ao longo de todo o ano. No entanto, seria interessante fazer um planejamento para que estas aulas sejam ministradas no mês de Maio e que a última aula, que tem como proposta a realização de uma campanha de conscientização ambiental, seja ministrada na primeira semana de junho, uma vez que o Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado anualmente no dia cinco desse mês.

 

 

 

AULA 1

 

 

1° momento: Para uma introdução ao tema, convide os alunos para assistirem ao vídeo “A odisseia de uma garrafa | PNUMA”, postado por ONUBrasil. Duração: 1min. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=EWqnWXnXURw. Acesso em 30 de outubro de 2014.

 

Figura 1- Imagem, obtida pela autora, do vídeo “A odisseia de uma garrafa | PNUMA”. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=EWqnWXnXURw. Acesso em 30 de outubro de 2014.

 

 

2° momento: Para verificar a compreensão dos alunos quanto à mensagem do vídeo, pergunte:

 

  • Qual a principal mensagem do vídeo?
  • Quem sabe quanto tempo o plástico demora a se decompor?
  • Vocês se preocupam em descartar o lixo em recipientes apropriados?
  • O que pode acontecer com uma garrafa de plástico quando você a arremessa no chão?
  • Vocês acreditam que uma ação tão simples, como descartar uma garrafa plástica, gera uma mudança no rumo das nossas atividades, mesmo que sejam imperceptíveis? Por quê?

 

 

3° momento: Distribua aos alunos uma cópia da crônica “A saga da garrafa pet”, de Ernesto Araújo. Sorteie seis alunos para realizar a leitura em voz alta, sendo um aluno responsável por cada parágrafo.

 

 

A saga da garrafa pet

Ernesto Araújo

 

[aluno 1] Pet, esse é o nome da garrafinha da nossa estória, cujo maior sonho era chegar ao mar, mais especificamente, oceano atlântico. Seu ponto de partida, Goiânia. Quem iria ajuda-la? Nós mesmos, os seres humanos, moradores da cidade.

 

[aluno 2] Pet começou sua jornada dentro de uma fábrica de garrafas, de lá partiu para receber o líquido doce e gaseificado que seria consumido por alguém num momento de sede. O grande momento chegou, Pet torceu para que a pessoa que a consumiria não a jogasse no lixo. Batata! Pet foi jogada na rua, de dentro do carro, caiu no chão e rolou pra perto do meio-fio, – maravilha, pensou ela. Por sorte era período chuvoso, Pet poderia ser transportada mais rapidamente para dentro de um bueiro, e de lá para dentro de um rio.

 

[aluno 3] A espera foi longa, Pet aguardou pacientemente pela água, – nossa, essa água que não cai! Num golpe de sorte uma criança começou a chutar a garrafa, e utilizou justamente a entrada do bueiro como uma espécie de gol. Com um chute certeiro Pet entrou, estava mais segura, poderia aguardar a chuva lá. Alguns dias depois, eis que caem as primeiras gotas, Pet torceu para ser uma chuva forte, e foi. Finalmente, sua jornada começou, Pet chegou a um córrego, que depois foi para um rio.

 

[aluno 4] Nossa amiga ficou maravilhada com a paisagem, não estava só, logo fez amizade com várias outras garrafas que foi encontrando pelo caminho. Algumas eram veteranas, já estavam no rio havia muito tempo, pois quando o rio enchia, elas iam pras margens e muitas vezes não saiam a tempo quando o rio ficava vazio, ficavam então presas nas margens, aguardando a próxima vez que as águas iriam subir. Pet não desejava isso, queria seguir seu rumo sem interrupções, desejava chegar rápido ao mar.

 

[aluno 5] A jornada era bem longa, Pet conversou com peixes, não muito contentes com sua presença, viu macacos, florestas, sacolas plásticas, isopores, quanto mais se afastava da cidade, mais a paisagem ia ficando diferente, mais limpa, cheirosa, bonita, e sempre contando com a presença de companheiras como ela, cada qual com seu sonho. Pet passou por corredeiras, cachoeiras. Ficava imaginando como seria seu encontro com o mar. As paradas nos lagos de usinas hidrelétricas foram constantes, Pet ficava aflita cada vez que chegava a um lugar desses, achava que seria quase impossível passar, – nossa, quantos lagos, dizia ela. Pareciam o mar, de tão grandes, mas ela não queria isso, sonhava alto, queria ir longe.

 

[aluno 6] Seu objetivo ficava cada vez mais perto, tudo isso graças a uma ajuda de uma criança que não havia sido educada para respeitar a natureza. Pet, depois de tantas aventuras, descobertas, alegrias e aflições finalmente chegou a seu destino, o mar. Toda aquela água salgada, as ondas, a paisagem, tudo era muito diferente, Pet estava deslumbrada, o mar era tudo aquilo que ela sonhava. Ela então se juntou a milhares de companheiras no oceano e juntas ficaram a girar e girar e girar, unidas numa gigante redemoinho de lixo.

 

Fonte: RECANTO DAS LETRAS. A saga da garrafa pet. Disponível em: http://www.recantodasletras.com.br/infantil/4328703. Acesso em 31 de outubro de 2014.

 

 

4° momento: Divida a turma em duplas e solicite que cada uma elabore um painel para representar duas atitudes do homem, com relação ao descarte da garrafa pet: a primeira, tal qual a crônica, a garrafa é jogada na rua, pela janela do carro e, em seguida, chutada por uma criança para dentro de um bueiro; a segunda, após esvaziar a garrafa, ao invés de jogá-la na rua, o passageiro do carro guarda a garrafa para mais tarde descarta-la em uma lixeira apropriada para o recolhimento de lixo plástico. Oriente para que as duplas conversem entre si e definam a melhor forma para a representação das atitudes propostas para a atividade.

 

Distribua cartolina branca, giz de cera, lápis de cor, revista, tesoura sem ponta, cola entre outros materiais para o desenvolvimento do trabalho.

 

 

5° momento: Convide as duplas para apresentarem e explicarem suas produções para o restante da turma. Disponibilize um espaço em sala para os trabalhos ficarem afixados até o final de todas as atividades relacionadas ao tema.

 

 

Sugestão ao professor

 

Como complementação à aula, você poderá trabalhar com os alunos o tema “coleta seletiva”, conforme as sugestões apresentadas abaixo:

 

NAVES, Maria Margarida. Amigos do lixo: fazendo coleta seletiva na escola. Disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=10737. Acesso em 30 de outubro de 2014.

 

PADIAL, Karina. Coleta seletiva na escola. Conheça o lixo produzido pela escola e garanta o descarte correto. Disponível em: http://gestaoescolar.abril.com.br/administracao/coleta-seletiva-escola-759346.shtml. Acesso em 31 de outubro de 2014.

 

 

TAREFA DE CASA

 

Solicite que os alunos tragam de casa na próxima aula, pelo menos, duas garrafas PET de 2 litros, vazias e limpas.

 

 

 

AULA 2

 

 

1° momento: Convide os alunos para assistirem ao vídeo “Akatu Mirim - De onde vem para onde vai? Garrafa D'água”, postado por plataformaterraqueos. Duração: 4min14seg. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=G91C7HUHiCs. Acesso em 31 de outubro de 2014.

 

Figura 2- Imagem, obtida pela autora, do vídeo “Akatu Mirim - De onde vem para onde vai? Garrafa D'água”. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=G91C7HUHiCs. Acesso em 31 de outubro de 2014.

 

 

2° momento: Para verificar a compreensão dos alunos com a mensagem do vídeo, pergunte:

 

  • Quais as etapas pelas quais a garrafa plástica passa até levar a água até o consumidor final?
  • O que é chamado de “água virtual”?
  • De onde vem a água para a produção da garrafa plástica?
  • Como acontece o ciclo da água?
  • O que acontece com a água quando descartamos o lixo de forma incorreta?
  • Qual o papel de cada um para diminuir a poluição das cidades, dos rios, das matas etc.?
  • O que é o consumo consciente?

 

Sugestão ao professor

 

Em complementação ao vídeo “Akatu Mirim - De onde vem para onde vai? Garrafa D'água”, após a conversa sobre a mensagem do mesmo, apresente o vídeo da TV Escola “Invasão plâncton - Operação plástico.” Duração: 7min32seg. Disponível em: http://tvescola.mec.gov.br/tve/video?idItem=4833. Acesso em 31 de outubro de 2014.

 

Sinopse: De repente, uma onda forte leva a Dra. Medusa para o fundo do mar. Imediatamente, o capitão John Star e o sargento Pulpo Callamaris irão atrás dela, deixando-se guiar pelas correntes subaquáticas. Para piorar a situação, o sinal do transporte de Anna desaparece e o capitão e o sargento se separam... Pulpo encontra-se sozinho em um mundo estranho e multicolorido de plástico. Ele terá que enfrentar (ou não) alguns acontecimentos muito estranhos. O que acontecerá?

 

 

3° momento: Verifique previamente junto à Direção de sua escola sobre a possibilidade e disponibilidade de algum muro para ser instalada uma horta vertical. Se sua escola já tiver uma horta, sugere-se que substitua as hortaliças, temperos etc. por flores. Convide os alunos para construírem uma horta vertical com as garrafas PET trazidas de casa. Defina em conjunto quais serão as espécies plantadas, de acordo com as necessidades das plantas e as condições do local a ser instalada a horta, como insolação, ventilação etc.

 

Figura 3- Imagem, obtida pela autora, da horta vertical proposta pelo designer Marcelo Rosembaum. Disponível em: http://dporganizaar.com.br/uploads/imagens/Paisagismo/como_fazer_horta_garrafa_pet1.png. Acesso em 31 de outubro de 2014.

 

 

4° momento: O modelo de horta sugerido segue a ideia proposta pelo designer Marcelo Rosembaum, que disponibilizou em seu site o passo a passo para a construção. O material necessário para a montagem da horta vertical corresponde a garrafas PET de 2 litros (vazias e limpas); corda de varal, cordoalha, barbante ou arame (para os que optarem por cordoalhas ou arames, serão necessárias duas arruelas por garrafa); tesoura; terra; adubo e mudas das plantas. Fonte: LEVY, Paula. Horta Vertical com Garrafa Pet. Disponível em: http://dporganizaar.com.br/externo.php/corpocompleto/index/430/horta-vertical-com-garrafa-pet. Acesso em 31 de outubro de 2014.

 

 

5° momento: Para auxiliar a construção e montagem da horta vertical, acompanhe o passo a passo disponível em:

 

CICLOVIVO. Aprenda a fazer a horta de garrafa PET do “Lar Doce Lar”. Disponível em: http://ciclovivo.com.br/noticia/aprenda_a_fazer_a_horta_de_garrafa_pet_do_lar_doce_lar. Acesso em 31 de outubro de 2014.

 

LEVY, Paula. Horta Vertical com Garrafa Pet. Disponível em: http://dporganizaar.com.br/externo.php/corpocompleto/index/430/horta-vertical-com-garrafa-pet. Acesso em 31 de outubro de 2014.

 

 

Sugestão ao professor

 

Caso não seja possível utilizar nenhum muro da escola, para a montagem da horta vertical, sugira que cada aluno faça a sua hortinha com a(s) garrafa(s) PET trazida(s) de casa e plante temperos como hortelã, manjericão, salsa, cebolinha etc. e leve para ser cuidada em casa. Para a hortinha individual serão necessários: 1 tampa de caixa de ovo, 1 garrafa PET de 2 litros, tesoura sem ponta, terra, adubo e sementes ou mudas dos temperos a serem plantados. Para auxiliar a confecção siga o passo a passo apresentado na imagem abaixo.